GravatarMotos Blog » Curiosidades, Destaques, Dinheiro, Segurança

Preço dos seguros das motos médias


Eu andei pesquisando preços de seguros de Motos de média cilindrada, e fiquei surpreso com o que eu encontrei!

Eu já tinha feito outra cotação no ano passado. Na época, pesquisava por uma Moto de média cilindrada na faixa de 25 a 35 mil reais. E a cotação foi em várias seguradoras. Hoje eu resolvi refazer a pesquisa, porém, incluindo outros modelos e outros preços. Veja o resultado:

Seguro Auto BB Valores
Moto Mercado Seguro Franquia
Kasinski Comet 650 R$ 26.890,00 R$ 5.907,00 R$ 2.129,00
Honda CB 600 F Hornet R$ 36.148,00 R$ 8.787,00 R$ 2.032,00
Kawasaki Z 750 R$ 33.244,00 R$ 6.545,58 R$ 6.368,00
Suzuki Bandit N 650 R$ 28.490,00 R$ 3.395,90 R$ 2.250,00
Yamaha XJ6 N R$ 27.890,00 R$ 7.430,00 R$ 2.032,00
Suzuki DL650 V-Strom R$ 33.711,00 R$ 7.264,94 R$ 2.032,00
Kawasaki ZX-6 R$ 48.800,00 R$ 14.354,00 R$ 6.378,76
Yamaha XT 660 R R$ 26.500,00 R$ 7.128,00 R$ 2.286,00

A surpresa esse ano é o verdadeiro salto que o seguro da DL 650 V-Strom teve… Ano passado eu consegui por R$ 2.425,64, e este ano pulou para R$ 7.264,94… Praticamente triplicou o preço.

Outra surpresa, desta vez para melhor, é o preço do seguro da Bandit N 650. Nunca imaginei que o seguro dessa moto custando pouco mais de 3 mil reais… Achei que teria um preço próximo ao da Hornet, que sempre foi caro.

Infelizmente, não consegui cotar o seguro da Kawasaki ER-6n.

O engraçado é que meu perfil ficou um pouco melhor este ano, mas ainda assim os preços estão exorbitantes. Assim vai ser difícil comprar outra moto… Sem seguro eu não fico… Só quem já teve moto roubada sabe.
Assalto

Compartilhe este texto!


Digite o seu nome e e-mail abaixo e saiba quando o Motos Blog é atualizado! Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail! É GRÁTIS!

Seu nome
Seu E-mail

46 comentários

  1. Preços dos seguros das motos | Motos Blog disse:

    [...] Veja a seguir: Sem seguro não dá pra dormir tranquiloVeja uma cotação mais atualizada aqui.Estamos procurando uma moto na faixa de 600cc, de 1 ou 2 cilindros, que será usada principalmente [...]

    • Marcos Paulo disse:

      Caros, li a matéria e gostaria de saber se vocês cotaram o seguro com a Indiana Seguros, é uma empresa do Grupo Liberty, alguns corretores acham que já faliu mas ela tem valores muito bons para motos deste porte que foi mencionado, não tenho como informar nenhum corretor que trabalha com esta seguradora por motivos éticos (trabalho em uma seguradora), mas vale a pena consultar os valores caso não tenham cotado ainda,

  2. Seguro de motos – É possível ou não? | Motos Blog disse:

    [...] que seguradoras que fazem cobram um preço absurdamente caro.UPDATE: Há uma cotação atualizada neste link!Em 2003 comprei uma Tuíster Zero Km, e queria fazer o seguro. A única seguradora que fazia na [...]

  3. Leonardo disse:

    Tchê, da uma olhada no seguro do Banco do Brasil. Eu fiz o da minha moto lá (NX-4 Falcon 2008) e saiu R$ 595,00. E olha que eu tenho 22 anos.
    Faz uma simulação lá, e se tu é cliente do banco da pra parcelar em um monte de vezes.
    O seguro é bem completo, carro reserva, roubo, acidente, qqr condutor, guincho, etc.

    Tenta lá, fiz o meu a cerca de 7 meses, não usei ainda (ainda bem), mas meu chefe (q me indicou o seguro) usou o serviço do guincho e não tem nada a reclamar.

    Fica ae a dica!!
    Flw!!!

