Motos são usadas para o combate a incêncios no Reino Unido

Este mês, o governo da terra da rainha começa a testar o uso de Motos para combater incêncios.

BMW R1200RT dos Bombeiros

As motos são mais baratas e mais rápidas do que os caminhões de bombeiros. Cada Moto pode carregar até 50 litros de água e espuma química anti-chamas. Este aparato é suficiente para combater pequenos incêndios, como por exemplo, um carro em chamas.

As motos usadas são versões modificadas da BMW R1200RT. São dotadas de um cilindro de ar comprimido, que funciona como uma bomba d’água, e 2 reservatórios cilindricos com 25 litros de água cada.

Segundo a BBC de Londres, 80% dos chamados ao corpo de bombeiros são para pequenos incêndios, e movimentar uma viatura de grande porte ao local é mais demorado e mais caro. Para este tipo de incêndio, uma ou duas motos já são suficientes.

Aqui no Brasil, motos já são usadas por bombeiros a algum tempo, mas não para o combate a incêncios. Geralmente as motos são Yamaha XT660R, e são dotadas de uma maca, um desfibrilador portátil e outros equipamentos de primeiros socorros, e são usadas para atender pessoas feridas em acidentes de trânsito.

Yamaha XT660R dos Bombeiros - Foto: Oslain Brito

Não é a primeira vez que motos são adaptadas para substituir carros ou caminhões. No japão, já existem motos-guincho, que são capazes de rebocar carros estacionados em locais proibidos. As motos são dotadas de um pequeno guindaste e uma plataforma dobrável, que suspende o carro, para possibilitar que ele se mova. Neste caso, a moto é uma Honda Goldwing modificada.

Moto Guincho


Moto Guincho

Já aqui no Brasil, o mais próximo disso que eu conheço é a moto-guincho que rebocou a nossa Falcon em Londrina, no Paraná.

Moto-Guincho

Interessante o que um pouco de criatividade pode fazer com as motos, não?

Compartilhe!