GravatarMotos Blog » Destaques, Opinião

Motos e mulheres – Escolhendo a primeira moto


É sempre mais fácil criticar alguém do que se propor a ajudar, então com o meu post sobre as dificuldades das mulheres com as Motos, resolvi começar a publicar uma série de matérias básicas, porem úteis para as mulheres que estão começando no mundo das duas rodas.


Para dar inicio vou dar algumas dicas sobre as motos para mulheres iniciantes. É comum ter a duvida sobre qual será a primeira Moto ou se teremos ou não capacidade para pilotar determinada moto, a questão é que podemos pilotar a maioria das motos que existem no mercado, as cilindradas normalmente não interferem na escolha, mas o tamanho da moto pode atrapalhar a pilotagem dependendo da sua estatura.

A minha primeira moto foi uma Honda Twister, mesmo sendo a minha primeira moto resolvi não seguir os conselhos dos amigos que falavam pra eu comprar uma Biz, eu já queria ter algo com um pouco mais de potência, e a moto foi ótima e me ajudou a ter experiência para futuramente fazer viagens de Falcon (pilotando, claro!).
Eu de Twister!

Se você já é habilitada e ainda não tem segurança para pilotar é bom começar com uma moto relativamente pequena, como a Yamaha Crypton por exemplo. É uma CUB, tem 115 cilindradas, econômica e de boa revenda, as mulheres costumam gostar muito desse modelo. Essa moto tem cambio manual de 4 marchas com embreagem automática, se for escolher essa moto, procure comprar a que tem partida elétrica, pois a partida a pedal pode atrapalhar muito e a diferença de preço não é tão grande.

Ainda na categoria de motos de baixa cilindrada temos a Suzuki Burgman i, ela é uma Scooter. A Motoneta tem o cambio CVT totalmente automático, só é preciso acelerar e frear, o resto a moto faz. Você não precisa trocar marchas, uma maravilha pra quem quer agilidade e praticidade! Possui um bom espaço interno que permite guardar muitas coisas, e ainda um porta-luvas para guardar um eventual estojo de maquiagem, ou quem sabe um pente para dar uma arrumadinha no visual depois de tirar o Capacete. :-)

Se você já quer algo com mais cara de “moto”, existem muitas opções de motos de 125cc e 150cc, uma que eu gosto bastante é a YBR Factor ED da Yamaha, ela tem um design lindo, econômica e de baixa manutenção, a moto não possui Injeção Eletrônica, mas isso não chega a desabonar a moto. Eu recomendo que nesse tipo de moto você coloque um Bauleto, afinal mulher sempre tem alguma coisa pra carregar e é bom estar livre pra pilotar com mais segurança, hoje existem bauletos da cor da moto, isso da um charme todo especial.

Yamaha YBR 125 Factor ED 2010 Roxa

Yamaha YBR 125 Factor ED 2010 Roxa

Se você sente segurança pode tranquilamente comprar uma moto de 250cc ou 300cc, ou ainda maior! Existe no mercado modelos Street como a Fazer 250cc da Yamaha, com injeção eletrônica. Garanto que com essa moto você já vai se destacar mais no trânsito, mesmo com as vendas para o mercado feminino crescendo a cada dia ainda não é comum ver mulheres com motos acima de 150cc nas ruas.

Colocar um bauleto nessa moto talvez não fique muito bonito, mas ai a questão da necessidade de cada uma.
A altura e o peso da moto nesses dois modelos ainda não é motivo pra preocupação, eu tenho uma amiga com menos de 1,60m de altura que pilota divinamente uma Fazer 250cc.

Nova Yamaha Fazer 250 2011

Nova Yamaha Fazer 250 2011

Se você tem um estilo um pouco mais agressivo, se gosta de muita agilidade no transito, como passar por lombadas sem levar um susto, ou se no seu caminho existem estradas com muitos buracos, então uma moto no estilo Off Road pode te agradar mais. Uma moto neste estilo é a Lander 250 da Yamaha. Ela tem o mesmo motor da Fazer 250. Outra moto que eu gosto muito é a Tenere 250, uma ótima moto para viagens, com uma manutenção acessível, aceita bem bauletos e alforjes para longas viagens, uma ótima moto.

Nessa categoria Off Road, a altura e peso da moto deve começar a ser levada em consideração, pois as motos são mais altas e exigem mais força nas pernas. Por isso antes de comprar a moto faça um test-drive pra ver se a moto está de acordo com seu tipo físico.

As motos custom têm uma boa aceitação entre o publico feminino, pois geralmente são bem baixas, facilitando a pilotagem. Elas podem ser customizadas de acordo com o gosto da piloto, e eu sempre digo que custom não é só a moto e sim o estilo da condutora. Tenho uma amiga que tinha uma Virago 250cc, e que perdia pelo menos meia hora para vestir a roupa de couro e o colete com um monte de bottons e penduricalhos. Ela chamava atenção por onde passava! Porém, esse estilo de moto pode não ser muito favorável para o dia-a-dia, pois ela não tem a mesma agilidade no trânsito que tem uma moto Street.

Mulher em Moto Custom

Mulher em Moto Custom

Então meninas, levem em consideração seu gosto pessoal, seu preparo físico, a sua experiência e as condições do transito da sua cidade antes de comprar sua primeira moto. Se precisar de ajuda pra escolher sua moto, deixe um comentário!

Compartilhe este texto!


Digite o seu nome e e-mail abaixo e saiba quando o Motos Blog é atualizado! Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail! É GRÁTIS!

Seu nome
Seu E-mail

240 comentários

  1. Marcelo disse:

    Legal!!!

    Eu acho muito sexy mulheres pilotando moto.

    • Flavia disse:

      Eu também acho SUPER SEXY!!! rsss

    • Valéria disse:

      Olá! Interessante essa página! Vou comprar uma moto, estou tirando carta e realmente estou em dúvida entre alguns modelos…
      Tenho 1.68mt. Como estou aprendendo, prefiro ainda uma moto de baixa cilindrada, 125 ou 150. Gostaria de saber da Luana, porque agora tem um lead 110 depois de de uma falcon(como assim?). Quais vantagens vc viu nessa motinha?
      Estou entre a intruder 125, burgman 125, broz 150 ou a biz(não gosto muito), mas essa motinha lead da Bomba é muito lindinha, mas é 110!! Como ela se comporta no transito?
      Alguém pode me ajudar?

      • Luana disse:

        A nossa falcon foi roubada, e eu prefiro andar de mobilete do que andar de ônibus, por isso tive que comprar uma moto de baixa cilindrada, na cidade essa moto me leva para o mesmo lugar que a V-strom leva o Daniel, não tem diferença, as duas vão para todos os lugares. Na estrada a historia é outra, mas na cidade não é necessário mais que uma Lead.
        Gostei tanto da Scooter que quero uma mais potente, e estou pensando em pegar a dafra Citycom, mas a lead não me deixa na mão, pego marginal com ela todos os dias e ela vai tranquila.
        Quanto a Intruder não tenho muito o que falar da moto, não gosto do estilo e nem dessa moto em particular que ainda não tem injeção eletrônica, burgmam eu não compraria, quando tive que escolher escolhi a Lead, biz eu não gosto, entre essas opções eu prefiro a Bros.
        Mas antes de tudo você tem que tirar sua habilitação, depois escolher a moto.

      • Miss Blue disse:

        Intruder 125, excelente moto.
        Podem falar o que quiser sobre as peças da Suzuki serem mais caras (a maioria das peças não possui versão paralela), mas essa moto simplesmente NÃO QUEBRA.

      • Daniele disse:

        Comprei uma Lead para trabalhar e não me arrependi adoro ela, é pratica, tem muito espaço no guarda volumes, cabe até dois capacetes lá, é muito economica, eu recomendo, a detalhe a minha é preta toda fosca *_*

  2. Flavia disse:

    Eu acho q to precisando mesmo de uma moto.. mas to mudando de estilo, só pra nao demorar mais meia hora pra colocar a roupa de couro e os pindurecos como diz vc!! rss
    To pensando em uma MT 03 … sei que ja saiu de linha, mas achei um tesão.. eu acho massa a CEBÊR300, mas é da Bomba e sei la.

    • Luana disse:

      Bomba é uma boa marca, e aposto que vc vai encontrar mais pessoas falando que é boa do que ruim, pense nisso, a voz da maioria é a voz de Deus. (adaptado.. rsss)

      Bjs!

  3. Raquel disse:

    Olá a todos .

    A minha primeira moto foi uma Bomba Biz 100 cc azul … ( eu ainda nao era habilitada rs ) … como ela era um pouquinho velhinha troquei por outra Biz mais nova e mais conservada , apareceu um vizinho meu querendo vender a moto dele uma Strada 200 cc e depois de negociarmos um pouco troquei a minha Biz pela Strada dele … nos primeiros momentos me arrependi , pois nao sabia as “manhas” da moto e a minha Biz era minha aliada … Fiz alguns reparos na minha nova moto , e depois de uns dias ja era minha mais nova amiga rs . Sempre fui conhecida no bairro aonde moro por ser uma das primeiras mulheres a Pilotar moto , e modestia a parte mto bem .Fiquei com ela por quase 2 anos , e depois de mto esforço comprei uma 0KM … Tuíster a coisa mais linda da minha vida ( naquele ano é claro ). Pra mim a Tuíster é a moto ideal para quem quer agilidade e conforto ( apenas para quem pilota , o carona sofre rs ). Otima moto , potente para andar na cidade , e para viajens tb , desde que não sejam longas demais , pois a postura que vc estabelece na moto cansa .
    Os anos se passaram e eu vendi a minha querida e amada Tuíster 250 cc =(
    Fiquei quase 1 ano sem moto , vcs nao sabem como isso é dificil aff.
    E como nao tinha mto dinheiro para comprar uma mais nova e potente , comprei uma CG Titan 125 cc de um amigo ,olha ela me leva aonde eu preciso , mas nao indico motos abaixo de 150 cc para quem gosta de ação , força e velocidade . Apesar de ser motos de baixa manutenção e ageis em transito caotico , como é o caso de SP , pra quem gosta de viajar por ai não é legal , elas deixam a desejar .

    Mas é isso mulheres , a moto que vc vai comprar depende mto de suas necessidades e bolso é claro rs …

    Abraços ^^

    Ps.: Luana … Beijos amigaaa fofaaaaaaaa uahsuhuhsa

    • Luana disse:

      Aeeeeee Raquel, fofa é a … *&&*%¨#$$%@#$!$#$¨&*((@@

      É isso ai amiga, vc até que já é bem rodada.. hahahah rodada na questão de ter experiência.. rsss
      Boas as dicas amiga.

      Valeu!

  4. Danyel disse:

    Vou indicar essa matéria pra anta da minha ex-mulher… kkkkk

  5. guilherme disse:

    Foi a minha mãe quem me ensinou a pilotar uma moto. Inclusive foi na moto dela, uma XL 250 na qual eu nem alcançava os pés no chão, que dei meus primeiros “roles”.

    Acho muito natural qualquer pessoa preferir uma moto ou bicicleta para andar no caótico transito de São Paulo, por exemplo. O problema é que a falta de educação torna complicado e perigoso para os ou as principiantes. Mas com o charme, inerente às mulheres, o espaço vai sendo conquistado pouco a pouco.

    Confira a matéria “A minha primeira moto” e conte também a sua história!

    http://www.caltabianomotoclub.com.br/category/a-minha-primeira-moto/

    Grande abraço a todos,
    Guilherme.

  6. Solange disse:

    Tenho uma BROSS a 2 meses mas ainda não me acostumei andar tenho medo não vejo a hora de chegar no serviço só uso para ir trabalhar saio no horario de movimento as 18 hs,ja subi o morro mas tb morro de medo de ter q parar na subida ou descida é o caminho mas curto pro trabalho e ja cai 3 vezes mas não foi grave, fico triste as vezes me arrependo um pouco de ter comprado mas não queria me sentir assim,não sei se não acertei na escolha da moto é q acho linda moto grande,já até pensei qdo for possivel em trocar por uma menor mas não iria ficar satisfeita,o q faço com esta insegurança será q um dia vai embora . obrigada Solange.

    • Luana disse:

      Solange, a Bros do Modelo novo realmente parece mais alta. O modelo antigo, nem tanto, mas ambas são mais altas que uma Titan por exemplo. Motos mais altas exigem mais força nas pernas, e as mulheres mais baixinhas podem demorar mais para se adaptar. Não sei se esse é o seu caso. De qualquer forma, o único jeito de você ganhar confiança é treinar. Aqui moramos também em uma rua que é uma subida bem íngreme, e eu levei um tempo para pegar o jeito de sair e chegar em casa sozinha com a moto. Mas eu fiz isso até de Falcon (com muito esforço)!

      Se você sentir que a moto é realmente muito alta pra você, considere trocar por uma mais baixa… Compense a altura na potência do motor. Troque a Bros por uma Fazer! A moto é como uma roupa, e cada pessoa tem um tamanho certo para usar. (E a Fazer é MUITO LEGAL pra mulher!)

      Boa sorte!

    • anonimo disse:

      cara solange,

      quando se tem pernas curtas em motos alta o jeito de aprender é deixar a moto tombar.
      no momento so tenho algumas dicas em mente

      -abuse das botas altas
      -antes de parar a moto observe o piso onde é mais plano e se não tem areia (ja deixei a moto tombar por causa disso) etc
      -ajuste a suspenção traseira pro modo mais macio, com o peso do corpo a moto “abaixa” mais.
      -eu tenho uma lander, na subida-descida, farol, etc, eu antecipo mentalmente o que tenho de fazer, planejando os meus movimentos, para conseguir deixar a moto parada; eu fico literalmente pendurado na moto, sabe criança que quer aprender andar de biciclete aro 26, e fica uma perna no chão e outro pendurada no quadro, então o meu caso é o mesmo kkkkkkkkkkkk nem com reza consigo colocar os dois pes ao mesmo tempo no chao.

      bom espero ter ajudado.

