GravatarMotos Blog » Suzuki

Suzuki lança GSX650F 2009 no Brasil


Esta notícia é quente! Dica do nosso amigo leitor Antonio Celestino, da Norep Motos. A Suzuki vai trazer para o Brasil a GSX650F, substituindo a atual GSX750F. Desta vez, parece que a Suzuki caprichou na Moto!

Suzuki GSX650F 2009

Suzuki GSX650F 2009



O visual mudou bastante, agora esta mais moderna e bonita. Eu particularmente não gostava muito do visual da 750F, parecia estranha, meio alta, mas esta está muito mais parecida com uma moto esportiva de verdade. O visual é claramente inspirado na GSX 1000 R, a SRAD 1000, porém, com um motor beeem mais manso que a “prima”.

O motor 750cc deu lugar a um motor de 656cc, porém o desempenho não sofreu muito. A moto tem 85hp de potência máxima (contra 86 da 750) e o torque máximo é de 6,27 kgf.m (contra 6,80 da 750). Uma perda pequena considerando que o motor tem 94cc a menos.

Além de menor, o motor agora é refrigerado a água, e é alimentado por um moderno sistema de Injeção Eletrônica. A taxa de compressão foi elevada de 10,7:1 para 11,5:1, para equiparar o desempenho a sua antecessora. Isso só foi possível graças a refrigeração liquida, que era uma queixa antiga dos proprietários desta moto.

O painel é bem completo, tem um grande conta-giros e um velocímetro digital, além dos outros instrumentos comuns.

O Painel da Suzuki GSX650F 2009

O Painel da Suzuki GSX650F 2009

A moto, que está mais para uma Sport Touring do que para uma Super Esportiva, prioriza o conforto e não o desempenho. É uma excelente opção para quem gosta de viajar e quer um bom desempenho e visual esportivo em uma moto de baixo custo.

Suzuki GSX650F 2009

Suzuki GSX650F 2009

A GSX650F chega as lojas segunda quinzena de novembro, e o preço estimado é de R$ 34.000,00.

Compartilhe este texto!


Digite o seu nome e e-mail abaixo e saiba quando o Motos Blog é atualizado! Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail! É GRÁTIS!

Seu nome
Seu E-mail

69 comentários

  1. Eduardo AA disse:

    Não tem como negar: já era a vez das motos com cilindradas 700.

    Agora é a vez das 600cc. Acho que por causa do motor menor, aliado ao mesmo desempenho né?

  2. Rafael disse:

    Acho que a Suzuki GSX750F (Mônica) ainda tem público alvo e o mercado ficará órfão de mais uma cilindrada muito boa, que mescla o melhor do conforto e do “turismo”!

    A GSX600F pode ser chamada praticamente de uma Bandit 600 (B6) carenada e com novos grafismos. Grandes chances de passar dos 30mil reais, já que a carenagem deixa ela mais cara do que a B6, que custa mais de 30 mil. Creio que uns 5 mil a mais do que a B6 no mínimo. Mas a Suzuki precisa melhorar o pós-venda, o treinamento dos mecânicos e o preço das peças…. opinião de um propriOtário Suzuki!

  3. Leandro disse:

    Finalmente atualizaram a “F”. Estava esperando já algum tempo. Acho que eles poderiam ter colocado um escape mais moderno, ao menos no design. O conjunto das cores, achei um pouco defasado, parece as cores do inicio da década. Poderiam ter caprichado um pouquinho.

    Se a Suzuki tiver produção, a Rórnet que se cuide…

  4. mane disse:

    Não ficou legal não….essa GS500…ops…..Bandit 650…..
    Veja comentários
    http://www.motonline.pt/forum/forum_posts.asp?TID=25519

  5. RGT disse:

    Pô galera … eu curti. O visual da “antiga” F era meio estranho e esse ficou bem melhor. Além disso é uma opção para quem quer ter uma moto com carenagem integral mas não quer partir para uma SRAD (por falta de grana ou por falta de experiência em super-bikes). Principalmente pra quem mora em grandes cidades onde as SSs são alvo forte dos ladrões.

  6. paulo disse:

    Que falta de criatividade da suzuki lançar uma moto sem identidade própria cara da gsx 1300, visual de bandit misturado com gsx 1100 da década passada, so espero que o desempenho não decepcione tambem.

  7. Antonio Celestino disse:

    Rafael essa moto apesar de herdar quase tudo da Bandit tem diferenças consideráveis e por isso que não se pode dizer que é uma simples Bandit carenada. Tem painel diferente, ajustes nas supensões dianteiras e traseiras, tocada um pouco mais esportiva entre outras coisas.

    Paulo, o engraçado é que todo mundo fica cobrando uma moto com visual mais esportivo e bom desempenho mas que não custe muito caro. E esse foi exatamente o pensamento da Suzuki ao desenvolver essa 650, se quer algo com identidade própria e exclusividade você vai ter que economizar mais e comprar uma supersport mesmo.

    Na minha opinião a moto é show, do jeito que o mercado brasileiro tava precisando, mas concordo com o Leandro em relação a Bazuca (ops, escape, hehehe)… Mas já vi fotos de umas com ponteiras esportivas e ficaram boas.

    • Márcia disse:

      OI, a respeito do escapamento é uma das coisas nela que mais gosto, além de ser muito confortável e quando quero deixa os outros na poeira o detalhe é realmente a falta de bons profissionais que cuidem da sua mecânica/manutenção e as peças são bem mais caras que a da CEBÊr600 ou CEBÊ600 da Bomba e a autonomia das outras marcas acima de 600cc são bem maiores, por exemplo a Bomba revisão de 6000km/6000km yamaha até 10000km/10000km contra a suzuki que é de 3000km/3000km.

