Jaqueta Alpinestars Argon – Teste completo

Eu e a Luana compramos recentemente novas jaquetas para andar de Moto, e o modelo escolhido foi a Argon da Alpinestars.

História

Nós já estávamos adiando a compra da jaqueta por pelo menos 1 ano. Nossas jaquetas antigas, da Ixon (a minha é uma Drifter e a da Luana é uma Idyllic) são boas, mas depois de 5 anos de uso, já estão bem gastas. O material impermeabilizante já não segura as chuvas mais fortes, os velcros já não colam mais, e até alguns rasgos na forração já apareceram. Já passou da hora de aposentar.
Começamos a procurar então pelo modelo ideal de jaqueta, tendo em mente alguns parâmetros:

  • Deve ser impermeável.
  • Deve ter proteções nos ombros, cotovelos e costas.
  • Deve ter muitos bolsos, alguns impermeáveis.
  • Deve ter um preço camarada, mas sem abrir mão da qualidade.
  • Deve ser bonita, mas discreta.

Acabamos com alguns modelos na lista, em especial para a Luana, a Alpinestars Stella T-Lux.

Alpinestars Stella T-Lux


Ela achava que a Jaqueta era legal, nas fotos parecia pelo menos, mas depois de ver pessoalmente e experimentar, acabou não gostando e desistiu deste modelo.

Eu já tinha em mente o modelo que eu ia querer para mim: A Alpinestars Argon. A jaqueta tinha tudo o que eu queria, e caiu muito bem em mim no dia que provei, então escolhi esta. A Luana então provou o mesmo modelo, e acabou gostando. Mesmo sendo um corte masculino, a jaqueta tinha ficado bem nela, e para fazer “parzinho”, acabou fechando no mesmo modelo.

Mas no fim das contas, a Jaqueta acabou se mostrando muito mais masculina do que a Luana pensava, e ela não conseguiu se adaptar nos dois passeios que fez com ela. A Jaqueta não tinha um formato bom para ela, formava um balão de ar na altura do peito, que atrapalhava até os movimentos da cabeça (pois ficava encostando no Capacete). Então ela acabou desistindo desta, e vai procurar por um modelo feminino que fique melhor (espere mais um teste em breve!).

Para mim a Jaqueta caiu muito bem. Ela não “infla” em momento nenhum e é bem estável e confortável. Acho que o problema foi a Luana ter insistido em usar uma jaqueta masculina. Não deu certo.

Características

A Jaqueta Argon da Alpinestars foi lançada em 2010 tendo como principal chamariz a facilidade para o uso diário. É uma jaqueta que aplica muitos detalhes em Neopreme, que é macio ao toque e flexível, tornando a jaqueta confortável e prática para o dia-a-dia. Além disso, possui uma membrana interna impermeável, que é útil nos dias que tomar chuva é inevitável. Para completar, ela possui muitos bolsos, a maioria impermeáveis, que sempre são úteis para carregar a carteira, celular, chaves, e outras coisas mais. Mas vamos ao teste.

Cores da Alpinestars Argon

A Alpinestars Argon é feita de material sintético, parecido com Nylon ou Cordura. Este tecido não retém muita água, já que ela escorre rapidamente. Por dentro, existe uma membrana impermeável, que não deixa a água da chuva entrar na jaqueta, mantendo assim quem a veste sempre seco.
E do lado de dentro, a jaqueta oferece um forro térmico, que pode ser removido soltando apenas dois zíperes e um velcro.

Forro térmico removível

Tanto no forro removível quanto na parte interna da jaqueta, existem três bolsos, que por estarem do lado de dentro, são impermeáveis. Além destes bolsos, há três outros na parte externa da jaqueta, sendo um de cada lado na parte inferior (bolsos das mãos) e um na altura do peito, do lado direito. Esses bolsos são fechados com zíper, mas não são impermeáveis.

