Projeto Explore – Leandro Messias em Extrema/MG

O Leandro Messias, um dos amigos que nos encontrou em Extrema no passeio que eu tentei organizar para o Projeto Explore, voltou até Extrema e conseguiu obter a foto do desafio! Eis o relato dele:

#19 - Pedra do Cume – Extrema / MG

Grande Daniel Ribeiro! Tudo certo contigo?
Neste último feriado prolongado (12 a 15 de Novembro) eu resolvi sair de Isabel/SP e ir visitar a minha querida Vovozinha, que mora em Itapeva, cidade vizinha a Extrema/MG, e aproveitando a ocasião, mesmo com o tempo instável, resolvi subir a montanha pela terceira vez (a primeira foi antes do seu grupo chegar a Extrema, e a segunda no mesmo dia, junto com o seu grupo), para tentar tirar a tão sacrificante foto da Pedra do Cume.


Exibir mapa ampliado

Pois bem, consegui fazer a foto! Tirando o fato do tempo estar ruim, a câmera ser fraca e eu ser um fotógrafo amador, até que a foto ficou boa!
Eu fiquei um pouco chateado pois percebi que uma simples informação errada colocou o passeio a perder. Naquele dia, quando o grupo se separou para fazer o resgate do pessoal que havia ficado na base da montanha, fomos até a pousada e o rapaz que trabalha lá tinha me informado que a caminhada até a pedra do Cume levaria uma hora e meia, e depois mais uma hora e meia para voltar. Pois você acredita que o primeiro ponto de onde é possível ver a pedra do Cume fica a apenas 5 minutos de caminhada? Pois é! Se soubéssemos, poderíamos ter feito a foto naquele mesmo dia.

Pedra do Cume

Funciona assim: São várias pedras até chegar na Pedra do Cume. Cada pedra que vamos avançando faz chegar mais perto da pedra do Cume, mas já na primeira é possível ver a pedra do Cume ao longe. Eu acho até que a foto oficial foi tirada da primeira pedra da trilha.

Dei muita sorte, pois por pouco eu desisto de subir. Quando cheguei na base da montanha, havia muita neblina e eu nem conseguia ver o topo. Pensei que eu apenas desperdiçaria meu tempo em subir, já que chegaria lá em cima e não conseguiria tirar foto alguma. Mas resolvi arriscar e depois de todo aquele trajeto que já conhecemos, ao chegar lá em cima, o tempo não havia melhorado e a neblina continuava muito densa.

Leandro Messias em Extrema/MG

Resolvi arriscar a fazer a trilha para ver se o tempo melhorava no caminho. Peguei minha câmera e minha garrafa d’água e fui encarar a trilha. E como falei, em 5 minutos já visualizei a Pedra do Cume, mas com muita neblina. Tirei as primeiras fotos, que ficaram muito esbranquiçadas como você pode ver no vídeo, mas segui em frente, e já em outra pedra um pouco mais próxima, o tempo melhorou e por alguns segundos a neblina se dissipou, e foi ai que pude fazer uma foto melhor. Mas logo a neblina tomou conta de tudo novamente, e eu resolvi voltar e encontrei com um bando de macacos barulhentos!

Para ser franco, este passeio em Extrema foi o que melhor me aconteceu neste último feriadão, após após descer a montanha fui para a casa da minha vozinha, cheguei no Domingo por volta das 13:00, e quando deu 17:00 começou a chover e ficou chovendo até escurecer. E continuou chovendo na segunda, na terça e na quarta, quando saí as 9:45 em baixo de chuva (de capa e bota, é claro). Enquanto fiquei lá, só comi e dormi, e agora estou fazendo uma dieta de desintoxicação, de tanta besteira que comi na casa da vovó. Sabe como é, né? Mas gostei muito, foi ótimo.

Mais uma vez, Daniel, Luana e toda a galera que curte o Motos Blog, um forte abraço, em especial para a galera que foi para Extrema naquele dia. Dedico essas imagens a todos vocês. Muito obrigado pessoal!

Leandro, eu é quem agradeço por ter ido lá e me enviado este relato! O importante é não perder o entusiasmo, e certamente você não perdeu! Lembro-me que você foi o nosso guia lá em Extrema no dia em que formos, e que foi fundamental para encontrarmos o caminho e ter tanta história para contar.
Ainda existem 19 lugares para visitar! Qual vai ser o próximo?
E você? Quando vai sair da inércia e viajar! O Projeto Explore continua firme e forte, e só está esperando pelo seu relato. O que está esperando? Bora viajar!

Compartilhe!