      • Daniel Ribeiro disse:

        A revisão da Rórnet é a cada 6000 km? Desde quando?
        Que eu saiba, a Rórnet é a cada 3000 km, igual a 650F… e a FZ6 também é a cada 3000 km…

        Todas as motos tem revisão a cada 3000 km, as excessões são:
        Titan, Fan e Lead – 4000 km
        YBR, XTZ, Lander, Fazer – 5000 km

  8. Ivan disse:

    Atualização válida, mas a moto ainda não me atrai. É, praticamente, a Bandit 650 carenada. Pelo preço, e estilo, iria de Fazer FZ6S sem a menor sombra de dúvidas. Vai ser concorrente da Comet GTR 650, que fica atrás nas características do motor, à frente em preço e, na minha opinião, empatada em estética.

    • Toni disse:

      Bom. Comparar a Bandit com a Kasinski comet 650 foi de doer meu amigo. Pra mim tem empresas que eu nem considero pela qualidade do que oferecem juntamente com o suporte. Kasinski e Dafra são algumas.

  9. Eduardo AA disse:

    Concordo com a Antonio e Rafael: o escape é ultrapassado…

  10. mane disse:

    Não diria que só o escape é ultrapassando, para não falar feio. Mesmo com a reestilização da Bandit, ela continua uma moto muito cara para a tecnologia, design, motor e acabamento oferece. Se for parecida com as partes plásticas, fiação e pintura da Bandit então….O chassi ainda é o arcaico e simples berço duplo de aço, com parede mais grossa que as antigas 600 e mais pesado se não me engano…… Nem é alumínio fundido como a Fazer 600 e a Rórnet

    Agora, se realmente for custar R$ 34.000,00….(ou mais, pois o dólar subiu) será melhor comprar uma SUZUKI GSX-R750 – 2005…..mas ai, esperar uma eternidade por peças quando precisar. Como sugestão, deveria ter trazido a GS500F, que é carenada…seria cara ainda pelo o que ofereceria, mas, teria um preço mais compatível com nosso mercado.

    Acho que não tem nada de engraçado quando o cliente quer que seu dinheiro seja bem aplicado, afinal, essa moto custa no EUA 7.299,00 dólares e uma GSX R600 custa 9.799,00 dólares!!, Portanto muito cara por uma carenagem…. Está na hora do representante da Suzuki no Brasil trazer a GSX R600…..mas acho que terá problemas para a colocação dela na faixa de preço entre as motos disponíveis hoje, talvez uma canibalização….margem…margem…sem falar da pouca tradição nas 600 superesportivas.

    E mesmo o remapeamento da injeção, suspensões recalibradas (já era tempo, o piso brasileiro não é o americano ou mesmo chinês… aliás, nem o peso do brasileiro é igual ao chinês, que são bem mais leves -curiosidades e informações- ).

    Abraço

  11. Antonio Celestino disse:

    É verdade Mané… A GSX650F é uma moto super ultrapassada, sem estilo e de péssima qualidade, os plásticos, a pintura e até a fiação são uma porcaria. O chassi não presta, o motor é velho e a suspensões foram feitas para “chineses” (essa foi ótima).

    Só não sei como essa moto está fazendo tanto sucesso na Europa e nos Estados Unidos, acho que por lá só tem otário e ninguém entende de moto, ou será que lá não vendem Yamaha e Bomba?!?! Estranho isso né?

    Sim, falando nisso, aonde foi que você testou a GSX650F? Pelo seu veredito você deve ter testado ela intensamente ou será que dá para chegar a conclusão que a moto não presta e contrariar os especialistas das revistas internacionais de motociclismo só olhando números?

  12. Antonio Celestino disse:

    Bom, sem brincadeiras agora. Hehehe.

    Eu vi a moto pessoalmente no salão.
    Tirei fotos, subi na moto, analisei o painel e etc e sinceramente não vi nada de material de má qualidade ou mal acabamento, pelo contrário, o painel é bem fechado sem deixar aparecer fiação ou qualquer outro tipo de coisa e a pintura é no mesmo padrão da pintura das “R”. Se o chassi ou o motor não presta não tenho como opinar pois ao contrário do mane (desculpa, não resisti) não tive a chance de testar a moto.

    O preço eu acho que não está caro, lógico quanto mais barato melhor, mas está justo. A 750F vendia muito bem e a 650F tem mais inovações e desempenho pelo mesmo preço, isso parece ser justo.

    Na minha opinião condenar (ou premiar) uma moto sem antes conhece-la e testa-la é ignorância (por isso que o próprio Daniel só posta testes de motos que ele teve a chance de testar).

    Como a moto ainda não chegou no Brasil e não foi testada por nenhuma publicação brasileira, nós resta dar uma olhada no que as publicações internacionais estão dizendo:

    http://www.motorcyclenews.com/MCN/News/newsresults/mcn/2007/November/november12-18/nov1407suzukigsx650ffirstimpressionstestlaunch/

    http://solobiker.com/news/gsx650f-how-do-i-love-thee-let-me-count-the-ways/

    http://www.superbike.co.uk/news/Suzuki_GSX650F_launch_report_news_155647.html

    http://www.telegraph.co.uk/motoring/motorbikes/sportmotorbikes/2749719/Suzuki-GSX650F-is-the-complete-package.html

    http://www.visordown.com/motorcyclenews/view/suzuki_gsx650f_world_launch_report/1885.html

    Bom, quem quiser acredite nas opiniões dos sites, quem não quiser espere a moto chegar nas lojas e veja pessoalmente.