Bolso lateral externo

Além desses seis bolsos, há ainda mais um, que fica entre a camada externa e a camada interna da Jaqueta. O acesso é através de um zíper vermelho sob o zíper que fecha a jaqueta. Este bolso também é impermeável, e parece ser perfeito para carregar o celular, pois o acesso a ele é rápido.

Bolso intermediário e bolso do peito

A jaqueta possui protetores certificados pela CE (Certificação de Segurança da União Européia), sendo quatro no total: Dois nos ombros e dois nos cotovelos e antebraços. Nas costas, há uma fina espuma que confere alguma proteção também. Esta proteção fica em uma espécie de bolso interno, fechado com zíper, e que pode receber um protetor mais eficiente.

Bolso do protetor de coluna

Há também um zíper na parte inferior traseira, que serve para unir a jaqueta a uma calça, formando assim um macacão inteiriço. O Ziper vem com os dois lados (o da Jaqueta e o da calça), assim você não precisa ter uma calça da Alpinestars para usar o sistema, basta costurar a metade do zíper que corresponde a calça em uma calça de qualquer marca, e o macacão estará formado. As calças da Alpinestars já vêm com esse zíper de fábrica, então não é preciso costurar nada neste caso.

Zíper para unir a calça

E completando as características de segurança, a Argon possui o logotipo da Alpinestars nas costas, no lado esquerdo do peito e nos cotovelos feitos em um tipo de bordado com um fio refletivo. E também possui “frisos” do mesmo material, que aumentam consideravelmente a sua visibilidade durante a noite.

Detalhes refletivos

Usando a jaqueta

A Jaqueta é muito confortável para usar. O caimento dela ficou perfeito em mim, principalmente no pescoço, área crítica em minha opinião (pois não pode enroscar na cinta jugular do capacete).

Só achei a jaqueta um pouco quente demais sem o forro térmico. Ficar parado com ela no corpo é um calvário. Andando na moto, a temperatura volta a ficar aceitável. Em dias frios certamente a Jaqueta vai ser legal, mas fico imaginando qual o frio necessário para usar aquele forro térmico. Acho que só o pessoal do Rio Grande do Sul é que vai tirar proveito desse forro.

Na chuva (tomei apenas uma), a jaqueta se comportou como esperado: Não deixou passar nem uma gota d’água e não molhou os pertences que estavam nos bolsos.
O ajuste lateral (do quadril) é feito com um velcro e elásticos. Ele permite um acerto preciso do tamanho do quadril, e isso é importante para reduzir a quantidade de vento que entra por baixo.

Ajuste do quadril

Nos punhos, o ajuste é com velcro, mas o detalhe fica por conta da membrana de neopreme, que é elástica e garante um ajuste perfeito e confortável.

Ajuste do punho

No pescoço, mais uma vez o neopreme se faz presente, garantindo um ajuste perfeito. O mais legal é que existe um acabamento em neopreme bem onde fica o gogó (pomo-de-adão), que não machuca e não limita os movimentos do pescoço.

Gola da jaqueta

Na moto, o comportamento da jaqueta é bom. Ela não enruga nem fica com aquela bolha de ar na altura do peito. Não fica com nenhuma parte balançando ou ondulando. É muito estável!

A Argon não é uma Jaqueta tipo Speed, já que não é de couro e não possui aquele corte superjusto característico. É uma jaqueta tipo Tourer, para o dia-a-dia e para viajar, já que suporta as variações climáticas durante a viagem, aquece e é confortável.

Conclusão

Para quem procura uma boa Jaqueta para uso diário, ou para viajar, essa é a Jaqueta ideal. A grande quantidade de bolsos, o conforto nas articulações e o fato dela ser impermeável fazem dela uma excelente jaqueta.

Se você gostou e quer comprar essa Jaqueta também, na MotoBR tem o menor preço. Além disso, se você usar o cupom MOTOSBLOG, o preço fica ainda menor! Sai por apenas R$ 698,25. Não perca! Clique aqui!

Compartilhe!