GravatarMotos Blog » Destaques, Dicas

Como comprar a primeira moto


Uma dúvida recorrente é sobre qual a melhor Moto para começar no mundo das duas rodas. A Luana já escreveu um bom artigo sobre o tema, mas mais direcionado para as mulheres, mas hoje vou falar de um modo geral, sobre o que procurar em uma primeira moto.

Primeira Moto - Vá com calma!

Primeira Moto - Vá com calma!


Existem muitos mitos sobre este assunto, acho que o principal é a respeito da cilindrada da moto. Uns acham que a primeira moto tem de ser necessariamente uma 125 ou 150cc, por ter pouca força, não surpreende os novatos. Outros já acham que isso não tem nada a ver e se o sujeito quiser começar com uma 1000cc superesportiva não tem problema algum.

A verdade é que não existe formula certa, e sim gosto pessoal. Eu particularmente acho que não há limite mínimo, e sim máximo. Acho que Motos acima de 600cc são muito ariscas para quem é muito novato. É claro que isso varia em cada modelo e para cada pessoa, mas de um modo geral, esse tipo de moto possui um comportamento muito agressivo e pode assustar no início. Acho que a cilindrada ideal para começar está entre 250cc e 500cc, pois são motos que atingem boas velocidades em rodovia, são leves e fáceis de guiar, não tem comportamento agressivo, permitem pequenas viagens e são relativamente baratas de manter e de arrumar no caso de uma eventual queda.

As motos menores também são boas para começar, porém, não te dão muita experiência caso a sua intensão seja guiar uma moto maior futuramente. Pilotar uma 125 a vida toda, e pular direto para uma 600 tetracilíndrica certamente será uma adaptação mais difícil e perigosa, o que não acontece com tanto impacto se você estiver pulando de uma 300cc para uma 600cc. Mas a cilindrada não é regra! Veja: Existem motos de 600cc de 35 a 150 cavalos de potência. Tudo depende do tipo de motor e da moto. Uma XT660, por exemplo, tem 45 cavalos, enquanto uma CBR600RR tem 120. São motos bem diferentes.

Esclarecido o mito do motor, as próximas dicas são mais relacionadas a ergonomia e ao uso da moto. Ao comprar uma moto, você deve ter em mente o uso que vai dar a ela. Se você vai usar a moto para ir ao trabalho todos os dias, então deve procurar uma moto que seja relativamente econômica e barata de manter. Já se sua intensão é passear nos fins de semana, o custo não é tão importante.

Asfalto Irregular

Asfalto Irregular

Aqui em São Paulo o asfalto geralmente é ruim, muito irregular, cheio de calos e buracos. Motos tipo Street, mesmo sendo mais direcionadas a pisos asfaltados, sofrem muito por aqui. No entanto, modelos de uso misto se dão muito bem, pois aliam bons conjuntos de suspensão com comportamento mais urbano. A XTZ 250 X (Lander Motard) é um bom exemplo disso, e muitas vezes se adapta melhor do que a Fazer 250.

Yamaha XTZ 250X - Boa opção urbana

Yamaha XTZ 250X - Boa opção urbana

Ao escolher a moto, você deve observar também a sua estatura. Pessoas muito baixas tem dificuldade em pilotar motos muito altas, e o mesmo acontece com pessoas muito altas pilotando motos muito baixas. Eu mesmo sofro isso todos os dias, pois tenho 1,90mts e comprei uma Suzuki Yes, que é a menor moto da categoria.

Desproporcional

Desproporcional

Se pensa em usar a moto para viajar, então, deve-se levar em consideração a motorização e o conforto. Eu acho que 400cc é o mínimo necessário para viajar com tranquilidade. Motos de 250cc ou 300cc até fazem viagens curtas sem problema, mas viajar 400 km com uma moto dessas é muito desgastante. Além da cilindrada, considere o tamanho e a largura dos bancos. Quanto maior, mais confortável.

No mais, procure por modelos que entreguem mais diferenciais. Evite motos com partida a pedal. Partida a pedal só é vantajosa para motoboy, que tem de ligar e desligar a moto 1000 vezes por dia. Se o seu uso será “normal”, então prefira sempre a partida elétrica. Prefira também rodas de liga leve ao comprar uma moto street pequena, pois é mais fácil de consertar o pneu caso ele fure, além da moto ficar mais leve e mais bonita. Caso seu interesse seja pela YBR Factor, prefira o modelo ED, pois já vem com rodas de liga leve (as outras tem rodas raiadas). Nas motos de uso misto, as rodas são quase sempre raiadas… Isso porque as rodas raiadas são melhores para pneus de uso misto e para o uso na terra.

O freio a disco é superior ao freio a tambor, prefira sempre freios a disco na roda dianteira. Instrumentos como marcador de combustível e conta-giros não estão presentes em todos os modelos, e mesmo não sendo indispensáveis, são muito úteis. Verifique se a moto que pretende comprar possui estes instrumentos.

E por último: Compre motos de marcas conhecidas. Procure saber o tamanho da rede de atendimento da marca na sua cidade. Procure pela opinião de quem já tem motos dessa marca, e de preferência, do mesmo modelo. A Internet é um ótimo local para pesquisar a opinião dos proprietários. Aqui mesmo no Motos Blog tem muita informação!

E se você tem alguma dica legal para dar a quem está interessado em comprar a primeira moto, deixe um comentário!

Compartilhe este texto!


Digite o seu nome e e-mail abaixo e saiba quando o Motos Blog é atualizado! Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail! É GRÁTIS!

Seu nome
Seu E-mail

176 comentários

  1. betinhowoo disse:

    Acredito que a real diferença está na potencia da moto que você começa…

    A primeira moto que tive foi uma Fazer 250 que tem pouco mais de 20cv de potência. Foi uma boa, pois aprendi a manter o equilíbrio, fazer curvas com agilidade e segurança, reduzir as marchas para frear, aprender a medida certa de acelerar a moto em curvas sem cair e etc.

    Hoje tenho uma moto com 4 cilindros, logo na primeira vez que pilotei ela, pensei: “Ainda bem que não comecei com uma moto dessas…”. Pensei isso principalmente devido à grande potência da moto, a sensibilidade do acelerador é muito grande!

    Um descuido com o acelerador em uma Fazer 250 pode te dar um susto e dependendo você pode até mesmo empinar a moto sem querer, mas esse mesmo descuido em uma moto de 1200cc e cerca de 100cv de potência pode literalmente jogar você pra fora da moto! Reduzir a marcha e soltar a embreagem rápido demais trava a roda trazeira com muita facilidade fazendo a moto derrapar. Outra dificuldade é saber acelerar a moto enquanto se faz uma curva, se você acelerar muito a moto também pode derrapar a trazeira muito facilmente.

    Esses são alguns motivos para se começar com uma moto menos potente, não que as motos menores não sofram esses tipos de acidentes, mas com certeza serão bem mais “leves” e se o piloto for cauteloso serão apenas alguns pequenos sustos, difícilmente irá um acidente fatal.

    Começar com uma moto muito potente pode não ter nada de errado, mas a pessoa deve ser excessivamente cuidadosa para aprender a pilotar com segurança.

    • lázaro disse:

      E ai Daniel!!!
      Parabéns pelo blog, ele tem muitas dicas e assuntos legais que acontece e que precisamos no nosso dia a dia…
      eu cou comprar minha primeira moto e gostaria de saber cara e a XTZ 250 X e uma ótima compra e se para o garupa ela tráz conforto, o que me incomoda é fato do escapamento ser muito próximo, praticamente colocado em baixo do baixo perto de onde o garupa se senta, se num trás desconforto e se quando o escapamento fica quente num encomoda o calor de baixo da perta!!!
      se tu souber de algo a respeito de alguém que passou por isso alguma vez me responda…
      Abraço
      Parabéns pelo blog
      Deus abençoe

  2. Perdido disse:

    Apenas com o “curso de formação” das autoescolas é impossivel vc pilotar uma moto de grande porte, primeiramente pq muito dos alunos nao saem preparados e muitas vezes inseguros de encarar o transito com uma 125cc, imaginem entao com uma de grande porte. Sem contar que estamos esquecendo do poder aquisitivo do brasileiro, o sujeito que busca economia nao vai comprar uma 1000.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Pois é Perdido… Para pilotar um grande avião de linha aérea, o piloto precisa ter pelo menos 1500 horas de vôo…
      Porque para pilotar um aviãozinho de 2 rodas e 1000 cilindradas seria diferente? Experiência é tudo!

  3. Antonio Augusto Coelho Braga disse:

    Concordo plenamente que a faixa de moto ideal está entre 250cc e 500cc. Infelizmente no Brasil não temos opções de motos de 500cc. É um mercado que em minha opnião teriamos grande aceitação, tanto em preço, como em cilindradas e potencia. Bomba, Yamaha…. despertem para este segmento.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Antonio, a GS500 é uma excelente opção de moto de 500cc. O visual é meio antigo, mas pelo preço que estão cobrando, vale a pena! Dá para encontrar ela Zero por 18.500 reais.

      Mas eu concordo com você… Deveriamos ter mais opções de 400 a 500cc.

      T+

  4. elias disse:

    Uma dica pra qualquer moto: tocar com delicadeza. nada de acelerar de soco, frear com tudo, soltar a embreagem de uma vez só… daí nenhuma te derruba.

  5. Léo Henry disse:

    Olá!!!(infelizmente eu errei no outro comentário)

    Eu acompanho o blog já faz um certo tempo e gostei muito dessa matéria, mas minha duvida é que moto eu posso comprar, já que estou prestes a fazer 18 anos e tenho 1,87 de altura.
    Eu pilotei a Titan do meu cunhado, mas ficou um pouco pequena!!!
    Eu sonho com a Fazer mas tambem penso na Lander por ser uma moto mais alta!!!

    Qual moto eu posso comprar???

    Parabens pelo blog e me perdoe pelo comentário anterior!!!

  6. Saito disse:

    Entrei a pouco tempo no mundo das duas rodas (tirei carta faz 1 mês) e, como nunca tinha pilotado antes, senti uma enorme insegurança em pegar motos de cilindradas maiores pois o curso de pilotagem é uma piada. O instrutor simplesmente me passou uma Fan e disse “Sobe nela e anda”. Enquanto eu enfrentava dificuldades ele ficava sentado conversando com os outros instrutores…é brincadeira a falta de profissionalismo desses caras. Resolvi pegar uma Intruder 125, gosto de modelos custom e, pelo preço, achei a melhor opção pra mim. É pequena e leve e não me dá sustos! hehehe! Hoje, pela primeira vez, tive que ir até o centro. Peguei a Radial Leste em horário de pico e sobrevivi, apesar de quase ser engolido por um buraco.

