GravatarMotos Blog » Destaques, Kasinski, Quentes, Testes

Kasinski Comet 650 R – Breve análise

20 fevereiro 2010 Escrito por 198 comentários

A dica foi do leitor Felipe Arruda, no post que eu fiz sobre as Motos de 20 a 30 mil reais. Mas eu fiquei tão interessado na Moto que acabei indo conferir pessoalmente e trouxe para vocês as minhas impressões.

Comet 250 ao lado da Comet 650

Comet 250 ao lado da Comet 650


Bom, a moto é realmente muito parecida com a Comet GTR 250, porém, dá pra ver que o motor é maior, e a ponteira de escapamento também, além disso, as medidas dos pneus são mais largas, sendo 120/70 o dianteiro e 160/60 o traseiro. De resto, o conjunto é praticamente o mesmo. Exceto pelo quadro, ligeiramente diferente, mesmos freios, mesmas rodas aro 17’, mesmo painel, carenagem… Tudo igual.

Painel da Kasinski Comet 650

Painel da Kasinski Comet 650


Freios da Kasinski Comet 650

Freios da Kasinski Comet 650

O motor é um bi-cilíndrico em V de 647cc DOHC (duplo comando de válvulas no cabeçote acionados por corrente). Gera 81,5 cv de potência a 9250 RPM e 6,9 kgf.m de Torque a 7250 RPM. É alimentado por Injeção Eletrônica de combustível e refrigerado a água. Certamente uma motorização respeitável, que permite a moto atingir uma boa velocidade final, ao mesmo tempo que permite uma pilotagem tranqüila em médios regimes de rotação.

Kasinski Comet 650

Kasinski Comet 650

Ao contrário do que se diz por ai, este motor não é Suzuki, ou projeto da Suzuki. É um projeto da própria Hyosung (fabricante do modelo). Apesar disso, o motor é muito parecido com o 650 V2 que equipa a V-Strom 650 e a Gladius 650.

O que mais chama a atenção nesta moto é o preço, que é de R$ 24.500. É difícil de acreditar que uma moto que entrega tanto seja vendida por um preço desses. Para se ter uma idéia, a ER-6n Kawasaki, recém lançada no Brasil, custa R$ 25.500, mil reais mais cara, não tem carenagem e tem motor menos potente. Já entre as carenadas, a mais próxima é a Yamaha XJ6 F, que custa R$ 30.500.

Kasinski Comet 650

Kasinski Comet 650

No mais, a moto é muito bonita. O acabamento melhorou muito de uns anos para cá, e a moto não tem mais aquela cara de “chinesa” que tinha antes. Parece realmente uma esportiva japonesa.

A moto é fabricada pela Sul-Coreana Hyosung, e no Brasil é montada e vendida pela Kasinski. A rede de concessionárias da marca não é muito grande, o que pode dificultar tanto a venda quanto a disponibilidade de peças de reposição. Já ouvi reclamações da marca com relação a isso. Aqui em Grande São Paulo existem 11 concessionárias, imagino que por aqui não seja grande problema. Também já vi reclamações a respeito do preço das peças de reposição: Um simples manete de freio custa mais de R$ 200,00!

Nesta minha visita a concessionária, encontrei também uma versão customizada, com os grafismos parecidos com os da Ducati. Ficou legal até, mas prefiro a pintura original.

Kasinski Comet 650 com pintura personalizada

Kasinski Comet 650 com pintura personalizada


Kasinski Comet 650 de frente

Kasinski Comet 650 de frente


Kasinski Comet 650

Kasinski Comet 650

Quanto ao seguro, pelo menos pra mim, é igual a qualquer outra moto: No meu perfil e meu CEP ficou em R$ 6.800,00 com franquia de R$ 2.500,00. Imagino que a situação melhore em lugares mais nobres e com perfis mais favoráveis. De qualquer forma, é uma moto pouco visada pelos ladrões. Pode ser uma boa opção para quem quer andar tranqüilo.

E você? Compraria uma moto dessas? Tem alguma opinião sobre a moto ou a marca para compartilhar? Não deixe de comentar!

Comet 250 ao lado da Comet 650

Comet 250 ao lado da Comet 650

Compartilhe este texto!


Digite o seu nome e e-mail abaixo e saiba quando o Motos Blog é atualizado! Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail! É GRÁTIS!

Seu nome
Seu E-mail