Nova Suzuki GSX-R 750 2008 chega ao Brasil

A partir de julho as concessionárias autorizadas Suzuki e no Moto Esporte, recebem a versão 2008 da superesportiva GSX-R750 (ou SRAD 750). Com mais de 20 anos de carreira, o modelo surpreende e cativa todos que experimentam pela primeira vez sua potência e maneabilidade.



A GSXR 750 se mostra ao mesmo tempo dócil como uma 600cc e forte como uma 1000cc. Nervosa e gentil, consegue andar no ritmo de Motos bem mais potentes e manter altas velocidades até no centro das curvas, o que prova seu incontestável equilíbrio.

O motor DOHC de 4 tempos com 4 cilindros em linha e 16 válvulas tem sistema de injeção de borboletas duplas (SDTV – Suzuki Dual Thottle Valve) e injetor duplo – o primeiro atuando constantemente, enquanto o segundo só em altos giros. O sistema SRAD (Suzuki Ram Air Direct) auxilia e melhora a queima do combustível, aumentando a eficiência do motor.

O escape pequeno fica quase completamente sob a moto, melhorando seu centro de gravidade e contribuindo ainda mais com seu equilíbrio. Possui também válvula SET (Suzuki Exhaust Tuning), que parcializa a saída do escape 4 em 1 em baixas e médias rotações, favorecendo o torque – que pode atingir até 8,80 kgf.m a 11.200 rpm. Para reduzir a emissão de gases poluentes à atmosfera, conta ainda com o sistema PAIR (injeção de ar fresco filtrado na saída do escape), controlado pela ECM (Engine Control Module) e baseado na posição das acelerações e na rotação do motor.

O posicionamento do cabo do atuador da válvula de controle de exaustão (EXCVA) foi aperfeiçoado para facilitar o acesso e manuseio durante a manutenção. As abraçadeiras de acionamento simultâneo da caixa do filtro de ar também foram modificadas para facilitar sua manutenção.

A suspensão dianteira é telescópica invertida de amortecimento hidráulico, com pré-carga da mola ajustável. A força de amortecimento de compressão e de retorno também são ajustáveis. A suspensão traseira, com braços conectados ao chassi e ao link central, dá à moto ainda mais maneabilidade.

Freio é composto por dois discos flutuantes de 310mm de diâmetro na dianteira, mordidos por pinças de quatro pistões acionadas por um cilindro mestre radial. Na traseira, possui um disco ventilado de 220mm de diâmetro mordido por pinça deslizante de único pistão. Estes, somados ao baixo peso da Motocicleta (apenas 163kg a seco), estão entre as principais armas da GSX-R750. O chassi colabora com o conjunto e está em harmonia com as suspensões, freios e pneus.

O painel, compacto e de fácil leitura, possui conta-giros, velocímetro digital, duplo hodômetro parcial, relógio, reserva de combustível, temperatura do motor, status da Injeção Eletrônica e até um marcador da marcha engatada.

Tem linhas muito semelhantes às de sua irmã maior – a GSX-R1000 –, como a rabeta afilada, a carenagem frontal agressiva e os piscas dianteiros integrados aos espelhos retrovisores. Agora com novos grafismos, tem uma identificação visual ainda mais marcante. As mudanças realizadas na tampa do magneto, agora preta brilhante, confere-lhe ainda maior destaque.

O modelo 2008 da GSX-R750 pode ser encontrado nas cores azul, preta, cinza e azul escuro. As Motocicletas Suzuki possuem um ano de garantia e suas concessionárias autorizadas e no Moto Esporte, oferecem serviço especializado, com mecânicos treinados pela própria fábrica e peças originais de reposição. O preço sugerido ao público é de R$ 66.900,00 (valor sujeito à alteração sem prévio aviso).

Fonte: Blog Casa de Hael

Compartilhe!