    Parabéns pelo Blog, um dos melhores que já vi na Internet.

  7. Marcelo disse:

    Boa noite pessoal!
    Creio que além da prudência, o bolso conta muito também.
    Eu tenho 1,84 e gostei da crypton 2010, ela está bem mais bonita e o mesmo motor da NEO. Vejam, vou comprar a crtpton, pois, não quero entrar em financiamento e to cansado de andar de carro ( gasta muito ). Ônibus nem pensar. Portanto, vai do bolso, não tenho coragem de pagar mais de R$8 mil na titan. Gosto demais da Fazere da Factor ED, mas a grana ta curta. Então é isso pessoal, prudência, bolso e juízo são fatores preponderantes na hora da compra.
    Daniel é impressão minha mas eu já andei de yes e achei mais baixa que a crypton nova. Será?

  8. Fernando Massao Kawahara disse:

    Como sempro ressalto no seu BLOG Daniel, foi pelas informações e considerações que voce,a Luana e nossos colegas colocaram, que eu pude fazer uma escolha bastante feliz quanto a minha primeira moto.
    Comprei no final de 2008, uma Yamaha Fazer (que esta comigo até hoje, e graças a Deus, mes passado, paguei a ultima parcela!)
    A primeira impressao, quando sai da concessionaria com ela (feliz da vida), é que era um trombolho e que eu nunca iria domina-la – até entao, so tinha andado em motos com no maximo 150cc…
    Na primeira conversão.. fiasco: a moto morre… bom… ai obviamente, como manda as aulas de auto-escola…, “coloque o tripe, ponto morto e partida”… até ai, os outros motoristas ja queriam o meu couro! Sai meio envergonhado… por ser tão novato… e o pior… teria que pegar rodovia (30 kms) ate a cidade em que eu moro… (pensei… agora que eu to “( )dido”).
    Nao deu outra: liguei pra um colega e pedi para ele me esperar no posto na saida de Rio Verde… como ele tem uma Montana, penesi: “ou ele leva a moto ate em casa ou a gente sobe ela e amarra na cacamba e eu vou abracado com a moto pra ela nao riscar :)”
    Bom, no final das contas, ele levou a moto, mas deu a seguinte condicao: “quero ver quanto esse bicho corre”… eu eu com o coração na mão, concordei….
    Por fim, essa foi a primeira de muitas hitorias que coleciono sobre a minha “KAMAITACHI” (literalmente espirito do vento cortante). E apesar dela ja somar 1 ano e meio, esta semi-nova, com 4500 km rodados somente! (nunca viajei com ela).
    Concordo com o Daniel quando ele diz ” (..)Acho que a cilindrada ideal para começar está entre 250cc e 500cc.(…)”
    E o melhor: se destacam das CGs, FANs, e BIZ… isso sem contar as Dafras e Xing-Lings.
    Recentemente andei em uma Falcon, achei uma moto macia, de motor linear, pau pra toda obra, mas me assustei com o porte da moto (tenho exatos 1,71m, o 1 cm eh de lambuja) e o peso do motor 400cc… achei ela muito alta, e pesada! Mas é uma experiencia sem igual!

    • Marcelo disse:

      Cara, muito legal sua historia.

      Eu estive pegando umas licoes em uma Tuíster, acho que uma 250 da pra encarar no inicio. Vou comecar a moto-escola em julho.

      Gostei muito do artigo sobre como comprar uma moto e nao ter problema com a familia. Eu me identifico com o tipo revoltado…kkkk

      • Fernando Massao Kawahara disse:

        Marcelo:
        Acho que a Tuíster, a CEBÊ 300, a Fazer, Lander, Tornado, e ate mesmo a Strada 200 sao motos fantasticas para quem esta começando.
        Eu particularmente sou apaixonado na YS 250 Fazer, acho uma boa moto por um preço acessivel, alem de ter uma ciclistica excelente… mas tambem ja fiz test drive em uma ninjinha 250cc… e gostei bastante da moto… so achei o motor meio … fraco em baixas rotações.
        Outra experiencia que tive, foi pilotar uma Rórnet em pista de aeroporto… e cheguei a seguinte conclusao: não posso ter uma moto desse porte, pois com certeza, estaria encurtando o meu tempo de vida.
        Hoje, tenho como o “grande segredo” de se pilotar motos, um conselho que meu pai me passou no dia em que eu declarei a minha familia que estaria comprando uma moto: “Respeite a moto e estara respeitando a sua propria vida e a dos outros, ela vai sempre te chamar a acelerar um pouco mais, mas isso não quer dizer que voce deva faze-lo”
        Boa sorte, e bem vindo ao mundo das duas rodas.

  9. Jeferson disse:

    Daniel,

    Você falou em motos da categoria Street e até off-road, mas quanto as scooters? Eu possuo uma Burgman 125, e tava pensando em comprar daqui alguns meses entre a GS 500 ou a Burgman 400. Será que a GS 500 eu apanharia muito para aprender trocar de marcha? Ja que as Burgmans são automáticas? A única coisa que eu reclamo da 125 é o asfalto daqui de São Paulo que tem a emenda, da emenda da emenda rs…

    Abraços,

    • Daniel Ribeiro disse:

      Jefferson, acho que não terá problemas em pegar uma GS500 não… Apesar da cilindrada, ela é bem dócil e só corre se você enrolar o cabo mesmo. Quanto as marchas… Bom, na autoescola te ensinaram isso! Não é difícil não, basta ter paciência e boa vontade!

      Até mais!

  10. Edson disse:

    Muito boa a matéria.
    Penso que moto é tal qual sapato. Tem de ter anatomia e preço correspondente àquele que o necessita, ou deseja.

  11. elias disse:

    Bom, pro dia dia uma Fazer 250cc é o ideal. Pras trilhas uma CRF 230 é o caminho. Para os finais de semana, na rodovia, uma Rórnet ou XJS. E finalmente, pro autódromo, uma R1…. é isso, tendo essas tá de bom tamanho!.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Se vc não tem tanta grana pra comprar tantas motos, compra uma V-Strom ou uma Versys, que são boas para todas essas finalidades (menos autódromo).

  12. elias disse:

    Uma V-strom não funciona na trilha. Não presta pro dia-dia. E como um coringa, vai mais ou menos. E para viagens.

  13. KALIL disse:

    Quem tem condiçoes para usar os dois tipos de moto entre as 250. Seria bom ter como exemplo:

    Podendo escolher entre poucas motos.
    -uma FAZER250(economica), Tuíster250(nao recomendo, pelo nivel do consumo), KAWASAKI250 ou até mesmo a legendaria COMET250(bem esportivas as duas). Mas isso no estilo STREET.

    -Ja no estilo OFF-ROAD eu sugiro apenas duas opicoes(ja que nao há muitas alternativas no nosso mercado), LANDER250(tbm economica) ou TORNADO250(nao recomendo, pelo nivel do consumo).

    -Mas se vc quer um misto disso tudo, aconselho a XTZ250x(envolve os dois estilo). Essa faz milagres para todos os tipos de chao(só nao faz na agua, rsrs!).

  14. Marcelo disse:

    Minha experiencia e a seguinte: Tenho 1,85 de altura, então resolvi começar com a Tornado 250. Achei uma moto fantástica, bem o que eu procurava – me deslocar rapidamente sem gastar muito. Hoje concretizei a trocar por uma Suzuki GS 500 e estou muito ansioso para estrear numa outra categoria. Espero que seja um pulo para uma Bandit 1200!!!
    Concordo com o que foi falado sobre os CFC. Aquilo eh um curso de circo. Tinha gente na minha prova que so sabia fazer o circuito, duvido que sabia andar na rua. Legal o blog.
    Abs

  15. Felipe disse:

    Vou fazer 18 anos e gosto muito de motos, mas estou na duvida de qual moto comprar para começar no mundo das duas rodas! Gostei muito da CEBÊ300 pelo preço e por ter abs, mas amigos me falaram que a fazer tambem é muito boa, poderiam me dar dicas de qual as vantagens de uma e de outra? tambem dei uma olhada na CEBÊ500.O que vc acham?

  16. Michael disse:

    Boa Tarde a todos.

    Primeiramente parabéns pelo artigo quase que científico…

    Bem vamos ao fato:
    Tenho 19 anos, possuo minha CNH desde 18, e gosto muito de motos. Em minha família nunca tivemos moto, aqui o gosto e paixão é por carros, porém estou prestes de acabar com isso. Estou querendo adquirir uma Suzuki GSX R750. Sempre que possível, ando nas motos de meus colegas, que geralmente é de 250 cilindradas. Não tenho medo de altas cilindradas, apesar de já ter caído e quebrado o braço quando estava na garupa de uma. Você acha que é suicídio ou nem tanto se eu realmente comprar esta moto? Abraços.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Tem que ter muita cabeça para “começar” com uma super esportiva.

      Eu no seu lugar, ficaria 1 ano com uma ER-6, que é uma p*** moto, e depois pularia para a Srad.

  17. Marcelo Macedo disse:

    Boa noite Daniel !
    Entro no seu blog todos os dias e gostaria de parabenizá-lo pelo blog. Realmente é muito bom !
    É o seguinte, estou com R$ 4.000,00 na mão e estou na dúvida entre comprar uma moto usada nessa faixa de preço ( YBR, XTZ, YES, CG ) todas com freio a disco e nao ficar devendo nada.
    Também posso dar de entrada esse valor em uma Factor ED (VERMELHA) hehe, o resto a loja divide no cartão com taxa de4%, algo em torno de R$ 180,00 de juros no total. Fico desanimado em ficar pagando 1 ano pela moto, vendo a fatura no cartão hehe mas uma usada também gera dúvidas se farei um bom negócio.
    Com sua experiência o que você recomenda?
    Obrigado e parabéns !
    Sua esposa está devendo a outra parte da vida de motociclista hehe.
    Abraço !

    • Daniel Ribeiro disse:

      Marcelo, financiar no Banco tem juros muito mais atraentes do que esses 4% do cartão… A taxa de juros hoje está entre 1,5% e 2% ao mês.

      Eu no seu lugar dava esses 4 mil de entrada na YBR ED Zero km… O saldo paga-se fácil em 1 ano.

