Fotografia básica – Fotos em série com o modo Burst

E dando continuidade a nossa série de artigos sobre fotografia básica, hoje vou falar de um recurso que quase todas as câmeras digitais possuem, mas que pouca gente conhece: O modo Burst.

O modo Burst

O modo Burst nada mais é do que uma configuração da câmera que te permite tirar várias fotos em sequência com um curto espaço de tempo entre elas. É como transformar sua câmera em uma metralhadora que dispara fotos. É possível bater de 3 a 10 fotos por segundo usando o modo Burst (ou até mais, dependendo da câmera).

Este recurso é muito útil, principalmente hoje em dia, já que as câmeras estão vindo com pelo menos 4 GB de memória… 4 GB cabe MUITAS fotos, então você pode se dar ao luxo de tirar dezenas de fotos em seqüência.

Como falei no inicio, o modo Burst está presente em praticamente todas as câmeras digitais. Eu tive uma Sony P32, muito antiga e ainda assim básica para a época, e que já possuía este recurso. A sua provavelmente tem também.

Utilidade

A ideia é simples. Em vez de tirar apenas uma única foto, correndo o risco dela ficar ruim, você tira várias em um curto espaço de tempo, e depois você escolhe a foto que ficar melhor.

Imagine você tirando fotos de um grande grupo de pessoas. Alguém com certeza vai piscar na hora, ou fazer cara de nojo, ou enfiar o dedo no nariz, ou fazer chifrinhos… Enfim. Aquele momento único onde todos estão na posição correta e com um sorriso no rosto é muito curto para ser perdido, e fazendo uma série de umas 5 ou 10 fotos “iguais”, a chance de você capturar este momento é maior.

Foto de grupo de pessoas

Outra possibilidade é a de você unir duas (ou mais) fotos parecidas em apenas uma. Imagine que você tem 2 fotos bem parecidas, mas em uma delas, a pessoa “A” está com os olhos fechados, e na outra, a pessoa “B” está com os olhos fechados. Você pode unir essas duas fotos de modo a deixar todos com os olhos abertos em uma única foto. Existem programas próprios para isso.

Limitações

A limitação mais evidente do modo Burst é que, em geral, não é possível usar o Flash para tirar fotos neste modo, isso porque a câmera faz uma média de 3 a 10 fotos por segundo, e neste tempo, é impossível para a câmera carregar o capacitor de energia do Flash. Portanto, este tipo de foto geralmente só pode ser feita em ambientes iluminados, que não precisam do flash, ou em câmeras que aceitem sensibilidades ISO mais altas.

Além disso, algumas câmeras mais simples e antigas limitam a quantidade de fotos neste modo. Nestas câmeras, geralmente só é possível capturar 9 ou 12 fotos em sequência. Mas hoje em dia, mesmo as câmeras mais simples não tem essa limitação, então enquanto houver espaço no cartão de memória, a câmera vai bater fotos.

Como usar

Para usar é simples. Primeiro você deve ligar o modo Burst, e ajustar sua câmera normalmente, como se fosse fazer uma única foto. A diferença é que, em vez de apertar e soltar o botão do obturador, basta você manter o botão pressionado. Enquanto o botão estiver pressionado, a câmera ficará batendo fotos. E para parar, basta soltar o botão.

Fotos em movimento

Este recurso certamente é dos mais valiosos na hora de tirar fotos em movimento, principalmente se você estiver parado observando uma Moto passar, por exemplo. O movimento de uma moto é muito rápido, e é difícil acertar uma foto em cheio. Então tirar várias fotos em sequencia é praticamente obrigatório.

A dica que dou, neste caso, é que você mire no assunto sem usar a tela da câmera. A imagem que aparece na tela geralmente tem um atraso de alguns décimos de segundo, e é difícil você acertar seu assunto olhando para a tela. Então, o melhor a fazer é esquecer a tela e simplesmente mirar a lente da câmera no assunto da foto.

Como falei no primeiro texto, eu não sou expert em fotografia, só estou escrevendo o que aprendi depois de muito tempo apanhando. Então, se você tiver alguma dica de fotografia para passar, deixe um comentário!

Compartilhe!