      • Luana disse:

        Não concordo com abusar da altura das botas, as botas de salto alto em sua maioria tiram a estabilidade do corpo, seu ponto de apoio é pequeno de mais, na realidade eu não recomendo uso de botas altas de mais nem para andar a pé quanto mais para andar de moto.

        Abraços!

  7. sergio disse:

    mulher e moto. Uau, combinação perfeita

  8. Marcelo disse:

    Solange;

    A segurança vem com a prática, eu sou novato no mundo das motos. Já levei dois tombos bestas, ao invés de desistir, ficar com medo eu mentalizei que a moto é como uma mulher difícil, que vc vai dando em cima, ela diz não…não e vc sim sim, até que um dia…

    Claro que isso funcionou para mim, pode ser que não funcione com vc. Mas brincadeiras a parte, use equipamento de segurança sempre, fique atenta, o medo nos proteje de fazer besteira, já vi muitos colegas alto-confiantes se darem mal, respeite seus limites fisícos e psicológicos (ladeira é foda, mas se vc tiver calma fica tudo mais fácil), verifique se o tamanho a altura da moto são adequados para vc. Eu estou pilotando a uns 2 meses, nos finais de semana, ainda não tenho moto. Pretendo comprar a nova faser, que apesar de falarem que a Bomba é melhor eu prefiro a Fazer.

    Detalhe, eu aprendi a andar de bicicleta em dezembro desse ano.

    Boa Sorte e não desista.

  9. elias disse:

    Minha esposa pilota a FZ6n (600cc da yamaha – prima mais bonita da Rórnet) tranqüilamente e em especial em viagens… não precisam as mulheres ficarem pensando pequeno, podem ir de Rórnet, CEBÊR 600cc, e por aí vai, já que quem comanda a moto é o piloto.
    Motos abaixo de 200cc nem indiquem pois é pura piada, perigosas, não arrancam direito, demora uma vida pra ultrapassar, estão para serem proibidas em rodovias (acho que já deveria) e não são notadas no transito, os carros tocam em cima mesmo. Nada como andar com uma moto acima das 300cc, daí todo mundo vê, e se possível colocar um escape esportivo, daí eles escutam também… boas aceleradas.

    • Luana disse:

      Boa noite Elias,

      É claro que as mulheres podem pilotar qualquer tipo de moto, inclusive as de 600cc, porém, essa matéria tem como objetivo dar uma orientação básica para mulheres que querem iniciar no mundo das duas rodas, não acho que começar com uma 4 cilindros é um bom negocio tanto para homens quanto para mulheres, a primeira moto deve ser de menor cilindrada, assim o piloto pode acostumar com o transito e o tipo de pilotagem.
      Depois de ter uma certa pratica ai sim vale a pena investir em uma moto maior, e então acelerar com mais confiança.

      Abraços!

      • Andrea disse:

        Luana, concordo em partes com o Elinas. Eu iniciei minha vida em motos a nao mais de 1 ano e 1/2. Logo apos ter tirado a carta meu esposo me deu uma Rórnet 600cc o que me obrigou a ter mais respeito pela moto e pela forma de pilotar (sempre com muita atencao). Foi complicado aprender no inicio, mas hoje tenho total segurança, inclusive para pilotar motos de menor cilindrada, o que acho muito inseguras. Confesso que pilotar uma 250 cc me deixa nervosa, pois os freios travam, os carros nao te enxergam direito e realmente nao tem uma arrancada muito boa.

        Suas dicas sao otimas para iniciantes Luana, eu sempre dou uma espiadinha. Abracos.

      • Beth C. disse:

        Concordo, como primeira moto eu acho que você deve ter uma igual ou pelo menos parecida com aquela em que você se habilitou na moto escola. Eu fiz isso e logo ganhei confiança para me arriscar com motos cada vez mais potentes.

  10. Antônio disse:

    Solange, também tenho uma Bros. Não desista pois é uma moto que vale muito a pena. Vou te dar duas dicas:
    Se você for alta, acima de 1,75 é só questão de costume, em menos de um mês você vai estar dominando a moto. Saia durante a noite com ela, ou antes das 07 da manhã quando é mais tranquilo e treine bastante parar e o controle de embreagem nos aclives.
    Se você for mais baixa, experimente sentar-se mais na frente, bem encostada no tanque, é a parte mais baixa da Bros. Sentar-se assim também vai deixar o guidom mais “leve” e a moto mais sob controle.
    Eu sou particularmente alto, +de 1.80m mas como sempre tive motos Street, achei a Bros muito alta para mim quando comprei, no entanto hoje já sinto o contrário, a moto muito baixa. Estou até pensando em comprar uma mais alta como a Xis ÉrreE 300.

    Boa sorte.

  11. solange disse:

    obrigada as pessoas que responderam minhas duvidas tenho a certeza q o meu medo vai passar.solange.

  12. Fabíola disse:

    Adorei este post.Precisava muito dessas orientações,já que estou aprendendo a pilotar e pretendo comprar uma moto muito em breve.Tenho 1,60m e gosto muito da BIZ e da Burgman.Gostaria de saber qual das duas é mais indicada.Obrigada.

    • Luana disse:

      Boa noite Fabiola,

      Eu particularmente prefiro a Burgman, não gosto do estilo da Biz, mas isso vai muito do gosto pessoal de cada um.
      A Burgman tem a vantagem do cambio CVT, a Biz por outro lado tem um valor de revenda melhor.
      Vale a pena também você dar uma olhada na Bomba Lead, sobre essa eu posso te dar varias dicas, eu estou gostando muito da moto e sem sombra de duvidas ela é bem superior a Burgman.

      Abraços

    • Grazy disse:

      Eu tenho uma Burgman,mas já enjoei dela,hoje prefiro uma Xis ÉrreE 300,com um tempo você vai enjoar dela tbm, por ser pequena e um pouco menina,ganhei a minha com 15 anos, e agora ja estou vendendo, para á compra de uma nova moto com mais velocidade e tamanho! Mas não siga á minha dica tá, é o SEU gosto!

    • Grazielle disse:

      Fabiola, já tive uma Burgman e vou ser sincera, ela é pessadinha, se não tiver força nas pernas ela tomba fácil(parada em farol) na parte do carona é muito desconfortável, as pernas ficam estranhamento má possicionadas sem contar e os pés doem devido essa posição ruim. Já na parte de motor ela é 125cc não podemos exigir muita coisa dela, por fim ela á facil de pilotar, não é alta e muito economica. Dica a dica da Burgman! Beijos meninas do meu Brasil varonil!

  13. Cálcio disse:

    Oi Lu, gostei da publicação…

    Mulher de moto é oq há!

    Bjks do seu amigo do RJ Cálcio!

  14. Barbara disse:

    Luana,
    como vai? Mais uma vez devo agradecer o post direcionado as meninas, acho ótimas suas dicas.

    Eu tenho uma Pop 100, meu namorado diz que minha moto é uma bicicleta com motor, um velotról, sempre com um apelido novo. hahah eu tabém não gosto dela, por isso estive pensando em pegar uma melhor.
    Gosto da Yamaha Fazer acho o design dela bonito, mas fico pensando se vou conseguir aguentar o peso.
    Será que você teria algumas sugestões de moto mais leve, mas com carinha de moto?

    beijos

    • Luana disse:

      Oi Barbara,

      Eu já fui engraçadinha assim como o seu namorado, quando eu tinha moto de maior cilindrada e uma amiga tinha uma Biz eu sempre achava um jeito de tirar um saro dela, e hoje que estou andando com uma moto pequena o Karma está agindo contra mim, as pessoas que tiram onda com a minha cara, meu vizinho ontem falou assim, “é legal essa sua motinha, o bom é que nem precisa de habilitação pra andar com ela né” eu falei educadamente CLARO QUE PRECISA, É UMA MOTO, ainda não sei se ele tava fazendo piada ou se falava sério mas eu já fiquei brava.. rss
      Agora quanto ao seu problema, se vc quer algo com cara de moto acho que deve comprar a fazer, como eu falei na matéria tem a YBR Factor, mas ela é uma 125cc, uma boa moto mas ainda não se destaca, da POP pra ela você vai sentir diferença, mas o transito ainda não vai notar você, acho que pra fazer com o que seu namorado pare de piada você deve tomar coragem e comprar a Fazer, ela não é pesada a ponto de não poder ser pilotada, quando vc olhar de longe vai achar ela grande afinal vc está acostumada com uma moto bem menor, mas se eu conseguia pilotar uma Tuíster acho que você pode pilotar uma fazer, a moto é baixa, não sei qual sua altura mas acho que vc consegue, eu tenho uma amiga bem baixa que pilotava a fazer na ponta dos pés e pilotava muito melhor que eu.
      Então amiga, vc já é familiarizada com o transito, só precisar pegar o jeito com a moto, eu no seu lugar iria de Fazer ou CEBÊ300.

      Bjs

  15. Fabíola disse:

    Oi,Luana!
    Então,fiz uma pesquisa e comparei a Burgman e a Lead,e me encantei com a Lead.Você tinha razão,ela é muito superior a burgman além de mais bonita,porém achei o preço meio salgado.
    Apesar de ter gostado da Lead,não vou ficar com a futura moto por muito tempo,tenho um filho pequeno e preciso mesmo é de um carro.
    Vou comprar a moto pela agilidade,pois moro no Butantã,trabalho na Freguesia do Ó e estudo no Morumbi(então vc imagina a minha maratona diária,né?).No final do ano que vem termino a faculdade e minha vida será menos corrida,pretendo trocar a moto pelo carro em 2012.Portanto,não posso investir muito sabendo que a moto será desvalorizada.
    Estou meio confusa.Se vc puder me dar uma ajuda,agradeço.
    Um beijo,

    • Luana disse:

      Olá Fabiola, acho que deixei passar seu comentário sem resposta, mas lá vai agora.
      Se vc não quer perder muito dinheiro com a desvalorização de uma moto zero, a opção é comprar uma moto já desvalorizada, se vc pegar uma moto usada, o valor dela no final do ano será praticamente o mesmo que vc pagou agora, ao contrario das motos zero que a desvalorização já acontece assim que vc sai da loja com a moto.
      Acho que comprar uma moto usada em boas condições seria o ideal, afinal já no final do ano vc pretende trocar ela por um carro.
      Bjs

  16. Cris disse:

    Olá… eu comprei uma Fazer 250 ano 2007… Ela eh muito linda e muito macia… no começo morri de medo de pegar ela, mas o medo ta passando… Meu ja cai 5 vezes paraada.. não vi que o pesinhu havia levantado, estabaquei sozinha… não vi que tinha areia cai tbm …não aguentei o peso.. etc etc.. Nunca me machuquei graças a Deus.. e nunca paguei mico pq por minha sorte tds as vezes que cai não tinha ngm pra assisti XD… mas respirei fundo e sempre levantei a moto … sabe sempre sonhei com uma Fazer.. caii não faz parte, por que devemos prestar atenção.. mas se caiu bate a poeira e moto pra frente…

    Fazer o que ser desligada eu sempre fui e aprendi que se vc estiver em um carro ou uma moto prestar muita atenção, pq pode se transformar em uma arma pra vc e para tds…]

    Obrigada adorei o site.. Bjoss motoqueirassss

    • Luana disse:

      Olá Cris, eu também cai com a minha Tuíster praticamente parada, eu subi na calçada pra esperar uma amiga e não tinha apoio pro pé, e fui tombando, tombando até cair, o mais interessante é que eu poderia ter pulado fora da moto e deixar ela cair sozinha, mas eu achei melhor a moto ficar em cima da minha perna, assim ela não riscaria.. kkkk
      Fiquei com dor na perna, mas a moto saiu em nenhum arranhão, e hj nem considero isso um tombo, foi um pequeno equivoco.. kkkk
      Bjs. :)

  17. Isabel disse:

    Estava lendo os comentários, também estou na dúvida cruel sobre a minha primeira moto, quase comprei a Lead, quase comprei a Biz, quase…muito quase comprei a Intruder, da Suzuki…e ainda estou sem moto, embora já tenha a carta do consorcio para pega-la.

    Nao queria pegar uma moto tipo Lead ou Biz, pois sei que pessoas que aprendem a nadar nessas motos depois não conseguem pegar as motos com marcha…mas fiquei bolada vendo que a Luana mudou de uma moto com marcha para uma Lead? Por que ? Então seria a Lead a melhor opção?
    Amei de paixão a intruder, mas todos dizem que terei de casar com ela, pois não é possivel praticamente revende-la a uum preço digno.

    Meu namorado quer que eu pegue a Bros, mas eu acho grande demais apesar de meus 1,68…e não acho bonita, não me atraiu…gostar mesmo eu gostei da INtruder, mas não queria me casar com ela, de papel passado e tudo rsrsrs

    Quase compro a Biz, mas seria uma frustação para mim…

    Voc^s falaram da Fazer, mas ela parece enorme, pelas fotos que procurei na internet….e é bem cara.

    Minha carta é de 7.500,00…mas poderia completar com um pouco mais, porém não o dobro.

    Alguém pode me ajudar?

