GravatarMotos Blog » Dicas

Como funciona o tanque reserva das motos


Tenho percebido que muita gente não entende bem o funcionamento da reserva de gasolina das Motos. A maioria das motos possui tanques de combustível com reserva, sendo raros os modelos que não possuem tal função. Aprenda abaixo um pouco sobre o tanque de gasolina da sua Moto e sobre como a reserva de combustível funciona.

A reserva é uma pequena quantidade de combustível que fica “guardada” dentro do tanque de gasolina, e que serve para que você tenha um pouco de combustível para poder chegar ao posto de gasolina mais próximo para abastecer. É extremamente útil, pois de outra forma, quando a gasolina acaba, a moto simplesmente para e te deixa na rua.

De todas as motos CARBURADAS que eu conheço, a Honda Falcon é a única que NÃO possui este recurso. Eu acredito que devam existir outros modelos também, mas eu particularmente só conheço a Falcon. Todas as outras motos que andei e prestei um mínimo de atenção eram dotadas de reserva de combustível, mas afinal, como funciona?

Muita gente acredita que o tanque de gasolina da moto é dividido em dois: Um normal e um de reserva. Isso, de um certo modo, não deixa de ser verdade, porém, não é tão simples assim. Algumas pessoas chegam a acreditar que devem abastecer a moto duas vezes! Uma com a torneira na posição “Reserva” e outra com a torneira na posição “On”, pois acreditam que ao abastecer, apenas o tanque “ativo” é abastecido.

Eis um desenho simples que fiz para ilustrar como é o tanque internamente.

Tanque de gasolina por dentro

Tanque de gasolina por dentro

Pelo desenho, fica mais fácil entender. Na verdade, o tanque É UM SÓ. A gasolina da reserva e a normal na verdade são a mesma gasolina. O que acontece é o seguinte: A torneira de combustivel possui 3 posições: On, Off e Res. Na posição On, a gasolina é sugada a partir da ponta deste canudo, que fica em uma parte alta do tanque… Ou seja, se o tanque está cheio, a ponta do canudo está submersa na gasolina, e então a gasolina vai para o carburador. Quando o tanque esvazia até o ponto em que a ponta do canudo já não fica mais submersa, então o carburador passa a não receber mais gasolina. Porém, ainda há gasolina no tanque!

Neste momento, você percebe que a sua gasolina está para acabar (restam apenas os 2 ou 3 litros da reserva, dependendo do modelo da moto). Então, já que você está sabendo que a gasolina está acabando, basta virar a torneira para a posição RESERVA e a gasolina começará a ser retirada da parte mais baixa do tanque, da base do canudo, que ainda está submersa com gasolina.

Viu como é simples? Quando você encher o tanque de novo, tanto a reserva quanto o restante do tanque serão preenchidos com gasolina, e você poderá voltar a posição da torneira para ON. Se você esquecer a torneira na posição RES, a gasolina será sempre retirada da parte inferior do tanque, e quando ela estiver acabando, você não saberá, pois você já está consumindo a gasolina da reserva sem perceber. Portanto, sempre que for abastecer, lembre-se de voltar a torneira para a posição ON.

Motos com Injeção Eletrônica geralmente não tem a torneira de combustível. No lugar dela, existe uma bomba de combustível que possui uma boia dentro do tanque, e que avisa quando a nível de combustível chega a um valor pré-estabelecido. Assim, uma luz no painel se acenderá e um novo hodômetro será iniciado, para que você saiba quanto já consumiu da reserva e quanto ainda resta.

Espero ter ajudado!

Compartilhe este texto!


Digite o seu nome e e-mail abaixo e saiba quando o Motos Blog é atualizado! Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail! É GRÁTIS!

Seu nome
Seu E-mail

57 comentários

  1. André Coelho disse:

    Simplesmente fantástica a explicação.

    Didática e muito elucidativa.

    Parabéns!