  4. Yes2008 disse:

    Bom dia pessoal, realmente os seguros das motos estão complicado! tenho uma suzuki yes a 2 anos e tirei ela da concessionaria com seguro na época paguei R$950 (se nao me engano) no ano seguinte foi para R$850, em 2 anos nunca usei o seguro para nada, a moto passa o dia e a noite na garagem (em casa, no serviço e na faculdade), por isso estava pensando em nao fazer o seguro este ano, pensando que seria por volta dos R$750 R$800. Meu corretor liga para saber se vou renovar e me passa o novo proço do seguro R$1200 e a moto esta avaliada em R$3500. É um absurdo isso!!! Ou seja, estou sem seguro
    =/

  5. Paulo disse:

    Moro em Osasco também e recentemente fiz o seguro da minha FZ6N. Consegui transferir a classe 8 do meu carro para a moto, mas mesmo assim o seguro ficou em R$ 3600!

  6. André disse:

    NOSSA, eu não imaginava que o seguro destas motos fossem tão caras. Eu comprei uma Xis ÉrreE 300 ABS. O seguro Bomba R$ 1.100,00 Achei caro mais acessível para uma moto de 16 mil. Mas 5, 7 mil ou mais só para o seguro? Estão loucos… é mais um impedimento para comprar uma moto grande. Quanto deve custar o seguro de uma 1000 cc? E uma Yamaha MT-1 ? Será que é assim só no Brasil? Estou impressionadíssimo. Abraço a Todos!!! André

    • igor disse:

      comprei uma sre 300 sem abs mais estou procurando segurar este bem mais dica de passagem dão socantado ate agora consequi na aspenbrasil.org.com.br o preço de 350.00 + 75.00 por mes

  7. Luan Andrade disse:

    Nossa ! não imaginava que fosse esses valores o.0 tbm não dá pra ter uma moto dessas sem Seguro…

  8. Anderson disse:

    Eu tenho uma Yes 2008 prata, moro em São Paulo, região do ABC.
    22 anos, solteiro…… hun…. acho que só….
    O meu ficou R$ 544,00 acredito que vale a pena.
    Parcelei em 4x, saiu R$ 136,00 cada parcela.
    Está tranquilo.
    Alguém com Yes de São Paulo ai?
    Abraços,

  9. tonelli disse:

    É por essas (o preço do seguro) e outras (o valor que as concessionarias oferecem na sua moto na troca por outra de preço muito superior), que continuo com minha Fazer 09… cujo seguro renovei por cr$493 !
    Continuo muito bem muntado e adiando o sonho de um “up” para quando as coisas forem mais coerentes e racionais.

  10. Daniel Gama disse:

    Sou mais por um rastreador,se acha q iria pagar um absurdo desse preço? vc pagando uns 3 anos ja paga a moto, tirando a franquia que é um roubo, o brasil so tem ladrao de ambas as partes,tem medo de andar na rua por causa de ladrao, ai vai fazer um seguro de uma moto ai ja meche com outros ladroes !!!!

    • Daniel Ribeiro disse:

      Eu também acho o preço dos Seguros absurdamente alto… Mas o rastreador também te obriga a lidar com ladrões.

      Supondo que ele funciona (o que já é demais). Você vai saber onde a moto está. Ok, mas e ai? Vai chamar a POLÍCIA? A Polícia não está nem ai para você. É provável que a polícia só apareça no endereço horas depois da denúncia. Ou pior: A polícia pode avisar os ladrões “Olha, ele sabe onde a moto está, tira o rastreador e vai pra outro lugar antes que alguém apareça ai.”
      Ou então, você pode ir lá tocar a campainha do ladrão e pedir pelo-amor-de-deus pra ele te devolver a moto.

      De um jeito ou de outro, você vai ter que lidar com algum tipo de ladrão… E eu acho melhor aquele que pelo menos você não corre risco de tomar uma bala na cara.

      • Anderson disse:

        Mando bem cara… Eu também acho isso…. Por este motivo não me sinto confortavel com rastreador.. E ai.. quem vai me ajudar a buscar a moto??

        Veja o que lhe dará menos dor de cabeça, seja pagar um seguro, andar com a preocupação de perder a moto a qualquer momento, ou então confiar no rastreador.
        O importante é andar e curtir a moto.

        abraços

      • Daniel Gama disse:

        Ate concordo, mas por exemplo, tem um cara aki na area q ele tem uma R1 ano 2005,roubaram dele na marginal, ele so achou por causa do rastreador, quando a moto chegou na av.joao dias ela foi bloqueada, e os ladroes abandonaram, 40 minutos depois ele ja estava com a moto denovo,ate concordo q o melhor mesmo é o seguro,mas acho q pra uma pessoa pagar um valor desses ae, so c ele for rico,o q nao pode é dxar uma moto de um preço alto sem nada.