    • Luana disse:

      Oi Isabel, a questão das marchas vc vai aprender a usa-las agora ou depois, é comum no inicio a gente trocar marcha errado, e isso não é só com nós mulheres, já vi muito homem trocando marcha errado, ou saindo no farol quase morrendo na terceira marcha, eu mesma estraguei uma embreagem com menos de 10 mil quilometros, como eu falei, aprendi praticamente sozinha, e depois tive que trocar novamente com 35 mil, mas ai foi pq eu aprendi a fazer zerinho e borrachão, destrui farios pares de pneus e a embreagem.. rsss Se vc não aprender agora com uma moto com marchas, vai aprender depois que trocar a sua moto por outra mais veloz. Eu gosto da broz, mas se como vc falou que não gostou dela, então NÃO compre, vc tem que se apaixonar pela moto, gostar dela logo de cara, e fazer a pesquisa que vc está fazendo é importante.
      Eu não compraria a Intruder, eu particularmente acho ela feia, mas isso é gosto pessoal, mas o que pesa mesmo contra a moto ( na minha opinião) é por ela ser chinesa, mesmo a suzuki sendo uma marca japonesa, as motos de baixa cilindrada são 100% chinesas, e como compramos a YES e não estamos muito satisfeitos, eu não aconselho ela, e tbm tem a questão da revenda não ser muito boa.
      Vc já olhou a YBR factor? não olhe fotos, vai em uma loja e da uma olhada, sobe em cima da moto, olhe bem os detalhes, a moto é legal, acho que seria uma boa opção pra vc.
      A scooter é legal, eu tinha um grande preconceito com scooters, mas estou adorando a motinha, mas eu bem que gostaria de estar com uma fazer ou CEBÊ300, mas nao tinha como comprar uma dessas no momento, então estou bem com a Lead, mas ainda não sabemos como vai ser a desvalorização de mercado, afinal ela foi recem lançada.
      A biz eu tbm não gosto, mas é gosto particular, nem tenho muito o que te falar sobre essa moto.
      Vai dar uma olhada na Factor, a vermelha é muito linda, parece uma nini Fazer.
      E se por acaso vc escolher uma moto com cambio CVT vc só estará adiando o momento de aprender a usar as marchas, mas isso é o menor dos seus problemas, até lá vc já vai ter pratica no transito, equilibrio e noção de espaço, com certeza a marcha será uma coisa rapida pra vc apreender, depois vc vai notar que esses pequenos detalhes são coisas simples, vc vai tirar de letra.
      Boa sorte, e quando escolher a moto passa aqui pra dizer como está sendo.
      Bjs

    • Daniel Ribeiro disse:

      Isabel, só completando o comentário da Luana. Acho que você devia ir ver mesmo a YBR Factor, mas veja a versão ED, que tem rodas de liga-leve e freio a disco.
      Outra coisa: Esse negócio de acostumar com cambio CVT e depois não querer mais saber se marchas é conversa. O cambio CVT é legal, mas tem suas limitações também, e o câmbio manual é o mais tradicional nas motos. Tudo depende da forma como você vai usar a moto. Além disso, você pode começar com CVT, ir para o manual, voltar para o CVT e depois ir para o manual de novo, quantas vezes quiser… É como andar de bicicleta: Uma vez que aprende, nunca mais esquece.

      Até mais!

  18. Isabel disse:

    Oiiiiee, eu fui hoje ver a YBR Factor, que a Luana e o Daniel recomendaram, gostei muito e chegou mais perto do que eu queria mesmo, como sou novata no ramo, nunca nem havia ouvido falar desta moto…a roxa é muito bonita, sentei e senti “é ela”…rsrsrs que engraçado, por acaso fuçando na Net, achei pessoas que me orientaram.

    A minha carta do consórcio vou pegar no banco dia 20/05 e ir correndo lá na Yamaha.

    O meu marido foi ver comigo, ele achou a moto bonita também, porém ele disse que as melhores motos são da Bomba e as da Yamaha dão alguns probleminhas…

    Mas andei xeretando na Net e muitas pessoas elogiam a Yamaha e falam mal da Bomba e também vice-versa.

    Estou muito ansiosa, andei treinando na Titan do meu marido, dei algumas mancadas e fui xingada na Avenida, alguns disseram “vai andar de bicicleta”, mas não vou me intimidar.

    É isso aí, muito obrigada pela dica, vocês me ajudaram muuuuiiiitoooo

    • Luana disse:

      OI Isabel, fico feliz que pude ajudar.
      Eu tbm acho a roxa LINDA, a moto é muito legal.
      Quanto a briga entre Bomba e yamaha vc vai ler comentários de pessoas que odeiam a Bomba, e que só compram yamaha, eu acho que as duas estão no mesmo nível, a Bomba vende mais, mas a yamaha é uma ótima moto, vc fez uma boa escolha, acho que vai se dar bem com a moto, e como mulher vai ter mais cuidados com a moto e esses pequenos probleminhas que seu namorado se referiu pode não vir acontecer com vc, a manutenção é tudo, troca de óleo, lubrificação correta da corrente, lavar vc mesma em casa evitando assim o uso de produtos que podem danificar a moto podem aumentar a vida da sua moto.
      Aqui no blog temos varios artigos que podem te ajudar, lubrificação de corrente, como lavar a moto e varios outros, quando tiver tempo da uma olhada, vai te ajudar a manter a moto sempre em dia.
      A minha intenção quando fiz esse post foi realmente isso, de ajudar as mulheres que estão começando, esse final de semana vou fazer um post sobre capacetes para mulheres, isso é uma coisa que vc vai ter que se preocupar, comprar bons acessórios é tão importante quanto a escolha da moto.
      Qualquer duvida, deixe um comentário ou mande e-mail, estamos sempre dispostos a ajudar.
      Bjs

  19. solange disse:

    Olá ando meio chateada pq estou com a Bross vai fazer 4 meses, e só uso pra trabalhar um dia sim outro não e ainda tenho um pouco de medo pq saio no horário de muito transito, não tenho coragem de ultrapassar e nem coragem de costurar no meio dos carros, no começo achava até um pouco engraçado eu ficar atras dos carros no semáforo, agora fico um pouco triste por ver todas as motos lá na frente no semáforo , e eu parada lá atras de um carro, to até pensando em vender to sem empolgação, o q faço bjs.

    • Isabel disse:

      Puxa Solange, eu entendo bem você pois comigo acontece a mesma coisa, sempre que eu pego a moto do meu marido me dá maior cagaço de encarar o transito…ainda não tenho minha propria moto, isso acontecerá em breve, e estou com medo pois faz mais de 2 meses que não pego na moto do meu marido…ela estava na oficina…agora vou esperar e pegar a minha propria.
      Mas o que todos me dizem é que só o tempo vai dar a confiança, você tem que insistir e logo isso se tornara natural, muitos dirigem, muitas garotas e meninas e até bêbados dirigem, embora não deveriam, e você com certeza vai superar isso, mas terá que insistir, se todos fazem você também pode fazer. Eu repito isso para mim mesma e funciona, eu penso, também pago IPVA, tenho direito ao meu espaço nesse avenida, e vou indo.
      Beijos

    • Daniel Ribeiro disse:

      Solange, o negócio é você tomar coragem e encarar o desafio. Você não precisa “costurar” como fazem os motoqueiros, pois isso não é bom… Mas andar no corredor é normal e não tem problema nenhum. Você não precisa andar rápido. Tem que pensar que, o máximo que pode acontecer, é o corredor ficar estreito demais pra você passar… Neste caso, você para (antes de bater, por favor!)

      Até mais!

      • Luana disse:

        Oi Solange, não é fácil, mas é possível.
        Eu morava no interior no paraná, não tinha transito como tem aqui em SP e nada de corredores, quando cheguei aqui andava na marginal tensa, chegava na faculdade cheia de dores no corpo como se tivesse levado uma surra, andar de trem era mais fácil que andar de moto, os motoqueiros me deixavam nervosa, mas mesmo assim eu tentava usar o corredor, quando eu notava que a fila de motoqueiros estava muito grande eu dava espaço, vc tem que ir tentando aos poucos, não desanime da moto, aposto que quando vc pegar as manhas vai ficar aliviada por não ter que ficar no transito nos nossos enormes congestionamentos. Comece com os corredores mais largos, se vc ver um que acha que não consegue passar diminua a velocidade e passe com o pé no chão, assim vc vai indo devagar até conseguir ir mais rápido.
        Antes de desanimar vc precisa tentar mais algumas vezes.
        Boa sorte!

        Se eu consigo vc também consegue. :)

  20. Bruna Tavares disse:

    Olá Luana* Adorei este espaço*
    Bom vamos lá* Eu tenhu 1 Biz es 2008* Foi minha primeira moto* Gosto dela, mais ja achu pequena demais para mim* Tenhu 1,67 de altura*
    To querendo trocar, agora eis a questão, como só ando com a BIZ nem sei mais andar em motos com marcha, mais sei k isso é uma questão de pratica* Estou com uma DUVIDA imensa* Não sei qual pegar uma BROS ou uma FACTOR YBR??? AMOOO a Bros apesar de nunca ter andado nela, mais o meu medo é com o peso e PRINCIPALMENTE de ser visada demais pois moro no litoral de São paulo e por ak roubaummm muitass motos* E sei que Bomba é mais visada =/ A Factor é até bonita tb mais não quanto a Bros na minha opinião. Agora gostaria muito da sua ajuda (opinião) e de todos ak tb. Vi k vc fala muito da Fazer mais sem chance pra mim, além do preço ser salgado por ak é as k mais roubaum, ja presencie em plena 15:00 da tarde um assalto a mão armada na rua cheia =/

    Bom beijos a todos ;)

    • Luana disse:

      Olá Bruna, duvida dificil essa sua, eu tbm gosto das duas motos, particularmente gosto mais da nova Bros, mas preste atenção pq ela é um pouco mais alta que a antiga, mesmo vc tendo 1,67 pode ser que fique um pouco alta pra vc, seria legal vc dar uma volta em uma pra ter uma noção, se eu pudesse escolher entre a factor e a Bros, ficaria com a Bros, mas isso pq já tive falcon e agosto do estilo da moto, acho legal a versatilidade desse tipo de moto, eu acho que a nova Bros parece uma mini facon, eu adoro a moto.
      Agora por outro lado a factor é muito legal tbm, e sendo yamaha é menos visada. Realmente é uma duvida cruel.
      Eu no seu lugar daria uma volta em cada uma delas, se não der, pelo menos vai na Bomba e sobe em uma bros e vê o que acha.
      Como te falei eu ficaria com a Bros, mas isso é meu gosto particular, acho que nessas horas nao me importaria com a questão dos roubos, afinal eu nunca tive outra marca de moto que não fosse Bomba, e depois que roubaram a falcon eu jurei, Bomba nunca mais, e agora aqui estou eu de Bomba lead.. rsss
      É complicado, acho que não te ajudei muito, mas me mantenha atualizada sobre sua escolha.

      Bjs!

  21. Bruna Tavares disse:

    Olá pessoal* Hj tive uma noticia desanimadora =/
    Assim k fui sair hj cedo, fiquei sabendo que ontem a tarde (domingo) roubaraum ak na garagem do predio a moto do meu vizinho =/ NOVINHA uma Xis ÉrreE 300 da Bomba igualzinha da foto la em cima. Ele comprou não tem nem 2 meses aff. Agora que fiqueicom medo msm* Ai galera ok faço???

    Bjussss

  22. Isabel disse:

    Olá galera, alguns scraps atras eu comentei que queria comprara a minha primeira moto, mas estava em duvida devido a minha inexperiencia e ao contrario das muitas indicações não queria comprar uma Biz, queria uma moto com mais carão.
    Então a Luana me indicou a Factor 125 da Yamaha, gente, estou super feliz com a minha moto, peguei dia 01/06 e me adaptei tão bem a ela, é muito confortável, parece se adaptar ao corpo muito melhor que a Titã, não sei dizer dizer em detalhes tecnicos, sei que ela simplesmente obedece ao comando, naõ falha, não grita rsrsrs…Olha, o meu medo de moto desapareceu totalmente no promeiro dia que eu andei com a factor, o meu marido ficou para eu ficar dando voltas no quarteirão, imagine, eu disse,:- “não, pega a sua moto e vamos juntos na avenida.” Que delicia!!! Amei a moto, alem de ela ser muito linda, muitos amigos ficaram boquiabertos e disseram “ta podendo”, mas na verdade ela me saiu mais em conta do que se eu pegasse uma apagada Biz.

    Agradeço muito esse blog pela ajuda, sou fã de vocês desde esse dia, meu marido diz para eu deixar dessa tolice de ficar acessando site para saber das coisas da moto, mas ja aprendi muito por aqui e tenho calado a boca dele com minhas respostas não tão leigas quanto antes, acho que sei mais que ele…Valeu…

    Ah Luana, me diga como posso postar uma foto com a minha factor, se é que é possivel. Beijossss

    • Luana disse:

      Isabel, que legal que comprou a Factor, é uma excelente moto mesmo! E que bom que o eu e o Blog te ajudamos. Nosso objetivo é esse mesmo! Não dê ouvidos ao seu marido! Homens pensam que sabem alguma coisa mas geralmente não sabem de nada! kkk Quanto mais informação e conhecimento você tem, melhor.

      Nâo dá para postar fotos nos comentários, mas faz assim: Me manda as fotos por e-mail (luana [arroba] motosblog.com.br) e eu vou fazer um Post com o seu depoimento. É muito legal receber esse tipo de retorno! Fico muito feliz!
      Bjs!

  23. Bruna Tavares disse:

    Que legal Isabelque vc comprou sua moto e se deu bem com ela* To querendo pegar essa tb* Que cor vc pegou amiga???
    Vc viu a roxa k linda???

    Beijosss a todas

  24. Como comprar a primeira moto | Motos Blog disse:

    [...] = 280; Uma dúvida recorrente é sobre qual a melhor Moto para começar no mundo das duas rodas. A Luana já escreveu um bom artigo sobre o tema, mas mais direcionado para as mulheres, mas hoje vou falar de um modo geral, sobre o que procurar [...]

  25. Isabel disse:

    Então Bruna, se esta em duvida eu recomendo muito a Factor, ela é uma moto leve, levinha, levíssima…e foi aqui no Blog que descobri essa moto…foi sugestão da Luana, sugestão acertadíssima.
    A minha é vermelha, na verdade eu queria a Roxa, mas não tinha pronta entrega, eu teria de esperar 15 dias..porém estava muiiito ansiosa.
    Mas a vermelha também é linda!!! Chama atenção, principalmente depois de enceradinha.

    DUVIDA LUANA: Comprei hoje uma capa para moto, pedi uma capa térmica 100,00…mas a moça da loja estava confusa, primeiro disse que só tinha a naõ termica…eu disse OK, aí ela me trouxe, mexeu e falou ahhh é Térmica…então só tenho térmica…fiquei na duvida pois nao tenho como saber se é termica mesmo ou não…tem um jeito de saber, nõ veio nenhuma indicação na capa falando.