  2. Piréx disse:

    Beleza de explicação, Daniel.
    Eu tive uma RD350 (Viúva Negra, 1975, motor 2 tempos) que só podia ficar desligada com a torneira na posição OFF: em qualquer outra afogava em poucos minutos; na Rórnet 2005 além da torneira com a posição RES havia a luz no painel indicando a entrada na reserva (na que tive, 2007, não havia mais a torneira: Bomba-CEBÊ600f-Rórnet/" rel="nofollow">http://www.pirex.blog.br/Bomba-CEBÊ600f-Rórnet/); a CEBÊ1300 possui apenas o marcador de combustível no painel (quando entramos na reserva, o marcador fica passando um traço de um lado para o outro: CEBÊ-1300-super-four/" rel="nofollow">http://www.pirex.blog.br/CEBÊ-1300-super-four/).
    Abraço!

    • Daniel Ribeiro disse:

      As motos com IE, como é o caso da sua CEBÊ1300, normalmente não tem a torneira manual… Tem sim uma torneira elétrica que, junto com a bomba de combustível, regulam a pressão da gasolina no motor. O legal é que quando você desliga a moto a bomba já corta o fluxo de gasolina na hora, não sendo necessário colocar na posição OFF.

      • Piréx disse:

        E da Rórnet também – exceto na versão 2005 (brasileira) que a torneira e a luz de reserva estão presentes: para esse caso nunca vi uma explicação.
        Abraço!

  3. Wilson disse:

    Cara, uma dúvida…….existe alguma implicação negativa(danos mecânicos) em se deixar a torneira na posição RES com o tanque cheio, além daquela que já mencionaste?(que seria não saber quando a moto entra na reserva)

    • Dário disse:

      Nenhum, só que vc puxaria uma gasolina mais ‘suja’ pelo fato de estar sempre sugando a gasolina do fundo do tanque, onde toda a sujeira fica depositada.

      • Daniel Ribeiro disse:

        Cara, não sei não… Acho que a sujeira fica espalhada por toda a gasolina, afinal, só pelo movimento da moto a gasolina já se agita inteira dentro do tanque.

        Eu tive problema uma vez com sujeira no tanque, mas era com um tanque bem velho, já enferrujado… Motos com tanque novo (que nunca caiu), certamente não enfrentam este problema.

        T+

  4. Gustavo disse:

    Companheiro ainda não enetendi exatamente para que serve a posição “off”, sei que vai bloquear a passagem de combustível, mas e aí? Sempre que a moto ficar parada, deve ser movida a vávula para a posição “off”?

    • Daniel Ribeiro disse:

      Amigo, eu particularmente só coloco na posição OFF quando vou remover o tanque da moto (para não espirrar gasolina em tudo). Em outras situações, fica no ON direto. Os fabricantes recomendam deixar no OFF quando a moto estiver desligada, mas eu acho muito esforço… Só faço isso se sei que a moto vai ficar parada por muitos dias seguidos… E como isso nunca acontece comigo, então eu nunca faço. Hehehe
      T+

      • wellington disse:

        minha 150 sempre fica na posição “on” mas nunca afogou por esse motivo! mas meu pai teve uma 125 ano 1984, que era batata, deixou aberto, ja tava afogada em pouco tempo!

    • Alexandre disse:

      “Acho” que as torneiras de combustivel eram importantes para as motos com motor 2 tempos.
      Tive 2: RD135 e DT 180 – nas duas, caso a torneira ficasse aberta por alguns minutos tudo ficava cheio de gasolina (carburador, cilindro , vela). Aí, tinha que tirar a vela, pedalar na partida para tirar o excesso de gas., queimar a vela… Puta trampo. Eu já andava com um kit de ferramentas, pois vc acaba esquecendo. Quase coloquei fogo na DT uma vez. Dei uma bica que ela deu 2 voltas e se espatifou no chão, quebrando pisca, alavanca de cambio, manetes e tudo mais. Prejuizo. Não tenho saudades.
      Abraço

  5. Guilherme Atencio disse:

    Por coincidência, estava explicando isso para um amigo que acabou de virar motociclista! Vou mandar pra ele o link deste post.

