Cuidados ao comprar motos usadas

Como diria Pedro Bial: Estamos de volta! Depois de umas pequenas férias, vamos iniciar o ano do Motos Blog com força total. 2012 promete! E para começar bem o ano, eis algumas dicas e cuidados para fazer um bom negócio na hora de comprar uma Moto usada.

Eu já havia postado um guia para avaliar uma moto usada (clique para ver). Neste guia tem dicas sobre o que considerar na hora de avaliar o estado geral de uma moto usada. Mas neste, vou falar um pouco mais sobre os vendedores e seus anúncios.

O que me motivou a escrever este post foi um contato do leitor Marcos, que me alertou sobre um anúncio em um conhecido site de classificados na Internet, onde o anunciante usou descaradamente uma das nossas fotos da Lead da Luana, do post “Bomba” Lead 110 – Primeiras impressões.

Bom, não preciso nem dizer que a chance disso ser golpe é enorme. Se o sujeito tem a moto e está vendendo, por qual outro motivo ele usaria fotos de outra moto? Não seria mais honesto bater as fotos da moto que está a venda, para que o interessado possa avaliar e não perder tempo?
Outro exemplo de anúncio que usa nossas fotos, desta vez, da minha Suzuki Yes 125 no Post Suzuki Yes 125 – Teste completo.

Cuidado com o anúncio

Na Internet é fácil mentir. Mas também é fácil pegar a mentira. Esse anúncio com as fotos roubadas é um exemplo: ele vende a moto com 6300 km, mas as fotos são de uma moto ZERO… Nem placa a moto tem. É fácil também saber quando as fotos são legítimas e quando são roubadas. Basta uma rápida pesquisa no Google Imagens para ver que a foto do anúncio é uma das primeiras fotos retornadas.


Sendo assim fica claro que o anunciante simplesmente procurou por uma foto na Internet, e que a foto não é dele.

Cuidado com a pressa

Anunciantes apressados são o maior indicativo de golpe. Se o anunciante insiste em fechar o negócio logo, se faz pressão, alertando sobre outros interessados, e se de alguma forma você estiver impedido de ver a moto antes de pagar, desconfie. Você não deve depositar nenhum dinheiro em antecipação sem ter certeza de que a moto existe, e de que é esta realmente a moto que quer comprar. Para isso, você deve ir ver a moto pessoalmente, conferir a documentação e certificar-se de que tudo está certo. Se isso não for possível, não compre.

Pague na hora certa

Não antecipe o pagamento da moto. O melhor momento para pagar a moto é no cartório, logo após o DUT ter sido assinado e ter a firma reconhecida. O pagamento pode ser feito em cheque, em dinheiro, ou por transferência bancária (por telefone ou internet no celular).

Fazendo assim, é provável que não tenha problemas na hora de comprar a moto. E não deixe de conferir as dicas para comprar uma moto usada no sentido da avaliação técnica da moto!

Se tiver dúvidas, deixe comentário!

Compartilhe!