    MAIS: Xeretando na internet vi muitas pessoas falarem para não colocar capa na moto, pois não seria bom, e sim só mais um trambolho…(um trambolho é mesmo) mas minha garagem não é coberta…vc acha capa ruim?

    Um beijo a todos!!!!!!

    • Luana disse:

      Isabel, eu nunca ouvi falar de capa térmica ou não térmica. Só conheço impermeável e normal (de tecido). Mas para qualquer um dos casos, a recomendação é só uma: Não coloque capa com a moto quente! Espere esfriar para colocar, pois o calor dentro da capa faz uma estufa, e MANCHA A PINTURA DA MOTO DEFINITIVAMENTE.

      Se eu fosse você, pensaria em cobrir a garagem. Pelo menos um toldo eu colocaria. Eu não me acerto com capas!

      Bjs!

      • Isabel disse:

        Luana, mais uma vez obrigada pela dica…vou esperar esfriar a moto…não custa nada…eu não tenho como cobrir o quintal pois é coletivo, e tenho de colocar a moto onde houver a vaga.

        • Luana disse:

          Isabel, cade aquela sua foto com a moto pra gente fazer um post? Afinal vc levou em consideração nossas dicas na hora de comprar a sua moto, e é um orgulho pra mim e pro Daniel termos ajudado alguem em uma escolha tão importante, e gostariamos de compartilhar com os outros leitores do blog.
          Espero sua foto hein!
          Bjs

  26. solange disse:

    Oi Luana to com duvida, gosto da Bross mas to pensando mas pra frente trocar por uma Factor o q vc acha bjs.

    • Luana disse:

      Oi Solange, se não me engano foi vc que fez alguns comentarios de que estaria com dificuldades com a Bros, não foi?
      Então menina, se vc ainda não tiver se adaptado a moto acho que seria uma boa pra vc mudar para uma moto um pouco mais baixa como a factor, se vc gosta da moto vai em frente e troque.
      A factor tem uma pilotagem diferente da bros, mas no seu caso acho que será melhor, e ainda tem o fato dela ser uma moto linda e de otima mecanica. Eu apoio.
      Bjs

  27. Nathinha disse:

    Salve, Salve querida Luana! (Vc não me conhece, mas te admiro).

    Estava rodopiando na net, quando resolvi fussar o tema abordado: A escolha da primeira moto. Eu, como milhares de mulheres, estou em dúvida na escolha da “Liberdade sobre duas rodas”, rsrs. Sou de Manaus, tenho 1.70 e peso atualmente 80kg (Tenho carro, mais quero possuir uma moto tb – ainda nao sei andar de moto…mas vou tirar a CART. A,Minha dúvida é sobre a qualidade das motos, cito: Apache 150 (Dafra, GOSTEI DO DESIGN, mas solicito informações..Como li todos os comentários das belas mulheres que aqui escreveram, me impressionou a querida Isabel, que logo comprou e está satisfeita com a Factor. Então Luana, estas são minhas primeiras dúvidas, e ja ia esquecendo, quero comprar uma moto contudo, minha familia toda não é muito favorável (questão de segurança); Nem minha namorada me apoia. O que devo fazer? Eu gosto tanto de moto…afff…eita confusão. Lu, desde já um abraço, e as demais, sucesso nas pistas!

    • Luana disse:

      OI Natinha, obrigada pelo comentário no blog.
      Situação complicada essa sua, nem sua família nem sua namorada são de acordo com a moto, mas esse é um caso comum, a maioria das pessoas não tem apoio pra andar de moto, todos acham perigoso, mas se você realmente quer então ninguém pode proibir, o que eles podem fazer e dar a opinião deles, e só isso. Se você comprar a moto e tiver atitudes responsáveis na pilotagem, logo sua família vai ver que não é tão perigoso assim, é claro que a nossa segurança não depende apenas de nós, mas tbm de todos que motoristas/motociclistas que andam em nossas estradas, mas te garanto um coisa, com o tempo vc vai ver que não perigoso como as pessoas pensam, eu nunca sofri nenhum acidente, cai uma vez com a moto parada, mas não me machuquei, confesso que algumas vezes passou perto de eu bater a moto, mas poucas vezes foi por imprudência minha, então ter uma moto é tão normal quanto ter um carro.
      Agora quanto a moto que vc quer escolher, DAFRA NÃOOOOO, por favor, nao faça isso… rsss temos um post aqui no motosblog sobre uma pessoa que comprou a dafra e só teve dor de cabeça, e os comentários nesse post são assustadores, compre Bomba, Yamaha ou suzuki, nunca Dafra. Com a altura que vc tem com certeza pode pilotar qualquer moto, não tem limitações pra vc, eu tenho a sua altura e andava de falcon que é uma moto bem alta, entao procure algo que se adapte ao seu estilo e as estradas que vc vai andar diariamente.
      Lembre-se que é preferível vc comprar uma moto usada em boas condições do que comprar uma Dafra zero.
      Bjs querida, se ficar em duvida entre alguns modelos entra aqui e pergunta eu e o Daniel tentaremos ajudar.

      • Nathinha disse:

        Lu, muito grata por responder assim, tão brevemente! Sabe, passo horas pesquisando, na verdade “paquerando” algumas “eleitas” para quem sabe em pouco tempo decidir “a favorita” e adquiri-la; Em relação ao “impasse”familiar rsrs, falei do seu blog para minha amada, e acredite: ELA ACHOU INTERESSANTE A Factor…(bom, sinal)…Bom, meu interesse na moto além de gosto pessoal, é outros aspectos bem relevantes como por ex: economia e praticidade. Dirijo a 7 anos (carro), e nunca bati ninguém, agora, já me bateram “pacas”..(nada grave); Vc tem razão: direção boa e aquela que previne a imprudência dos outros. Voltando ao nosso “foco”, o que me diz (claro que vc ja falou muito a respeito), sobre a Factor? Levando em consideração, que sou hiper novata no assunto? Para marinheiro de primeira viajem, é uma boa? A manutenção é cara? E comparando-a com a CG 150 Titan Mix (primeira que roda com alcool ou gasolina)Quem “possui melhor performance e outras qualidades? “Anjinha das pistas”, um abraço! Aguardo respostas!

        • Nathinha disse:

          Esqueci de agradecer pelo (Dafra nãoooooo)…rsrsr; A bichinha deve ser maior roubada mesmo, nao é? Bom, já tirei ela da mente! Passou! Miga, continue orientando as “desorientadas”, rsrrsrs (com carinho é claro.
          Um querido abraço PARA A DUPLA (Lu e Daniel).

  28. roberta disse:

    ola luana!
    preciso tirar minha habilitação e comprar minha primeira moto(não aguento mais ter de depender de carona para ir trabalhar).dia desses peguei carona com um primo meu(se ele não passasse não chegaria na hora),sem capacete no asfalto e uma estrada super sinuosa.confesso que a cada curva que ele fazia era uma promessa que eu fazia a deus dizendo:”se eu chegar viva nunca mais ando sem o capacete”.rsrsr.mas nunca passei por tanto medo.foram os 10 km mais longos de minha vida.
    mas vamos ao que interessa.qual seria a melhor para mim visto que tenho 1,76m de altura e inexperiente?
    obrigada.

    • Luana disse:

      Oi Roberta, com essa altura vc pode pilotar qualquer moto, mas como é inexperiente comece com uma moto de baixa cilindrada, escolha alguma moto que mais se adapte ao seu estilo, eu recomendo uma marca mais conhecida como Bomba ou yamaha, assim vc terá uma moto mais confiável.
      Abraços!

  29. djanira disse:

    bora mulherada viajar…
    ja fiz algumas: floripa a chapada diamantina – de falcon 2008, e floripa a serra da canastra – de falcon 2008 ambas sozinhas (trechos com amigos), e acompanhada floripa a prado (sul da Bahia)…
    abraços e força ai… vamos ampliar este mercado…

  30. DELAINO disse:

    E aí Luana,beleza!! Vamos marcar um encontro de moto aqui no Rj!! O pessoal é bacana e curte os passeios de fds,Itaipava,Petropolis,Penedo….vlw

    • Luana disse:

      OI Delaino, eu e o Daniel costumavamos ir muito ao Rio de Janeiro, mas depois que roubaram a falcon ficou mais complicado, mas assim que uma moto maior chegar a familia o RJ voltará a fazer parte dos nossos passeios.
      Abraços!

  31. Leticia disse:

    Ola Luana,

    Gostei muito das explicaçoes. Realmente estou me decidindo na compra de uma moto. Minha opçao
    estah sendo Suzuki Intruder 125cc. Gostei dela!! Tenho apenas 1.60 de altura. Como serah minha
    1ª moto, começarei pequeno nas cilindradas e no preço tambem.
    Aproveito a oportunidade, para pedir-lhe uma explanaçao p/ leigos, sobre as Fichas Tecnicas de Motos.
    Seria interessante p/ “as marinheiras de 1ª viagem” começar a se inteirar com a linguagem. Tenho
    estado pesquisando muito em cada ficha que analiso. Sorte minha de ter um irmao motoqueiro e
    me ajuda bastante.
    Enfim, parabens a todos pelas informaçoes e continuem criando assuntos que ajudem a galera a dar
    os primeiros passos com segurança, neste mundo de duas rodas.

    Abraços,

  32. Nine disse:

    Olá, a todos! Amei esse blog!

    Então galera, estou querendo comprar a minha primeira moto. Sou habilitada mas não tenho experiência no trânsito.
    Pensei em uma moto custom, por ser mais baixa, fora que eu tenho uma grande “quedinha” por ela, muito linda e estilosa!
    Gostaria de receber uns toques sobre marcas,qualidade, e preços tbm…

    Desde já agradeço!

    Abraço

  33. Cibele disse:

    Nossa, que boa ação fazer um blog com este tópico!!!
    E quantas mulheres pilotando!!! Que orgulho!
    Li cada comentário e aprendi muito, mas também preciso
    fazer minha pergunta:
    Moro em SP capital, tenho 21 anos, 1,72m de altura, 65 kg.
    Estou aprendendo a dirigir, porém sempre gostei de moto
    e não tenho medo.
    Estou prestes a comprar minha primeira moto pra ir pro
    trabalho e faculdade. Meu pai está me aconselhando
    fortemente a comprar uma BIZ por ser economica e segura,
    mas eu nao vou com a cara dakela bicicletinha (SEM OFENSA!!!rs)
    E depois que vi que ela tá mais cara que a YBR FACTOR e
    praticamente o mesmo preço da CG TITAN MIX 150, fiquei me perguntando:o que aquela anã tem pra ser tão cara??? rsrsrs
    Gostaria de ouvir de voce uma comparação entre as três motos.
    PARABÉNS e OBRIGADA pelo Blog!!!

    • Luana disse:

      Cibele, eu tbm nunca gostei muito da Biz, eu não recomendo a moto, se seu pai quer uma moto pequena e econômica é muito mais viável a Bomba Lead, ela tem muito espaço em baixo do banco o que facilitaria sua vida com a faculdade e trabalho, e faz em média 35km litro, além de inúmeras vantagens que vc pode conferir aqui mesmo no blog nos posts sobre a Lead.
      Agora entre a CG e a Factor, eu ficaria com a factor, como o amigo Delaino falou, a cg é mais roubada, quanto a mecânica as duas são equivalentes.

      Abraços, e quando comprar a moto passa aqui pra falar qual foi a sua escolha.

  34. DELAINO disse:

    Cibele,bom dia. YBR factor sem pensar!!! E vc vai pergunta e pq??!! 1° Bomba é mais roubada,2° as novas cgs estão apresentando problema de vazamento de óleo vindo da junta do motor. Tenho uma Rórnet que deu problema de bomba de combustível e uma NEO 115 da yamaha pro dia a dia com 15.000km e nunca me deu problema.
    Bjos

  35. DELAINO disse:

    oK LUANA,ENTÃO QUANDO VCS TIVEREM UMA MOTO MAIOR VENHA SIM POIS O PESSOAL É MUITO BACANA,DE PREFERÊNCIA COLOCA O DANIEL NA GARUPA,RSRSRSR… FINAL AGORA DE AGOSTO VAI TER UM EVENTO SUPER BACANA EM PENEDO. ABÇS

  36. djan disse:

    delaino, qual é o dia do evento em agosto em penedo.. dependendo do dia dar um rolezinho la é uma ne..
    a galerinha que posta ai poderia se reunir e fazer um ponto de encontro..
    beijos a todos djan

  37. Michelle disse:

    Ola Luana, vou comprar minha primeira moto, quero comprar uma Factor, mas tenho apenas 1,58. ja pilotei Tuíster, CG 150, estou com medo da factor ser muito grande. O que vc acha? Obrigada

    • Cibele disse:

      Olá Michelle!!

      Eu comprei uma factor — com ajuda da opiniao do pessoal desde blog tambem…rs e estou muito satisfeita com ela.
      É uma moto muito macia, confortavel e leve.
      Quanto ao problema da altura, ela fica ideal pra mim (consigo colocar os dois pés inteiros no chao) porem, eu tenho 1,72m.
      Meu pai mede 1,62 e já não consegue encostar o calcanhar — fica meio de ponta de pé…
      Mas, se vc ja pilotou uma Tuíster e uma CG e nao teve dificuldade, vai do costume…
      De qualquer forma, va a uma loja e suba nela pra ver como se sente!!

      Boa sorte!!!

  38. Izabel disse:

    Olá Luana! Tudo bem?

    Primeiramente gostaria de parabenizar pelo Blog. Muito bacana!!!

    Minha primeira moto foi uma Titan Sport 150. Não fiquei com ela o tempo suficiente para pegar muita experiência. Até porque tinha época que evitava andar com ela quando na cidade (moro em Porto Velho/RO) tava tendo muitos acidentes de moto. Então por medo eu evitava. E tem uns três anos que não piloto moto. Mas estou planejando comprar uma moto em 2011, e estou querendo uma moto maior. A idéia é usar a moto no dia a dia.