      • Marcelo Macedo disse:

        Valeu Daniel !
        Porém, o valor de 4% de juros do cartão não é mensal e sim em relação ao financiamento restante. Aqui em BH ela sai por R$ 7.000,00, ou seja, R$ 4 mil de entrada + 10 x r$ 317,00.

  18. Henrique disse:

    Comecei numa Drag 650. Nao tinha experiências passadas com moto e nao mudaria minha escolha!
    Sou um cara tranquilo, bem precavido e nao tenho tanta pressa de chegar nos cantos :P e comecei com quase todo o equipamento (capacete, jaqueta e luvas – ainda faltam a calça e botas).
    Um detalhe eh q ainda permaneci com o carro… em dias de chuva estou salvo :P

    • Daniel Ribeiro disse:

      É… eu esqueci das Custom… a regra da cilindrada não se aplica as motos custom… Por maior que seja a cilindrada, raramente são agressivas. Dá para começar com uma Custom sem problemas…

      Obrigado pela dica!

  19. Thiago disse:

    Daniel,
    Tenho 29 anos, Altura 1.80m e peso 92kg.
    Tirei a carteira para moto agora, sempre foi um sonho que hoje tenho condicao financeira de realizar. Estou na duvida para adquirir a primeira moto. Meu objetivo é passeio!
    Depois de estudar bastante o assunto, estou em duvida sobre duas motos:
    1. Kawasaki Ninja 250R, ou;
    2. Kawasaki ER 6N.

    Me sinto a vontade para começar a pilotar a 250R, mas sinto receio da ER 6N, nunca pilotei uma 600cc. Mas a ninjinha é pequena e não tão imponente quanto a naked. Queria mesmo é me ver logo em cima de uma moto que eu quero mesmo! O vendedor da kawasaki , assim como em algns foruns afirma que posso começar com a ER6N sem grande diferenças para a 250r, o que voce acha?

    Abraço
    Thiago

    • Daniel Ribeiro disse:

      Há uma grande diferença sim… a ER-6n é bem forte! Mas não é nada incontrolável…

      Mas eu, no seu lugar, iria de Ninja 250… É mais barato aprender (cair) com ela… Hehehe

      T+

  20. fabiano disse:

    Daniel,estou querendo comprar minha primeira moto tenho 1000 reais para dar d entrada e financiar o restante em 36 vezes,tenho 1.86 de altura peso 108 kilos estava´pensando numa broz 150 mais tenho um pouco de recio pq moto da Bomba são muito visada por ladroes,trabalho de controlador de acesso minha renda e de 800 reais por mes sou casado tenho um filho por isso não tenho condições de pagar prestaçoes maior que 250 reais por mes só quero a moto para ir e voltar do trabalho não gosto de moto custon qual vc me indicaria que caberia no meu orçameto mensal obrigado aguardo retorno abrç.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Tá difícil Fabiano… Com tantas limitações, não sobram muitas opções.
      Compra uma POP, e guarda dinheiro pra tentar comprar outra moto quando terminar de pagar ela.

      T+

  21. BRUNO disse:

    OLÁ PESSOAL TENHO 17 VOU FAZER 18 NO COMEÇO DE DEZEMBRO TIRAR A CARTA E COMPRAR UMA MOTO ESTOU QUERENDO UMA FAN 125 O QUE VCS ACHAM ÉE UMA BOA MOTO PARA IR TRABALHAR E DAR UNS ROLES FDS? VAALEEWW

  22. iniciante *M disse:

    Ninguém fala da Bros 150, gente! Sou do NE,são luis-ma, aqui, fora a Bomba todas as outras saem caras por causa da manutenção,fora a bros vcs recomendam outra? Tenho medo da Fazer,250cc? sei não! Eu aprendendo quase quebro o muro (bater eu bati), tive lá um descontrole de aceleração e freio, esqueci tudo, deu um branco, quase me traumatizo :( e fiquei com vontade de ter uma bros, tenho medo de uma moto com maior cilindrada, será que eu numa Fazer me daria bem? eu sou toda atrapalhada ainda e tenho só 1,70m.
    abço

    • Daniel Ribeiro disse:

      Compra uma moto barata… Assim você destroi ela para aprender, e depois que aprender, você compra uma moto melhor, para não destruir.

    • Marcelo disse:

      Eu te digo uma coisa, a Fazer é uma moto muito bacana. Só que quando a gente passa a 2 marcha tem que aguentar o tranco, proporcionalmente é como vc tivesse de 3 marcha em uma moto 150.

      Eu tb sou novato, reprovei no teste do detram, mas to tentando melhorar…

      Tente treinar em um lugar bem longe dos muros…A Fazer é uma das minhas opções de moto.

      Um abraço

    • Fabiano, Duvidas disse:

      Ei iniciante meu nome é Fabiano e também sou de São Luis e estou com o mesmo problema, só ainda não bati no muro, olha estou na dúvida qual moto comprar se uma Xis ÉrreE300 ou uma Bross 150 pois nunca andei de moto e na Xis ÉrreE300 fico nas pontinhas dos pés é um monstro a máquina.
      Se quiser entrar em contato meu Imail: fabianohiluy@hotmail.com………é o mesmo para o msn.
      Abraço e coragem.

  23. Elton disse:

    PRIMEIRO PARABENS PELO BLOG.
    GOSTARIA DE SABER SE VOCÊS PODERIAM ME DAR UMA SUGESTÃO QUANTO A PRIMEIRA COMPRA QUE PRETENDO FAZER, ESTOU EM DÚVIDA ENTRE A SUZUKI YES, A YAMAHA YBR ED 125CC E TVS APACHE. ESTA ÚLTIMA FOI ELEITA A MOTO DO ANO NA CATEGORIA 150CC PELA REVISTA DUAS RODAS. PENSEI EM UMA Bomba CG 150 ESI, NO ENTANTO, O MODELO NÃO TINHA FREIO A DISCO UMA PENA QUE A Bomba NÃO PENSE NA SEGURANÇA DOS SEUS CLIENTES.
    SOU NOVATO NO ÂMBITO DAS DUAS RODAS E GOSTARIA DE DICAS QUANTO A REVENDA, CONSUMO, DESEMPENHO ETC PRA OS TRÊS MODELOS QUE CITEI. VALEU.
    ABRAÇO.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Eu iria de YBR ED…

      • Elton disse:

        A YBR realmente talvez seja a melhor opção, afinal ela possui um visual esportivo, valor baixo na manutenção, baixo consumo e ótima revenda, caso eu venha me desfazer da mesma. Agora tem dois itens que me preocupa neste modelo é a ausência de um conta-giros que iria me ajudar na hora de fazer as trocas de marcha com mais confiança, já que sou iniciante, porém creio que este problema seja contornado com a prática. O outro item se trata da perda de potência que a moto vem tendo pra se adequar ao PROMOT 3, afinal, com o tempo pretendo pegar BR e é importante ter potência e torque em retomadas e acelerações finais. A Yamaha bem que podia ter inserido já injenção eletrônica na YBR.
        No mais valeu pela dica.

  24. Amonitlhely disse:

    Acabei de fazer 18 anos e ganhei uma titan 150 ex, acho que vai chegar próximo mês mais to bem preocupada pq sou muito baixinha pra ela(tenho 1,50), to só esperando chegar a 2011 que ta demorando muito!

  25. Felipe disse:

    Tu tem conforto na yes?

  26. Sandro disse:

    cara, também to nessa dúvida, tantas fabricantes e quero minha primeira moto, só que em salvador-ba tem que levar em conta os grandes números de furtos ja pensei em tantas motos, ultimamente to entre a bros es e a ybr, a vantagem da bros é injeção eletronica e combustivél já que é mix, porém deve ser muito mais visada do que a ybr, mais penso também em não me acostumar com moto ja que vou começar agora e ter uma bros nova parada ou pra revenda não sei se é vantagem, adorei o site vou sempre ta acompanhando

  27. Sandro disse:

    complementando, quero uma moto pra trabalhar, e sair nos finais de semana as vezes viajar pra feira de santana, vou tirar no consorcio, o que ta pesando é o emplacamento, ja que a suzuki e a Bomba ja vem emplacadas e a factor que eu tava querendo mais não vem, e o cara da concessionaria falou que é uns 600R$ para emplacar. a opção da 150ex também

    • Amonitlhely disse:

      Peguei minha titan cg 150 ex a uns 15 dias resolvi pegar sem placa pq no consorcio ia sair por mais de 700r$ o emplacamento, e pra fazer eu msm só saiu por 550r$ e resolvi tudo em um dia depois foi só voltar para colocar a placa.

  28. Amonitlhely disse:

    Como eu imaginava a minha titan é bem alta pra mim que só te 1,50
    to tendo muita dificuldade pra pilotar sem contar a queda que levei nela e quase morro rss
    a moto coitada ficou com o guidão torto, pedal e escapamento amaçados,
    arranhões e etc…
    Mais ainda tenho esperança que vou me adaptar a ela.

  29. patrick disse:

    Eaee daniel, parabéns pelo site mto legal…
    quero tua opinião. Vou comprar uma intruder 125, miha primeira moto. é mais para ir pra facul e pro trabalho e pq curto mto os modelos custom.
    e tbm não posso comprar um M800 heuuehuehuehueh… o que tu acha dessa moto em geral e pra começar?

    e penso tbm e modificar ela no futuro…eh facil para esse modelo?

    • Daniel Ribeiro disse:

      Patrick, é uma moto legal. Quem tem não costuma reclamar não.
      Quanto a modificar, depende do tipo de modificação. Existem muitos acessórios para ela… Se você não pretende mexer no motor, então é tranqüilo.

      T+

  30. André Rodrigues disse:

    Olá Daniel! Estou querendo comprar uma moto, sei andar de moto só não tenho muita prática.

    Me ofereceram uma suzuki 750 GSX F ano 2008, moto novinha, fiquei louco pela moto… Cheguei a dar uma volta nela e adorei. Fui a uma loja da Kawasaki e vi a ninjinha de 250 cilindrada ano 2010,linda.

    Gostaria de saber qual eu compro?

    Tenho 1,68 cm e 75 kilos.

    OBS: Diferença de preço de R$5.000

    • Daniel Ribeiro disse:

      Tá perguntando mesmo entre uma 250 e uma 750?

      O duro é que eu acho essa 750 F meio feia…

      Sei lá… Não dá pra comparar as duas… E eu acho que não compraria nenhuma das duas.

