O Salão Duas Rodas 2011 – Primeiro dia

Estive no Salão Duas Rodas ontem, e corri para ver os lançamentos dos principais fabricantes.

Ainda faltam muitas novidades, que vou relatar nos próximos dias, mas vamos as de hoje:

Kasinski

A Kasinski tem um estande bem grande, logo na entrada do salão. As novidades ficam por conta da Comet GT650 (Naked), Comet GT 150S, e a carenada Comet GT150R, que eu particularmente achei bem bacana.

Comet GT650

Comet GT650

Comet GT650

Comet GT650

Comet GT150S

Comet GT150S

Comet GT150R

Comet GT150R

Comet GT150R

Comet GT150R

Além dessas Motos, a Kasinski parece estar realmente empenhada em colocar motos elétricas no Mercado. Além da já conhecida Prima Electra 2000, foram apresentadas a Win Eletrika e a Prima Electra 500.

Win Eletrika

Prima Electra 2000

Prima 500

Uma tendência que tenho percebido é o uso de cores foscas na pintura das motos. Não só da Kasinski, mas de toda as outras marcas.

Comet GT250

Comet GT650R

Kawasaki

Um dos principais lançamentos da Kawasaki é a Ninja 1000, versão carenada da Z1000. A Moto é realmente imponente e tem visual marcante. O que mais gostei nela foram as ponteiras de escape e a frente.

Ninja 1000

Ninja 1000

Ninja 1000

Além da Ninja 1000, a nova ZX-10R também está por lá, e é bem diferente do modelo anterior. O que mais gostei, além do escape, foi a lanterna traseira.

ZX-10R

ZX-10R

O painel também dá um ar muito moderno a moto.

ZX-10R

A ER-6n agora nas cores grafite fosco e vermelha – fantástico.

ER-6n Fosca

ER-6n Vermelha

E a Versys com pintura amarela e preta, sendo que o amarelo tem prisma, que fica muito legal ao vivo e deve ter um efeito bem diferente sob a luz do sol.

Versys Amarela e Preta

Detalhe da pintura prisma

Tinha também a Versys Tourer, que já vem com para-brisa maior e com defletor, malas laterais e todos aqueles acessórios que já comentei no outro post.

Versys Tourer

Yamaha

A Yamaha trouxe poucas novidades. Certamente a mais aguardada era a XTZ 660 Ténéré, que finalmente desembarcou por aqui. Um pouco tarde, na minha humilde opinião, mas antes tarde do que nunca.

XTZ660 Ténéré

XTZ660 Ténéré

XTZ660 Ténéré

XTZ660 Ténéré

A Yamaha também apresentou 2 Scooters bem bacanas, o T-Max, bicilindrico de 450cc, e o X-Max, monocilíndrico de 250cc. Seria ótimo ter mais estes representantes da categoria no Brasil, já que a Dafra Citycom 300i está nadando de braçada neste mercado.

T-Max

X-Max

Além da Ténéré e dos Scooters, nenhuma outra novidade significativa. Apenas mudanças nas cores e grafismos. Toda a linha Ténéré está disponível na cor azul.

XTZ250 Ténéré Azul

XTZ250 Ténéré Marrom

XTZ1200 Ténéré

Suzuki

Na Suzuki, nada novo. A última novidade é a GSR150i, versão incrementada da Yes, com motor 150, Injeção Eletrônica, câmbio de 6 marchas, suspensão a gás e outros mimos.

GSR150i

GSR150i

GSR150i

No mais, apenas mudanças de cores e grafismos em toda a linha.

KTM

A KTM está apostando forte na Duke 200, uma pequena Street bem simpática. Com motor de 200cc refrigerado a água, conjunto muito leve e muito bem acabado, é uma grande promessa e pode ser um grande desafio para as marcas tradicionais se chegar com um bom preço.

Duke 200

Duke 200

Além da Duke 200, há também a versão “de verdade”, a Super Duke 990. Com um musculoso motor bicilíndrico em V e visual agressivo, a moto deve ser um verdadeiro furacão nas pistas.

Super Duke 990

E o mesmo pode-se dizer da 990 Supermoto R.

990 Supermoto

Ducati

Na Ducati, nada exatamente novo. Estavam sendo exibidas as Diavel e a Multistrada 1200, a Hypermotard 796 (agora também em preto fosco), a 848, a Monster e a Streetfighter.

Monster

Diavel

Diavel

Diavel

Multistrada 1200

Hypermotard 796

848

Streetfighter

Dafra

Na Dafra, a novidade fica por conta de duas novas motos de 250cc, a Roadwin, produzida em parceria com a Daelim (quem diria!) e a Next 250, produzida em parceria com a Sym, a mesma fabricante do Scooter Citycom 300i. Apesar de parecerem diferentes, os detalhes são parecidos. Ambos tem motor de 250cc refrigerado a água.

Roadwin

Roadwin

Next 250

Next 250

Falando em Citycom, agora há também ele em preto fosco.

Citycom 300i

Além das novidades Dafra, há também a MV Agusta, que agora monta a Brutalle 1090 e a F4 na fábrica da Dafra.

Brutalle 1090RR

F4

F4

BMW

A maior novidade na BMW é a novíssima R1200R Classic, uma Naked (quem diria!) com o manjado motor boxer de 1200cc, mas que tem como grande diferencial as rodas raiadas (com raios centrais) e pneus com câmara. A ideia é reviver as clássicas Motocicletas dos anos 50 ou 60, e com um visual retrô a moto consegue chegar neste objetivo. Mas como qualquer outra BMW, a moto está recheada de tecnologia. ABS, controle de tração e computador de bordo estão presentes.

R1200R Classic

R1200R Classic

Além dessa novidade, há também a nova G650GS, do modelo novo, com rodas de liga leve que estranhamente ficaram bem com a moto.

G650GS

A F800R nacional também está lá.

F800GS

E há também a versão “Sertão” da G650GS, mas não consegui tirar fotos. Vou tentar amanhã.

Zero Motorcycles

A Zero está por lá exibindo duas motos elétricas também. O desempenho, segundo dizem, é o equivalente a uma moto de 250cc, e a autonomia é de 80 km com uma carga da grande bateria de íons de lítio.

Zero SM

O que achei mais interessante foi a transmissão por correia dentada, extremamente fina.

Zero SM

Ainda há muito que ver no Salão. Pude ficar apenas 3 horas lá e obviamente não deu tempo de ver tudo. Mas hoje eu vou voltar lá e continuar com a cobertura, falando das outras marcas (Harley, Traxx, Haobao e tantas outras), dos acessórios, dos eventos que acontecem lá dentro e tudo mais. Por hoje é isso!

Compartilhe!