  13. Eduardo disse:

    Estou entre comprar uma B1250-S, Rórnet ou uma FZ6 S. Esta moto se encaixa no meio. O problema é que ela pesa 241 Kg. É muita coisa para um moto com um certo apelo esportivo. Pesa mais que a B1250 !!!

  14. Luis Otávio disse:

    Tenho uma 750-f. Quero trocar numa dessas agora.
    Engraçado, o modelo antigo parecia bem mais encorpado. Essa parece mais magra e comprida.
    Pode ser só a impressão pelas fotos.

  15. Daniel Ribeiro disse:

    Luis, a 650 F realmente é menor que a 750F. Mais magra e mais curta.

    T+

  16. Everson Arthur disse:

    Vou ficar com a FaZeR 600s da yamaha, em questão de esportividade da um banho nessa susi….

    “Confesso abestalhado que estou decepcionado……”(Raul)

  17. Roger disse:

    Tive um Katana ( 750F) 2005 e em julho/08 tive a oportunidade de andar por 3 dias na 650 F nos EUA. Ela tem um ótimo acabamento, se encaixa bem ao corpo e tem um bom desempenho, parecido com a 750F. O que deixa a desejar mesmo é o visual do escapamento. O preçco dela em Chicago era de U$ 7.300 dolares. E esta sendo muito bem aceita no mercado americano. Provavelmente vou comprar uma quando chegar, que segundo as revendas é para a proxima semana.

  18. chiquinho disse:

    Bom , eu tenho uma Rórnet e gosto muito dela. Em questão de desempenho e digiribilidade entre as motos 600 cilindradas, acho que é o melhor motor , mas ela merecia algo a mais em termos de desainer e a gsx650f vem com essa proposta porém se compararmos desempenho , conforto e digiribilidade a Rórnet da de 1000 a zero. Observação o peso da moto manda muito na hora da escolha , acho que depois que vê-la mudarei de opinião pois na foto ela parece ser muito bonita.

  19. Roberto disse:

    Já li a crítica da GSX 650F na Revista Duas Rodas. Vi alguns videos dela na Europa e as fotos. Sinceramente vou vender minha Rórnet e pegar esta. É a moto ideal pra mim. Já testei uma Srad 1000, uma Bandit 1200 N e uma Bandit 650S injetada. As 1000 cc só pra pagar de gatão, pq para as nossas estradas emburacadas e irregulares com curvas projetadas para cair não vale a pena. Desde 2006 apenas duas vezes passei de 220 km/h ( no marcador )a adrenalina é grande, mas o bom mesmo é a velocidade cruzeiro. Então essa moto vai cair como uma luva, guidão mais alto ( conforto ), banco confortável para a carona, ela não vai precisar colocar a mão no tanque como acontece nas esportivas, carenada e como não vou sair por aí disputando mesmo.
    Claro infelizmente não pode agradar em tudo e a todos, pois eu gostaria que ela tivesse um pneu traseiro 180 como da Rórnet. Mas, fazer o que vou de F assim mesmo.

    • Eduardo disse:

      Roberto
      Estou contigo… Também tenho uma Rórnet 2008-ABS. Muito boa moto, mas não é confortável. Tem motor bom, pneu 180 na traseira, tem a questão do ABS, mas é uma moto dura, nada confortável. Já ajustei as suspensões dianteira e traseira prá mais macias, mas não adiantou muito. Andar passando dos 200km/h também prá mim é uma coisa totalmente eventual…ou seja, o que vale mesmo é uma posição de conforto, moto mais macia, carenagem, prá viajens, passeios, mas com potencial de ultrapassagem sem problemas… Aí a 650 se encaixa bem. Estou negociando a minha Rórnet por uma GSX650F. Até porque, depois de uma cirurgia que fiz na coluna, não me agrada mais as motos pouco macias, que é o caso da Rórnet. Quanto ao escapamento, acho que pode-se trocar por um esportivo e o visual melhora bastante. “A basuca” não caiu bem nesta moto não..! Na roda traseira, pode-se colocar, sem problema algum, um pneu 170 (quando a troca for necessária), e já fica bem mais encorpado. (fiz isto numa antiga Bandit 600N que eu tinha, eu ficou bom!). É isso aí. No final das contas, além do gosto pessoal de cada motociclista, deve-se sempre osbervar qual o propósito do usuário na escolha da motocicleta.

      • Sérgio Braga disse:

        Rapaz! Eu tô numa dúvida cruel. Quero pegar minha primeira 600. Tenha uma ótima Fazer 250 que me levou até o Uruguai.
        Não sei se pego a FZR6 S, XJ6 F (sou fã da Yamaha), mas fui nesse sábado ver umas motos e essa aí me chamou a atenção.
        Agora fiquei mais da dúvida ainda. Tem os fatores que mais me importam: conforto do carona (e, claro, do piloto), baixo consumo de combustível, manutenção mais barata possível, carenada e com uma certa pegada esportiva.
        Na sua opinião, e de quem mais quiser opinar, a GSX 650 F sai melhor do que as outras.

        Excelente seu comentário sobre o gosto pessoal e o propósito de cada um.

        Aliás, estou conhecendo agora esse blog e gostei muito mesmo do alto nível das discussões.

        Parabéns a todos.

  20. junior disse:

    Quando a suzuki ira entrar na disputa com as motos de 250 cilindradas. (tuwister e fazer).