      No seu lugar, pegaria esses 20 e poucos mil reais, guardaria mais uns 5 e pegaria uma ER-6n.

  31. sandro disse:

    se eu dar um lance em um consorcio e não for contemplado eu tenho que pagar?

  32. Jordana disse:

    Olá,
    Vou comprar uma moto para ir trabalhar e ir pra faculdade,preciso de uma moto barata de manutenção barata também,estou entre uma scooter a Lead da Bomba e uma 125cc a Fan ES. Não entendo absolutamente nada de motos. Só fiz o orçamento, o blog é muito interresante, vi algumas dicas boas. Me interessei pela Lead pois tem lugar para guardar minhas coisas, mas a Fan tem mais cara de moto e pode colocar baú também, por outro lado sou conhecida por minha falta de cordenação motora e desequilíbrio, talvez uma Lead seja mais fácil para eu pilotar e numa eventual queda seja menos desastroso. É isso mesmo? Motos menores são mais fáceis de se equilibrar?

  33. Felipe disse:

    Tirei carteira sabado, to ancioso para esperando ela chegar em casa. Não piloto beeeeeeeeeeeeeeeem, enfim, to meio cru, mas todo mundo se não maioria sai assim da auto-escola. Aaaah autoescola, periodo tenebroso para aprender, mas consegui de primeira hehe.
    Agora o Dilema….Compra uma moto 0km ou usada? 125cc por ser mais fraca? ou 250cc por ser meu gosto (Ys fazer 250).

    Da medo de compra nova e na primeira curva derrapar, cai, arranhar, baterem em mim, estragar ela :S

    Não quero compra novinha pra depois estragar ela…

    E complicado…Medo de cair não tenho mais, porque na auto escola cai uma vez…kkk

    (Não me machuquei)

    Nem foi culpa minha na verdade, o instrutor, mandou eu subir um morro e fazer um “balãozinho” (manobra de retorno) e depois descer o morro.
    obs: sozinho!

    Numca tinha andado so, tão pouco subir morro…Mas fui, a trancos e barrancos e ai quando terminei de subir o morro e fui fazer o retorno, nao conseguir conciliar aceleração embreagem e freio para manobrar, tentei parar de vez e cai.

    :(

    Agora quero muito poder comprar minha moto se Deus permitir uma fazer 2012 zerada!

    porém vou guiar ela com coração na mao por muito tempo ate acostumar. OU ate cair e escangalha tudo!

    Gostei do blog muito interessante. Parabens!
    Abraços.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Amigo… Compra zero e não se preocupe se vai arranhar ou cair… Daqui 2 ou 3 anos vc troca por uma nova e tá tudo certo…
      Não pode ter apego pela moto… O apego é pela vontade de andar de moto.

      T+

  34. weslley disse:

    Eu comprei uma moto sabado agora {04/06/11), eu fui pela “boniteza da moto” ecomprei a comet 250cc, comprei ela por consorcio entao ainda nao sei bem como que ela é ao certo e após comprar foi que vim procurar referencias e ajudas na internet, é minha primeira moto, ainda nem carta tenho (17 anos), mais queria saber ao certo quanto que agente gastaria para ter uma boa proteção, capacete, luvas …

  35. Rudá disse:

    Olá Daniel,

    Optei por tirar a carteira de moto graças ao seu blog, ele me deixou confiante na minha escolha e inclusive tive dezenas de argumentos para usar com minha família, que agora já “aceita” a minha decisão.

    Muito obrigado Daniel, senão fosse pelo seu blog…teria tirado somente a cnh de carro o que seria péssimo para um estágiario rsrs

    Vou comprar minha primeira moto, se você pudesse me ajudar…
    eu quero economia para ir pra faculdade e trabalho todo dia
    tenho 1,65m e não tenho mucha grana…consegui juntar cerca de R$ 2500,00 o que você me indicaria?!?!

    Parabéns pelo seu blog, acredito que como eu outras pessoas foram influenciadas positivamente para o caminho das duas rodas rsrs

    Grande Abraço e aguardo retorno

    • Daniel Ribeiro disse:

      Rudá, com 2500 reais vc não compra nenhuma moto a vista.
      Mas dá para dar uma entrada e comprar uma moto financiada.
      Com a sua altura, o mais indicado são as pequenas streets: Bomba Titan, Suzuki Yes ou Yamaha YBR.

      Até mais!

  36. patrick disse:

    eaeee galera comprei minha trudinha..
    jafaz um mes, mas so tive tempo agora pra compartilha com vocês.
    comprei uma intruder 125…to muito contente com o rendimento dela
    ate de mais..
    acho que essa maquina tem algum pacto sei la com o que.
    essa ultima semana botei 8 litros de gasosa(tanque cheio)
    e incrivelmente rodei 320 km sem usa a reserva.
    so não rodei mais pq fiquei meio assim.. mas mesmo acabando tinha um litro de reserva…
    maquininha do capeta essa roda a ar hsuahushauhsuhaushuahsuhuas

    falo galera…

  37. Cleiton disse:

    Daniel, blz… otimo blog muitas das minhas duvidas de iniciante venho tirar por aqui.

    Bom vamos lah, é o seguinte eu toh querendo entrar nesse mundo de 2 rodas (sempre quis ter moto desde quando era muleke andando de bike e fazendo o vrum vrummmm imaginario kkk) agora que finalmente tomei coragem, estou na maior das duvidas.

    Fazer YS 250cc ou a YBR 125cc
    obs: ainda vou tirar a habilitação!!!

    Possuo uma renda de R$1200,00 e minha preocupação eh de não aguentar manter uma Fazer 250 (gamei na moto principalmente LE).

    Vocês que entendem de motos e custos digam, consigo segurar a onda de uma FAZER ou eu baixo a bola e pego a YBR.

    Desde jah agradeço possiveis respostas.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Cara, eu não sei qual a sua despesa mensal… Mas a manutenção da Fazer não pode ser considerada cara não.

      • Cleiton disse:

        Então Daniel,

        Hoje realmente tenho um gasto quase da propria parcela da moto, mas dentro do meu planejamento pretendo iniciar o financiamento em Março ou Abril.
        Contando deste periodo, vou ter apenas o gasto fixo das parcelas em si. E claro gasolina, rastreador e equipamento de segurança.

        Mas entaõ sendo dessa forma posso ir de Fazer 250cc sem medo?

  38. Cleiton disse:

    Daniel, olá

    Afim de matar a minha curiosidade da moto FAZER 250 fui na concessionaria e cara que moto show de bola… eu que ainda não piloto deu um pouco de medo só de pensar em andar com ela… mas medo eu supero facil facil rsrs.
    Começo a realmente considerar a comprar a FAZER 250 (2011) pois quero poder viajar com a minha noiva (viagens curtas) pois hj não realizamos isso exatamente pela falta de veiculo proprio.

    Eu só gostaria de saber uma coisa… em media quanto sai a documentação da moto 0km?

    Tipo? Docs, IPVA, Seguro Obrig, emplacamento, etc?

    Tks pela ajuda.

    Daniel parabens pelo Blog, tenho lido todas as materias desde o começo, fui lah na pag 75 ou 76 e toh lendo os topicos e cara show de bola.

    Sugestão: Bem que poderiamos marcar com os freguentadores do blog um bate papo no salão 2 rodas que vai ter em Outubro.
    Fica a dica!

    • Daniel Ribeiro disse:

      Cleiton, a documentação dela, em São Paulo, deve custar uns 600 reais hoje. Talvez um pouco menos.

      Obrigado pelos elogios! Continue acessando! E vou falar sobre o salão logo-logo.

      T+

  39. Danilo Souza disse:

    Olá Daniel,

    Em primeiro lugar, gostaria de parabenila-los pelo blog. Ultimamente estou percorrendo o Google, atrás de informações sobre a compra da primeira moto (sou apaixonadoo por elas desde criança, mas até agora não tive uma). Achei o blog e a matéria sobre esse tema, foi muito esclarecedora pra mim. Mas gostaria de uma ajuda. Vou explicar a situação:
    Quero comprar uma moto para o dia a dia e viajar no fim de semana para o interior (Campinas). Gosto muito da Bomba, mas depois de ler alguns comentarios aqui e depois do proprio texto, estou olhando mais pras Yamahas também. Estava de olho numa Bomba Xis ÉrreE,ou agora na Yamaha Ténéré250, mas como não tenho experiência, estou com receio de por ser minha estréia, elas sejam muito pra mim. Queria saber se vcs podem me dar uma dica… Se isso ajuda, tenho 25 anos 1,85 e uns 85kg. Desde já agradeço.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Danilo, fique tranquilo, tanto a Xis ÉrreE quanto a Tenere 250 são motos de baixa cilindrada, fáceis de pilotar, e que encaram muito bem pequenas viagens (até 300 km) e uso diário. Pode comprar tranquilo.

      Se tiver mais dúvidas, é só dizer.

      T+

  40. marcelo disse:

    amigo eu tenho uma factor to com ela tem 3 meses, to pensando em comprar uma bross se acha que pra minha altura 1.85 e 120kg atende?

  41. Sharkman disse:

    Parabéns pelo blog e tb a tds q comentam nele.

    Já estou fuçando no blog por quase uma semana e aprendendo mto sobre mtas coisas, ñ só c/ o post, mas tb c/ os comentários dos visitantes.
    Um fato interessante q observei foi quase ñ ter mta coisa sobre a Broz da Bomba, um comentário aqui outro ali, mas ñ tão constante como visto c/ outros modelos e fabricantes, tem algum motivo, p.ex ser uma moto ruim? Estou pensando em comprar uma em 2012 e agora fiquei em dúvida!

    Abraços fraternos a tds!
    Shark

  42. Sharkman disse:

    Ah… Broz 150!

    Abraços!

  43. Sharkman disse:

    Tá difícil…. rs!

    Bros 150!

    Abraços

  44. Cajau disse:

    Daniel, depois que conheci o seu blog, não quero mais sair daqui! Estou aprendendo muita coisa, inclusive com a opinião dos outros visitantes!
    Nunca tive uma moto, mas pretendo comprar uma no mês que vêm.
    Tenho 1,86m x 90kg. Meu desejo é comprar uma Fazer 250
    Já até combinei com o vendedor. Faço o consórcio, dou 5.000 de lance e tiro a moto. Depois diluo os 5.000 nas parcelas. Fica bem mais barato que financiar :)

    Deixa eu continuar lendo as matérias!!

    Tríplice Fraternal Abraço para todos:.

