Freios ABS serão obrigatórios nos Estados Unidos

Aproveitando a onda do ABS, que será um opcional da CB300R em 2010, uma notícia interessante: Nos próximos anos, todas as Motos vendidas nos EUA deverão possuir freios ABS de série.

Freio ABS



Estatísticas dizem que motos com ABS sofrem 28% menos acidentes do que as motos com freios normais. Isso por si só já justifica o uso do equipamento, e como lá eles não estão muito preocupados com o aumento dos preços das motos, provavelmente será lei em breve.

Eu acredito que, se adotado em massa, o custo do equipamento pode ser tão barateado a ponto de nem alterar os preços das motos. Modificações em linhas de produção custam muito mais dinheiro do que os componentes do equipamento em si.

Freios ABS

Freios ABS


ABS – Anti-block System, ou sistema anti-bloqueio, é uma tecnologia bem antiga, mas que ultimamente tem recebido muitas melhorias e tem se popularizado bastante. Trata-se de um sistema eletrônico que monitora o funcionamento dos freios da Moto, e que quando percebe que uma das rodas travou devido a uma frenagem feita incorretamente, desbloqueia a roda, permitindo que ela gire novamente.

Quando a roda trava, ela perde a aderência ao solo. Em carros, isso ocasiona a perda do controle, pois a direção passa a não obedecer ao comando do motorista. Nas motos o problema é ainda pior, pois o equilibro delas depende do controle, e quando há um travamento das rodas as chances de queda são muito grandes. O ABS elimina esse problema, e garantindo que o condutor sempre tenha o controle da moto em qualquer situação. Além disso, a frenagem com freios ABS sempre atingirá o limite máximo entre a perda de velocidade e a perda de aderência, garantindo que a moto vai parar o mais rápido possível.

Interruptor Freios ABS

As motos da BMW já contam com freios ABS a muitos anos, inclusive, neste mês ela comemorou a fabricação da milhonésima moto com ABS. Já a Honda, começou a usar ABS recentemente, com um sistema novo chamado CBS – Combined ABS, que é um sistema onde ambos freios traseiro e dianteiro são acionados ao mesmo tempo, e um sistema eletrônico determina a intensidade da frenagem em cada um deles, além de garantir que nenhuma das rodas vai travar, como o ABS já faz.

Já pensou se no Brasil o ABS fosse obrigatório?

Compartilhe!