  21. cleumir disse:

    jative 05 750f teria outra se trocacen acarenagen dianteira ja esta feia; colocacem aroupa da 650f nova daria um banho de venda usen acabeça engenheiros da suzuki.

  22. ramiro gewehr disse:

    Ja tive uma bandit600 e uma rf900,ambas suzuki.Fui numa concessionaria aqui em porto alegre,e vi a gsx650.Achei o acabamento muito fraco,parece uma moto chinesa.O guidom parece de bicicleta preto fosco.A balanca traseira,tambem preta,ficou muito simples.A impressao que passa,é que a suzuki economizou demais,deixando a moto muito simples.Na minha opinião,os 34 mil é caro.O acabamento da Rórnet ,é 100 vezes melhor.A srad750 sai por 48.A srad600,custara uns 41,sem falar que são muito superiores.Agora,tenho uma CEBÊ1300SF,paguei 35,e achei barato,considerando,acabamento,motor,suspencao,é outro departamento!

    • Daniel Ribeiro disse:

      A GSXF650 nada mais é do que uma Bandit com carenagem. É só pra quem faz muita questão MESMO da carenagem… mas ela não é uma moto esportiva… Basta olhar para a suspensão dianteira para perceber isso.

      T+

  23. eliandro disse:

    Troquei minha bandit650N 2oo8 com 4100KM,pela GSX650F,estou muito contente com a moto a carenagem faz a diferença,ficou bem mais macia,o painel muito bonito,torque e potencia são os mesmos sim,mas como disse anteriormente a carenagem faz a diferença e muito.É só colocar as duas na pista que verão a diferença na hora.Não me arrependi em pagar os 34.000 nela,só a satisfação de pilota-la já me faz feliz.

  24. sandro fabiano disse:

    ola pessoal, tenho uma gsxf 750 ano 2004,acho uma moto exelente, docil, muito boa de mecânica, posição de pilotagem, ótima prara garupa, o que não gostei da nova 650 f foi o guidão plano, ja que a 750f lembra mais estar pilotando uma esportiva, na 650 melhoraram tudo até seu design ficou mais parecido com a irmã 1000r, mas esse guidão achei um tanto antiquado para sua estética… ela esta uma cópia fiel da bandit 650… que acho sem graça… João toledo você poderia levar essa idéia em prática… té mais…

  25. sandro fabiano disse:

    moto tão bonita e deixaram a desejar neste guidon de bicicleta preto fosco, hora bolas, a suzuki está deixando a desejar, quem tem uma 750 agora vai ter que cair de cilindrada pra ficar na mesma moto…isso ta parecendo coisa de chines,fazem a moto tecnologicamente mais avançada e regridem na cilindrada, sem duvida deixaram uma grande mancada…tenho uma 750f, pois agora vou ter que descer pra uma 650 pra inglês vê….

    • Daniel Ribeiro disse:

      Sandro… apesar das 100 cc a menos, a moto tem praticamente a mesma potência, além de ser muito mais bonita que a 750f… Eu gostei bastante.

  26. Mira disse:

    Boa tarde pessoal.. estava me divertindo com os “N” comentários de vocês… primeiro o quanto criamos de expectativas… segundo sobre as defesas e críticas em relação a 650F..

    enfim.. gosto é igual braço! tem gente que tem.. tem gente que não tem…rs.. brincadeira..

    li o comentário de todos e respeito o gosto de cada um. Só gostaria de acrescentar uma coisa: Quando queremos fazer algum comentário, quando queremos fazer um bom comentário…neste caso sobre motos.. e mais especificamente a GSX650F, sempre é bom termos um bom conhecimento do produto e seus concorrentes e por fim dos motivos de uma marca renomada como a Suzuki estar lançando um produto com tais características (escapamento, guidão, etc) e qual a intençao da marca estar posicionando este produto, desta maneira, no mercado nacional…qual o tamanho da fatia deste mercado a Suzuki deseja conquistar… Por fim, já tive motos srad, custom, naked (com e sem carenagem) e por último sai de uma Bandit e comprei este mês a GSX650F. Como disseram alguns: quer uma moto com todas as caractarísticas que você deseja? esteja preparado p/ comprar uma top de linha.. srad.. R1… etc.. a GSX650F não é uma Bandit carenada pelo simples fato de ter o quadro, chassi, banco, “rabeta”, iguais o da Bandit.. a quanto tempo temos o VW Gol no mercado nacional como o mesmo nome é milhões de restilização?? não é o mesmo carro.. mas é o mesmo nome. isso acontece em ordem contrária a moto que estamos falando. Ë uma excelente moto p/ estrada e cidade.. muito bem montada.. de ótimo acabamento… preço acessível… e um ponto que vai agradar a todos: A MULHERADA (que não entende tanto como nós) FICA LOUCA QUANDO VÊ A MOTO!!! é o que todos queremos?? não é?? rs.. PS.: já troquei o escapamento por um esportivo, tirei os piscas dianteiros e coloquei “led’s”, tirei o pára-lama traseiro e coloquei um eliminados de pára-lamas, e tirei o pneu 160 e coloquei um 180. gastei apenas 900,00 (pois usei o pneu que veio nela na troca pelo pneu mais largo). a Moto tá uma maravilha.. por um ótimo preço.. lançamento no mercado nacional.. terá baixa desvalorização em relação as outras… quem não gostou pode comprar uma Fazer… Rórnet (e comer muito mosquito na viagem.. ou colocar aquela bolha horrivel).. ou então a nova YAMAHA XJ6 que está chegando também!! Abraço moçada!!