  6. Ivomeq disse:

    Muito boa a explicação, o desenho já é auto explicativo, parabéns!

  7. Buticão disse:

    Daniel, excelente explicação, simples pá pow
    agora que vc teve a iniciativa, poderia colocar outros sistemas das motos neh…. Freios, Suspenção…
    Sou totalmente analfabeto de mecânica!

    té mais!

  8. wellington disse:

    intaum ta! se eu deixar na posição “on” e andar com a motoca ate o fim da gasosa e ela parar por falta de gasosa e virar a torneirinha para a posiçao “res” ela ainda tera mais um pouco de gasosa no tanque? pois nunca testei essa função da minha 150!

  9. luciano.x disse:

    Ótimo artigo! Congrats!

  10. tamires disse:

    Interessante!
    Não conhecia o mecanismo,apesar de sempre usá-lo.
    Muito bom o blog, sempre post’s interessantes. Parabéns!

  11. Ravel disse:

    Muito boa a matéria, bela explicação! Parabéns!

  12. David disse:

    Gostei muito desse do seu blog, li sobre o assunto tanque reserva, fora as outras, lançamentos, etc.
    Muito bom mesmo. ABS e obrigado

  13. Thais disse:

    Muito útil esse post! Eu comprei uma Viraguinho 2002, muito conservada, mas infelimente veio sem manual. Eu sabia o lance de quando deveria virar a chave do tanque reserva mas nao sabia como funcionava de fato. Achava que era um compartimento separado. NA verdade ainda vou procurar saber a capacidade tanto do tanque quando da reserva.

  14. java rb/ms disse:

    tudo oq estava procurando
    excelente explicacao

    forte abraco

  15. Paulo Egidio da Silva disse:

    Ótima explicação era isso que estava procurando para entender o ON, OFF e RES do tanque. Isso para ter certeza de que nada ficou no tanque quando retirei exato 500ml de gasolina e recoloquei no tanque para ver quantos KM minha Fan 125 rodaria. E como é econômica, com meio litro ela rodou 30 KM.

  16. jonas disse:

    Gostaria de adiquirir alguns videos alua de como se fazer revisoes em motos. Desde já fico grato por quem puder me ajudar nessa! Até breve!

  17. Alex Ramos disse:

    Cara Parabens, muito bem detalhado a explicação e o desenho,. tenho uma FAN 125 2007, e sempre imaginava que ela tinha outro tanque dentro dela de reserva, e a gasolina ficava lá presa ate usar ela,… kkkkkkkkkkkkkkkk

    Valeu.

  18. Ricardo Ribeiro de Souza disse:

    Daniel Boa Tarde,

    Você sabe qual dificuldade a Yamaha têm para colocar um marcador de combustível na XT660R?

    Grande abraço,

    Ricardo

    • Daniel Ribeiro disse:

      Dificuldade? Nenhuma… Só iria encarecer um pouco o projeto… Mas nada muito significativo… Acho que não custaria nem 100 reais a mais…

      Foi realmente uma falta de capricho deles… Um conta-giros e um marcador de combustível poderiam estar presentes na XT.

      T+

  19. claudemir monteiro de almeida disse:

    valeu pela informaçao!mas gostaria de saber se alguem ai tem o manual de manutençao da titan ks 150cc 2005. se alguen tiver por favor mande uma copia para meu email.(claudemir7606@hotmail.com )(website windowslive.com) desde ja agradeço a todos.

  20. Thiago Viana Ultramare disse:

    Motos que marcam o nivel de reserva no painel(tenho uma Apache RTR 150cc) pode deixar direto no RES? E da algum problema?

  21. Eduardo Firmino disse:

    Olá Daniel!

    Parabéns pelo post, sabia que funcionava assim. Tenho uma Tornado 2005, a dúvida é: Como eles dizem que o tanque tem capacidade para 11,5 litros e reserva 3,7 litros se ao entrar na reserva quando vou completar o tanque a abasteço quase 10 litros?

    Forte abraço.