    Gostaria de algumas dicas. Estou entre a CEBÊ 300 e a Xis ÉrreE 300. Será que essas motos são grandes demais para quem não tem tanta experiência??? Apesar que tenho pensado em ter novamente algumas aulas na auto-escolar para pegar um pouco de confiança antes.

    Minhas dúvidas:

    Tenho 1m78, mas não sei se teria força na perna para agüentar uma Xis ÉrreE 300. Uma vez subi numa Falcon e achei super alta. Não sei se eu daria conta.

    Não pretendo agora fazer viagens de moto, apenas quando estiver segura. Mas pretendo fazer viagens de aproximadamente de 700km (ida/volta). Será que a CEBÊ 300 seria boa para pegar estrada? Considerando que as estradas daqui (como na maioria do país) são horrorosas (um buraco maior que o outro) e trafega muitas carretas.

    Questão de beleza, acho linda a CEBÊ 300. Mas fiquei meio chateada quando 2 ou 3 pessoas vieram falar que a CEBÊ é uma Titan um pouco maior. Fala sério! Rs..rs

    A Xis ÉrreE 300 acho bonita, mas aquele bico… parece um mosquito! Fico olhando para a moto para ver se de repente eu me acostumo com ela… até agora nada.

    Aproveitando a oportunidade, gostaria de saber se é difícil uma mulher pilotar uma moto custom. Tenho planos de daqui a alguns anos comprar uma, mas não para pilotar na cidade, e sim pegar estrada.

    Obrigada pela atenção!
    Grande abraço e tenha um ótimo fim de semana!

    • Luana disse:

      Olá Izabel,

      Eu acredito que tanto a CEBÊ300 quanto a Xis Érree 300 servem para viagens, mas como vc falou que onde vc mora as estradas são péssimas então a Xis Érree é a melhor escolha, ela suportaria melhor os impactos causados pelas estradas em má condição.
      Eu não achava a moto bonita, então a alguns meses vi uma mulher descendo de uma no estacionamento do shopping, achei aquilo tão legal, todo mundo ficou olhando pra ela.. rsss Ai pensei, pq não?? Até consegui me imaginar tendo uma.. 
      Quanto a altura e força na perna pra segurar a moto vc não terá problemas, eu tenho 1,70m e na época que tinha falcon eu pesava 57kg, e andava com a moto tranquilamente, fiz viagens com ela e tudo mais, então se eu com 57kg e 1,70m aguentava a moto vc tbm vai agüentar, vc é bem mais alta que eu, e a altura é um fator importante quando vamos escolher uma moto. Então, eu no seu lugar compraria a Xis ÉrreE 300.
      Massss se vc acha que não vai gostar da moto, acha ela feia, então parte para a CEBÊ 300, ela não parece com uma titan grande, ela parece com uma mini Rórnet… rsss Ela agüenta tranqüilo viagens de 700km ida e volta, eu fiz viagens de 850km com a Tuíster e ela foi tranqüila, minha bunda que não agüentou muito, mas isso é questão de pratica e vc tem que respeitar seus limites, parar pra descansar quando sua bunda estiver ficando amortecida.. rsss
      Quanto a não ter muita experiência, não se preocupe, eu quando comprei minha Tuíster nem habilitação eu tinha, praticamente aprendi a pilotar nela, é só não ter medo, nós mulheres geralmente somos mais cuidadosas que os homens, como não temos a super confiança que eles tem, vamos aos poucos, respeitando nossos limites e irritando as pessoas no transito, quando eu comecei a pilotar muitos motoristas gritavam “ VAI PILOTAR FOGÃO” hahaha.. era triste, mas isso não me abalava, com o tempo eu peguei pratica e até hoje nunca sofri acidentes, então faça umas aulas, treine na moto de algum amigo, e fique tranquila, isso é como andar de bicicleta a gente não esquece.
      Agora com relação a moto custon, já vi mulheres pilotando, mas eu não gosto do estilo então não sei muito sobre essas motos.
      Eu sei que não compraria uma custon, gosto cada um tem o seu, eu prefiro as nakeds.
      Bjao!

      • Izabel disse:

        Oi Luana!

        Valeu pelas dicas.

        Vou me decidir com calma a escolha da moto. Quando isso acontecer, eu te conto.

        Grande abraço.

      • Izabel disse:

        Olá Luana! Tudo bem?

        Estou entrando em contato para contar que comprei finalmente minha moto… CEBÊ300. Seu blog foi de grande ajuda!

        Estou com 03 (três) meses que comprei a moto… tenho pilotado pouco, por pura falta de tempo e trabalhando perto de casa, o que dificulta eu pegar mais confiança pra pilotar. Mas garanto que estou tendo mais facilitade em pilotar a CEBÊ300 do que uma moto 125cc…rs..rs

        Como havia dito antes, assim que comprei a moto, peguei duas aulas com um instrutor. Ele falou que estou bem… só preciso é pilotar que com o tempo a confiança vai surgindo…

        Então… preciso arrumar um tempo pra minha CEBÊzinha..rs..rs

        Fim da semana passada, levei um susto… motoqueiro que ia na minha frente se enroscou em uma linha de pipa. Sorte dele (principalmente) e sorte minha, é que a gente tinha acabado de passar por um redutor de velocidade, o que deu a ele tempo de parar a moto, e eu de desviar da linha… não sei se a linha tinha cerol, mas pelo q notei, o rapaz não se machucou. Então, quero aproveitar o espaço, para que nesse período de férias, coloquem a antena na moto. Sei que fica feio! Mas feio mesmo é o estrago que a linha com cerol pode fazer.

        Luana, muito obrigada mais uma vez.

        Grande agraço

        Izabel

  39. Joana disse:

    Luana, adorei o texto…parabéns!
    Estou tirando a carta agora, sempre gostei de motos e vou comprar uma em 2011. Me apaixonei pela Yamaha YBR 125 Factor ED assim que pilotei a primeira vez, mas como ainda sou iniciante, tive dificuldades. É a moto que pretendo comprar, mas tenho ouvido tantos conselhos para pegar uma Scooter, pois irei usar a moto todo dia e tenho só 1,58 m. Não sei mais o que faço pois tenho medo realmente de estar começando muito alto… = (

    • Luana disse:

      Joana, quando estava escolhendo a minha primeira moto tbm escutava muito “compra uma Biz, combina mais” “compra uma biz, ela é moto de mulher” no final eu comprei a moto que queria, peguei uma Tuíster.
      Se vc já pilotou a moto e gostou entao compra o que vc gosta, minha irmã tem 1,55m e conseguiu pilotar nossa yes, acredito que com 1,58m pilotar a factor nao deve ser tao dificil, de qualquer forma vc nao tem pratica nem com uma scooter, eu no seu lugar ficaria com a moto que gostasse mais.
      Caso seja a scooter escolha a lead, ela é infinitamente superior a burgman.
      Bjs

  40. Joana disse:

    Olá Luana!

    Espero que você e o Daniel saibam qual a dimensão deste trabalho e como o blog nos ajuda.
    Encontrei vocês enquanto pesquisava desesperadamente algumas dicas sobre a compra da primeira moto e graças a Deus dei de cara com seu texto. Estava completamente perdida Luana, insegura, indecisa… ouvindo uma dica pior que a outra e sabe qual minha única dúvida agora? Qual cor da Factor devo escolher!!!! rsrsrs
    OBRIGADA MESMO!
    Li seus outros textos e alguns do Daniel também com dicas valiosas, e concordo plenamente com você Luana: nós mulheres podemos e DEVEMOS entender de nossas motos tanto quanto os homens, ou mais (por que somos mais inteligentes kkk) e os artigos de vocês tem me ajudado bastante. Quero fazer a diferença, assim como é notório que você faz Luana, e fazer parte desse grupo de mulheres, que como você, são o diferencial.
    Obrigada pelo conselho e PARABÉNS a você e ao Daniel pelo blog.
    Estou contando os meses para poder comprar logo minha moto. = ]
    E assim que estiver com ela, passarei por aqui pra te contar.

    Mais uma vez obrigada Luana!
    Grande beijo!!

  41. Rivaneide disse:

    Olá, Luana!!!
    Vc não tem idéia do que sofri até hoje, quando conheci seu blog!!! Tenho 37 anos e sou apaixonada por motos desde a infância, mas sempre proibida de chegar perto por minha família!!! E como sou médica, pego muitos acidentes de moto nos locais onde trabalho – só pra piorar a situação, pois meus colegas sabem que quero comprar uma moto, e dizem logo “olha o resultado!!!”… Um verdadeiro caos!!! E nos últimos meses, tenho pensado seriamente em tirar minha habilitação – não sei pilotar e há um bom tempo não ando de bicicleta… Já tive namorados que tinham moto – que inveja… Esse seu blog veio para me salvar!!! Será que já não estou um tanto ‘passada’ para aprender a pilotar? E qual seria a moto (com cara de moto) ideal para mim, que tenho 1,72m de altura e 73Kg de peso? Parabéns pela iniciativa e obrigada!!!

    • Isabel disse:

      Olá Rivaneide, você esta perguntando se esta passada para tirar a habilitação…qual nada, eu tirei a minha faz um ano, aos 36a, e hoje, exatamente hoje peguei a minha definitiva…não fica pensando nisso, o tempo em que vc fica se perguntando se deve ou não deve já estaria com ela nas mãos…Eu tbem encontrei esse site quando estava bem indecisa sobre qual moto comprar, e a Luana me deu a dica da Factor, e foi a coisa mais acertada do mundo, pois na autoescola eu treinava em uma fan, depois comecei a usar a Titã do meu marido e quando peguei a minha Factor, a diferença é muiiito grande para quem esta iniciando…que moto macia e confortável!!!!

      • Luana disse:

        Olá Rivaneide, a idade não interfere em nada, pelo contrario agora você está em uma posição que pode decidir o que quiser, comprar o que tiver vontade e tem conhecimento suficiente pra saber que não deve abusar da maquina.
        Pessoas que sofrem acidentes sempre vão existir, boa parte dos danos causados em acidentes seriam evitados se os motociclistas estivessem devidamente equipados e se fossem mais prudentes.
        Se vc for lembrar de todos os feridos que vc viu até hj não vai comprar a moto nunca.
        Veja o caso da Isabel, ela com 36 anos tirou habilitação e está feliz da vida com a moto, e a corajosa Rosemeiry que com 1,60m pilota uma Fazer que é uma moto relativamente pesada, o que eu te digo é que se vc realmente tem vontade de ter uma moto compre, ainda mais pra vc que é medica e que deve ver coisas tristes no dia a dia seria bom um passeio de moto no dia de folga pra aliviar o stress.
        Eu no seu lugar compraria uma 250cc como a da Rosemeiry, ou uma CEBÊ300, e não precisa ter medo eu comecei com uma Tuíster 250cc, e tenho varias amigas que também começaram com esse tipo de moto.
        Tire a habilitação, veja como vai ser a pilotagem na moto da autoescola, quando gostamos do que estamos fazendo as coisas fluem melhor, talvez vc vá tão bem nas aulas que já vai estar confiante o bastante para pegar uma moto de 250 ou 300 cilindradas e depois disso vc vai subindo até ter uma super esportiva.. rsss

        Abraços!

        • Rivaneide disse:

          Cara Luana

          Como te falei antes, ficava super frustrada por querer aprender a pilotar, mas achava que era a única com problemas para começar… Todas vcs me ajudaram pra caramba nessa decisão!!! Tou pensando em comprar uma CEBÊ300R ou FAZER 250cc se tudo der certo: passo aqui p dizer as novidades, ok? Abração e obrigada mesmo: seu blog é TDB (TUDO DE BOM)!!! KKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

      • Rivaneide disse:

        Caramba, Isabel!!! Valeu demais pela força!!! Acho que semana que vem estarei indo até a auto-escola para me inscrever e começar!!! Vc não sabe o quanto me ajudou!!! Abração e obrigada!!!

    • andrea disse:

      Querida, descobri aos 37 anos que nada e impossível e que devemos fazer sempre o que nosso coração manda. Tenho uma historia bem parecida com a sua, filha unica em meio a 8 irmãos homens mais o Pai, nunca me deixaram chegar perto de uma moto ou carro (detalhe, todos eles pilotam).sempre me mostravam os piores lados dos veículos me passando medo e insegurança, ate que certa vez conheci meu esposo que me mostrou o outro lado, me apoiando ate que me sentisse segura. Certa vez resolvi tirar a carta de carro e moto (tudo junto), em ambos passe na segunda tentativa pois havia sido reprovada na primeira. Assim que tirei a carta, ganhei um super presente de meu esposo, uma Rórnet 600 cc..imagina como eu fiquei, toda tonta, nervosa e morrendo de medo pois eu tinha recem-tirado a carta…treinei muito antes de sair pela cidade sozinha (próximos capítulos), mas com o apoi, dedicação e forca de vontade, hoje tenho grandes historias de viagens realizadas com total segurança e sem medo. Beijos.

  42. Rosemeiry disse:

    olá mulherada! passeao pela net achei e adorei esse blog parabéns!!!

    bom vou falar um pouco da minha experiencia para vcs que estao na duvida sobre motos grandes vs altura, bom eu tenho 1.60de altura peso 56 kilos, e á um mes venho pilotando uma fazer 250, a moto é uma delicia macia e confortavel, porem parada ela pesa um pouquino, eu ja cai umas 6 vezes com ela parada, mas fui tentando e hj nao caio mais, uma dica bem basica para que isso nao aconteca é por no chao o pé que esta do lado da parte mais alta da onde se para a moto caso contrario é tombo na certa, mas devo ressaltar que ainda tenho um pouco de medo pois é minha primeira moto e nunk havia pilotado antes, um dia desses dei uma voltinha de rr 600, mais suei igual os jamaicanos na são silvestre, bom meninas nao desista td se faz com determinação, o medo é um aliado da perfeição por isso nem me incomodo com ele,bjusss e boraaa
    aceleeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeera.

    meiry: equipe nós capota mais nao breka.

