Foz do Iguaçu de Ônibus

Viajar de Ônibus é muito ruim, ainda mais pra mim, que tenho 1,90 mts, mas ainda é mais barato do que viajar de Moto quando falamos em longas distâncias, além do fato de (teoricamente) chegar descansado.

Resolvi que ia fazer a viagem de 1100 km num Ônibus da Pluma, comprei a passagem de Barra Funda (São Paulo) a Foz do Iguaçu por 123 reais e saí as 16h00 do dia 1o. A viagem é tranqüila, disso não posso reclamar, mas o pequeno espaço da poltrona simplesmente não serve pra mim… A minha sorte é que o camarada que viajava ao meu lado desceu na metade da viagem, no inicio da madrugada, então eu pude ocupar as duas poltronas.

Dormi mal, tamanho era a ansiedade e o desconforto… consegui pegar no sono por volta das 3h00, e acordava a cada meia hora, o sono era leve e não dava para descansar… Mas beleza… as 8h00 eu acordei e estava ancioso pela chegada do ônibus em Foz… coisa que ainda demorou 2 horas! Tá louco! Das 16 as 10! São� 18 horas de viagem! “Deuzolivre”.

Chegando lá! Minha Ruiva estava me esperando! Um enorme sorriso e um Shark na mão… Depois de um longo abraço e muitos beijos, fomos em direção a Eleonora, a Twister da Luana, e então ela me levou até um lugar secreto…

Depois, fomos pra casa, revi a minha sogrinha e conheci meus cunhados! Eles são 10! Também conheci todos os bichos que ela cria em casa! Todos muito lindos!


Dai sem mais delongas, fomos ao Paraguai – Quem vai a Foz, precisa ir ao Paraguai. Lá eu vi uma rua Santa Ifigênia, só que umas 400 vezes maior, mais desorganizada e mais suja. Eta lugarzinho feio… mas o que se acha lá não se acredita! Tudo e tudo muito barato! Desde comida até eletrônicos, bebidas, batatas pringles, TUDO extremamente barato! Eu sinto não ter levado muito dinheiro, mas mesmo assim compramos um grande macaco de pelúcia, 2 latas de batatas pringles, um Sapo pra Thainan e uns jogos de PS2 pro Matheus.

Na volta, passamos em uma lanchonete chamada “Pão de Queijo” onde comemos uns lances que não existem em nenhum outro lugar, e um refrigerante de abacaxi e uma água parecida com o H2OHHH, mas da Coca-cola… Tudo em espanhol.

Então, voltamos e ao passar pela aduana o fiscal nos parou e perguntou o que a gente levava…. mostramos e ele nos liberou – simples assim! Talvez por não ser muita coisa, ele tenha deixado quieto.

Não posso deixar de falar do Clima de Foz… “Benzadeus”… que lugar QUENTE! E a Luana ainda ficou esnobando dizendo que só estava 32 graus…. ruim é com 40! Aff… “Creindeuspai”…


Pegamos a Eleonora e fomos pra casa de novo… Dai deixamos as coisas lá e fomos procurar um Hotel pra nos hospedar… Depois de rodar um pouco, achamos um bem legalzinho no centro… Deixamos as� coisas lá e fomos passear um pouco… Fomos até a casa da Flavia, chamar ela pra passear! Ela tem uma Virago 250! Maior estilão de custom!� Ela é muito� 10! Dai daimos e fomos comer na casa da esfirra, uma loja de comida� árabe… Pedimos� “Shawarma”, um bolinho de pão� sírio com carne ou frango em pedaços e vinagrete e uns temperos… MUITO BOM! Affe! Show de bola! Eu e a Luana comemos 2 cada, 1 de cada sabor.

Depois disso, fomos para a Argentina, já que é do lado mesmo! A ponte que liga os 2 países é muito legal… ela é verde-e-amarela do lado Brasileiro e azul-e-branca do lado Argentino… tiramos fotos bem na divisa! E era no por-do-sol, ficaram muito legais! (olha no Flickr). Passamos� Aduana e logo depois tem um verdadeiro Shopping… é uma loja chamada Dutyfree shop… A loja vende muita coisa, desde artigos da Nike até vinhos e licores… tem muita coisa! E tudo barato, sem impostos! Compramos uma Amarula e vimos muita coisa. Tiramos mais fotos também e então fomos embora.

A noite, fomos para o hotel descansar um pouco, mas dai bateu a fome, então fomos no Jet Chicken, um restaurante que vende frango frito… comemos coração de frango empanado, MUITO BOM! Dai voltamos pro hotel e dormimos.


No Domingo, acordamos cedo e fomos pras cataratas… que lugar lindo! Deus realmente gosta dessa terra… Acho que ninguém deveria passar por este vida sem visitar as Cataratas… se existe algo que realmente significa algo, esse lugar com certeza é lá. Só indo pra saber. Veja as fotos no Flickr. Depois, Argentina de novo… fomos passear lá, conhecer um pouco� a paisagem mais adentro… eu particularmente achei a cidade feia… e nada funciona de domingo lá… todo o comércio fechado! Aff. Dai tinha um pessoal com umas Motos muito suspeitas… eles tinham twisters sem placa, e na argentina não tem twister pra vender… então no mínimo eram roubadas, então nos apressamos em sair logo daquela terra e voltamos ao Brasil. Fomos comer no restaurante “Vero Verde”, um restaurante vegetariano, e então fomos ao Gramadão descansar um pouco e bater papo… De lá fomos em uma grande sorveteria e pedimos um big sorvetão! Depois fomos para casa esperar dar a hora de eu ir embora…

Embarquei as 17h00, pela Pluma também… desta ver o Ônibus era muito ruim, um Ônibus velho, e cheio de muambeiro… A viagem foi muito sofrida, ainda mais pelo fato de eu ter deixado a Luana pra trás… Mas foi um fim de semana legal, apesar de curto… Nos vimos, conheci muitos lugares, e matamos a saudade!

Compartilhe!