      • Luciano Paixão disse:

        Pior que a “policia” não esta nem ai mesmo, ontem na Av Rudge quase perdi a minha moto, parei no cruzamento com a Av Marquês de São Vicente, quando num estalo, olhei no retrovisor e vi dois caras numa Fan vindo atras de mim e o garupa com a mão dentro do bolso, quando o piloto parou e o garupa desceu, contornei o carro que tava ao meu lado e fugi pela contra-mão, mesmo assim eles vieram atras, mas não me alcançaram, parei uma viatura da policia e eles nem fizeram mençao de ir atras. Agora eu pergunto, vou confiar em quem?

        • Luciano Paixão disse:

          Mas o que doi mesmo e saber que o dinheiro do salario deles sai do MEU BOLSO, ralo quatro meses por ano para pagar o salario deles. Não só eu como vcs todos aqui tambem, e se eu disser alguma coisa sobre o assunto, acabo sendo preso por desacato.

          • Xas disse:

            Acho que vcs estão generelizando as coisas, agora arranjaram um bode expiatório que é a policia? Acho que isso é influenciado não só pela policia corrupta não…

            Comprar peças mais baratas,sem procedencia

            E nem vem falar que ngm compra que é mentira..pq que vende?alguem compra.. aposto que não é criança q qr brincar de montar moto naum…

            Mal de brasileiro é querer arranjar um culpado…igual no time do Corinthians..demitiram o Demitiram o preparador físico kkk…aranjaram alguem lá foi ele msm q vazou…

            Acho que a culpa é conjunta..politica, policia, bandido , cidadão…vão todos formando um ciclo vicioso..

          • Daniel Ribeiro disse:

            Xas… Uma coisa é certa: Dificilmente o cara que tem seguro se mete a comprar peças em locais duvidosos… Ele tem seguro justamente para não ter que se meter com a bandidagem. Eu não tenho seguro, e também não compro peças em lugares duvidosos. Se não tenho dinheiro para comprar a original, compro a paralela. Mas é fato que o mercado do roubo é muito grande. Acontece que as pessoas nunca vão mudar, e se depender delas, o problema vai continuar assim para sempre. O estado deveria intervir e oferecer meios de controle sobre as atividades das pessoas. Em um país sério, o estado está em tudo, e as pessoas “desocupadas” não encontram vez para atuar. A culpa é do estado? Em parte… Cabe a quem resolver o problema? O estado.

          • Luciano Paixão disse:

            Mas o estado se preocupa em resolver? Acho que foi no topico da Tuíster que eu comentei sobre uma solução que poderia dar certo, sobre o estado recolher as motos que são apreendidas e que estão jogadas nos patios e demonta-las e vender as suas peças, acabaria com os leilões onde os malas da boca vão comprar as motos e colocam uma meia dúzia roubada no meio> Eu tambem evito ter q comprar peças nas “bocas” da General, eu ja vi amigos meus comprar moto quase inteira la e depois acabarem sendo roubados tambem, cabe a nós pelomenos fazermos a nossa parte, e eu tambem não vou generalizar pois eu sei que há policiais bons tambem, mas é que nem diz um ditado popular: por causa de um, todos pagam, e cansei de ver viaturas la e e ninguem fazer nada.

          • Luciano Paixão disse:

            Mas o estado se preocupa em resolver? Acho que foi no topico da Tuíster que eu comentei sobre uma solução que poderia dar certo, sobre o estado recolher as motos que são apreendidas e que estão jogadas nos patios e desmonta-las e vender as suas peças, acabaria com os leilões onde os malas da boca vão comprar as motos e colocam uma meia dúzia roubada no meio> Eu tambem evito ter q comprar peças nas “bocas” da General, eu ja vi amigos meus comprar moto quase inteira la e depois acabarem sendo roubados tambem, cabe a nós pelomenos fazermos a nossa parte, e eu tambem não vou generalizar pois eu sei que há policiais bons tambem, mas é que nem diz um ditado popular: por causa de um, todos pagam, e cansei de ver viaturas la e e ninguem fazer nada.

        • ROSEMBERG disse:

          O valor da confiança dos policiais esta no mal salario que a populaçaõ paulistana vota em seus governantes, se o governo ñ ta nem ai com o mal salario que paga pros pms não ha muito com o que contribuir para a segurança, o jeito e pagar seguro mesmo ou deixar os noias levarem a moto e contar com a sorte pra nao tromba na contra mao e eles darem um tiro na sua idei….

