GravatarMotos Blog » Dicas

Como calcular o consumo da sua moto


Pode parecer estranho, mas muita gente não sabe como calcular o consumo de sua Moto (ou mesmo carro ou caminhão). Quando perguntado “quantos quilômetros sua moto faz com 1 litro de gasolina”, muita gente não sabe responder. Então aprenda a seguir.

Existem algumas formas de se fazer isso, mas vou explicar apenas a mais simples, e que funciona em qualquer moto. Nem todas as Motos possuem hodômetro parcial (aquele que pode ser zerado), mas todas tem hodômetro total, então é por ele que nos basearemos.

1º Passo: Encha o tanque

Enchendo o tanque da moto

Enchendo o tanque da moto


Basta colocar gasolina até encher o tanque. Não adianta colocar gasolina se o tanque não encher. Abasteça até completar o tanque.

2º Passo: Anote a quilometragem

Anotando a quilometragem inicial

Anotando a quilometragem inicial


No painel da moto há o hodômetro, que é aquele número que diz quantos quilômetros sua moto já rodou desde que foi fabricada. Anote este número no posto de gasolina, enquanto o frentista enche o tanque da moto.

3º Passo: Rode com a moto

Rodar - A parte mais legal do processo

Rodar - A parte mais legal do processo


Essa é a parte mais fácil. Rode pelo menos uns 50 km para poder ter uma boa precisão na medida.

4º Passo: Encha o tanque de novo

Encher o tanque novamente

Encher o tanque novamente


Você deve parar novamente no posto de gasolina para encher o tanque novamente. Mas atenção: Fique atento a quantidade de gasolina que entrou na sua moto. Para isso, basta olhar na bomba de combustível quantos litros foram colocados.
Veja quantos litros de combustível foram colocados no tanque

Veja quantos litros de combustível foram colocados no tanque

5º Passo: Anote a quilometragem, o consumo e faça as contas

Anote a nova quilometragem

Anote a nova quilometragem


Anote no mesmo papel a nova quilometragem da moto, e a quantidade de litros de gasolina colocados. E então basta ver quantos quilômetros você rodou com essa quantidade de gasolina. Veja o exemplo abaixo:

  • Na primeira parada, a moto estava com 15431 km. O tanque foi abastecido até encher.
  • Na segunda parada, a moto estava com 15593 km o tanque foi abastecido de novo, e couberam 9,129 litros de gasolina.

A conta é a seguinte:
(Km da segunda parada – Km da primeira parada) / Litros

Se agora a moto tem 15593 km, e antes tinha 15431 km, significa que foram rodados 162 km desde a primeira parada, afinal, 15593 – 15431 = 162.

Se o tanque foi totalmente abastecido na primeira parada, e para encher de novo foram necessários de 9,129 litros, então para percorrer esses 162 km foram gastos 9,129 litros de combustível. Então, com 1 litro você pode andar 17,745 km, pois 162 dividido por 9,129 é igual a 17,745.

A conta ficou assim: (15593 – 15431) / 9,129 = 17,745.

Viu como é simples? Se tiver alguma dúvida, deixe um comentário!

Compartilhe este texto!


Digite o seu nome e e-mail abaixo e saiba quando o Motos Blog é atualizado! Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail! É GRÁTIS!

Seu nome
Seu E-mail

57 comentários

  1. Rafael Souza disse:

    Boa matéria. Simples, direta e prática.
    Calculando consumo também é a melhor forma de comparar a qualidade das gasolinas. Gasolina adulterada o consumo aumenta muito.

  2. Ederson disse:

    Simples, prático, e realmente ainda tem gente que não sabe calcular o consumo da sua moto.
    Sua moto é uma beberrona XD, 17 por litro =x faço 35/l com gasolina na minha titan 150cc mix e 25/l com alcool.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Ederson, além da V-Strom, tenho uma Yes, que faz mais ou menos 35 km/l também. A V-Strom uso só para passear e viajar. Acho que pelo que ela me oferece, o consumo está de bom tamanho…

    • Mike disse:

      poxa…comparar o consumo de uma 150 mono com uma 650 bi é meio estranho…
      mas pela cc a v-strom faz uma otima media!!!