    • Rivaneide disse:

      Cara Rosemeiry

      Valeu pela força!!! Há anos que quero aprender, mas ficava mais encucada pela questão da idade do que pelos acidentes que vejo no trabalho – a maioria associada a bebida ou alta velocidade, ou as duas… Meus parabéns e me valeu como incentivo!!! Abraço!!!

  43. Luma disse:

    Oi Luana , tudo bem ?
    Primeiro gostaria de parabenizar pelo blog, é muito bom . haha

    Eu sou apaixonada por motos grandes (R1, CEBÊr 1000 rr fireblade), mas sou baixinha ( tenho 1,59 m) e gostaria de saber qual moto desse estilo seria adequada pra mim !

    desde ja agradeço ! beijos

    • andrea disse:

      Olá Luma, se me permite responder, estas são motos de velocidade e são realmente para quem tem paixão por motos. Nesta linha, dependerá da sua experiência, paixão e gosto. A R1 é uma moto agressiva, porém linda. A CEBÊR 1000 é mais tranqüila, não tão agressiva quanto a R1. Não são motos altas, mas de muita força e imponência. Você terá que respeitá-las e sentir que vocês são únicas. Tenho uma Rórnet 600 para o dia a dia e recentemente adquiri uma CEBÊR 1000 p/ viagens com meu esposo que tem uma R1. Antes de mais nada, tenha em mente que um curso de pilotagem em alta cilindrada é essencial. Você aprendera como lidar com sua linda, pois requer disciplina e agilidade nas manobras, bem diferente das motos de baixa cilindrada. O tamanho não irá interferir, por serem baixas. Eu tenho 1,63 e me sinto muito mais a vontade nestas motos do que a fazer 250 que eu tinha. Beijos

    • Luana disse:

      Oi Luma, eu acredito que o mais indicado pra vc seria uma Srad 750cc, ou uma CEBÊr600, as motos de 1000cc são fortes de mais, vejo até alguns homens reclamando que a moto é muito violenta.
      Vc pretende comprar uma super esportiva como primeira moto?
      Se sim, eu não aconselho vc pegar logo de inicio uma 4 cilindros como eu falei antes, essas motos sao fortes de mais para iniciantes.
      Abraços.

  44. Dani disse:

    Olá meninas, tirei minha carteira vai fazer 1 ano, mas só agora estou prestes a comprar minha primeira moto, não tenho experiência nenhuma, e até andei pouco demais. Acho que era a emoção pois adoro moto e acabei tirando a carteira bem rapidinho 15 aulas só…
    Hoje só tenho um probleminha, tenho 1,50 de altura, e é muito difícil achar uma moto que eu goste e que consiga dar pé nela,,,
    Estive pensando na bis, na Led, factor e na Burgman. A factor é só pq tem um amigo q tá vendendo num preço bacana e tô pensando pra ve se vale a pena, mais nem sei se dou altura direito. As demais,se escolher uma pretendo comprar zero mesmo.
    Tenho um pouco de medo de não dar conta, tenho carteira de motorista mais também não dirijo, mas sou apeixonada por moto….
    Me deem algumas dicas galera…
    Obrigada

  45. Dani disse:

    Olá meninas,
    Meu nome é Dani, adoro moto. Embora já tenha carteira a 1 ano não piloto, mas no momento estou prestes a comprar a minha primeira moto.
    Mas só tenho 1,50 de altura e por isso tenho muita dificuldades em escolher a moto correta.
    Estou pensando na bis,led ou burgmen novas, mais tem um amigo que tá vendendo uma factor num preço legal (mas num sei se dou conta de andar nela.
    Gostaria de algumas dicas de vcs.

    Obrigada!

  46. Brunim disse:

    Olá Luana !
    primeiramente, parabéns pelo blog,

    bom, eu seria uma exceção do público-alvo do blog,
    ahsua
    mas axei muito interessante

    só que eu sou louco por motos, carros tmbm, tirei minha carteira assim q fiz 18, e já dirigia desde os 14. Entretanto, depois q eu tirei de carro não corresponderam as minhas espectativas, sei lá, não tem akele vento no rosto, não tenho liberdade, muito menos praticidade e facilidade no transito, além do q carro sai muito caro.
    Nunca sequer arranquei uma moto.
    pretendo tirar minha carteira em breve(muito breve mesmo)

    mas queria saber de quem tem se ajuda mesmo a ir e vir do trabalho/faculdade, quais as dificuldades encontradas e se aconteceu com alguem de superestimar, como o meu caso com o carro.

    e outra, eu tenho 1.83, minhas pernas são muito grandes, e é uma dificuldade até pra dirigir. Em função disso procurei por motos maiores, gosto muito da falcon, só q ouvir dizer que ela consome muito, também vi a lander, só que ouvi falar q ela estraga fácil, e as duas possuem manutenção cara. Será q se eu comprasse uma moto menor (mas 250cc), como a CEBÊR msm citada no blog, eu ficaria confortável na moto ? por favor, me ajudem, quero muito comprar uma moto!

    • Mônica Silva de Andrade disse:

      Oi eu também sou apaixonada por motos, só quem anda sabe o prazer de ser você e a estrada…Os principais obstáculos ( na minha opinião ) são cachorros qua aparecem do nada na sua frente, bem como crianças e pessoas que atravessam a rua e olham só para um lado ( isso acontece comigo, quase que direto… )cortassos de outros veículos..etc…Na estrada quando você for parar no acostamento, não entre muito rápido, pois vc pode cair ou seja pelo desnível ou pela ´´maledeta´´ areia, mais conhecido pelo famoso areião…cuidado, muito cuidado na estrada, com buracos e manchas de óleo, pois na moto, nós somos a carroceria.Ser sempre prudente.Te digo, é uma das melhores sensações da vida!!!Pela altura, te idigo uma moto alta, como por exemplo a linda mosquitinha da dengue Xis ÉrreE 300 da Bomba( eu quero 1 ).
      Espero ter ajudado!!

  47. Rosemary disse:

    quanto custa essa moto roxa Yamanha YBR factor DE 2010

  48. Amonitlhely disse:

    Oii Luana Parabéns pelo blog…
    Acabei de ganhar minha primeira moto, presente de 18 anos dos meus pais sou completamente apaixonada por motos comecei a pilotar na moto do meu namorado uma Fan 125, mais tenho muita dificuldade por causa da altura já que só tenho 1.50 mas msm assim resolvi comprar uma titan 150 ex 2011 que deve chegar amanhã to super ansiosa e ao msm tempo com medo de não conceguir pilotar…
    depois volto aqui pra contar se consegui ou não… =)

  49. Luana disse:

    Olá pessoal, li o post e achei muito legal.
    Eu quero saber mais um pouco sobre motos, estou pensando em comprar a minha primeira e a minha dúvida, é saber se irei conseguir “aguentar” segurar ela.
    Eu tenho 1,62 de altura, a maioria vai dizer que Biz, Burgman e Scoter é o mais adequado, mas eu queria saber se tem alguma outra moto que se encaixa no meu perfil.
    Bom, é isso.
    Obrigado.

  50. Mônica Silva de Andrade disse:

    Parabéns pelo post!!! adorei!! minha primeira moto foi uma biz 100cc KS,depois uma titan 150, e hoje tenho uma Tuíster 250cc.Mas sou completamente louca para ter uma Xis ÉrreE 300 e posteriormente uma custom como uma Harley,por exemplo( bem posteriormente, vou ter q ter muita grana para isso…hahahaha…)
    Comecei a sentir um pouco de vergonha enquanto pilotava a biz, me sentia muito mulherzinha, quanto outras pilotos paravam ao meu lado com motos maiores resolvi arriscar.Deu tudo muito certo, graças a Deus tenho 2 anos de habilitação, nunca caí, nunca me machuquei e sou feliz sentindo que posso passar dos 100km/h, coisa q a minha querida biz não dava!!
    Mas concordo com o ditado que diz: De hayabusa ou de biz, piloto feliz!!!
    O que importa é se vc se sente bem e seguro para pilotar sua moto.

  51. Ananda disse:

    Luana, parabéns pelo seu blog, realmente ajuda e muito. Bem, vou comprar uma Lead 110, me apaixonei. Todos estão contra lá em casa, mas eu sei que com o tempo e mostrando responsabilidade ao pilotar esse quadro vai mudar. Fiz uma cotação de dividindo em 42 vezes fica por mês 252,00, o dobro do valor na mota. Ai eu queria saber até onde vale a pena, se depois caso eu queira revender…é isso! Beijos

    • Luana disse:

      Vale a pena se vc pensar que irá usar o veiculo, e o juros é isso mesmo pra pagar menos vc teria que juntar uma entrada.
      E não tem jeito, quando for vender vai perder dinheiro, mas como eu falei anteriormente vc vai usar a moto e economizar com transporte publico e tempo, entao vale a pena.
      A minha é financiada tbm e nem penso no valor de revenda.

  52. Karyn Castro disse:

    Gostei muito dessa matéria, mas ainda tenho uma dúvida:

    Eu tenho 1,61m e entrei no consórcio de uma NXis Érre 150 BROS, confesso que estou com um pouco de medo por causa da altura e do peso dela, já pilotei a Tuíster, mas ela é mais baixa, conseqüentemente, achei mais leve.

    Não sei se a troco pela CG 150 TITAN.

    Gostaria de uma opinião.

  53. Meire disse:

    Olá Luana!

    Parabéns mesmo pelo blog. Realmente é muito legal e esclarecedor! Vi algumas pessoas na mesma situação que eu: tirando carta agora, com 37 anos e a maior dúvida se dá conta ou não do recado. Mas, posso dizer que me animei bastante e os posts aqui me deixaram bastante confiante. Valeu!

    Apesar de ter visto que vc não curte muito as motos tipo “Custom”, gostaria da sua opinião… sentei numa Mirage 150 da Kasinski e me apaixonei. Ainda não comprei, mas vc acha que uma dessas como primeira moto é ruim? Acho lindas as motos q você fala aqui, principalmente a Fazer, mas ainda não me vejo pilotando uma… talvez as custom tenham me conquistado antes?!rs… Mas acho sua opinião muito importante!

    um beijo e obrigada novamente!!

    • Luana disse:

      Oi Meire, que bom que gostou do blog.
      A questão do estilo da moto é muito pessoal, se vc se apaixonou pela mirage então já tem um problema resolvido, afinal escolher que moto comprar é uma das partes mais difíceis.
      Custom não é meu estilo mas pode ser o seu, e quanto a idade não se preocupe você ainda pode andar de moto por mais uns 30 anos tranquilamente.
      Bjs

  54. Rivaneide disse:

    Olá, Luana!!! Voltei!!! Ainda não entrei na auto-escola, mas é falta de tempo mesmooooooooooooo!!! Hehehehehehehehehehehehe!!! Mas minha dúvida agora é com relação ao capacete: quais critérios básicos devem ser considerados na escolha? E quais marcas vc recomenda? Teve o salão duas rodas aqui em Recife – fraquinho, diga-se de passagem – e teve um stand que me chamou a atenção, que foi o de acessórios… cada capacete magnífico!!!! Aguardo sua opinião e da galera!!!

    “SONHAR VOANDO É PILOTAR!!!”

  55. Darlene disse:

    Olá,
    Finalmente encontrei uma fonte decente!!! Cansei-me de pedir dicas a meu irmão e primos, inutilmente. ADOREI esse blog.

    Com esse post, já decidi que minha primeira moto será uma scooter. Mas estou super na dúvida entre Bomba Lead e Suzuki Burgman 125. Vejo mto as duas na rua, mas são tão parecidas…

    Excluí a possibilidade de ter uma Biz porque me disseram que é mto visada para roubo… Então estou suuuuper na dúvida, podem me ajudar? Sou baixinha (1,55m), quero uma moto realmente para iniciante. Tem de ser custo-benefício, caso eu desista que seja de venda fácil, com manutenção barata… E é melhor que seja mais velhinha, entre 2006 e 2008? Qual o melhor custo-benefício no meu caso?

    • Daniel Ribeiro disse:

      Darlene, no seu lugar, compraria uma Lead zero km. Vc vai se apaixonar pela moto. E caso resolva vender, as Bomba tem tradição de ser mais fáceis de vender.

      • Luana disse:

        Darlene, eu escolhi a lead. Nós temos posts aqui no blog tanto da lead quanto da burgman.
        A burgman só começou a ter injeção eletrônica esse ano, então comprar uma dessa mais antiga não seria bom negocio.
        A minha tem quase 9000 km e só tive que abastecer e trocar o oleo, então a manutenção é praticamente zero.

        • Darlene disse:

          Daniel e Luana, obrigada pela resposta!
          Encontrei e li todos os artigos daqui do site sobre a Lead. Mto bacana a busca de vcs, escolha e testes após a compra. Já me convenci quanto ao modelo e vou correr pro test drive no próximo sábado.

          Sou pequenina (1,55), levinha (55kg) e iniciante, então scooter vai ser ideal. Mas o Daniel recomendou comprar uma 0km e estou em dúvida. Vi anúncio de uma Lead 2009/2010 c/ 15 mil km rodados por R$ 4.400, poderia esperar uns 2 meses e pagar a vista. Ainda não pesquisei o suficiente para julgar preços, mas uma lead 0km não sairia por menos de 6 mil…

          Eu tenho nesse momento 3 mil, não sei se parcelar metade seria mto salgado com os juros… E a depreciação dessa moto? Tipo, tirou já fábrica já era..? E o medão de ser roubada…

          Li os artigos dicas de como comprar uma moto usada, super válido! Não sei se vcs já fizeram algo sobre preços das motos zero versus depreciação… Desculpa mais uma vez pela pergunta idiota rs.