  11. Hugo disse:

    Uma boa opção é a nova er-6n da kawasaki…
    No meu perfil, de 28 anos, solteiro, morador do ABC um dos lugares mais caros de se cotar seguro….
    Ficou: 2600,00R$
    Na Corretora Indiana, que fica dentro da propria concessionaria..
    (Abriu uma nova concessionaria kawasaki, em SBC)..
    Até mais….

  12. Alexandre disse:

    Muito triste para aqueles que moram nas grandes cidades. Eu moro na zona leste de São Paulo e pretendo comprar uma moto daqui um ano, quando faço 19, imaginem só: habilitação nova, solteiro, 19 anos, uso diario para trabalho e faculdade, rsrsrsrs já dá pra saber que não será nada barato. Não adianta falar que o seguro está um absurdo e ponto final, o grande problema é a falta de segurança e o incentivo que alguns seres humanos ignorantes dão ao mercado de peças roubadas (é claro que não podemos resumir a isso, mas estes são os principais fatores). A maioria que mora em Sampa e tem seguro da moto, faz pelo risco de ser roubado, afinal todos estão sujeitos, creio que não o faz por acidente, incendio, enchente, etc…isso é importante tambem, mas no topo da linha está o roubo. E não pensem que a seguradora fará o seguro para sair no prejuizo, de forma alguma, tudo é detalhadamente analisado. Uma situação que ocorreu com meu pai, que possui um gol G4: o carro estava estacionado proximo ao Expo Center Norte – uma região extremamente insegura nessa questão – encontrou o carro aberto, tentaram levar, mas parece que não era este o real objetivo, já que levaram a ECU do carro, e deixaram a fiação inutil. Agora reflitam: qual o proposito de entrar num carro e levar somente o modulo de injeção? sem duvida alguma alguem “encomendou”, tem quem faz o trabalho sujo e quem paga por ele…triste que existam pessoas assim. E o carro tem seguro.

  13. Tonelli disse:

    Essa da indiferença da polícia é irritante e é inaceitável. Parece que a polícia só serve para bater em professores, trabalhador pobre e qualquer um que não ofereça resistência ou perigo… Isso é um perigo!

  14. Rafael Fernandes disse:

    Não tenho seguro, mas sempre que compro uam moto mais nova, compro um tanque amassado de alguém, tiro as laterais e a rabeta e compro um paralama desbotado ou pinto de preto fosco, tiro os piscas, manetes,manoplas, retrovisores e borrachas originais e coloco paralelas ou mais velhas, 5 anos assim já, e nunca fui roubado ou seguido e olha que ando uns 100 km por dia, outra vantagem é que se bater a moto não toma muito prejuízo, melhor a moto mais feia, do que sem moto, o que importa é o motor, tenho uma ybr 2008 e uma kawa er 500, e nem olham

    • Daniel Ribeiro disse:

      É… ou anda com moto feia, ou anda sem moto. Eu acho um desaforo pagar 30 mil reais numa moto e olhar ela caindo aos pedaços… Se não puder andar com a moto “bonita”, eu prefiro ficar sem…
      Já estou ensaiando de comprar uma moto a muito tempo, mas não fiz ainda porque estou achando o preço dos seguros proibitivo.

    • Rodrigo disse:

      Voce nao compra um tanque de alguem, voce compra um tanque roubado na boca que provavelmente foi roubada de um trabalhador, dessa forma voce está apenas alimentando o roubo.

  15. Emerson disse:

    Sobre o seguro da VSTROM, cotei hoje, pois acabo de comprar uma e vou retirar da concessionaria na proxima semana.

    Saiu em R$ 1400,00, com franquia de 4400,00.

    Bem abaixo da sua cotação.

    Abraço

  16. Marcelo disse:

    Boa noite Daniel !
    Entro no seu blog todos os dias, também sou apaixonado por motos como você. Seus assuntos são sempre interessantes para quem ama duas rodas.
    Você chegou observar bem essa foto que você colocou?
    São bandidos, provavelmente traficantes e o de trás está com um rifle na mão, boa coisa eu não estão fazendo. Essa foto foi uma analogia ao tema? Ou você não notou?
    Abraços e parabéns ao blog.

    • Daniel Ribeiro disse:

      Sim, reparei sim, são bandidos.

      Eu tentei encontrar uma foto sobre o tema, e essa foi a melhor que encontrei… É justamente para assustar… Bandidos de moto, bandidos que usam motos… É para dizer “Eles querem a sua moto”.

      Infelizmente é assim mesmo: Sem seguro fica sujeito a perder seu patrimônio em meio segundo.