  22. jfl disse:

    daniel coloquei um alarme na minha moto,mas ta aparecendo varios ploblema de funcionamente como falhamento quando ando o alarme toca mesmo desligado o farol apaga que deve ser ser abraço.

  23. Erimateia osta da Cunha disse:

    otimo aproveitamento.

  24. Ângelo disse:

    Boa matéria. Bastante explicativo o teu desenho. Parabéns!

  25. ivan bastos disse:

    Gostei da materia, bem direciomada, simples, direta, ilustrada e de facil compreenção.
    parabéns

  26. Sergio Luiz Fernandes disse:

    Muito bom! Tenho uma Shadow 600 e cada vez que a gasosa do tanque acaba, dá um tranco e, em algumas situações, não é seguro tirar a mão do guidão para virar a toneira…agora ficou fácil, controlo pela kilometragem e sei que posso virar para reserva antes da gasolina do tanque normal terminar e andar ainda o suficiente para chgar ao proximo posto ou cidade. Valeu cara! muito bem explicado. Parabéns!

  27. khaled disse:

    Olá amigo
    Comprei uma Rórnet, e juro que fiquei procurando a “torneirinha” da gasolina….. putz
    mas graças ao seu artigo…. já achei rsss
    ou seja, nem existe …
    pode acreditar que aprendi muito com seu commentario, que foi muito explicativo.
    Precisamos usar a net, pra ajudar os menos informados….
    muito obrigado

  28. Eduardo Ayres disse:

    Olá! Muito boa a matéria, mto obrigado por compartilhar =D

    Abraço

  29. Enoch disse:

    Mas usar sempre a reserva é prejudicial de alguma forma? É ruim para o motor? Estraga alguma coisa mais rapidamente?

    Abrass, valeu o post

    • Daniel Ribeiro disse:

      Se a sua moto tem injeção eletrônica, sim. Pois a bomba de combustível não pode operar “a seco”, e se a sua moto está sempre com pouco combustível, a chance dele acabar é maior, e assim você pode estragar a bomba de combustível.

      Nas motos de 2 tempos, é pior, pois o óleo é misturado ao combustível. Então quando acaba a gasolina, acaba também a lubrificação do motor… E o motor pode fundir.

      Nas motos 4 tempos carburadas que não tem bomba de combustível, não tem tanto problema… A não ser o fato de você ficar a pé.

      O melhor é: Enche o tanque. Quando chegar na reserva, você encosta no posto e enche o tanque de novo. Simples.

      • Enoch disse:

        Hum… eu espero sempre estar quase pra acabar a reserva para reabastecer pra misturar a gasolina “velha”, que já estava no tanque, com a “nova” o menos possível.

        A minha moto tem injeção eletrônica, então quando tá na reserva sai do hodômetro e vai pro f-trip, e como eu sei que a minha moto faz em média 32km/l e a reserva tem 3,4L (3,4 * 32 = 108,8km rodados) eu esperava o f-trip chegar a uns + ou – 80km rodados pra reabastecer com segurança de que não ficarei a pé…

        Como só dá problema porque a bomba não pode operar a seco, é só eu não esperar chegar na última gota, certo? Ou será que por ter pouco combustível no tanque e com as trepidações do terreno, pode acontecer de em alguns (micro)momentos ficar sem gasolina na bomba e isso diminuir a vida útil da bomba e do motor?

        Obrigado pela resposta rápida!

        • Daniel Ribeiro disse:

          Acho que não tem problema não… Sempre sobra um pouco, então tranquilo.

          Eu não faço isso porque eu sou distraído… Se eu virar a torneira da reserva e não abastecer imediatamente, eu vou esquecer e vou acabar ficando sem combustível.

          Na V-Strom, que não tem torneira de combustível, tem um marcador que pisca no painel… Mas eu também não confio muito não. Chegando na primeira reserva eu já procuro parar para abastecer.

  30. Deisiane disse:

    Nossa! Ta d parabéns! Mt boa msm sua explicaçao! Eu tnho uma hunter, e eu nunk me lembro em qual posiçao a chave devia fikr no “on”. Para cima? Ou para baixo? rsrsrs…isso pq nao sabia como funcionava essa questao do tanque. + agora,dps d vr essa explicação nao tm mais como esqucr! é so lembrar q a chave indik a posiçao do canudo!
    Mto obrigada!