    • Antonio Celestino disse:

      Mira, acho que você resumiu muito bem o que venho tentando demonstrar a vários comentários atrás. Hehehehehe. Outro ponto positivo que quase ninguém percebe e você não comentou é que o fato dela ter o mesmo chassi da Bandit já tem vários acessórios (Baus, bagageiros, escapamentos, eliminadores, etc) para ela desde o dia de seu lançamento. Se fosse uma moto completamente nova nós (brasileiros) iriamos sofrer muito até que esses acessórios chegassem por aqui. Mas como você disse, quem quer uma moto top de linha tem que partir para uma Hayabusa, R1 ou se quiser arregaçar de vez uma B-King.

    • Fernando disse:

      Amigo, me conta como foi tudo o que você usou de acessórios???

      Cara, comprei uma igual na semana passada… Ela vai chegar nesta semana… Toda preta… Imagina eu estava quase comprando uma Rórnet… Desisti dela depois que minha esposa confundiu pela Trigésima vez a Rórnet com a CEBÊ300R… Perguntei para outras 2 colegas de trabalho e ambas confundiram…

      Fiquei entre a GSX650f e a z750… O preço e a carenagem fizeram a diferença na minha escolha…

      Me conte sobre os acessórios que vc colocou na sua…

      - Como foi o caso dos Pneus? Você teve de trocar a roda? Alguma adaptação? Como fica a dirigibilidade neste caso? E o Pneu da Frente?
      - E no caso de paralama, placa, piscas, você fez alguma coisa? Tem o link que pode indicar o acessório???

      obrigado,

      Fernando

    • Toni disse:

      Olha! Primeiro lugar vc. não come mosquito pilotando naked. Tem capacete sabia. Segundo o impacto em roupa não deixa tanta sujeira quanto em carenagem. Terceiro a diferença da carenagem ocorre somente após uns 140 a 160 km/h e mesmo assim o incomodo vai depender muito da velocidade do vento no dia.

  27. sandro fabiano alexandre disse:

    pois é, obrigado pelo comentario, meu ponto de vista não foi maldoso,e sim construtivo… a gsxf 650 é uma moto muito bonita por sinal… sei que a suzuki foi versatil no projeto, adorei o painel, seu farol,as cores e grafismos (azul)…
    estou tentando me acostumar com a ideia, ela tem um preço bem acessivel, esta bem moderna, esperaremos pra ver o que o consumidor vai dizer!!!

  28. werneck disse:

    essa nova gsx650f regasa mas qual é o valor dela

  29. Erichi Passarini disse:

    e ai apaixonados por máquinas veloses!!
    eu estava esperando o dia que chegaria na Rórnet, porém já não espero mais agora é GSX650F, sem comentários….

  30. Luis Otávio (Tatado) disse:

    Boa noite a todos;
    Venho colocar minhas primeiras impressões sobre a nova GSX-650f que acabei de compar.
    Primeiro, quanto ao preço. Fiz a cotação da moto em várias concessionárias, uma em Jundiaí/SP, duas em Belo Horizonte/MG, uma em Betim/MG e por último em Divinópolis/MG. O preço em Divinópolis foi incrivelmente mais baixo, chegando a R$ 3.200,00 de diferença se comparado ao maior preço cotado. Para quem se interessar, o tel da concessionária é (37)3213-1000.
    Bem, a moto. Saliento que meu parâmetro é a antiga 750f, minha última moto. Apesar de eu achar a “Mônica” linda (750f), considero o design da nova moto muito mais atual. A azul é maravilhosa, a preta/cinza é bonita.
    Andando. Apesar da aparência de uma “R”, a posição de pilotagem é mais ereta que da 750f, isso se deve ao fato de não ter semi-guidão. Na opinião de minha namorada, a garupa também é menos esportiva. Muitas revistas e pessoas a comparam com a Bandit. Realmente, ao se olhar as duas motos, percebe-se a semelhança no tanque, rabeta, etc. No entanto, gostaria de frisar que a posição de pilotagem das duas motos NÃO É A MESMA!!!!! As bengalas da Bandit são mais altas e, consequentemente seu guidão. As pedaleiras da naked são um pouco menos recuadas. Isso faz com que na “nova F” o piloto fique mais jogado para frente e apoiado nos punhos. Nada que chegue a ser desagrável e que não se acostume. Mesmo assim, longe de ser uma “racing”. Tirei essas conclusões ao fazer uma viagem de aproximadamente 100 Km, os 50 primeiros em minha moto e os 50 restantes na Bandit de um grande amigo. As conclusões de meu amigo foram exatamente as mesmas que eu tive.Interessante seria que uma revista especializada fizesse o mesmo que eu fiz. Analise das duas motos juntas.
    Desempenho. Realmente muito parecido com o da Bandit. Diferente do da 750f, uma vez que o maior torque na antiga moto era em altas rotações, e na moto nova, em baixas rotações se sente mais a força do motor. Isso também faz com que a velocidade final dela seja menor que a final da 750f. Na 750f eu conseguia 240 Km/h(velocímetro) e na 650f não consegui mais que 216 Km/h (velocímetro).
    Bom, é isso. Tentei ser o mais imparcial possível para que vocês possam tirar as próprias conclusões.
    Abraços.

    • Aldo G disse:

      Luiz otávio, gostei da sua explicação e imparcialidade, vc foi bastante claro e posso dizer será de grande importancia a sua experiencia com essas belas motos.