      • Ederson disse:

        A intenção não foi comparar hehe, foi somente meu espanto ao descobrir que a V-Strom bebia tanto achava que motos nessa faixa de cc faziam no mínimo 20 km/l

        • Daniel Ribeiro disse:

          Ederson, ela faz até 22 km/l andando como uma pessoa normal, mas eu sou um anormal que só anda de cabo enrolado, então o consumo fica assim… hehehe

          • Guilherme disse:

            Ótimo consumo da V-Strom, não foge da média das motos desse porte. Triste é pensar que minha Falcon faz 17km/litro tbm! rs

  3. Nilson Silva disse:

    Excelente materia Daniel. Tem muita gente mesmo que não sabe ou não atenta pra isto. Gostaria só de fazer um adendo: O procedimento todo deve ser repetido mais de uma vez. De preferência umas 4 ou 5, intercalando percursos urbanos e de estradas. E em seguida deve ser tirada a mádia. Aí sim teremos algo bem mais preciso! Cá pra nós: que moto beberrona esta do de exemplo do teste !!!!

    • betão disse:

      O ideal mesmo é manter sempre o acompanhamento do consumo. É muito simples. Uma vez iniciado, basta SEMPRE abastecer completando o tanque e anotando a quilometragem na própria notinha do posto. Daí você joga numa planilha e pode tirar conclusões como CUSTO por KM, média mensal, gasto (R$) mensal, anual, etc.
      Naquelas paradas “emergenciais”, em que não completa o tanque, basta você lembrar quanto colocou e adicionar ao próximo abastecimento tanque cheio.

      Nesses casos, geralmente eu gravo quanto abasteci em R$ e o valor por litro, daí é só dividir pra achar quantos litros foi (ex: R$10 a R$2,99 = aprox 3,3l). No próximo abastecimento que completar o tanque, anoto a km e adiciono esse valor ao total (ex.: precisou 6l pra encher o tanque, lanço 9,3l na planilha).

      Faço isso com a minha moto e o carro desde 0km, incluindo peças, mão de obra, imposto, etc.

  4. Alexandro disse:

    Muito bom, muita gente realmente não sabe ou se atrapalha na hora de fazer o calculo.
    O ideal, principalmente para motos em que os tanques são pequenos, para se ter uma precisão maior o ideal é encher, rodar até a reserva e depois completar novamente. Rodando pouco a imprecisão aumenta. Outra dica, mais complicada, seria abastercer no mesmo posto e bomba, pois diminui a diferença (e pilantragens de alguns postos) entre as quantidades informadas.

    • Giam disse:

      Alexandro,
      Eu já ando fazendo isso de abastecer no mesmo posto e na mesma bomba há algum tempo, pois tive problemas com as minhas duas motos. Coincidência ou não, também tenho uma VSTROM, porém é DL-1000 (o Daniel tem uma 650) e uma YES 125, a DL anda fazendo na faixa de 17km/l e a YES por volta de 30-29km/l.

      Já cheguei a 36km/l com a YES mas eu acho que preciso limpar o carburador da “bixinha” para poder voltar a esse patamar.

      Daniel, a única coisa que realmente me espanta no post é que parece que muita gente ainda não sabe calcular qtos km´s a moto faz com um litro.

      []´s e excelente matéria !

  5. Davi disse:

    Eu ainda tinha dificudade pra calcular a media da minha moto.. geralmente usava o tanque todo e calculava pelo tamanho do tanque (14 litros – res) e vi q não estava dando muito certo. Agora vou anotar na prox parada e posto aqui depois pra ver se está na media da yes mesmo hehe

    PS. bem que podia ter postado essa materia antes neh.. demorei pra aprender algo tão simples.

  6. Adriano Carvalho disse:

    Eu queria que minha GSXis Érre 1100 rodasse 160 km e consumisse só 9 litros da gasolina rs.

    Mas então, na parte que indica o quanto que ela fez, seria melhor colocar dessa forma: 17km e 745m.

    Valeu, bom post!

