GravatarMotos Blog » Mecânica, Tutoriais

Como trocar o óleo e o filtro de óleo da V-Strom 650


A semana é de feriado, mas o blog não descansa! Para começar bem a semana, fiz um pequeno tutorial em vídeo ensinando como trocar o óleo e o filtro de óleo da Suzuki DL650 V-Strom.

O procedimento é muito simples, não exige praticamente nenhuma habilidade especial e pode ser realizado em qualquer lugar, na sua casa, em um posto de gasolina, no meio do deserto do Atacama… Você decide! É bom saber realizar esse procedimento em viagens longas, pois você nem sempre pode encontrar mão de obra “confiável” pelos lugares onde vai passar.

Materiais necessários

Para o trabalho, você vai precisar de:

  • Uma bandeja ou recipiente grande
    Deve ser grande suficiente para acomodar todo o óleo usado e para que possa receber o óleo do bujão e do filtro ao mesmo tempo.
  • Jornal, para forrar o chão
    Acredite, vai fazer sujeira.
  • Uma chave do tipo estrela ou L, tamanho 14

    Não use chave de boca, nem chaves multi-uso. Essas podem estragar o parafuso do bujão.
  • 3 litros de óleo SAE 20w50 API SL
    Yamalube, Lubrax Essencial
  • Um pequeno alicate
    Para o caso da tampa do reservatório estar muito dura de abrir com a mão.
  • Um funil
    E nem pense em usa-lo na cozinha depois!
  • Um pano velho
    Para limpar as mãos, ferramentas e partes do motor onde o óleo respingar.

Veja o vídeo:

Procedimento

Prepare o ambiente
Forre o chão abaixo do motor com jornal. Não economize, e espalhe o jornal bem, pois o óleo pode respingar bem longe. Coloque pesos para manter o jornal no lugar e evitar que o vento faça uma grande bagunça.
Coloque a bandeja abaixo do parafuso do bujão, que é por onde vai sair o óleo.

Se o motor estiver quente, espere esfriar um pouco (pelo menos meia hora). Assim o óleo vai estar morno e vai escoar mais rapidamente. Não trabalhe com o motor quente. É perigoso, além de ser mais difícil.

Remova o parafuso do bujão
Usando a chave 14 (Estrela ou L, não use chave de boca!), afrouxe o parafuso (sentido anti-horário em relação a rosca), e então, remova o parafuso com a mão. Ele vai sair facilmente. Se ele cair na bandeja, não tem problema. Depois você pode “pesca-lo” e limpa-lo com o pano.

Ao remover o parafuso, o óleo começa a cair na hora e em grande velocidade (se estiver morno). Enquanto ele escoa, podemos trocar o filtro de óleo.

Troque o filtro de óleo
Para remover o filtro antigo, é só gira-lo no sentido anti-horário.

E para colocar o novo, é só rosqueá-lo no lugar do antigo. Ele já vem com o retentor de borracha. Então basta encostar, apertar um pouco e está feita a troca. Mais simples, impossível!

Coloque de volta o parafuso do bujão
Basta rosqueá-lo com a mão até o final, e então, usar a chave 14 para dar um pequeno aperto. Não aperte muito, pois o bujão é feito de alumínio e pode deformar-se facilmente, além de dificultar a próxima troca.

Coloque o óleo novo
Na V-Strom 650, o motor requer 2.3 litros de óleo, mas como trocamos também o filtro, certamente será necessário um pouco mais. Como o óleo é vendido sempre em embalagens de 1 litro, compre 3 e você terá uma sobra para completar eventualmente.

Coloque então 2.3 litros de óleo através da entrada do reservatório (no lado direito do motor). Use o funil, ele ajuda bastante a não fazer sujeira.

Quando terminar, feche o reservatório e ligue o motor por alguns segundos, só para o óleo circular um pouco. Depois, espere uns 5 minutos para que o óleo baixe novamente.

Assim, você vai ter a real noção de quanto óleo há no motor, e verá que o nível não estará na marca máxima. Pois agora, basta abrir novamente o reservatório e completar. Acredito que mais uns 100 ou 200 ml sejam suficientes para que o nível de óleo fique no máximo.

Viu como é simples? Se for organizado, em menos de 15 minutos você faz todo o trabalho: Preparar, executar e limpar tudo depois.
Para descartar o óleo usado, não jogue pela pia ou ralo! Não jogue na terra, na grama, na rua, ou em qualquer lugar público que seja! Coloque o óleo velho nas garrafas vazias de óleo, embrulhe-as com jornal, e leve a qualquer posto de gasolina, e eles vão fazer o descarte correto.

