Duas dicas para evitar colisões traseiras

A dica foi do Blog Keep The Rubber Side Down. Rick presenciou um acidente de Moto onde um caminhão não conseguiu parar e acabou atropelando o Motociclista que estava parado.

Cuidado com quem vem atrás!


Segundo, ele, o motociclista chegou a um semáforo fechado, reduziu a velocidade, parou e colocou o pé no chão, como normalmente se faz. Segundos depois, um caminhão, que teve algum problema com os freios, acabou não conseguindo parar a tempo e acabou colidindo com a traseira da moto, lançando o motoqueiro bem para o meio do cruzamento.

Felizmente, não havia muito tráfego na intercessão, e como o caminhão não estava muito rápido, o motociclista sofreu apenas alguns arranhões e vai ficar bem. Mas apesar de não ter sido culpa do motociclista, este poderia ter minimizado o risco de sofrer este acidente se tivesse aplicado a máxima do “dirija por você e pelos outros”, que eu tanto prego aqui no Motos Blog.

As duas dicas são:

  1. Ao parar, planeje uma possível rota de fuga. Não se deixe bloquear pelo tráfego ou por objetos fixos na pista. Sempre tenha por onde sair caso seja necessário.
  2. Olhe no espelho quando estiver parando e de as vezes, quando estiver parado. Assim você pode perceber se alguém desavisado se aproxima, e sair da frente dele se for o caso.

O KTRSD ainda dá uma terceira dica, que é a de manter a moto engrenada em primeira marcha, para te permitir uma reação mais rápida, mas essa dica eu questiono, pois ficar parado segurando a embreagem faz com que essa se desgaste mais rapidamente, além de eu não acreditar que leve mais do que poucos décimos de segundo para engatar a primeira marcha caso seja necessário. Mas isso já é questão de gosto pessoal.

Nem todos os acidentes podem ser evitados, mas se pudermos evitar, melhor, não?

Via | Keep The Rubber Side Down

Compartilhe!