    • Sérgio Braga disse:

      E aí? beleza?
      Meu, ótima sua explicação. Ficou bem claro. Eu quero pegar a minha primeira 600. Valorizo muito o conforto do carona; não gostei muito do visual da 750.
      Tô numa dúvida cruel. XJ6, melhor custo benefício com sacrifício do carona, FZR 600 S com ótimo banco do carona, mas com consumo elevado e agora tô lendo aqui sobre a GSX 650 F. Tô maravilhado com o que os caras tão falando. Mas, e quanto ao consumo?
      Quanto bebe uma moto dessas? E a manutenção? O que você, e outros também, tem a dizer sobre isso?

      Obrigado

  31. PEREIRA-MT disse:

    olá,

    alguem poderia me falar algo sobre o consumo das gsx650, pois estou entre a compra da XJ e GSX,

    e como todo bom brasileiro que tendo a motoca, vai andar todo dia, quero pensar tambem na economia no final do mês.

    agradeço

    • Fernando L. Machado disse:

      Amigo, eu tenho uma GSX65F e posso lhe garantir que a moto é maravilhosa.

      Meu amigo tem uma XJ6F… Não troco de maneira nenhuma…

      Comentários:
      - GSX65F é mais forte sim e a XJ6F não anda junto de maneira nenhuma; vi uma reportagem da revista moto este mês que parece uma piada ou reportagem paga. NÃO ANDA JUNTO MESMO, NEM FUDE…. Passo até em subida de 230 com minha moto…
      - A YAMAHA é mais bonita [pena só ter a preta] e a rede de concessionárias é mais confiável.
      - a Yamaha tem vendido melhor o que pode significar que ela terá um melhor comércio no futuro.
      - Nos USA e EUROPA a XJ custa em torno de mil dóllares ou mil euros à menos que a GSX65F… Porque só no Brasil pagam o mesmo preço por uma moto que entrega menos???
      - O grande problema da GSX65F é o peso… Acho ela pesada e cansativa quando é para usar na cidade, mas meu uso é 90% estrada, então não me incomoda.
      - Dizem que a XJ é boa de cidade… Eu já andei em uma por bastante tempo e posso te garantir que não é… Ela pesa pouco a menos, mas tem menos torque em baixa e menos potência em alta… BALELA… Não é boa não… Inclusive as duas são ruins.

      Pelo mesmo preço ou por até 2mil reais a mais eu iria de 65F. Se você conseguir um preço menor ai eu já ach que vale à pena sim… A XJ é linda… Pena só ter na cor preta… De uma olhada na 65F azul e na laranja com preta…

      Grande abraço e boa escolha!!!

      O grande problema das 2 é o peso e tudo se resolveria com o uso do quadro de alumínio pesente na antiga FZ6 – que era um Tsão de moto. Só faltava a carenagem full e ea seria imbatível entre as 600!!!

    • Toni disse:

      Olha! O consumo da GSX 650F deve ficar em torno de 15 km litro. O que o Fernado disse é bem real. A XJ6 é até bonita, mas a yamaha está decepcionando muito com preço e qualidade oferecida. Isso sobre o torque em baixa e alta eles fizeram com a ¨R6, nossa essa moto ficou uma BOSTA. Se vc. está em dúvida entre as duas eu ficaria com a GSX 650F. Essas motos andam junto na minha concepção que com muita bondade vc. pode acelerar menos e andar com um cara de XJ6. Quando eu digo que uma moto não consegue andar junto é pq. a diferença é muito grande e amarra o passeio. Eu tenho uma Rórnet e acompanhei o meu cunhado em uma viagem de GS 500. Nossa ele anda bem de moto, mas a diferença é brutal de uma moto para a outra. A GSX é um moto muito boa pra passeio, ela não tem como competir com moto esportiva nenhuma daquelas carenada sabe. É uma moto pra passeio já te aviso pq. um amigo meu bateu uma DENTRO de UM PALIO… rsrsr Isso mesmo que vc. ouviu. Alías se quer uma moto para o dia a dia compre uma 250 mas se quer andar no dia a dia com uma 650 vai ter que ter paciência.

  32. Toni disse:

    Bom. Está moto e a XJ6. A XJ6 com certeza anda menos. A XJ6 pode ser mais manobrável no trânsito que a gsx 650. Deve gastar pouco menos. Essa moto da SUZUKI ficou boa, mas é uma moto de passeio. Ela não tem como competir com uma esportiva nata como a CEBÊR 600. Ela tem menos torque que a Rórnet pra dar uma idéia. Agora se comparar ela com a XJ6 ela ainda é um canhão, isto é bem mais rápida.

  33. Suzuki lança a GSX650F 2011 no Brasil | Motos Blog disse:

    [...] sair do forno. A Suzuki lançou o modelo 2011 da GSX 650F! Suzuki GSX650F 2011 Laranja A GSX650F, lançada no Brasil em 2009, agora ganhou novos grafismos. Além do já tradicional Azul-e-Branco e do Preto, revitalizados na [...]

  34. rafael disse:

    Olá, pessoal!!! andei lendo os comentários de todos e, em especial, achei muito interessante um deles que fala sobre a semelhança entre a CEBÊ 300 e a Rórnet e acho mesmo q a Bomba n bolou muito o projeto das duas que são muito parecidas. Acho mesmo uma sacanagem colocar uma moto de 13 mil tão semelhante a uma de 34 mil, falta de idéia. Aliás, por essas e por outras, estou trocando minha Rórnet dourada por uma 650f laranjada, acho ela linda e atende aos meus anseios, acho. A carenagem faz a diferença e acho q e a Bomba tem q entrar nessa briga. Abraço a todos!!!!

    • Daniel Ribeiro disse:

      Quem tem CEBÊ300 gosta de ter uma moto parecida com a Rórnet.
      E quem tem uma Rórnet não gosta de ter uma moto parecida com uma CEBÊ300.