  31. Sidnei disse:

    Tanque reserva para viagens longas..Eu tenho uma Virago 535, tanque com capacidade 10L, fui em loja Nautica, e comprei um tanque de 10 L de motor de popa, tanque de plastico duro e grosso, vem com tampa e suspiro: o que fiz, coloquei dentro do alforje traseiro, ocupou metade do espaço, coloquei um registro da Ybr, uma magueira fina ligando um T que desce do tanque original, a mangueira saiu debaixo do alforge, passando por baixo do banco, não aparecendo….r esultado: enchi os tanques e sai viajar, parei em um posto com gasolina podium pra completar foi 3,71 em 135 km coloquei somente no tanque original, isso mostrou que puchou do tanque reserva na mesma proporção, quando tinha somente o original iria 7,55 litros nesta km, me restando apenas 2,5 litros, funcionou muito bem..e nao perdi espaço do caroneiro….cu sto total 70,00 tanque+ 35,00 registro, 10,00 T, e 50,00 de mão de obra….com 165,00 resolvi meu problema…minh a altonomia foi pra 360 km, passou de 150 km rodados ja começo a procurar combustivel de melhor qualidade, nao correndo o risco de ter que parar em qualquer posto…

  32. jfl disse:

    que ideia exelente,considerando a economia de gasolina em uma viagem longa.

  33. Filipe disse:

    Me chamo Filipe e tenho uma titan 2012 com sistema de injeção eletronica e eu gostaria de saber como e que a minha moto vai me avisar que ela esta na reserva ja que ela não tem nenhuma torneira pois se trata de um modelo mais novo com injeção eletronica ??????????

    • Daniel Ribeiro disse:

      Normalmente os fabricantes colocam um marcador de combustível no painel… Ou, no mínimo, uma luz “reserva”, que acende quando o nível de gasolina fica baixo.

      Mas a Bomba não fez isso… Você só vai ficar sabendo quando a gasolina acabar.

      Boa sorte!

  34. Jônatas disse:

    Daniel, a minha RD 135 está fazendo nada mais nada menos que 10,6 km com um litro, está gastando igual carro… Comprei ela a um mes, e também é a minha primeira moto, por isso estou meio perdido… Já medi varias vezes, e realmente é isso, de 10 a 11km com um litro. O que pode ser?

  35. adao disse:

    outro dia minha tornado parou com apenas 40km rodados na reserva,abri o tanque e vi que ainda tinha mais de litro de gasolina,entao soprei de baixo pra cima pela mangueira do filtro e ela funcionou,imagino que ela tivesse alguma sujeira no tanque que obstruiu a passagem da gas… na base desse canudo,

  36. marcone gomes disse:

    quer dizer, se eu deixar na reserva com o tanque cheio vai consumir o tanque todo incluindo a reserva certo . aguardo resposta ok ! abraço!!!

  37. Carlos Alberto disse:

    Explicação 10! Explicou muito bem e a ilustração também ajudou! Entendi muito bem!

  38. Tiago disse:

    tem como trocar esse canudo ? pq qundo deixo na posiçao ON desse pouca gasolina e a moto falha. eu deixo na posiçao reserva e a gasolina desse normal. deve ter algo trancado na ponta do canudo e eu qeria trocar ele.tenho uma Tuíster 2003.



  39. Comente este texto!

    ATENÇÃO: Todos os comentários são revisados antes de entrar no ar. Antes de escrever, pense: "Se eu fosse o dono deste blog, eu aprovaria este comentário?". Propagandas serão apagadas. Caso queira anunciar no Motos Blog, clique aqui. Veja a nossa política de comentários. Pedidos de manuais não serão atendidos.

    Você pode usar estas tags:
    <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Este blog suporta Gravatars. Para ter a sua foto nos comentários, cadastre-se no Gravatar.