  7. samuel passos brito disse:

    Beleza esse artigo Daniel!!Mais claro que isso impossivel,porém tenho umas dúvidas.É verdade que moto zero bebe mais?ou depende da condução? meu camelo por exemplo em uso rodoviario não faz mais que 26km por litro.Já me falaram que posso fazer uma regulagem na injeção eletronica para consumir menos verdade?
    Quanto ao camelo citado,CEBÊ300R com apenas 5700km.
    Grande aaaaabraço a todos!!!

    • Rafael Souza disse:

      Motores 0km tem maior consumo sim, tendendo a melhorar a com o tempo e amaciamento do motor. Leia o manual para saber a forma correta de amaciar o seu, embora com 5700km o motor já deve ter entrado em regime constante.
      Pilotagens agressivas, utilizando o motor sempre em giro alto e arrancadas fortes elevam muito o consumo. Se este comportamento foi feito desde o motor 0km, as folgas do motor tendem a ser maiores e contribuem para um maior consumo. Em resumo, quem gosta de andar forte tem que conviver com alto consumo.

      Por exemplo:
      Na minha antiga bros 150 fazia 33km/l na cidade andando na manha, baixando para 26km/l na BR tentando mantendo velocidade acima de 100km/h. Forcava muito o motor para manter alta velocidade.
      Já na atual Tenere 250, cidade faz 28km/l, e 31km/l na BR. Motor mais forte, não trabalha tao forcado em velocidade de 100km/h, mas no transito se perde muito com aquecimento do motor.

      Espero ter ajudado na dúvida.

  8. Guilherme disse:

    Daniel, notei na foto que vc possui um suporte para o celular/GPS, onde vc encontrou esse suporte? Ele fica bem fixado, é confiavel?! rs
    Abraços.

  9. johnsonkaw disse:

    A minha fazer 250 faz de 17 a 22 KM/L na cidade e não é muito diferente na estrada, sempre faço revisôes em autorizada ela está com 31.000 KM.

    • Newton disse:

      Também tenho uma Fazer 250 (a que já tem sonda lambda) e faço na média entre 32 e 36 km com um litro. Acontece que ando 30 km de estrada por dia, uso aceleração constante (na casa dos 90 a 100km/h), abasteço somente com gasolina aditivada, no mesmo posto (na mesma bomba a mais de um ano!) e calibro os pneus pelo menos uma vez por semana. Ela está com 43300 km e nunca troquei a lona de freio trazeira e nem o pneu dianteiro e somente uma vez a pastilha de feio dianteira e também só uma vez o pneu trazeiro (com 24 km). Quando ela era 0km fazia em torno de 29 a 33 km/l. Acho que para meu perfil de uso até que tá andando bem. Conheço poucas pessoas que tem a mesma moto que conseguem médias como as minhas…

      • Daniel Ribeiro disse:

        Newton, sua moto é bem econômica…
        Mas se é para andar tão devagar, não compensa pegar uma 125 ou 150? Com certeza será mais econômica andando nessa velocidade…

  10. Rafael Fernandes disse:

    Eu faço assim rodo até chegar na reserva, dai coloco gasolina (tanto faz a quantia), anoto a quantidade de gasolina colocada e a kilometragem, espero chegar a reserva de novo, vejo quantos kilometros fez e faço as contas

  11. Marcelo disse:

    Muito boa a matéria!

    Como já disseram, o melhor mesmo, é encher o tanque e andar até a reserva para fazer um cálculo mais preciso!

  12. Marcelo disse:

    Muito boa a matéria, porém, muitas pessoas não sabem também como a moto está fazendo pois alguns aceleram muito a moto, freiam muito em cima sem usar o freio motor, para muito em sinal e etc.

    Para quem quer realmente saber quanto sua moto faz, faça como o Daniel disse, anote o KM inicial, abasteça e ande, depois anote o final e faça a conta. Faça isso andando:

    - Na estrada, sem parar numa velocidade constante, por volta de entre 80km/h a 120km/h, dependendo da moto, se não tiver Radar melhor ainda.

    - Na cidade sem sinais e freiadas, faça um bom percurso que não tenha que parar muito, andando em baixa velocidade, 60km/h.