      A CEBÊ300 vende muito mais que a Rórnet… Acho que a Bomba não tá muito preocupada com os donos de Rórnet… Sei lá.

  35. Eduardo disse:

    Quanto ao consumo da GSX650F, repasso a seguinte informação:
    Por enquanto, ainda estou na fase de “amaciamento” que, conforme orienta o manual da moto, não se deve ultrapassar os 6000 giros nos primeiros 800 km rodados. Isto gera uma velocidade máxima de 116 km/h. Então, dentro dessa faixa obtive 20,7 km/litro, rodados na cidade e na estrada. Na minha opinião, um bom consumo, dado à potência e peso desta motocicleta. Acredito que quando estiver bem amaciada, lá pelos 15 ou 20 mil kms, deverá até fazer um pouco mais. É óbvio que se voce abrir o punho, aí a coisa muda de figura…… mas isto vale prá qualquer moto ou carro.

  36. fabio assis disse:

    eu tenho uma gsx650f 2010 preta sempre passo dos 230kmh com minha esposa na garupa ja dei pau em muita rornet ,carenada é carenada .alen disso,possui modulo de controle de alta performace para uma pilotagem mais esportiva pro cara andar com ela só a 220 , tem que ser muito ruim e pra falar mau da moto tem que andar primeiro com ela!!!

    • Toni disse:

      Bom. A moto original 650f é uma coisa que chega aos 226 e empaca. A Rórnet empaca nos 240/245 original sem mexer. Além da Rórnet chegar bem mais rápido até 200 km. A 650 só tem leve vantagem sobre a Rórnet de 0-70 km. Isso é amplamente conhecido por qualquer leitor que já leu algum teste sério sobre motos 600. A Rórnet com power comander é uma moto muito violenta. A minha é 2009 e ainda pega uns 237 km. A 650f do meu amigo não chegou a 200 km num passeio que fizemos. Ele vai vender e pegar a Hayabusa. Peguei uma Rórnet com power comander e não sei o acerto que o cara fez que eu com a minha original comi poeira quase como se eu estivesse correndo contra uma 1000cc. Sabe ando direto de moto e não sei de onde vem pessoas como vc. que falam umas coisas que são totalmente FORA DA REALIDADE!

      • Daniel Ribeiro disse:

        Toni, cara, acho que vc precisa ser menos radical.
        Eu já pilotei as duas: Rórnet Injetada e 650F, e posso dizer que a Rórnet não passou de 220 na minha mão. Eu peso 100 kg e tenho 1,90mts… Até agachando pra reduzir a resistência do ar a moto não desenvolve.
        Já com a 650F, foi maravilha… 225 km/h foi a minha máxima, e só não foi mais porquê acabou a reta. Mas o conforto é OUTRO PAPO… Fui a 225 de peito aberto, levemente abaixado apenas pra cabeça entrar no perfil aerodinâmico da moto. É um socego só.

        Temos que lembrar que nem a Rórnet, nem a 650F são motos esportivas. Elas são motos para passear, então essa disputa por 10 ou 20 km/h é na verdade uma grande perda de tempo… Ambas as motos tem desempenho similar, mas propostas completamente diferentes.

        • Antonio disse:

          Bom. Tenho 1,78 m 89 kg e a minha Rórnet ano 2009 comigo já chegou a 240 km moto original com podium somente. Toda vez que precisei de potência foi tranquilo. Agora o conforto superior da 650f é imbatível. Outra se o piloto é grande, ou mais reforçado como meu colega essa moto é ideal. Agora vc. tem de considerar o óbvio com 1,90 e sem carenagem nessa faixa de potência vc. perde uns 20 ou 30 km mesmo. Se eu tivesse o seu porte jamais compraria a Rórnet. A Rórnet tem 176 kg e 102 cv a 650f não chega a 100 cv com 253 kg. Pense na relação peso potência. A Rórnet é muito mais nervosa ela não pode ser confortável mesmo. O meu conforto na Rórnet depende muito do meu punho acelerar bem suave e de ter comprado a versão com C-ABS. Não estou sendo radical só estou sendo lógico. Vc. tem uma das melhores nakeds médias para o seu porte físico, assim como eu tenho a melhor para o meu porte. Não se esqueça que a Rórnet tem o motor de uma esportiva em uma naked e as vantagens da Rórnet não aparecem somente na velocidade final, mas também na aceleração. Por isso muita gente tira onda com a Bandit 1250 em alguns trechos de pista e ainda leva a melhor.

  37. Luis Otávio (Tatado) disse:

    Olá, pessoal.
    Já havia colocado dois “posts” sobre a moto anteriormente.
    Venho registrar que a moto é realmente maravilhosa e dá para manter uma certa pilotagem esportiva sem problemas. No entanto não posso deixar os leitores serem enganados por quem diz que “passa dos 230 com garupa”.
    Repito: é uma moto bastante potente e estável. No entanto, quem entende de motocicletas sabe que reta é reta. Qualquer piloto que tenha coragem de virar o punho numa reta de 5 km, inevitavelmente chegará na velocidade final de sua moto. Desta maneira, repito: ESTA MOTO NÃO PASSA DOS 226 KM;H “NO VELOCÍMETRO”.
    Claro que 226 km/h é uma velocidade mais que suficiente para a maioria de nós, mas se vc pensa em acompanhar motos verdadeiramente “racing”, tente fazer um test-drive nesta moto antes.
    Sou apaixonado pela minha moto e não pretendo trocá-la, mas esportiva é esportiva, Turing é tyuring.
    Abraços.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Luis, tem razão… Já vi videos no Youtube, e realmente, depois dos 220, a moto evolui muito pouco.

