GravatarMotos Blog » Dicas, Mecânica, Preparação

Qual o tipo certo de óleo para sua moto?

14 fevereiro 2012 Escrito por 236 comentários

O assunto está quente nos últimos dias, então resolvi falar um pouco sobre os tipos de óleo para Moto e quais os melhores para cada motor.

Óleo de motor

Óleo de motor

Cada motor foi projetado para trabalhar com um tipo específico de óleo lubrificante. Esta informação sempre consta no manual da Motocicleta, e também consta no manual de serviços da mesma. Este é, sem dúvida, a decisão mais segura na hora de escolher o óleo para qualquer moto.

Manual do proprietário XT660R

Manual do proprietário XT660R

A especificação do óleo é medida através de sua viscosidade mínima e máxima (SAE), e sua classificação de desempenho (API).

Por exemplo: O óleo Mobil Super Moto possui especificação SAE 20w50 API SF. Isso significa que sua viscosidade quando frio é de 20 e quando quente 50. Quando frio, o óleo tende ser mais grosso, e quando quente, mais fino.

Mobil Super Moto 4T SAE 20w50 API SF

Mobil Super Moto 4T SAE 20w50 API SF

Quanto menores os números, mais fino (menos viscoso) o óleo será. Em alguns casos, o óleo mais fino pode ser desejável, como por exemplo, em motores novos, onde as folgas entre os componentes é pequena, ou em motores utilizados para fins de competição, onde o fluxo do óleo deve ser maior. Em outros casos, é preferível ter um lubrificante mais grosso (mais viscoso), como é o caso de motores que já rodaram bastante e possuem folgas maiores entre suas peças. Nestes casos, o óleo mais grosso acaba protegendo mais as partes móveis do motor, reduzindo o desgaste.

Além da viscosidade, a classificação API se refere ao desempenho do óleo, ou seja, sua capacidade de manter sua viscosidade em situações extremas de uso (altíssimas ou baixíssimas temperaturas). Esta classificação sempre se dá por duas letras. No nosso exemplo do Motul Super Moto, a API é SF, sendo S uma constante, que significa que é um óleo desenvolvido para motores a combustão, e a segunda letra se referindo a classificação de desempenho. Quanto maior a letra, melhor é o óleo.

Portanto, o Mobil Super Moto 20w50 API SF é pior do que, por exemplo, o Motul 3000 20w50 API SG (G é maior que F), que por sua vez, é pior que o Yamalube SAE 20w50 API SL ou Lubrax Essencial 20w50 API SL.

Comparativo dos óleos

Comparativo dos óleos

Então eu posso usar um óleo de especificação API superior na minha moto?
Sim, claro. Desde que a viscosidade seja a mesma, você pode usar uma especificação API superior. Você só não deve usar especificação inferior a indicada no manual.

E eu posso optar por uma viscosidade diferente?
Até pode, mas é por sua conta e risco. Se vai fazer isso, é bom saber o que está fazendo e no que isso implica, pois as consequências podem ser grandes: Vão desde a redução da vida útil do motor, queda no desempenho, até o travamento do motor por falta de lubrificação adequada… E geralmente fica caro para consertar.

Esse tipo de alteração deve ser embasada em tipos de uso muito específicos, com motores muito rodados (caso opte por óleo mais viscoso), ou motores usados em competição (caso opte por óleo menos viscoso). Na dúvida, use a especificação recomendada pelo fabricante.

E os óleos semissintéticos e sintéticos
São lubrificantes diferentes, que conseguem atingir viscosidades menores em alta temperatura, sem perder a capacidade de lubrificar as partes do motor. São indicados para motores de altíssimo desempenho, ou para usos específicos variados. Geralmente são mais caros também.

Lubrificantes sintéticos

Lubrificantes sintéticos

Dúvidas? Pergunte nos comentários!

Compartilhe este texto!


Digite o seu nome e e-mail abaixo e saiba quando o Motos Blog é atualizado! Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail! É GRÁTIS!

Seu nome
Seu E-mail