  45. Fernando disse:

    Tenho uma xtz xk 2008, quero ficar com ela mas não é partida elétrica.
    Alguém poderia me ajudar: se vale a pena, se fica muito caro? Obrigado.

  46. Henrique disse:

    Olá Daniel,

    Minha dúvida é a seguinte:

    Tenho 1,70 de altura e gostaria de saber se essa estatura é suficente para pilotar superesportivas como a yamaha yzf R1.

  47. talles disse:

    Olá Daniel,

    po eu to pensando em comprar
    uma CEBÊ300, CEBÊ600 ou CEBÊr 600
    so que minha estatura e baixa qual dessas devo comprar

    eu tenho 1,60m peso 64kg

    • Daniel Ribeiro disse:

      Talles, a CEBÊ300 é mais baixa, tem 781mm de altura do assento.
      A Rórnet e a CEBÊR600F tem 801mm.

      Com 1,60 acho que a CEBÊ300 é mais indicava… se bem que a diferença nem é tão grande… são apenas 2cm.

      Até mais!

  48. Fabiano disse:

    Daniel estava acompanhando o seu Blog, parebéns.
    Me ajude por favor, tenho 1,62, nunca andei de moto, vou entrar na auto escola, mas o problema é que estou alucinado pela Xis ÉrreE300, detalhe eu fico literalmente na ponta dos dedos nela, ja me passou pela cabeça comprar uma Bros para iniciar. O que vc me aconselha??
    Usarei para pequenos tragetos no transito, faculdade casa.

    Obs: Entrei no consórcio da Xis ÉrreE300 mas tô na dúvida pelo tamanho dela.

  49. Danilo disse:

    Olá Daniel,

    Em primeiro lugar, parabéns pelo blog. É muito bem estruturado e muito informativo.
    Gostaria de tirar uma duvida. Estou de olho numa Bomba Shadow 600 (a antiga), mas gostaria de saber se é uma boa opção para quem está começando. Se puder me ajudar, agradeço.
    Abraço

    • Daniel Ribeiro disse:

      Danilo, a moto é bem fácil de pilotar. Não tem segredo.

      O que pode te dificultar um pouco a vida é que é uma moto de manutenção mais difícil, já que as peças de reposição não tem a mesma disponibilidade. Mas fora isso, é uma excelente moto.

      Até mais!

  50. José Roberto disse:

    Olá Daniel, parabéns pelo Blog, está sendo muito útil, pois apesar dos meus 47 anos nunca pilotei Moto. Sou louco pelas Custom. Se pudesse compraria uma Harley e iria viajar. Voce acha que com as 20 aulas das auto escolas, poderia começar com a Falcon que um amigo quer me emprestar por um mês e depois ir direto Yamaha Midinight Star 950 ou outra semelhante?

    • Daniel Ribeiro disse:

      Acho sim José… A Falcon anda bem, mas ainda é uma 400, nada incontrolável… Já a Midnight, mesmo sendo 950, tem comportamento bem tranquilo.

      Bem vindo ao clube!

  51. Daniel Alcântarah disse:

    Olá Chara, tenho 20 anos, 1,80 cm e 60 quilos. Moro em Salvador-Ba( Trânsito horrível)Chego á ficar 2 horas dentro de um ônibus, para ir trabalhar. Quero abandonar de vez o transporte público. Mas como não tenho muita grana não posso andar de táxi rsrs. O Jeito é comprar um veiculo próprio. Pensei em uma moto. Nunca pilotei. Pretendo fazer auto-escola. Qual modelo você me indicaria?
    Uma Bomba BIZ é legal para ir trabalhar?
    MEU OBJETIVO É SIMPLES. QUERO UMA MOTO QUE SEJA ECONÔMICA, SIMPLES, BARATA E SEJA BOA PARA IR PRO TRABALHO.
    Parabéns pelo blog! Muito útil!
    Aguardo sua resposta!

  52. Welltinho disse:

    Tenho 18 anos. 1.68 e 62klos..vo começa a agora a tirar carta….
    Seria muito perigoso eu comprar uma Bomba CEBÊ 300r
    Obs;Numca peguei uma moto na vida…e meu salario mensal
    e maior ke 1mil reais e nao ajudo muito em casado no maximo 300 reais..

  53. paula andrade disse:

    me ajuda preciso comprar uma moto p trabalhar, estou em duvida entre a Biz e a lead ,vou fazer 1 ano de cnh e não andei mais de moto , mas preciso pegar rodovia uns 6km de transito tranquilo ,onde morro é chão de terra mas o percusso é curto é mais asfalto , eu preciso levar minha filha de 10 anos ,e preciso da mais econômica. Agradeço desde ja um abraço .*** Paula ***

  54. Kallisto disse:

    Oi, estou começando no mundo das duas rodas agora, sempre fui louca por motos, mas somente agora, aos 31 anos, é que me deu a louca…e tô me jogando mesmo! Dirijo carro desde os 18 e to tirando a cnh pra moto agora.
    Já comprei minha YS FAZER 250 (usada e lindonaaaaa) e a menina tá lá na garagem me esperando… não vejo a hora, mas ao mesmo tempo to me cagando de medo, kkkk, é tanta desmotivação de todos os lados, q já to começando a acreditar que sou mesmo maluca e q (Deus me livre) pode acontecer algo horrível. Mas paixão e loucura é meio q a msm coisa, né? Temos que pensar positivo, sempre.
    …Bom, eu me garanto como motorista, o problema é q muitas vezes a cacaca vem dos outros..então temos q pilotar muuito na defensiva, como se todo mundo quisesse nos matar!!
    Minha tarefa agora é conhecer e dominar a moto. Não perder o respeito. Dizem q medo tb é bom… E seja oq Deus quiser.
    Parabéns pelo blog, é de muita ajuda para todos, independente do nível de pilotagem.

  55. william disse:

    ola Daniel, qual dessas é a melhor a CEBÊ 300 ou a fazer 250?

  56. Luiza disse:

    Estou procurando uma moto, que tenha como objetivo principal me levar ao trabalho, no entanto, sempre que posso vou à casa da minha avó, que fica à aproximadamente 350 km da minha cidade.
    Quero uma moto que seja “proporcional” a mim, pois tenho 50 Kg e 1,60 m, morro de medo de cair com uma moto e não ter força para levanta-la.
    Estou pesquisando e achei esta aqui (http://www.suzukimotos.com.br/MOTOCICLETAS/Burgman400.aspx )
    o que acha?
    Obs.: Apesar de tudo (meu peso e altuda) não gostaria de ter de comprar uma moto “sem graça”, pequena, e pouco potente.

    Grata,

    Helka Luiza

  57. bia disse:

    socoroooooo
    to na maior duvida me ajude Daniel
    é minha primeira moto. Estou entre a factor 125 ou a fan 150

  58. tochiba disse:

    eae cara blz curti bastante o seu blog bem vo mais pedi uma dica msm kkk
    bom eu entrei em um trabalho recentemente to juntando uma graninha aii tipo uns 1.500 e to doido pra compra uma moto pra dar umas voltas ir pro trabalho etc to apaixonado com a factor mais ela e bem carinha e financiando entaum pioro mais q vc acha que eu devo fazer comprar uma nova financiada conssorcio ou uma usadinha com entrada e financiar o resto da uma dica aii vlw flw

    • Daniel Ribeiro disse:

      Amigo, eu não sei dizer… Tudo vai depender de quanto você consegue se endividar sem se apertar muito. Eu sempre prefiro moto zero, mas se a grana está muito curta, não tem outra alternativa a não ser pegar uma usada.

  59. Daniel Ferraz disse:

    Bom, dei o lanche no meu consórcio (que é de uma Xis ÉrreE), mas eu estou em dúvida. Vi a CEBÊR 250 e minha primeira intenção seria comprar a CEBÊ 300R com C-ABS, mas depois de ver a CEBÊR 250 preta na loja eu tô em dúvida. Por ser primeira moto, estou com um pouco de receio de pegar uma esportiva de cara. Mas gostaria de saber sua opinião, Daniel.

  60. Marcos Paulo disse:

    Olá Daniel Ribeiro.

    Você é a pessoa para me ajudar definitivamente. Li os comentários anteriores, mas não consegui tirar uma dúvida para definir a minha compra.

    Quero comprar uma 250cc. Estou entre a Ténéré e a Fazer. Tenho 1,90m como você e a escolha lógica seria a Ténéré, mas a roda raiada me faz pensar duas vezes. Eu empurrando a moto para levar no borracheiro mais próximo (que vai cobrar o olho da cara) é uma situação incômoda. Sei que o pneu de uso misto é resistente a furo, mas e se acontecer?

    Por isso pensei na Fazer, que possui roda de liga leve. Furou, passo no posto, calibro e ando até uma borracharia conhecida ou dá até para deixar para depois do compromisso.

    Você já andou de Fazer? É confortável para uso diário para nossa estatura?

    Obrigado e parabéns pelo blog.

  61. Pedro disse:

    Olá Daniel.

    Gostei do blog. Bem útil e bacana a arte de andar sobre duas rodas.
    Sempre fui amante das quatro rodas, mas agora pretendo andar “com a metade” das rodas apenas.

    Estou pesquisando e pesquisando incansavelmente sobre qual a primeira moto comprar. Gostaria de uma moto que pudesse ir ao trabalho/estudo (moro em Curitiba) mas não todo dia, bem como uma moto que trouxesse prazer no guiar e depois de um ano com ela, fazer viagens. Fui fazer o “lógico” ou seja, ir atras de motos de 250 a 500cc, mas fiquei até desmotivado! Todas são muito pequenas, pois tenho quase 2m de altura e todas ficaram um tanto desajeitadas e desconfortáveis (em todas ao sentar nas mesmas o guidão batia teimosamente no meu joelho).

    A “Ninjinha” até que não ficou ruim, mas infelizmente não tem ABS e isso me desmotivou, pois sei a diferença de frear com e sem ABS seja em carro ou moto. Para evitar uma morte prematura, descartei as 4 cilindros, pois são muito ariscas, mas vi duas que gostei muito ao sentar nelas: a Kawasaki Ninja 650 (irmã da ER-6) e a BMW F800R.

    Sei que segurança em primeiro lugar, mas gostaria de ter uma moto que me dê prazer ao guiar também e gostaria de saber se essas duas motos, mesmo que fortes para um iniciante, podem ser uma boa entrada? Como já fui militar, sou uma pessoa muito disciplina e segura, e na sua experiencia, isso pode ajudar a tentar a domar essas duas máquinas?

