Motos Flex – Será que desta vez vai?

Segundo a Agencia Autodata, a Bosch já possui a tecnologia para produzir motores para Motos Flex, que funcionam com Álcool e Gasolina.

Alguns outros fabricantes já haviam se pronunciado sobre isso, e dizem possuir a tecnologia para isso, mas rumores dizem que a Bosch já fechou um acordo com a Honda, e com isso passa a ser a primeira e única fabricante com possibilidades reais de produzir motos Flex nos próximos meses.

Motores Flex já existem a muito tempo, e a alguns anos já são muito comuns no mercado de carros no Brasil, mas ainda não existe nenhuma Moto com esta tecnologia.

A maior exigência para que um motor possa ser Flex é o uso de Injeção Eletrônica em vez do Carburador. E a injeção eletrônica deve possuir uma Sonda Lambda, que é um sensor que fica instalado na saída de escapamento do motor, analisando os gases e enviando dados a central para que esta possa ajustar a mistura de ar/combustível para a melhor queima possível. As maiorias dos modelos de motos vendidas no Brasil ainda usam Carburador, e apenas alguns modelos mais caros, ou importados, possuem injeção eletrônica, e ainda assim, sem sonda lambda. Além do uso da Injeção Eletrônica própria para isso, são necessárias modificações no motor (pistão e cabeçote basicamente) para que a taxa de compressão seja a melhor possível com os dois combustíveis.

Se o rumor se confirmar, a Honda, que já é líder de mercado, será a primeira a deter a tecnologia, o que com certeza vai deixar os fãs da marca muito felizes, pois já estão sedentos por novidades a muito tempo.

Compartilhe!