          • Daniel Ribeiro disse:

            Se a moto estiver em bom estado, não tem problema nenhum. Eu sugeri a moto zero por uma questão de gosto. Eu gosto de zero km. Prefiro tirar da loja sem uso, com garantia e sem vícios. Mas o mercado de usadas está ai e também pode ser interessante. Basta pesquisar bastante e levar sempre alguém mais experiente para te ajudar a decidir.

            T+

  56. Marilia Mello disse:

    Poxa sou apaixonada pelas pop 100 Bomba , tenho uma por opção minha mesmo, mas queria que vc Luana comentace algo sobre elas (pop 100) estou entrando no mercado de compra e vendas de motos usadas ( so pop) . abraços e adorei seu blog.
    abraços

  57. Flávia disse:

    Oi Luana,estou tirando a minha habilitação e com duvida na compra da primeira moto.Gosto mito da Comet GT 250R,mas um amigo me aconselhou pegar uma moto com 100 a 150 cc já que não tenho nenhuma experiencia,pra ai sim…partir pra comet.ELE me sugeriu a lead,acho ela uma graça…mas fico balançada pela comet hahahaha.Ajude-me please :(

    • Luana disse:

      Oi Flavia, não vejo problema algum em vc começar com a comet, minha primeira moto foi uma 250cc, não acho que seja complicado andar em uma moto assim, é uma moto boa pra começar e se vc gosta dela como falou que gosta então deve comprar a comet.
      Se vc comprar uma Lead só vai ganhar experiencia no transito, mas quando for pra comet vai ter que praticar tudo novamente, o estilo de pilotagem é completamente diferente, a lead tem cambio automático então talvez vc se confunda um pouco pra trocar as marchas. Eu estou acostumada a andar com a Lead, quando pego uma moto com marcha acho um pouco diferente mas nada que me atrapalhe, mas eu já andava antes em “motos de verdade” andar com a Lead é como andar em um brinquedo, não requer pratica.
      Eu no seu lugar faria o que eu fiz anos atras, compraria uma 250cc.
      Abraços. :)

  58. Carla Paixão disse:

    Oi meninas e meninos… adorei os comentários… no inicio desse ano (2011) comprei minha primeira moto, uma Suzuki Intruder 125cc, 0km, comprei esse modelo porque alem de achar bonita é uma moto que não é muito visada para roubo. Estou adorando, uma moto bem leve. Bjs

  59. Valeria Santos disse:

    Oi pessoal!
    Nossa, como é bom encontrar algo de que estamos precisando. E eu estava precisando desse texto.
    Sempre gostei muito de motos, mas somente agora estou tendo a coragem de pilotar. Estou comprando a minha primeira ( sim..espero que a experiência seja duradoura). Fiquei apaixonada pelo modelo Mirage da Kasinski…sei que existem alguns “contra”, mas eu gosto muito do modelo custom e não estou tão interessada em agilidade, ao menos não agora no inicio. Optei por essa pois foi o modelo de baixa cilindrada tipo custom que achei no mercado. Alguém tem outra dica?

    Abraços a todos!

  60. Any disse:

    Oi pessoas, achei muito foda esse texto, acabei de tirar a minha habilitação, e confesso que o medo ainda é muito grande, principalmente na radial leste, definitivamente, eu MORRO de medo de andar lá, mas tudo bem, minha habilitação saiu, e minha primeira viagem vai ser em Fevereiro na Bahia, vou com um grupo de homens, sim eu sou a unica mulher, mas gostaria muito que a Lu me ajudasse a escolher a moto certa, tenho muitas duvidas, muitos medos ainda, mas eu AMO motos, amo viajar e sempre viajei de garupa, essa vai ser a minha primeira vez, e eu estou pensando sinceramente em comprar uma Xis ÉrreE300. Tenho 1,78 de altura,, lá pelos menos 65kg, acho que é a moto ideal para viajar, Luana o que voce acha? Mesmo não tento tanta experiencia a vontade é tão grande e a paixão que eu quero mesmo pegar uma moto boa, e que me não me de problemas na estrada.

    MENINAS me adicionem no msn para compartilharmos nossos medos e nossas duvidas ronita26@hotmail.com

    Beeeijo Luana, ótimo post, ótimas dicas.

    • Luana disse:

      Olá Any, a Xis ÉrreE300 vai te atender bem, eu gosto da moto mas não deixaria de dar uma olhada na Tenere 250 que é uma moto que tem chamado muito minha atenção ultimamente, ela tem a vantagem de ser menos procurada pelos ladrões e eu acho ela muito bonita.
      Eu só acho que vc deve pegar a moto o quanto antes já que quer viajar em fevereiro, é bom vc ir treinando.

      Abraços

  61. FABIANA disse:

    OLÁ! Adorei o post! Pretendo comprar uma moto para percorrer pequenas distâncias diárias (ir e vir do trabalho +/- 12km/dia) e pela edonomia. Ocorre que tenho filha pequena e quero saber: qual a indicação para minha necessidade: melhor uma tipo BIZ ou já uma YBR ou CG 125/150? Quanto à criança, a aprtir de que idade é permitindo levar crianças no carona?

    POR FAVOR, AGUARDO RETORNO.

    OBRIADA!!!

    • Daniel Ribeiro disse:

      A legislação diz que a criança deve ser maior de 7 anos, e deve ter condições de se cuidar, ou seja, deve ser capaz de se segurar na moto com segurança.

      Eu não sei o tamanho da sua filha, mas sei que a Biz é menor que a YBR e CG, então o que vai determinar a sua compra é o tamanho da sua filha.

      • FABIANA disse:

        MUITO OBRIGADA PELA INFORMAÇÃO! Hoje ela ainda tem 5 anos então preciso esperar um pouco.

        Quanto às questões de relação custo x benefício na locomoção, você recomendaria qual?

        Li por aí que as modelos BIZ (esqueci o termo agora!) são melhores para mulheres por terem o bauzinho no assento. Eu tenho 1,78m de altura e minha pequena tb será alta.rs… (tem 5 com tamanho e peso de 7). Sinto-me confortável em CG´s, por exemplo.

        O que vc(s) acha(m)?

        tks

        • Luana disse:

          O Fabiana, o fato de vc ser mulher não te obriga a ter uma moto como a biz, vc tem que escolher o que melhor te atenda, se vc quer espaço ao invés da biz pegue a LEAD que é bem mais espaçosa que a biz e ainda tem a vantagem do cambio automático e a super vantagem de não ser uma biz.
          Justamente por esse esteriótipo de moto de mulher que eu não gosto dela.
          Se vc se sente melhor em motos como a CG compre uma e resolva o problema do espaço com um baú.
          Como já sugeri para outras leitoras de uma olhada na factor da yamara ela da show em qualquer 150cc da Bomba.
          Abraços

  62. Suzane disse:

    Olá Luana e Daniel comecei a me interessar por motos pela praticidade e preço faz umas semanas, assim procurando na net achei o blog de vocês e já amei. Já li uns 50 posts em 1 semana e cada vez gosto ainda mais.

    Eu sou casada e gostaria de uma moto pra começar que não passe dos 7 mil a moto será para o casal, mas temos um problemão eu tenho apenas 1,50 de altura e meu esposo tem 1,80 então a moto será mais específica para o meu tamanho que para o dele.

    Gostaria de comprar uma moto em que eu consiga colocar o pé no chão com seguraça para ter um apoio legal e assim consiga carregar meu esposo, nós dois juntos temos uns 120 Kg (eu 57, ele 63). Mas, não quero começar com Cub, ou Scooter, até pq pra um casal andar não é tão legal assim. Também gostaria de uma moto que aguente viajar uns 400 Km (400 de ida e 400 de vinda) de distância sem problemas, para poder visitar minha família geralmente de 4 em 4 meses.

    Sei que tenho muitas dúvida, mas é que estou começando agora, final do ano tiro minha carteira, já tenho de carro, e compro a moto. Por enquanto estou juntando o dinnheiro de todos os equipamentos de segurança, tanto para mim quanto para o meu esposo.

    Obrigada. =)

    • Daniel Ribeiro disse:

      Suzane, uma moto de até 7 mil reais que seja boa para viajar 400 km não existe… A não ser que seja (bem) usada.
      Por esse valor você consegue comprar uma Sahara em bom estado, mas ela é muito alta para você.
      Com esse valor você compra uma Tuíster 2006 ou 2007, que serve para você, mas não é tão boa para viajar essa distância (principalmente em dois).
      Moto zero km, com 7 mil, você só compra 125 ou 150, que não são indicadas para viajar. A Suzuki GSR150i pode ser sua por 6.800 reais, e é bem completinha, é bem baixa, então vai te servir bem… Mas para viajar não serve.

      • Suzane disse:

        Obrigada pela resposta Daniel, mas eu vi em outros posts que vocês viajaram de Yes 125 pensei que desse para viajar com motos 125cc ou 150cc numa boa, até porque eu não quero andar correndo. Mas, porque não é possível andar com uma 150cc?

        Depois de seus depoimento da Yes eu fiquei com medo de comprar moto da marca Suzuki, até porque aqui em casa nenhum dos dois entendemos de moto pra dar jeito se quebrar, queria uma que fosse mais garantida. A moto será mais para andar na cidade mesmo, mas só de vez enquando iremos visitar nossa família com ela e é mais ou menos 400 Km de distância, pois moramos na Paraíba e nossa família em Alagoas.

        Obrigada mais uma vez por sua resposta e desculpe o incômodo. =)

        • Daniel Ribeiro disse:

          Suzane, fizemos uma viagem de 500 km de São Paulo/SP a Jaguaguá do Sul/SC. São 550 km de distância. A Luana se recusou a voltar de moto, voltou de ônibus, tamanho era o desconforto.
          O maior problema em viajar com moto pequena é que ela não tem potência para alcançar a velocidade ideal com segurança… Uma moto 125 atinge uns 110 km/h, mas o motor fica sempre “no último”, o que faz com que você não tenha nenhuma “sobra de motor” para acelerar mais caso queira fazer uma ultrapassagem. Em qualquer pequena subida, a velocidade cai muito (para 60 km/h ou menos), o que deixa a viagem perigosa.

          E além disso, como o motor vai ter que trabalhar sempre em alta rotação, a moto vai vibrar muito mais, o que é muito cansativo depois de alguns quilômetros.

          Para viajar assim, o mínimo do mínimo é 250cc, mas mesmo as 250cc as vezes faltam, então se você puder pegar uma moto maior, é melhor.

          Mas se o seu objetivo principal é apenas andar na cidade, vai de 150… É econômica, prática e vai te atender por muito tempo.
          Deixa para viajar de ônibus.

          • Suzane disse:

            Olá Daniel, muito obrigada novamente por suas respostas sempre em alto nível de detalhamentos.

            Estava lendo q essa nova Suzuki GSR150i é uma melhorada da Yes que você reclamou de vários pequenos defeitos q para mim seriam grandes defeitos, por não entender da mecânica de motos tão bem quanto vocês. Vc acha que vale a pena comprar essa moto?

            Quais outras de 150cc você aconselha que eu compre e que sirva para a minha altura (minhas penas tem apenas 75 centímetros)? Que dê menos trabalho e se gaste menos com manutenção e que seja econômica?

            Uma ultima dúvida, quais as marcas, em si, que dão menos trabalho e se gasta menos com manutenção? Obrigada. =)

          • Luana disse:

            Suzane, eu tenho uma amiga com a sua altura, e a unica moto que ela consegue colocar os pés no chão com firmeza é na minha scooter.
            Antes de comprar qualquer moto que seja, procure ir até alguma revenda de motos e suba em cima de uma, veja se serve para vc.
            Eu já vi pessoas bem baixas pilotando motos, mas isso com as pontas dos pés no chão, ou se equilibrando de uma pé para o outro, o que é um pouco arriscado.

            Abraços

  63. Karina disse:

    Olá, primeiramente adorei o blog, parabéns!
    Gostaria que me dessem uma luz, tenho uma Bros 150 ESD 2010, piloto efetivamente desde 2007, e há 3 meses caí de moto, praticamente parada e acabei quebrando o ombro, o qual me deixou sem poder pilotar por dois meses mais ou menos.
    Pensei em até vender a moto, mas a praticidade do dia-a-dia foi levado em conta e acabei não vendendo-a e voltei a pilotar novamente, mas agora com mais cuidado.
    Então, recentemente vi a Fazer roxa 2012, com painel digital e fiquei apaixonada, acabei indo a uma concessionária da Yamaha e montei numa, achei que a Fazer era menor que a Bros, mas me surpreendi, o banco da Fazer é mais largo, acabo que fico na ponta dos pés nas duas, queria pegar uma moto mais baixa.
    Tenho 1,67m, vcs acham viável, to querendo fechar a troca na quart-feira.

    Obrigada, abraços.
    Karina

    • Daniel Ribeiro disse:

      Acho que você consegue pilotar a Fazer sim, sem problema. Se você já pilota a Bros, a Fazer não vai ser um problema.

    • Luana disse:

      Karina, existe um ditado no nosso meio. “existem dois tipos de motociclistas os que caíram e os que ainda vão cair” não tem jeito, hora ou outra acaba acontecendo, eu tive um tombo com a moto parada tbm.
      Eu tinha uma Tuíster e subi na calçada em frente a casa de uma amiga, quando fui apoiar o pé no chão não tinha chão.. rsss Parei muito na beira da calçada e meu pé ficou na rua, ai a moto foi inclinando, inclinando e eu tentando segurar ela, até que deixei a moto cair em cima de mim, tudo por puro medo de estragar a Tuíster.. rss Fiquei toda roxa e com a perna queimada do escapamento, mas a moto ficou sem nenhum arranhão.
      Eu acho que se vc pilota a Bros pode pilotar uma fazer, eu tbm achava que ela era mais baixa, mas se vc pode troca logo, a nova fazer é show, vc vai gostar muito.
      Boa sorte :)

      • Karina disse:

        Valeu pela força Luana e Daniel, peguei a Fazer ontem, minha mão veio suando frio, rsss, mas to amando, tenho agora só que me adaptar nela, posição do corpo e outros detalhes.
        Bjs queridos.