    - E na cidade, parando em tudo que é canto, como se estivesse andando com a moto normal p/ quem vai p/ trabalho e etc.

    Nesses 3 tipos de situações, haverá resultados “X”, assim saberá quanto sua moto está fazendo nessas 3 situações, e se preferir, some tudo e faça uma média.

    Abraço

  13. Bruno Freitas disse:

    achei difícil assim, eu prefiro encher o tanque anoto a quilometragem, e rodo ate chegar na reserva, subtraiu a quilometragem do abastecimento com a da hora que ela pediu a reserva, desse valor divido pela quantidade de litros do tanque principal ( 8,5 L na minha bros ). não é tão preciso mas da pra ver também como eu to andando, minha media anda de 35 a 39 km/l, o que não é ruim.

  14. saru disse:

    Essa eu não conhecia hehe.
    Muito bom vou testar agora! thanks.

  15. Paolo disse:

    Olá pessoal, complementando a excelente matéria do Danilo, criei uma planilha Excel (.xls) para controlar o consumo de minha moto. Se alguém se interessar e quiser baixá-la é só seguir este link => http://www.4shared.com/document/txq5Nfso/Controle_de_combustvel.html
    Ela já vem com as instruções de como usá-la.
    Façam bom proveito!

  16. Paolo disse:

    negrito normal

  17. Paolo Gera disse:

    Olá de novo pessoal. Estou disponibilizando uma nova versão de minha planilha para controle de combustível com algumas alterações que fiz e que, acredito, todos vão gostar.
    Então, podem esquecer da versão anterior, esta, na minha opinião, funciona melhor => http://www.4shared.com/document/5HnreXtf/Controle_de_combustvel_1_.html.
    Mais uma vez um grande abraço a todos.

    • betão disse:

      Também uso uma planilha para controle de gastos e consumo do carro e da motoca, porém inclui uma aba só para manutenções e outra só para gasolina. No final, tenho o CUSTO POR QUILÔMETRO, que é um dos dados mais interessantes para quem quer realmente saber o quanto seu veículo pesa no bolso e facilita o orçamento de viagens. Mas tudo começa com o básico, ou seja, ANOTANDO.

  18. Flavio Augusto Lessa rocha disse:

    Gostaria de Salientar que quanto mais quilometragem o motociclista fazer em sua moto mais real será o resultado do consumo, pois os dizimos (número depois da virgula), vão se somando e conseguentemente aumentando a autononia por quilometragem. O teste pode ser feito com a mesma moto fazendo a verificação como na matéria com 10 km por exemplo e refazendo com 100 ou mais, nota-se uma diferença muito grande de quilometragem, isso se dá pelos dizimos acima mencionados.

  19. johnsonkaw disse:

    Incrível a moto do Newton, a minha com 31.000 KM já troquei o pneu diateiro e traseiro 3 vezes, uso muito o freio dianteiro tanto que troquei pastilha 6 vezes e a lona nunca, também calibro semanalmente e só uso gasolina aditivada, outra coisa o disco está muito marcado se não vender logo vou ter que trocá-lo e em viagens não ando a menos de 110KM/H.

  20. junindamaua disse:

    e ai galera,blz?gostei muito desse metodo de medir o consumo mas eu uso um outro metodo q acho q funciona bem tb e é mais economico pra quem não ta afim de encher o tanque,serve pra motos q tem a reserva na torneira de combustivel,como as titans por exemplo.funciona assim:vc rona normalmente na moto com a torneira na posição ligado até ela pedir reserva,quando ela pedir vc vira a torneira e anota a quilometragem,dai vc vai no posto e coloca uns dois litros de combustivel,nem precisa ser na hora mas tem que ser antes da reserva acabar :D,e volta a torneira pra a posição normal,entao qd a moto pedir reserva dinovo vc anota a quilometragem dinovo,dai é so fazer as contas,como no metodo do daniel.espero q gostem.abraço

  21. fasp disse:

    olha eu faço um pouco diferente, quando a moto aponta a reserva, ja vou ao posto, coloco xis litros (por exemplo 10 litros, anoto a kilometragem q ela ta (ou zero o hodometro parcial) e rodo com ela até apontar o inicio da reserva de novo, ai eu diminuo a kilometragem anotada com a atual,( ex. deu 200)ai eh soh dividir os 200 kilometros por 10 ( a quantidade de combustivel) ai eu tenho o resultado = a 20km/l em média,
    faço essa media de consumo pelo menos 3x com a mesma quantidade de combustivel, ai sim consigo um resultado mais proximo do consumo que a moto tem. não acho errado como vc explicou, mas acho desnecessário encher
    o tanque pra tirar uma média, até pq não costumo rodar com tanque cheio, apenas coloco xis litros por semana, e espero rodar a media minima.