    Ultima, gostei muito da Harley Davidson Dyna FatBob, só fiquei preocupado com seu peso (acima de 300kg) e sei que as Harleys são mais dóceis, só gostaria de saber se esse alto peso é um motivo de risco como a potencia/torque das outras motos?

    Enfim, agradeço desde já e parabéns pelo seu blog!

    • Daniel Ribeiro disse:

      Vamos lá:
      - Moto para pessoa com quase 2 metros
      - Com ABS
      - Entre 250 e 500cc
      - Para cidade e para viagens eventuais.

      Com essas características, só há a Xis ÉrreE300, que custa pouco mais de R$ 15 mil com ABS.

      Se você quiser gastar mais (bem mais na verdade), a BMW F800GS também tem tudo o que você procura.

  62. PAULO RAUPP disse:

    Daniel Ribeiro, me ajuda aí campeão.
    Sou apaixonado por moto Custom, e claro que quem gosta de custom e vai numa loja da Harley, sai de lá bem louco. Nunca tive moto e estou com 57 anos. Agora tenho tempo para sair no mundo. Estou em dúvida entre uma Midnight ou Harley. Sou calmo, nunca sofri acidente com carro, diz a família que sou ótimo motorista (de carro) já de moto!!!!Quando subo numa moto, consigo arrancar tranquilo, mas vejo que pilotar é outra coisa. Vc aconselha começar com uma de até 500 cc, mas considerando a minha situação e claro, não me deixo levar pela potência do motor, sempre respeitei os limites de velocidades, será que vou ter dificuldade de me adaptar com uma de 1000 cc??? ou mais??

    • Daniel Ribeiro disse:

      Paulo, no caso das custom, esqueça o lance da cilindrada. Toda custom tem motor grande, e ainda assim não são muito potentes.

      Eu particularmente gosto mais da Midnight do que de qualquer uma das Harley.

      Boa sorte!

  63. Douglas disse:

    Daniel, Bom dia !
    Blog muito bacana !

    Atualmente tenho uma CEBÊ300r, mais quando vejo uma Rórnet600 você sabe o que acontece né, atualmente uso a CEBÊ300 para trabalho e algumas viagens, estou querendo pegar uma Rórnet600, mais vejo tambem a er-6 e a xj-6 como boas escolhas, pode me dar uma noção, tenho 1 ano e 5 meses de carteira e 1 ano e 4 meses de experiencia na CEBÊ300, vou sentir muito essa diferença pulando para uma 600cc? Por eu usar mais a trabalho do que em viagens, algumas dessas me mostraria uma grande vantagem entre custo x beneficio a ponto de me dar uma escolha definitiva?

    Obrigado !

    • Daniel Ribeiro disse:

      A Rórnet é uma excelente moto urbana e vai bem em viagens Douglas… E com essa experiencia que teve com a CEBÊ300, dá para encarar sem problemas.

      Boa sorte!

  64. Rodrigo disse:

    Olá Daniel

    Eu estou numa época de muuuitas pesquisas, tanto nas concessionárias quando na internet (com opiniões de quem anda de moto e tals..), aí eu encontrei esse blog e essa matéria (Aliás, parabéns! Show de bola MESMO o blog)

    E agora estou com muitas dúvidas, mas acho que são fáceis de resolver pois os meus objetivos com a moto são bem simples.

    Eu já tenho habilitação faz um tempinho, mas nunca tive moto…lógico, independente da moto que eu comprar, vai rolar o processo de “adaptação”
    Eu moro em São José dos Campos/SP, cidade que já está tão complicada no trânsito como várias cidades metropolitanas.

    E eu quero uma moto simplesmente para ir e voltar do trabalho, ponto. A intenção não é viajar, nem correr igual doido por aí…e outra, tbm não quero toda vez que parar em um semáforo ficar rezando o Pai Nosso…(CG, nem pensar).

    Eu gostei MUITO da Intruder 125, vi comentários muito bons sobre a moto, e também acho que ela faz o meu estilo e pelo fato dela ter um pouco mais de liberdade para ser customizada. Apesar de que TODOS dizem que pra revender ela….é complicado…

    Enfim…eu só gostaria de saber se existe alguma opção melhor pra mim, se não tiver, eu compro a Intruder mesmo e seja o que Deus quiser! kkk

    OBS: tenho cerca de 1,85 de altura, não sei exatamente meu peso (kk) mas eu sou tipo aqueles altão e magrelo, sabe? Outra coisa, eu pretendo comprar uma 0km, e o meu orçamento não é lá aquelas coisas…

    Desde já agradeço o espaço!
    Abraço

    • Daniel Ribeiro disse:

      Eu não iria Intruder 125 não… Chinesa, carburada e pequena para você.

      No seu lugar, eu iria de FAN 150 ou Titan 150 ESDi (com freio a disco, partida e injeção eletrônica).

      Estatisticamente, a probabilidade de roubo é a mesma… Elas vendem 7 vezes mais e são 7 vezes mais roubadas. Dá na mesma.

      • Rodrigo disse:

        É, eu até subi na Intruder e realmente é pequena pra mim, mas na hora eu fiquei bobão admirando a moto, sabe? kk

        Aquela NXis Érre 150 Bros é melhor opção comparado ao Titan 150? Ou muda pouca coisa? Pq eu tbm subi na Bros, gostei bastante…

        Obrigado pela ajuda!

        • Daniel Ribeiro disse:

          A Bros é bacana Rodrigo, tem o mesmo motor da Titan, mas com conjunto melhor.
          Mas ela é mais cara também…

          • Rodrigo disse:

            Verdade, mas acho que no máximo até uma Bros eu ainda teria condições de comprar..além disso já não daria…
            Melhor eu continuar pesquisando com mais calma então pra não acabar fazendo burrada…

            E muito obrigado MESMO, estou levando em consideração todas as opiniões que as pessoas estão me dando, e a sua só teve a acrescentar.
            Ótimo blog, não só pelo conteúdo, mas tbm pela atenção com os leitores (pelo q eu li nos comentários, vcs respondem a praticamente todos que comentam)

            Valew, vou indicar o blog pra alguns colegas!

  65. Francisca disse:

    Gostaria de saber qual o peso o piloto precisa ter para pilotar uma CG 150 TITAN EXou seja uma pesoa que pesa só 45 quilos pode pilotar uma moto desse porte. Aguardo sua resposta, pois minha sobrinha quer comprar uma e ela só pesda 45 quilos, não é uma moto perigosa para ela?

  66. Gi disse:

    Olá! Primeiro gostaria de lhe agradecer, pois o seu blog é muito informativo.
    Eu estou a procura da minha primeira moto, não tenho experiência, ainda estou tirando a minha carteira. Estou fazendo uma pesquisa na internet, e estou em dúvidas entre a pop100 ou a tt1 da yamaha, pois de uma moto para levar minha filha a escola e ir para o trabalho. Então tem que ser econômica e fácil de pilotar. Ah, você falou algo sobre ser alto…Eu tenho 1 metro e 70, acha que a pop é muito pequena para mim?? Desde já o meu muito obrigada!!
    Giz

    • Daniel Ribeiro disse:

      A Pop é pequena mas serve para o seu tamanho. Eu não conheço essa TT1, procurei agora na internet e não achei.

      • Gi disse:

        Desculpe, na verdade o nome da moto é a crypton T1 15 ED, gostaria saber sua opinião, qual é a melhor a pop100 ou a crypton? e as diferenças de uma para outra. Desde de já, muito Obrigada!!

  67. Mateus disse:

    eaí Daniel belezA?

    Daniel eu tenho 1,95 e quero comprar minha primeira moto,qual moto voce me aconselha para começar? estou na duvida entre bros ou tornado.qual voce acha que ficaria melhor?voce tem alguma outra opçao melhor que essas nessa faixa de preço? abraço

    • Daniel Ribeiro disse:

      Matheus, pra sua altura tem que ser moto alta mesmo.
      A tornado é mais alta, mas é mais antiga. Eu iria de Bros Zero km mesmo.

      Mas se vc puder gastar um pouco mais, pega a Tenere 250, que está bem bacana.

      T+

  68. cristiano disse:

    qual um boa moto boa pra uma pessoa de 1,95m de altura começar a pilotar,
    sendo ela baixa cilindrada ou alta cilidrada ?

  69. João Torres disse:

    Boa tarde Daniel,

    Tenho míseros 1,65 de altura e gostaria de saber se começar com a nova ninja 300 seria moto demais pra mim ?… Parabéns por esse espaço, na verdade tirei muitas dúvidas e desvendei muitos mitos com esse Blog,abração!!

  70. Jeferson disse:

    e aeee Daniel,td jóia?

    oq vc tem a me dizer sobre as marcas (shinerai,bravax,bull,etc)…enfim estas da china,da pra confiar????kkk,pq tem um pessoal na minha cidade comprando mas nao confiei muito não,e vou comprar minha moto no proximo mês.

  71. Ailton disse:

    Por favor Daniel me ajude,sou de salvador tenho 27 anos 1,56 e um sonho,comprar uma Rórnet.Tenho 1 ano de experiencia com uma 250 e sempre ando de bros e 300,nenhuma 4

    d cilindro me enche os olhos quanto a Rórnet,o meu receio e eu ter muitos problemas por causa da minha altura.Outro problema e o seguro que possui o va
    lor muito alto,o que vc acha,me ajude

    • Daniel Ribeiro disse:

      Ailton, no seu lugar iria de XJ6n da Yamaha. Ela é mais baixa, melhor para você. Além disso o seguro costuma ser mais barato.

      Boa sorte!

  72. ailton de jesus goncalves disse:

    Ola Daniel,presico de sua ajuda!eu tenho 1 ano andando de Tuíster e agora quero realizar um grande sonho que e comprar uma “bomba” “rornet” o problema e que eu tenho 1,56 de altura e sei que sentirei dificuldades para estacionar,fazer pequenas manobras e outros,ja tentei compra outra moto mais meus olhos so vai nessa 4 cilindro e ainda tem um detale o seguro que para mim com 27 anos ficou em mais de 7 mil se pegar acho que nao vou colocar no seguro vou apenas colocar um sensor de presenca pois ja me falarao q em minha cidade o roubo de 4 cilindro e quase zero “salvador/bahia”.ja fui a conssecionaria ja montei na maquina,fiquei na pontinha do dedao,so de lembrar ou imaginar andando nela eu fico euforico.Por favor me ajude,o q devo fazer,agradeco desde ja!!!

