Projeto Explore – Samuel Brito em Morretes/PR e Serra do Rio do Rastro/SC

Eis aqui uma viagem que não se vê todo dia. Samuel Brito foi de Caraguatatuba, Litoral de SP, até Belém do Pará, voltou, pegou a esposa e foi então para Santa Catarina.

Acompanhe este incrível relato de viagem.

Olá amigos leitores do Motos Blog, quero compartilhar com vocês a minha viagem de Moto deste ano.

Em Outubro tirei férias de trinta dias e aproveitei para fazer uma grande viagem de moto. Saí de Caraguatatuba/SP no dia 02/10/2012 com destino à Guarulhos, onde encontrei três amigos para fazer essa viagem para Belém do Pará.


Exibir mapa ampliado

Eles queriam conhecer o Pará, e eu queria visitar meus pais. E assim o fizemos, saímos 5 horas da manhã e três dias depois já estávamos no Pará, uma viagem tranquila e bem sucedida, sem nenhum transtorno, e de muito companheirismo. Ficamos por lá uma semana, a capital Belém estava em festa, pois era semana do Círio de Nazaré, festa religiosa do povo paraense. Ficamos em Vigía – minha cidade natal – e fomos a Belém apenas a passeio, para conhecer a feira do Ver-o-Peso e a praia de Mosqueiro próximo de Belém.

Essa parte da viagem somou um total de 6.200 km entre ida e volta, uma viagem em grupo nem sempre é possível fazer muitas imagens por causa do ritmo da tocada. Eu tinha que acompanhar o ritmo das motos maiores e fizemos 1.000 km por dia!

Nessa viagem fomos em três motos diferente, uma BMW F800GS (Vinicius), uma Super Ténéré 750 (Luiz) e uma Harley-Davidson 1600 (Paulo), e eu na minha super hiper CB300R Samuel. Sempre sob um calor infernal na ida e volta (ainda bem né?).

E continuando minha motocada, retornei do Pará dia 19/10. Fiz uma rápida revisão na moto e já sai rumo ao Sul do País para meu objetivo maior. Essa parte era especial porque iria com minha esposa, curtir as férias e buscar as duas fotos para o blog.


Exibir mapa ampliado

Saí Caraguatatuba pela SP 55 até Peruíbe, e subí por Pedro Toledo para acessar a BR 116, que me levou até Curitiba/PR. Já na capital paranaense fui conhecer o Jardim Botânico, muito bonito por sinal.

Mas tinha como objetivo voltar até Morretes pela Serra da Graciosa e fotografar o pico do Marumbi. Sucesso total e aproveitei para degustar o barreado sugerido pelo Marcelo no seu relato.

Eu não tenho experiência para afirmar e sim dar um conselho: não passe pela estrada da graciosa com chuva boa parte dela feita em pedra, muito irregular e escorregadia você pode passar alguns perrengues.

Primeira parte da concluída com sucesso, partir de Quatro Barras cidade que fica apenas 20 km de Curitiba onde ficamos hospedados por um dia. No dia seguinte partimos para Santa Catarina com objetivo de chegar a Bom Jardim da Serra e conhecer a Serra do Rio do Rastro. Passamos por Joinville, balneário Camboriú, Florianópolis e fomos até Palhoça. Daí acessamos a BR 282 e fomos até Bom Retiro, e descemos rumo a Urubici, já na SC 430 e depois pela SC 438 até Bom Jardim da Serra, estradas com paisagens belíssimas! A chuva foi nossa companheira desde Maresias/SP, mas como não somos de açúcar, continuamos nossa viagem.

Já em Bom Jardim da Serra, um misto de alegria e frustração, pois a mãe natureza não colaborou.

Alegria por ter ido do norte ao sul do país com sucesso absoluto até Curitiba/PR. Mas frustração por estar no local do sonho e ter descido e subido por três vezes a serra inclusive esperei das 22:00 até a meia noite para ter o prazer de contemplar sua beleza iluminada, mas nada, só serração, não pude ver nada.

Esperei um dia e meio e nada, não consegui a foto, más voltarei lá um dia, e a natureza irá me favorecer. Contemplar o paraíso dos Motociclistas com toda sua beleza definitivamente será minha meta. Então decidimos retornar para casa. Voltamos por Orleans, São Luddgero, Gravatal, Tubarão e de novo BR 101, fizemos o caminho de volta.

Meu muito obrigado aos meus companheiros de viagem ao norte e minha esposa sempre me apoiando nas minhas “loucuras, hehe”

Obrigado Daniel pelo espaço e liberdade.

Valeu até mais!

Eu fico sem palavras para descrever isso. Realmente, é IMPRESSIONANTE a sua determinação e gosto pelas viagens! Sol escandante, chuva, frio, serração. Tudo isso pelo prazer de conhecer novos lugares e viajar de moto com os amigos. Você e sua esposa estão de parabéns!

Você também é agora a pessoa que mais viajou pelo Desafio Explore, conhecendo quatro objetivos diferentes (Ubatuba, Extrema, Morretes e Serra do Rio do Rastro). A foto igual a do desafio você faz outro dia, o importante é que você esteve lá.

O Samuel não se acomodou! Ele viaja de moto e procura conhecer novos lugares! O Projeto Explore tem 20 lugares legais para você conhecer! O que está esperando! Acesse já e pé na estrada!

Compartilhe!