      Pra mim está de bom tamanho… Já é mais rápido do que o necessário para se divertir.

  38. fabio assis disse:

    ja disse todo sabado estou no auto posto serrazul na bandeirantes se eu não der 230 com minha esposa na garupa pode me zuar no blog,é apenas uma650 de passeio porem não é minha primeira moto e posso afirmar que a 650f anda muito bem ,pra uma pessoa dar só 225 de final nela só tem duas maneiras, ou vc pesa 200quilos ou é ruim de guidão mesmo!!!

  39. Luis Otávio (Tatado) disse:

    Pessoal,
    Não venho ao Blog para provar nada a ninguém, tampouco desperdiçarei meu tempo com apostas inúteis.
    Minha intenção é tão somente a de informar. Não acho que R$ 33.000,00 seja pouco dinheiro para se gastar desinformadamente.
    A informação é uma ótima maneira de se evitar futuros desapontamentos.
    A proposta da Suzuki é justa e honesta. Saibam o que estão comprando e não se decepcionarão com a moto.
    Abraços a todos.

  40. fabio assis disse:

    não sei como vc pode ser tão incredulo diante de tantos videos provando que226 não é a velocidade final dessa moto não sei como vc amaciou ela mas digo que a sua ta bem xoxa , não estou propondo apostas estou garantindo que a minha moto anda mais que 226 pode ser que não acredite mas como disse antes não é minha primeira moto de media cilindrada não comecei ontem!!!

  41. Luis Otávio (Tatado) disse:

    Ok.

  42. fabio assis disse:

    procure no youtube gsx650f 243km jean

  43. dinhomg disse:

    Eu tenho uma gsx650f azul e estou muuuuito feliz com a moto,não tem nada de acabamento ruim não, fiz algumas modificações, troquei o pneu traseiro por um 180, coloquei uma ponteira esportiva(melhorou o desempenho do motor, já que a grande bazuca com catalizador acaba segurando um pouco o motor) e regulei a suspenção dianteira e trazeira deixando mais dura para melhor desempenho em altas velocidades,ficou show, a moto dá 203km de 4ª marcha, eu coloquei 231km na minha(a reta acabou se não dava mais) , que se manteve firme, não sacode como algumas motos, na net tem videos desta moto a 248km, confiram, eu já conferi na pratica e sei que a velocidade final que vem sendo divulgada não sei por quem de 225km não é a real da moto, que alem de tudo é bastante confortável tanto para o garupa quanto para o piloto, o peso da moto é 216 kilos, não é os mais de 240 kilos que disseram acima.
    não tive uma bandit pra saber se anda tanto como a gsx650f, mas posso afirmar que carenagem faz sim muita diferença.
    um abraço e sejam felizes com suas lindas motocicletas!

  44. fabio assis disse:

    ate que emfim alguem conhece a moto de verdade , 248 kmh ta muito bom e sobre carenagem procurem no youtube o alex barros ensinando que ombros cotovelos e cabeca podem causar uma perda de mais de 10 kmh, portanto aero dinamica significa ciencia .

  45. dinhomg disse:

    Valeu Fábio Assis, é que tem muita gente que não conhece a moto e faz comentários por ourir dizer, o video do you tube se chama gsx 650f a 248 km/h (top speed)vale a pena conferir.

  46. fabioassis disse:

    eu tinha uma Rórnet antes da 650 f e posso afirmar que ela tem uma final de 220h e a 650 chega a quase 250 procurem no youtube gsx650f 248kmh top speed e parem de falar besteira sobre a moto eu não mudei a moto em nada e ela se mostra muito superior a minha antiga Rórnet mas como falam Bomba é Bomba e otário é otario

  47. Silvanio disse:

    Eu tenho uma fan 125 uso para trabalho e passeio,como gosto muito de moto to sériamente pensando em comprar uma 600cc to em dúvida entre a Rórnet,GSX650f,ER6N to pensando qual delas eu compro!
    So que fica aquelas dúvidas básicas!
    A mecânica qual é mais cara,qual a mais barata,qual a facilidade de encontrar peças acessórios e etc!
    Economias em geral!
    E como vou comprar semi nova no máximo até uns 23 mil!
    Andei olhando a 750f mais não faz muito meu estilo!
    Quem puder me ajudar nessas dúvidas agradeço!
    E vou andar bem mais na cidade do que na estrada!
    Moro em Uberlândia-MG
    Abraço a todos
    obrigado

  48. nadielson disse:

    ai pessoal moro aqui no amapá e falei com um cara que tem uma gsx650f no dia 28 de janeiro ele foi para um local que tem aqui no amapá chamado abacate da pedreira e já chegou aos 245kh e eu achei incrivel eu tenho a vondade de compra uma esportiva de 600cc mas qual e a melho uma esportiva de 600cc ou uma gsx650f no novo modelo?

  49. nadielson disse:

    obs:ele ja tem a moto já faz 2 anos



  50. Comente este texto!

    ATENÇÃO: Todos os comentários são revisados antes de entrar no ar. Antes de escrever, pense: "Se eu fosse o dono deste blog, eu aprovaria este comentário?". Propagandas serão apagadas. Caso queira anunciar no Motos Blog, clique aqui. Veja a nossa política de comentários. Pedidos de manuais não serão atendidos.

    Você pode usar estas tags:
    <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Este blog suporta Gravatars. Para ter a sua foto nos comentários, cadastre-se no Gravatar.