    • Daniel Ribeiro disse:

      Ailton, é como te falei: A XJ6n é mais baixa, você vai se sentir bem mais confortável com ela. Ela também é 4 cilindros, tem o mesmo ronco, e é linda.
      E se aceita uma sugestão, independente da moto que você comprar, FAÇA SEGURO. É muito triste ver um marginal levar 30 mil reais e você não poder fazer nada… O seguro da XJ6 com seu perfil não deve ficar mais do que 3 mil reais.

      Boa sorte!

  73. Silvio disse:

    Olá Daniel,
    Consegui tirar minha carta aos trancos e barrancos a 1 mês, e agora quero comprar uma moto, tenho lido muitos fóruns sobre o assunto, mas estou em dúvida entre comprar uma Fazer, Ninja 250/300 ou até mesmo uma Next 250, vou usar moto principalmente para lar, mas pretendo ir uma a três vezes por semana trabalhar com ela.

  74. Jorge Ribeiro disse:

    Daniel,
    parabéns pelo blog.

    Devido ao trânsito, custo-benefício e praticidade, resolvi tirar minha CNH categoria A. Tenho 56 anos, 1.67 m altura e 85 kilos. Qual a moto ideal para o meu perfil.
    Obrigado.
    Jorge Ribeiro

  75. Cleiton Miranda disse:

    Sempre andei de Bicicleta, cheguei a fazer “acredite se quiser, 220km” em um unico dia, hj cansei de bike, to mais velho, já to nos 30 hehe, fazem 3 anos comprei minha primeira moto, uma CG150KS, me surpreendo até hj com ela como ela é boa, semana paasssada dia 18 de janeiro, fiz acreditem 560km direto, parava só pra tomar café, com garupa e mochila, saímos de CAMBARÁ DO SUL RS, e vimos pra casa em GASPAR SC, foi um teste pra ver como somos loucos ou fortes sei lá, nunca tive medo da estrada, agora meu salário é um pouco melhor, o da mulher tb, dá pra sonhar mais com passeios, estamos até pensando no CHILE nas férias de dezembro 2013, e claro, pensando em nova moto pra isso, como sou PROFESSOR, e professor em SC é sofrido, não podemos sonhar com motos muito grande, mas tb não precisamos permanecer na 150ks, oq me dá tanta pena de se desfazer, vou sentir saudades quando andar com uma maior no asfalto quando o assunto é $$ fizemos uma média de 25km/l andando direto a 110 – 120 com vento a favor e 100 com vento contra, mais mochila de 13 kg. agora tenho muito medo de gastos com mecânica, pois com a 150 até hj, só troquei oléo, pneu, relação, e mandei fazer rosca nova no bloco do motor, nessas horas penso, como é boa estas 150, subi a serra do faxinal com ela, garupa, e mochila, e a bichinha é forte, torcendo só pra naum furar o pneu.
    hoje faço 2 mil km por mês, rodo 72km por dia, neste caso penso em ficar com 150, acho q trocar de moto agora é loucura, pelo tanto q ando, mas tenho uma duvida, pensava em pegar uma Tuíster ou uma FAZER250, talvez uma falcon mas como sou baixinho, tenho 165cm, acho q a FAZER é a melhor pedida, oq acha cara? ou talvez a CEBÊ300r? tenho medo de pegar Tuíster pq naum tem mais mercado, ela é barata mas e peças se precisar? ou venda de novo? sera q é um elefante branco?

    oq vc me aconselharia? que moto para meu porte? para viagens esporadicas de final de semana, coisa de 300km, e claro, uma grande viagem fim de ano, coisa de 3 – 4mil km… minha mulher tem 154cm, somos magros. mas tnho bastante experiencia em pilotagem. 3 anos pode naum ser muito tempo, mas 2mil km por mes no transito de cidade acredito ser um começo.

    finalmente pegar moto com até quantos KM rodados? pois zero é caro ainda pra mim… pretnedo pegar uma 2008.. 2009..

    poderia responder no meu email? ou se responder aqui pra todos verem, poderia me avisar q respondeu?

    muito obrigado cara. e bons passeios.
    pode divulgar o meu face se alguem quiser me dar dicas ou email
    http://www.facebook.com/oshomestre
    Prof Cleiton miranda.

  76. Marcos Mendes disse:

    Boa tarde! Conheci o blog a pouco tempo e ainda estou a vasculha-lo. Me deparei com essa matéria e resolvi comentar e sanar uma dúvida, pois estou querendo adquirir uma outra moto. Atualmente possuo uma mirage 150 custom para o dia-a-dia, porém quando possível quero pegar uma esportiva para os finais de semana e me encontro em uma dúvida entre a GSX-650F por ser mais mansa, porém desejo mesmo a SRAD 750 2012 devido sua beleza ser superior e com isso também é bem mais nervosa. Se eu sair da 150 custom e pegar uma SS 750 seria uma boa? Pois estou com a 150 por volta de 8 meses e ainda é minha primeira moto.

    • Daniel Ribeiro disse:

      No seu lugar, iria de GSX-650F, e ainda assim tomaria extremo cuidado.

      A 750, apesar de ter apenas 100 cc a mais, é uma moto completamente diferente, é uma verdadeira esportiva, bem mais potente e de comportamento mais arisco.

      • Marcos Mendes disse:

        Obrigado pela resposta, Daniel! Andei pesquisando mais e montei em uma bandit 1250 que possui o mesmo quadro e peso da 650F e o peso dela foi um empecilho pra mim, pois tenho uma baixa estatura 1,60. E em comparação a SRAD possui cerca de 50kg a menos…

  77. Eduardo Castellani disse:

    Salvee Daniel,
    Tranquilo ?

    Tira uma dúvida minha que não aguento mais cara,como primeira moto, gosto muito da Fazer 250 BlueFlex mas não sei se tenho condiçoes financeira para manter ela pois ganho um salario minimo, e gosto tambem da NXis Érre 150 Bros, mas me falaram que não vale tudo que a HON.. tah pedindo 8.000,00 numa 150, vale ? Qual das duas vc me indica ?

    Desdee de jah agradeço, parabens pelo blog

  78. vabner disse:

    olá daniel, estou tirando carta e pretendo, assim que terminar,comprar uma nXis Érre falcon. mas estou com dúvidas em relação a minha altura. tenho 1,71 será que vai ser de boa para eu conseguir pilotar a falcon? não quero pegar uma titan, pois é uma moto muito popular e modinha, e aliás, as poucas cilindradas dela não me agradam!
    quero saber também se é dificil se acostumar com a falcon, pois possivelmente, como já disse, essa pode ser minha primeira moto, mas caso eu não consiga pilotar a falquera, vou ter que comprar a bros 150 mesmo, não vai ter jeito!… mas se deus quiser, que venha a falcon…

    • Daniel Ribeiro disse:

      Você não precisa ficar entre a 400 ou as 150 da Bomba… Existem outras opções. A própria Bomba tem as 300 dela, e a Yamaha tem excelentes modelos de 250cc. Fazer, Lander e Ténéré. Todos eles servem para a sua altura.

  79. Cristiano Landim disse:

    Eu tenho um 1,95 de altura , e queria saber qual moto e melhor pra minha altura a GSX 650F OU A CEBÊR 600RR ?

  80. Marcelo disse:

    Daniel preciso de uma ajuda…Tenho 35 anos e nunca andei de moto bom já peguei uma vez quando tinha uns 21 mas foi só algumas voltas,bom eu to tirando carta de moto agora mas já tenho de carro desde 18 anos,tenho as manhas de dirigir sem problema o que acontece é que moto é completamente diferente,mas to querendo começar com uma CEBÊR 600 RR.Essa moto é muito loca e não to afim de ficar andando em uma de cilindrada menor porque não gosta de moto pequena.Se eu for com calma da pra pilotar uma moto mais agressiva sem correr tanto risco,sei que vc tem uma boa opinião pra mim…

    Desde já agradeço!

    VALEU…

    • valdemir castro disse:

      Daniel preciso de uma dica. Estou tirando a habilitação de moto, não tenho experiencia sobre duas rodas, apenas andei poucas vezes faz tempo já, só tenho experiencias com carros e caminhões. Sou fascinado por motos custons tipo shadow, boulevard etc, você, acha que após estar habilitado, estaria apto a começar de cara com uma shadow 600 ou 750, será que teria dificuldades, sou de boa pra dirigir atencioso e sempre na defensiva no trânsito, a apesar andar apenas de carro tenho muito respeito pelos que motoqueiros, o que você acha seria viavel pra mim, começar com uma shadow, no mais obrigado. me ajudem. Valeu.

      • Daniel Ribeiro disse:

        Valdemir, esse tipo de moto (Custom) geralmente é bem dócil. O motor, apesar de ter muito torque, é bem controlável e o próprio conjunto não te permite fazer muitas peripécias. Neste caso, acho que você consegue sim começar com uma moto destas… Se sua intenção é apenas passear eventualmente, não vai ter problemas.

        T+

  81. Erick Silva disse:

    Fala ai Daniel blz?

    acabei de tirar minha carta AB (nem chegou ainda por sinal) e quero comprar uma moto, tenho 1:93 então a unica opção para mim é uma on/off road.
    Você acha qual a opção ideal para mim, uma Bros ESD Mix 150cc Zero KM ou uma XTZ 250cc Lander ano 2008?
    tenho 4 mil no bolso e posso pagar uma parcela de até R$400.
    Eu nunca andei de moto fora do circuito da auto escola!
    Mas tenho uma boa noção de transito.

    Não penso em uma Lander Zero km pois R$12.500 é muito dinheiro para uma 250cc. e também muito dinheiro para uma primeira moto.

    Você acha arriscado comprar uma moto ano 2008?

    Flw abraço

  82. moises disse:

    olá, tenho 1,69 de altura, nunca tive moto, más já peguei algumas vezes a 125 e ando normal. Estou adquirindo entre a kawasaki ninja ZX-6R ou a CEBÊR 600RR, pois sempre foi o meu sonho.Pela sua experiência, eu vou ter muita dificuldade ou com cuidado dá para levar?. E qual das duas vc recomendaria para mim?

  83. Bernardo disse:

    Olá amigo.
    Parabéns pelo blog.
    Eu vou comprar minha primeira moto. Não tenho habilitação para moto e nem para carro. Andei (pilotei) moto 2 x na vida e sou apaixonado.
    Vou entrar na auto escola e possuo dinheiro para comprar a moto que sempre tive vontade de comprar. Uma harley davidson 883.
    Tenho um perfil tranquilo e quero usar a moto para ir ao trabalho.
    Qual sua opinião a respeito da minha escolha?
    Agradeço pela ajuda!

