Viajar de moto

Viajar é uma das melhores coisas a se fazer com uma Moto. Vou procurar fazer um paralelo com as viagens de carro, para tentar passar a sensação que é esta atividade.

A estrada fica para trás, mas ainda há muito mais a frente


O foco é diferente de uma viagem de carro. Quando você viaja de carro, você carrega ele com toda a sua família e toda a sua tralha que vai usar no lugar para onde está indo, ou seja, o objetivo da viagem é apenas chegar ao destino, e uma vez lá, aproveitar o lugar. A viagem nada mais é do que um tempo gasto inutilmente para atingir o objetivo maior, que é o destino.

A viagem de moto é diferente. Você leva pouca bagagem, normalmente apenas a roupa que vai precisar, e leva apenas uma pessoa, que normalmente é sua mulher/namorada/rolo. Cachorro, papagaio, mãe, sogra, irmão chato, cunhado – tudo isso fica pra trás.

O objetivo de viajar de moto não é chegar ao destino, mas sim aproveitar a viagem, fazendo parte da paisagem, sentindo o vento no rosto, sentindo a velocidade do asfalto passando, a paisagem toda, as mudanças climáticas, o cheiro de cada lugar (serra, caatinga, litoral, cidade, etc). A viagem em sí é o principal objetivo. Quando se viaja de moto, você experimenta uma sensação de liberdade que não existe em nenhuma outra atividade. A sensação de que pode alcançar qualquer lugar que queira, a sensação de ser diferente da maioria, é a união perfeita entre homem e máquina. A moto passa a fazer parte do seu corpo e você consegue sentir cada detalhe dos lugares por onde passa.

Viajando de carro você mal presta atenção no que está fazendo ao dirigir. O rádio, as crianças gritando no banco de trás, a mulher te enchendo o saco porque você está correndo, tudo isso acaba fazendo você torcer para que isso acabe logo de uma vez.

Viajar de moto é mais barato – Começando pelo preço da própria moto:
· Motos são mais baratas do que carros.
· Motos consomem menos combustível – Não é difícil de ver motos boas para viajar com autonomia de até 25 km/l.
· Motos não pagam pedágio no estado de São Paulo (nas rodovias estaduais, ou seja, em 90% das rodovias de SP), e nos outros lugares do Brasil, paga metade do preço dos carros.

Existem muitos tipos de moto, cada uma representa a personalidade de seu dono, e cada uma apresenta características diferentes em viagens. Logo colocarei um texto sobre os tipos de moto aqui no Blog.

Compartilhe!