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário!

Compartilhe este texto!


Digite o seu nome e e-mail abaixo e saiba quando o Motos Blog é atualizado! Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail! É GRÁTIS!

Seu nome
Seu E-mail

27 comentários

  1. Adimar (Pardal) disse:

    Olá Daniel.
    Acho que uma dica interessante, e que eu também faço, é com um outro pano (estopa) limpar a região da sujeira (areia por exemplo) antes de começar a troca do óleo, porque normalmente é uma região que fica muito suja. E antes de parafusar (tanto o local do parafuso quanto o do filtro), com uma outra estopa retirar a maior parte possível de óleo da região, para garantir uma vedação mais eficiente (sem aquele “suado” nas peças), e vai garantir que você identifique com mais eficiência um possível vazamento.

    Abraço.

  2. Ângelo disse:

    Pão duro! kkkkkk

    Com esse vídeo nem precisava das fotos. Show de bola!
    Legal que a Strom dá pra ver o nivel do óleo por fora mesmo!

    Moto sem comentários a Strom.

  3. Adriano Nogueira disse:

    Fala Daniel.

    Você esqueceu que tem que passar uma fina camada de oleo no retentor do filtro, assim quando for dar o aperto, a borracha “deslisa” e da o aperto certo sem risco.

    Já tive um motor fundido por conta de não fazer esse procedimento, a borracha dobrou pq não tinha oleo nela, e quando deu pressão ela rompeu.

    Abraço

    • Adimar (Pardal) disse:

      Verdade, este tipo de filtro de óleo tem esta característica, o que eu escreví no meu comentário acima deve ser complementado. Deve-se limpar o óleo velho, e com o óleo novo, fazer o procedimento no filtro que você comentou.

      • Daniel Ribeiro disse:

        Putz! eu nunca tive esse problema. Nunca tinha me atentado a este detalhe.
        Bom, estou usando a moto já a 500 km desde a troca, e até agora tudo certo. Mas não custa fazer isso na próxima troca! hehehe

        T+

  4. Samuel Brito disse:

    vixe assim fica fácil trocar óleo e filtro, pelo menos na vstron pode tirar o filtro com a mão.Agora esse pitoco? Queba a firma né hehe.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Samuel, Pitoco é o nome de uma gata de rua que nós alimentamos. Ela tem o rabo cortado, por isso chamamos ela assim.
      E Front Line é o nome de um remédio anti-pulgas. Por isso é que a Luana perguntou se nós podemos aplicar o Front Line na Pitoco… Ele é meio caro. hehehe

      • Luana disse:

        Foi uma guerra pra comprar esse Frontline pra passar nos gatos persas aqui de casa, ai eu fiquei com medo de sair aplicando um produto de R$80,00 em uma gata de rua e levar uma bronca, tem que pedir autorização né.. hehehe
        Tinha que ter filmado a guerra que foi pra segurar a gata, só deu pra passar o spray em metade da gata, o “econômico” Daniel nem achou ruim.. rss

  5. Cliff Bernaldo disse:

    Pow gostei do video…

  6. Claiton Bigliardi disse:

    pois é, então és pão duro?! Coitada da pitoco… hehehe!

    Na xt 600 era um chato, tinha que tirar duas tampas pra escorrer o óleo velho e o local pra colocar o óleo novo também tinha um acesso ruim, o filtro eu mesmo não cheguei a trocar.

    Show de bola.

    abração.

  7. Regis disse:

    Estopa não!!! Dica: use um pano que de preferencia não solte fiapos, pode acontecer de na hora de fazer a limpeza em determinadas regiões um deses fiapos irem parar onde não deve.
    Não é comum mas já peguei motos com a bomba de óleo travada e dutos de óleos entupidos com fiapos e pedaços de jornais.

    Muito bom Daniel eu acopanho o motosblog a muito tempo e já muitas dicas aqui, mas com video feito por vc não me lembro de ter visto antes.
    Show de bola…

  8. Fernando disse:

    Amigo, bom dia, pode me informar se pode ser feito a troca do óleo e filtro com a moto no descanso lateral ou é necessário que a moto fique em reta?