    • Betão disse:

      A necessidade de encher o tanque serve para padronizar a medida de nível. Se o medidor de nível fosse confiável, daria para medir o consumo se baseando pelo nível. Usando esse método da reserva, você também deveria anotar a quilometragem exatamente no momento em que pede reserva, pois se você hoje andar mais 10km na reserva e outra semana andar 20 já fica errada em pelo menos 0,5km/l.
      Pra quem sempre enche o tanque é muito simples acompanhar média. Parou para abastecer, anota km, joga numa planilha e pronto. Já existem até programas de celular para isso. Parou no posto, enche e anota.

  22. Manoe disse:

    Calculei e minha Factor ta fazendo 38KM por Litro.

    Por curiosidade, acabei fazendo medições afim de precisar as marcas de nível do tanque e depois o consumo da moto na prática e considerando as recomendações de segurança do fabricante.

    Vejam como são as coisas: Comprei uma Factor ED nova e no manual esta escrito que a reserva é de 2,6L enquanto o tanque cheio corresponde a 13,0L. Logo comecei perceber que não batia com a realidade.

    Primeiro, verifiquei quantos litros cabiam na reserva: com a moto sobre os pneus, no prumo e no piso nivelado, fis a medição. Resultou em 2,3L.
    (é bom saber, na prática, quanto cabe na reserva da moto, daí, tendo o consumo de litros por km, o piloto saberá exatamente até onde pode rodar)

    Segundo, enchi o tanque até o nível de segurança, ou seja, no fim do tubo de segurança que a Factor possui na “boca do tanque”. Resultou em 8,2L.

    Conclusão: no tanque da Factor cabem 10,5L. Isso representa 2,5L a menos de combustível, oque seria outra reserva, entretanto, você tem, na prática, ou seja, tem as medidas de gasolina que realmente pode contar.

    Observem: o ponteiro marca a verdadeira reserva quando está cortando a letra E no meio ( a verdadeira reserva é a que bate com a marcada na torneirinha).

    Isso pode acontecer com qualquer moto, é normal, mas quando se quer saber quanto combustível tem pra gastar, principalmente na reserva, tem sua importancia.

  23. poliana disse:

    BOM DIA COMO JÁ SABE TENHO UMA CRYPTON K 2012 ,SÓ QUE ESTOU COM UMA DUVIDA O PAINEL DELA MARCA 00148 E O ZERO QUE CONTA METROS ISSO SIGNIFICA QUE ELA ESTA COM MAIS DE 1000 KM RODADO? NÃO CONSIGO ENTENDER ,É PORQUE A PRÓXIMA REVISÃO DE FABRICA É COM 1000 KM COM A TOLERANCIA DE 10% A MAIS OU A MENOS. OBRIGADO

    • Daniel Ribeiro disse:

      Poliana, o último dígito geralmente tem uma cor diferente. Se este for o caso, ele representa 100 metros, e para saber a quilometragem você deve olhar apenas os dígitos da mesma cor.

  24. Eudes disse:

    eu tenho uma bros de 125cc e quando eu chego a completar a aceleração até a quinta marcha o limite de aceleração só chega até 60km/h não chega nem se quer á 80km/h, há alguma explicação sobre o fato???

  25. Milton disse:

    Muito bom, fazia diferente, menos inteligente…kkk
    enchia todo o tanque e rodava até pedir reserva, daí fazia os cálculos pq sei a capacidade do tanque da minha moto…
    Por isso é sempre bom aprender.

  26. Diogo disse:

    Onde vc conseguiu essa gasolina de 2,77?