    • Daniel Ribeiro disse:

      Moto Custom para uso diário pode não ser uma boa ideia… Eu não sei qual a sua cidade, mas se for como São Paulo por exemplo, vai sofrer bastante com o trânsito.

      • Bernardo disse:

        Eu moro no Rio de Janeiro.
        Moro relativamente perto do trabalho, aprox. 8 Km.
        O trânsito é tranquilo. Em relação as cilindradas dessa moto, vc acha que seria muito ruim para mim?

  84. Ediba disse:

    Olá Daniel.

    É minha primeira participação neste blog, quero parabenizá-lo pois encontro muito material interessante por aqui.

    Estou por comprar uma moto Mirage 250/2013. Procurei em seu blog matérias específicas sobre ela mas não encontrei. Gosto do estilo dela, bem como do tamanho robustez pesos etc…
    Você pode tecer algum comentário sobre esta máquina?
    Abraço e sucesso em seu blog.

  85. Everton disse:

    Primeiramente só agradecer pela utilidade do seu post, esclarece muitas duvidas de quem não está muito familiarizado com duas rodas ! Entendo que experiencia não é tudo mas o estilo de pilotagem faz toda a diferença ! Respeite a moto e ela lhe retribuirá em todos os sentidos !
    Tenho uma fan 150 11/12 ha 1 ano e meio e quero pular para uma “maior” … To com uma duvida terrivel entre a Xis Érree com abs, CEBÊ300 com abs , a 250 ténéré , ninjinha 250 e a fazer … qual delas vc me recomenda ??? VLW !!!!

  86. Everton disse:

    a nova Bomba CRF250L é muita arisca para o meu caso que sou acostumado a andar na 150 ???

  87. Jair Santos disse:

    Olá Daniel seu Blog muito bom, será que você poderia me ajudar estou querendo acrescentar na minha carta a categoria para moto, mas gostaria de uma moto tipo Scooters , mas gostaria de uma que não fosse tão visada de roubo e manutenção mais em conta. Será que você pode me ajudar ? Abraço.

  88. Gileade Sousa disse:

    Daniel, estou precisando de sua opinião, vou tirar carta agora em julho e pretendo comprar uma moto mais na frente. Sou solteiro e moro com meus pais sem gastos com nada, um trabalho que arranjei irei ganhar cerca de 2.800R$, minha dúvida é se tem muito problema eu começar com uma XJ6N, sendo que já ando de moto mais nunca peguei em uma 600cc. Sei as dicas para tomar cuidado em curva etc, muitos já falaram que é suicídio mas já coloquei na minha cabeça que quero ela, com sua opinião verei se revejo minha escolha já que experiente.
    Abraços e sucesso!

    • Daniel Ribeiro disse:

      Se vc já se convenceu, nada do que eu te diga vai mudar sua opinião.

      A dica que dou é a mesma que já escrevi antes aqui… Evite começar com moto muito potente, mas se for “inevitável” (dica: é evitável), seja responsável (dica: é impossível ser responsável).

  89. Aline C disse:

    Ola Daniel!
    estou com mta dificuldade com minha moto eu tenho 1,56 de altura e peso 52 kg comprei a Fan 150 2014 e já levei vários tombos dela por causa do seu peso na hora em que paro com ela que seja para estacionar ou nas esquinas mesmo… é complicado pois tbm não tenho mto apoio com os pés pois fico nas pontas dos dedos.. O que vc acha? será que seria o caso eu trocar ela por uma mais baixa para ter mais apoio? já me falaram para mim comprar uma Biz 125 que mais baixa e leve.
    Att,

  90. Wagner disse:

    Olá!
    Tenho 18 anos e ainda estou fazendo minha CNH. Gostaria de saber se a Kawasaki Ninja 300 é uma boa opção para começar e quais são as melhores opções até 20k.
    Obs.: Não sou muito alto. Tenho 1,68 de altura

  91. erivaldo machado disse:

    Olá Daniel Ribeiro, bom dia, lancei uma pergunta no google sobre, qual motocicleta de baixa e ou média cilindrada poderia comprar e que fosse compatível com o meu perfil, tenho 1,83m e 85 kilos, o primeiro aprendizado (sozinho) com motos foi com a DT 180, depois, uma ML 125, depois, uma CG 125 e depois, numa AGRALE ELEFANT 27.5, com a qual prestei exame para obtenção da CNH, no que logrei êxito, daí, depois disto, houve um grande lapso temporal, (interstício), que fiquei sem pilotar motos, cerca de uns 10 anos mais ou menos, quando consegui comprar uma CG TITAN ESD 150cc e, 1 ano depois a troquei por uma Xis Érre 250cc TORNADO, até então a moto dos meus sonhos que a Bomba veio a transformar em pesadelo, pois, a tirou de linha de produção. Gostei tanto dessa moto que possuí duas, uma 2005 de 2ª mão, e, a outra ano 2008/2008 nova, sendo que, vendi a minha moto em 2010 porque tive a necessidade de ter um carro e por isso a troquei por um UNO MILLE usado, desde então, estou sem moto até hoje, já são 4 anos, não tenho ainda porque o orçamento não comportava a manutenção de 1 carro e 1 moto, porém, agora já estou aposentando e, provavelmente, venha a comprar outra moto, pois, por questão de economia, precisarei vender o carro pois a manutenção é alta e o meu salário será reduzido em torno de 10 a 15% por motivo da aposentadoria, logo, também não precisarei efetuar deslocamentos para o trabalho diariamente, então, estou pensando em adquirir, nova ou usada, uma motocicleta, como não existe mais tornado nova, e eu não simpatizo muito com a idéia de comprar moto usada, principalmente na nossa região norte (Porto Velho-RO), onde as pessoas não tem a cultura de cuidar bem de carros e motos, tá praticamente descartada a compra de uma moto usada. Tava navegando pelo internet e vi que a YAMAHA lançou a FAZER 150cc e a CROSSER 150cc, andei vendo as fichas técnicas dessas motos, assim como, também, da LANDER e da TENERE 250cc, porém, a questão é, não tenho dúvidas quanto a possibilidade de comprar uma dessas motos de porte médio (LANDER e TENERE),entretanto, sou extremamente detalhista, cuidadoso, do tipo que, não lava motos em lavajatos, portanto, eu mesmo sempre lavei as minhas motos, assim como os carros também, pra vc ter uma idéia, eu chegava a passar um dia quase todo pra lavar a minha TORNADO, a moto que mais me fascinou, a ponto da minha esposa chegar e falar pra mim “acho que vou me transformar numa moto vermelha e preto pra ver se vc passa um dia todo comigo assim me dando banho”, cara, eu ficava sem jeito e, acabrunhado, mas, apesar dela falar sério, era só de brincadeira. Bem, moral da história, eu não simpatizava com a YAMAHA, o meu negócio era só Bomba assim como, quando tinha bicicletas, era só MONARK, puxei a tradição do meu pai, bicicletas era MONARK e carros só da VOLKSWAGEN,pois bem, como a YAMAHA evoluiu muito e está no mesmo nível que a Bomba, e como esta última não tem mais a TORNADO, e sim, tem até umas boas motos, como é o caso da Xis ÉrreE 300 (que não simpatizo com ela pois, foi esta que tirou a TORNADO) e a própria FALCON que apesar de ser uma boa moto nunca a vi com bons olhos apesar de ser cara demais, assim como, a CRF 250L que passei a sonhar com esta desde que anunciaram que viria para o Brasil, só que a vontade de tê-la esbarrou no alto preço cobrado por essa moto. Enfim, gostaria que o amigo me orientasse qual seria a melhor escolha considerando, o meu perfil, a minha experiência e prática com as motos trail e ou, street, entre 150 e 250 e ou, até a 400cc FALCON quem sabe!, pois esta evoluiu muito, só ainda me causa espanto, o alto preço, poderia quem sabe até adquirir uma STREET tipo as FAZER’s 150cc ou 250cc pois são motos excelentes, conforme vc falou dos testes que fez com a FAZER BLUEFLEX, agora, porque que eu compraria uma moto dessas, pelo fato das mesmas ter as rodas de LIGA LEVE, acho que eu não aguentaria mais lavar e deixar sempre brilhando o aro e os raios dessas motos trail, (tenho 53 anos e, só agora vim saber que, tenho coluna, joelhos, tornozelos, cara, ficar lavando moto como eu fazia com certeza eu não conseguiria mais, então, teria que comprar uma moto que tivesse as rodas de liga leve mesmo, pois, ia ser mais leve pra mim lavar, o quê que vc acha!. Certa vez visitei uma loja da YAMAHA aqui na minha cidade, foi quando conheci a tal da XTZ 250X supermotard de uso URBANO, foi a primeira vez que uma moto da Yamaha me chamou tanto a atenção, pena que, agora por esse tempo passei la na referida loja e me falaram que a YAMAHA parou de fabricar essa moto, uma pena, pois, se ainda produzissem, provavelmente compraria uma daquelas. Bom, o sono tá batendo e eu encerro aqui a nossa conversa, por favor, se for possível me ajude a definir que modelo e ou, tipo de moto poderia ser melhor pra mim, de acordo com esse perfil e esse pouco de vivência com motocicletas que já tive. Grande abraço a vc e sua equipe e, parabéns pela sua experiência e performance, é muito legal quando a gente encontra alguém que se especializa em um determinado ramo de trabalho porque gosta daquilo que faz, grato e até breve.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Erivaldo, não há problema nenhum em comprar Yamaha… pelo contrário, são excelentes motos, e ultimamente melhores do que as motos injetadas da Bomba (as nacionais, claro).

      Tanto a Crosser 150 quanto a Tenere 250 são excelentes motos. Pode comprar sem medo.

      Até mais!



  92. Comente este texto!

    ATENÇÃO: Todos os comentários são revisados antes de entrar no ar. Antes de escrever, pense: "Se eu fosse o dono deste blog, eu aprovaria este comentário?". Propagandas serão apagadas. Caso queira anunciar no Motos Blog, clique aqui. Veja a nossa política de comentários. Pedidos de manuais não serão atendidos.

    Você pode usar estas tags:
    <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Este blog suporta Gravatars. Para ter a sua foto nos comentários, cadastre-se no Gravatar.