  9. LUIS MOTOPEÇAS UBERLANDIA disse:

    OTIMA DICA… SOMENTE UM COMENTARIO: NO BUJAO DE OLEO TEM UM ANEL DE VEDAÇAO DE ALUMINIO QUE DEVE SER TROCADO EM TODA A TROCA DE OLEO; POIS ELE TEM A FUNÇAO DE DEFORMAR QUANDO SE APERTA O BUJAO E ASSIM VEDAR O OLEO; CASO CONTRARIO VC VAI TER QUE COLOCAR CADA VEZ MAIS FORÇA PARA VEDAR O OLEO E ASSIM PODE ATE ESPANAR A ROSCA DO BUJAO. QUANTO A ESTOPA DEVE SER EVITADO O USO, POIS SEMPRE QUE ABRIMOS MOTORES DE DIVERSAS CILINDRADAS TEM GRANDES QUANTIDADES DE FIAPOS NO FILTRO E PARTE INTERNA DO MOTOR E ESTE FATO PODE TRAZER COMPLICAÇOES NO DECORRER DO TEMPO E USO.
    PARABENS PELA INICIATIVA DE LEVAR INFORMAÇAO AOS USUARIOS.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Luiz, eu nunca troquei essa arruela em nenhuma moto que tive, e nunca tive problemas.

      • LUIS MOTOPEÇAS UBERLANDIA disse:

        o problema q eu falei nao é de imediato mas sim no decorrer do tempo, pois sempre pego motos com este problema de espanar rosca de bujao em minha oficina (motoa de variadas cilindradas), pois reitero a funçao desta arruela de aluminio é deformar ( e só deforma uma vez da maneira correta) para vedar o oleo e assim colocar monos torque no parafuso para perfeita vedaçao; portanto é norma em minha oficina trocou oleo a arruela de vedaçao é trocada e colocado sempre que possivel o torque correto.

        • Daniel Ribeiro disse:

          Então, como falei, eu sempre fiz e nunca tive problema. Não quer dizer que não acontece, vai ver tive sorte até hoje.

          Tive uma Tuíster, vendi com 60 mil km, depois uma Falcon, que roubaram com 65 mil km, e agora tenho a Yes com 61 mil km, a V-Strom com 21 mil km e a Lead com 13 mil km… Sempre fiz a troca de óleo de todas, e nunca troquei a tal arruela.

          De qualquer forma, essa arruela deve custar centavos… Não vale a pena economizar nisso né? :)

          Valeu!

  10. Ricardo disse:

    Parabéns Daniel, muito instrutivo e melhor ainda os comentários que sempre dão uma dica a mais!
    Eu troquei hoje o oleo da minha e o filtro de oleo num saiu tão fácil como a sua na mão, ou eu que tô fraco!!! Tive que usar uma lixa e fazer um torniquete com uma alça de bolsa e chave de fenda!!!!

    Eu deixei escorrendo óleo a noite toda, assim não mistura muito o velho com o novo.

    Abs, Ricardo.

  11. Jairo disse:

    Ola,tudo bem pessoal,aproveitando o topico da troca de oleo ,gostaria de saber de voces qual filtro e qual o oleo que estao utilizando nas suas V-strom.
    A minha é uma 2011 e esta com apenas 3,200 kilometros e como nao tem mais garantia e o antigo proprietario tinha feito a revisao dos 3mil a mais de 5meses queria trocar oleo e filtro,mas pretendia sair do absurdo das autorizadas.
    Abraços e no aguardo
    Jairo

  12. Leandro disse:

    Que aula… parabéns…

  13. Daniel Dias disse:

    Primeiramente parabéns pela iniciativa de criar estes guias faça-você-mesmo. Tenho uma Suzuki GSX-650F 2012 e gostaria de fazer as trocar de óleo e revisões em casa mesmo. Gostaria de saber se você sabe onde posso encontra um “checklist” de tudo que é revisado em cada uma das revisões desta moto.

    Obrigado.

    Daniel.

  14. Rafael Ferreira disse:

    Olá camarada, eu fiquei com dúvidas com relação ao protetor de carter!! Como seria a troca de óleo com aquele protetor?? acho que seria uma meladeira!!!!



  15. Comente este texto!

    ATENÇÃO: Todos os comentários são revisados antes de entrar no ar. Antes de escrever, pense: "Se eu fosse o dono deste blog, eu aprovaria este comentário?". Propagandas serão apagadas. Caso queira anunciar no Motos Blog, clique aqui. Veja a nossa política de comentários. Pedidos de manuais não serão atendidos.

    Você pode usar estas tags:
    <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Este blog suporta Gravatars. Para ter a sua foto nos comentários, cadastre-se no Gravatar.