  27. Diogo disse:

    Mesmo assim ta mto barato. Aqui em minas ta R$3,14

  28. claudio louzas disse:

    blz Daniel vou tentar fazer assim agora pois estava enchendo o tanque e fazia a conta,mais acho que tava dando errado so pode

    comprei uma bros 150 2013/13 e fiz as contas ela estava fazendo 23 km/l so pode esta errado mesmo isto pq ele é injeção eletrônica.

  29. Erick Albuquerque Marques disse:

    Eu quero saber se o meu calculo também está correto:
    Normalmente deixo pedir reserva marco a quilometragem da reserva depois o km que abasteci , quantos litros e depois o km que pediu reserva novamente:
    EX:
    -ENTROU NA RESERVA COM : 52584,9
    -ABASTECI COM : 52592,0
    -SUBITRAINDO O DOIS
    VALORES A DIFERENÇA
    É DE : 7,1
    -AGORA ADICIONO O KM
    QUE ABASTECI COM A DI-
    FERENÇA TOTALIZANDO : 52599,1
    -DEPOIS SUBITRAIO PELO
    KM QUE PEDIU RESERVA
    PELA SEGUNDA VEZ : 52615,7
    -RESULTADO DE KM RODADO: 16,6 KM POR LITRO
    -DEPOIS DIVIDO PELOS LITROS,QUE NESSE CASO NÃO É NECESSÁRIO PQ SÓ FOI UM LITRO MESMO…
    ESTOU PRECISANDO DE UMA RESPOSTA URGENTE PQ ESTOU COM PROBLEMA DE CABURAÇÃO DE UMA CG 125 E NÃO SEI SE O ERRA É DO MECANICO OU SE MINHAS CONTAS NÃO BATEM , CASO EU ESTEJA ERRADO VOU TER QUE ADOTAR ESTA FORMULA QUE CONTÉM NO SITE.
    GRATO PELA ATENÇÃO.

    • Daniel Ribeiro disse:

      O jeito mais simples é este que eu ensinei no texto.

      1) Encha o tanque
      2) Anote o número do Odômetro
      3) Rode com a moto
      4) Encha o tanque de novo
      5) Anote novamente o número do Odômetro
      6) Anote quantos litros de gasolina foram abastecidos no último abastecimento.
      7) Faça as contas.
      (Km Atual – Km Anterior) / Litros

      Simples. Não precisa se preocupar com reserva.

  30. daniel disse:

    vei na boa a moto do pai andou 253km com 10 litros de gasolina isso vai da 25 km por litro

  31. daniel disse:

    a minha andou 253km com 10 litros ela andou 25 km por litro

  32. Rodrigo disse:

    Muito Simples e muito mais confiavel que esperar chegar na reserva, ainda corre risco de acabar gasolina longe de postos.

    Metodo serve para carros também, correto?

  33. Rodrigo disse:

    Todo mundo sabe que 101% dos postos no Brasil, “roubam” na bomba…

    Ideal é fazer essa média na mesma bomba que vc abasteceu na primeira vez

  34. Jonathan disse:

    Boa matéria, mas com a minha suzuki yes 125, fiz o seguinte: esvaziei todo o combustível da moto, depois reservei 1 litro e coloquei no tanque no tanque, zerei o hodometro e rodei com a moto até acabar uns 1 litro. fiz 35 Km. OBS: è bom levar uns 2 litros a mais de gasolina na mochila, pois nunca se sabe onde vai parar, rsrs.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Para quem tem moto com injeção eletrônica esse método não funciona, além de ser prejudicial, pois a bomba de combustível vai funcionar a seco.



  35. Comente este texto!

    ATENÇÃO: Todos os comentários são revisados antes de entrar no ar. Antes de escrever, pense: "Se eu fosse o dono deste blog, eu aprovaria este comentário?". Propagandas serão apagadas. Caso queira anunciar no Motos Blog, clique aqui. Veja a nossa política de comentários. Pedidos de manuais não serão atendidos.

    Você pode usar estas tags:
    <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Este blog suporta Gravatars. Para ter a sua foto nos comentários, cadastre-se no Gravatar.