  17. Rodrigo disse:

    Pessoal,

    sei que todos vão me xingarmas esse é meu ponto de vista.

    Eu concordo com os preços dos seguros para motocicletas, não apenas pelo índice de roubos mas pelo fato de que com qualquer tombo de moto fica caro consertar. Conheço 3 amigos que cairam de Rórnet fazendo curva, nem estragou tanto, ficaram entre R$12.000,00 e R$18.000,00 os consertos.

    As segurados colocam as franquias “altas”, que em relação aos consertos nem são tão altas assim, para que o segurado não fique acionando a segurando por pouca coisa e é um jeito de baratear o valor do seguro. Na minha opnião, parte da culpa desses preços salgados de seguros são das peças de reposição. Qual é diferença de uma manete de 125 para uma 1000 que justifique ser as vezes 10 vezes mais caro?

    Abraço

  18. andre luiz disse:

    o que vc aconselha pra alguém que pretende comprar uma moto Bomba cg fan ks zerada?! um seguro ou bloqueador?! qual seguro tem o melhor custo-beneficio na sua opinião?!

    • Daniel Ribeiro disse:

      Se você for de São Paulo, Rio de Janeiro ou Belo Horizonte, não vai conseguir fazer o seguro por um bom preço… Mas se for de qualquer outro lugar, o preço do seguro é bem legal.

      • william disse:

        BOM DIA DANIEL SOU APENAS UM HUMILDE SEGUIDOR E ADMIRADOR DE SUAS POSTAGENS,JÁ FUI VITIMA EM SÃO PAULO FUI ALVEJADO, OS CARAS NÃO TEM DÓ MESMO,SÓ FRISANDO POLICIA TAMBÉM MORRE EM ASSALTO DE MOTO,O JUDICIÁRIO TÁ JEGUE,TKS.

  19. edson disse:

    Uma opção para quem não tem seguro ou rastreadores é pensar como pensam as seguradoras em seus questionários.
    Não usar moto para ir a escola, ou faculdade.
    Parar sempre em lugar seguro; Na rua: Estacionamento Em casa :Garage.
    Usar dispositivos inibidores : Travas e alarmes, etc.
    Evitar transitar enquanto o sol está do outro lado da Terra.
    Pesquisar e evitar os locais/regiões de alto risco.
    Não chamar a atenção tendo sempre uma conduta coerente sobre a moto.
    Passeios se possível em grupos, ou se só, sempre tendo as rotas planejadas.
    Manter o celular carregado.
    Confiar desconfiando (tipo mineiro)

    E o mais importante; ter uma Fé positiva e estar em sintonia com a Proteção Superior.

  20. Jorge Paschoal disse:

    Bom dia Daniel. Comprei essa semana uma Tuíster, ano 2003, com 1800 km rodados. A moto parece zero km. Muito conservada e em razão disso gostaria de colocá-la no seguro. Peço, se possível que o amigo me oriente a esse respeito. Moro aqui no Rio de Janeiro, e embora as CEBÊs 300 e as Xis ÉrreEs sejam atualmente as mais visadas pelos ladrões, me preocupo que eu tbm seja alvo deles. Obrigado.

  21. Raul disse:

    Olá Daniel, tudo bem?

    estou correndo atrás de um seguro para minha Z1000 2012…

    No entanto a cobertura para Colisão/Roubo/Furto/Incêndio é extremamente cara… algo entre 9 e 14 mil…

    Queria saber se você conhece alguma seguradora atualmente que ofereça cobertura apenas contra Roubo/Furto?

    Acredito que assim o preço irá cair bastante.

    Agradeço desde já a atenção.

    Ah, queria saber também o que você pensa a respeito dessas associativas? ex a Aspen entre outras.

    Abraços

    • Daniel Ribeiro disse:

      Raul, está difícil fazer seguro de moto…
      Sei porque trabalho em uma seguradora e tenho acesso a alguns dados atuariais… A maioria das seguradoras subiu muito os prêmios de seguro e algumas que faziam já não fazem mais seguro de moto.



  22. Comente este texto!

    ATENÇÃO: Todos os comentários são revisados antes de entrar no ar. Antes de escrever, pense: "Se eu fosse o dono deste blog, eu aprovaria este comentário?". Propagandas serão apagadas. Caso queira anunciar no Motos Blog, clique aqui. Veja a nossa política de comentários. Pedidos de manuais não serão atendidos.

    Você pode usar estas tags:
    <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Este blog suporta Gravatars. Para ter a sua foto nos comentários, cadastre-se no Gravatar.