Kawasaki Ninja 250 pode vir para o Brasil em 2009

Com a notícia de que a Kawasaki vai abrir uma fábrica de motos em manaus, AM, os rumores de que a Ninjinha 250 virá para cá ganharam muita força. É muito provável que a Kawasaki lance o modelo aqui, que certamente será a 250 mais legal do mercado.

Kawasaki Ninja 250R - Clique para abrir maior


Apesar de ter apenas 249cc, a Ninja 250R não deixa de ser uma bela máquina. Concorre diretamente com a Comet GTR 250 da Kasinski.
É uma bi-cilíndrica em linha refrigerada a água com 4 válvulas por cilindro, comando de válvulas duplo acionado por corrente (DOHC), que gera 2.24 kgf.m de torque máximo (a 9.500 RPM) e potência máxima de 36 cv (a 10.500 RPM). Para se ter uma idéia, a Comet 250 tem 32,5 CV de potência e 2,16 kgf.m de torque. O motor é alimentado por dois carburadores Keihin CVK30. Bem que poderia vir com IE né?

A carenagem tem este visual agressivo, derivado das irmãs maiores. Certamente é um diferencial que faz com que a velocidade máxima da Moto seja maior.

No painel, nada muito moderno, inclusive, é mais parecido com o das Ninjas da década de 90, com grandes mostradores analógicos e luzes.

Painel Ninja 250R

No mais, a moto vem com freios com disco nas ruas rodas (tipo margarida), pneus 130/70 e 110/70 aro 17, o câmbio tem 6 marchas, e a moto pesa 152kg a seco.

Roda traseira Ninja 250R

Uma curiosidade: Desde que a Kawasaki produz a série Ninja 250 (1986), uma pesquisa é realizada e os dados são interessantes! 62% das pessoas que compram a Ninja 250 são novos Motociclistas, e deste grupo, 33% são mulheres! Certamente é uma moto que agrada muito ao publico feminino, pois tem visual agressivo, mas tocada mansa e por ter uma altura do acento bem reduzida (apenas 77 cm), permite que até os mais baixinhos firmem muito bem os pés no chão.

Vamos torcer né! Tomara que a moto venha pra cá e tomara que já venha com Injeção Eletrônica!

Compartilhe!