  64. Suzane disse:

    Luana querida, mas uma scooter serve pra ser moto pra um casal?
    Porque somos eu e meu esposo e a moto será dos dois eu vou andar mais, mas todos os dias terei que levá-lo ao trabalho e no caminho tem uma bela ladeira que fico imaginando que ela não irá nos aguentar. O que você acha? Desculpa tantas perguntas, mas as dúvidas são tantas. hihihi

    • Luana disse:

      Oi Suzane, não precisa se desculpar, se tem duvidas pode perguntar.

      Suzane, pense comigo, se a moto é principalmente para vc em primeiro lugar ela tem que te atender, de que adianta vc planejar a compra de uma moto maior que uma scooter e não conseguir pilotar?
      Como eu falei antes, vc deveria procurar uma revenda de motos subir em alguns modelos e ver em qual vc consegue colocar os pés no chão com firmeza.
      A scooter aguenta vcs dois sim, eu tenho uma lead e sempre ando junto com o Daniel, o total de peso chega a 170kg, isso para uma scooter de 110 cilindradas, a questão é que uma scooter tem uso urbano, vc não terá como viajar com essa moto nem percorrer longas distancias, ela serve bem para o dia a dia.
      Eu continuo achando que primeiro vc deve ver qual moto se adapta a sua altura, depois tentar tirar a carta na auto escola, lembrando que lá eles dão aulas em motos 150 cilindradas, geralmente CG, então se vc conseguir tirar a carta consegue pilotar uma moto com a altura da moto da auto escola.
      A altura não interfere muito quando a pessoa tem uma boa habilidade, eu já vi pessoas baixas andando em motos altas, como te falei já vi gente se equilibrando de uma perna para outra.. rss Mas tem que ter coragem e não ter medo de cair.
      Outro dia eu e o Daniel vimos um rapaz bem baixo em uma YES, eu acho que ele não tinha mais que 1.60m de altura, ele demorou tanto tempo pra tirar a moto do estacionamento que eu quase fui manobrar a moto para ele, mas isso pq ele não conseguia colocar os pés no chão direito.. rss Mas ele saiu pilotando tranquilamente, a maior dificuldade foi em subir na moto e tirar ela da vaga.. rss
      Vá a uma loja dar uma olhada nas motos. :)
      Abraços.

  65. Aline disse:

    Bom diiia Luana, estava passeando a procura de algo assim rsrs, adorei seu blog suas dicas e tal.
    Vamos lá eu sou louca por uma 300, mas não tenho habilitação,(vou tirar nas férias da faculdade).
    E dei só umas voltinhas na ybr 125 do namorado, coloquei na cabeça que quero a 300 eu sou apaixonaaada por motos mas tô com medo do peso, tenho 1,63 de altura e em questão de roubos tbm aqui em São Paulo é complicado tenho medo mais por ser mulher… seguro é meega caro, pensei no alarme de presença o que você acha?
    Será que daria certo eu pegar uma dessas logo de cara?

  66. Diego Borges disse:

    Bom dia,
    Luana, Parabens pela materia.
    Muito util, tanto para mulheres, como para os homens. as diferenças e discriminações só atrapalham.
    Eu comecei no mundo das duas rodas, ha um mes, e com uma moto muito grande (Harley 1600). sinceramente, não recomendo esta pratica. É bem perigoso, pois não se conhece direito a moto, e um descuido pode causar um prejuizo grande.
    O ideal, na hora da escolha da moto, é ir provando. como dizem, é como roupa, varia de estilo, tamanho, praticidade… cada um tem que escolher o que melhor se adapta.

    Abraços

  67. Die Ross gonçalves disse:

    Eu amo o estilo custom, o problema que são motos bem pesadas e grande, já que tenho 1.60 isso poderia ser uma problema. As motos pequenas como intruder e kansas me deixam na dúvida, pois não queria uma moto 150 e sim uma 250. Também tenho duvida quanto a qualidades delas. Alguém tem uma sugestão?
    abraços,
    Die

  68. Lara disse:

    Olá, Luana e Daniel, parabéns pelo blog, era justamente algo assim que eu procurava, e tantas as outras pessoas como pude perceber; li todos os posts de uma só vez!
    Piloto há tres anos, tinha uma titan 150 e acabo de comprar uma bros, entretanto percebi que é mais alta que outras versões anteriores, que experimentei antes de comprar, tenho percebido a questão da altura na hora de subir e descer da moto, percebi que o melhor é subir e descer sem o pezinho, pois assim dá para enclinar mais a moto, estou sentindo falta do arranque da titan e…no manual aparece que a bros é 149 cilindradas, essa direfença q sinto no arranque se deve a isso? aliás, isso não é ilegal, pois desmente o 150 do adesivo?
    Outra coisa, em que compensa mais investir? no alarme ou numa trava que já vi nuns guidões por aí?
    Um grande abraço
    Deus abençoe

    • Daniel Ribeiro disse:

      Lara, a Bros e a Titan tem o mesmo motor… Ambos tem 149 cc. Os fabricantes arredondam o número para nomear o modelo… Mas não se preocupe, esse 1 cm³ não faz diferença.

      A CEBÊ300R, por exemplo, tem 291cc… 9 a menos do que o anunciado. A Tuíster tem 249, e por ai vai.

      A Hayabusa, que tem por nome GSX1300R, tem 1352cc… 52 a mais.

      Quanto a sua dúvida: Depende de onde você estaciona sua moto. O ideal é sempre deixa-la em um local seguro, e nunca na rua. O alarme tem a vantagem de funcionar com a moto em movimento, enquanto a trava funciona melhor que o alarme com a moto parada. O ideal é ter os dois.

      T+

  69. Patricia disse:

    Eu prefiro as maiores… Queria uma CEBÊR Fire Blade, mas é só pra ir pra faculdade e trabalho. Meu pai acha MUITO chamativa e desnecessária, ele quer que eu fique com uma Scooter ¬_¬
    Seria a minha primeira moto, ainda nao tenho certeza. Mas ainda assim eu prefiro as maiores u_u

  70. silvana disse:

    ola luana
    primeiramente amei seu blog.
    ganhei uma Bomba biz 125 no dia das maes deste ano,para ir trabalhar,nunca tinha pilotado antes ,amei e muito bom pilotar uma moto, a sensaçao de liberdade e incrivel,mas eu quero mais, eu quero vender a minha biz para comprar uma CEBÊ 300 ou a Fazer 250,mais estou com um pouco de receio por serem muito altas e pesadas, sera que consigo pilotar elas. OBS:eu ainda nao tenho carteira de habilitaçao,mais vou providenciar o mais rapido possivel.Tenho 1.70alt. e 58 kg.

    obrigada ,

    bjs

    • Luana disse:

      Boa noite Silvana,

      Antes de mais nada você não deveria pilotar sem habilitação, além da multa ser salgada não é um bom exemplo para os seus filhos né??? rsss..
      Vc da conta tranquilo de uma moto de 250 ou 300cc, só te falta a habilitação. Abraços.

  71. Clarice disse:

    Olá Luana, amei seu blog. Depois de uns tombos parada, resolvi pesquisar sobre motos (mais precisamente altura x altura moto), pois tinha uma Biz c100 e andava muito bem com ela, vendi e agora tenho uma CG titan ks e já caí 2 vezes. Ou a moto é muito alta pra minha altura 1,58 ou eu não peguei o jeito, eu particularmente acho ela muito pesada pra levantar kkkk. Uma coisa é certa, só anda de moto quem não tem medo de cair, o negócio é levantar, sacudir a poeira e montar nela novamente.
    Abraços à vocês.

  72. Bruna disse:

    Oi Luanaaaa***
    Parabéns pelo BLOG muito show sempre dou uma passadinha aqui para ver os posts :)
    Bom vamos lá, agora é minha vez de falar ak rs*
    Dirijo uma BIZ a 4 anos, comprei sem nem saber andar, logo depois tirei a minha habilitação e dirijo sempre ela já a 4 anos como disse. Semana passada levei o meu 1º TOMBO de moto (até que demorou neh?rs)Só que um dia antes do tombo entrei em um consórcio de uma Brós e já dei um bom lance entaum é bem provavél que semana que vem eu já esteje com ela, estou muito feliz pois não aguentava mais dirijir Biz, porém agora me bateu um certo medo, pois nem sei mais andar em motos normais rs sem ser Biz, e “comprei” ela sem nunca ter andado na mesma, será que vou me adaptar bem??? Tenho 1,67 de altura e 60Kg.
    Andei vendo os seguros tb pois sou da Baixada Santista e aqui tem muito roubo de motos, e o mais barato que achei custou R$1.900 achei mega caro mais naum dá para ficar sem, o que vc acha???
    Haaa e estou com muita dúvida na cor que pegar entre a vermelha ou a preta ambas achu linda mais ainda tenho duvidas =/
    Bom espero que me ajude Luuu. Bjãoooooo

    • Luana disse:

      Olá Bruna, tudo bem? Desculpe a demora na resposta.

      Quando vc falou que levou o primeiro tombo em 4 anos eu logo pensei, “um dia minha hora também vai chegar.. rss” Todo mundo acaba caindo hora ou outra, o que temos que cuidar é para que o tombo não seja serio, eu tento andar sempre com um bom capacete e jaqueta com proteção, a meu ver essa é a melhor maneira de evitar que algo grave aconteça, pq evitar os tombos nem sempre depende somente da gente.

      Acredito que vc consiga pilotar a nova moto sem problemas, vai levar umas voltas para se adaptar, logo que pegar a moto de umas voltas no seu bairro, para que vc possa pegar o jeito com as marchas, a pilotagem é completamente diferente, mas vc já tem experiencia em nadar de moto, trocar as marchas será só um detalhe.

      Quanto a cor eu não faço ideia, é tenho um serio problema em escolher cor de moto, nunca sei qual eu quero.

      E o seguro está caro sim, tente cotar em mais de uma seguradora pra ver se melhora o valor, esse é mais ou menos o preço que estamos pagando na nossa V-strom, as motos de baixa cilindrada costuma ter um custo de seguro alto devido ao alto índice de roubo, eu estaria no mesmo dilema que vc quanto ao seguro, seria bom ter, mas que é caro é.

      Abraços

  73. Lane disse:

    Muito massa esse blog.

    Eu tenho uma 300r e apesar de ter saído de linha gostaria muito de ter uma falcon. Abraços.

  74. Ingrid Beck disse:

    Oi…. muito legal esse blog….
    Moro em área rural de difícil acesso, distante 70 km por terra da cidade mais próxima, e como eventualmente preciso me deslocar em razão do meu trabalho, entrei há 8 meses no consórcio de uma xtz 125.
    Acontece que depois de ler esses posts todos, já fico me imaginando numa offroad com cilindrada maior (tipo 250)…rsrrss.
    Estou me programando para tirar carta de moto, e por isso pergunto: será que uma novata terá problemas com cilindradas maiores (ou até mesmo com uma 125), mesmo porque a estrada de terra é muito ruim e constantemente está enlameada porque ali chove muito?
    Tenho 1,64 e, no momento, peso 70k, será que a xtz 125 é a ideal para mim?

    Obrigada, e parabéns!

  75. Lane disse:

    Olá Ingrid!

    Na minha opinião é uma boa moto pra terra batida, quanto a lama… rs com o tempo vc pega o jeito de andar nela tbém.. Tua altura está boa pra essa moto. Boa sorte!

    • Ingrid Beck disse:

      Oi, Lane, obrigada! Realmente, sei que vou encontrar algumas dificuldades, mesmo porque meus colegas (professores) que fazem o mesmo trajeto uma vez por semana, volta e meia contam cada aventura….rs.
      De qualquer forma, assim que voltar à “civilização” – férias – pretendo fazer um curso de pilotagem off-road. Você ou alguém sabe de algum em Ribeirão Preto ou região?
      Gostei da matéria sobre o curso off-line com a bmw….rssrs…espero que eu não precise andar sempre em pé sobre a moto, e muito menos com os pés sobre o banco…
      Novamente, muito obrigada…

      • Ingrid Beck disse:

        (off-line, não, rsrrss, eu quis dizer “off-road”. Off-line eu conheço muito bem…rs)
        Obrigada.

        • Luana disse:

          Olá Ingrid,

          A xtz é legal para vc que está começando, mas vc já deu uma olhada na tenere 250cc? Eu gosto muito dessa moto, e a tempos venho olhando com muito interesse para essa moto.. rss

          Acho que até 250cc é tranquilo para iniciantes e com sua altura não terá problemas na pilotagem.

          Abraços.

          • Ingrid Beck disse:

            Oi, Luana, obrigada pela resposta… E ao Rafão também, pela perspicácia; realmente, pelo que ele disse, as 125cc são menos seguras… Agora, quando vou à cidade, sempre passo na concessionária para namorar as 250cc rs

          • Daniel Ribeiro disse:

            Perspicácia? É porque você não viu a resposta mal educada que ele deixou. Eu filtrei. O cara é um grosso.

            O que ele fala não tem nada a ver. Motos pequenas são seguras sim. Basta entender suas limitações e não querer exigir mais do que ela pode oferecer. Scooters são excelentes motos urbanas, e esse negócio de que 250 é mais respeitada por carros é pura conversa. Quem não conhece motos só consegue distinguir uma moto cara de uma moto barata pelo tamanho da mesma… E convenhamos… Uma 250 não é tão maior assim do que uma 150 atual.

            Para o seu caso, uma XTZ 125 atende bem. Você também pode olhar a Bros 150 da Bomba. Ambas motos aceitam bem o fora-de-estrada, desde que você não precise subir barrancos muito íngremes. Neste caso, o motor vai fazer falta e uma 250 iria bem melhor.

            Até mais!

  76. Lara disse:

    Olá!
    Simplesmente amei o post!
    Fiquei super contente em encontrar algo tão explicativo assim, e me motivou bastante a querer comprar uma moto.
    Sempre achei moto mais perigosa, e achava que só dirigiria carro, mas depois de ler as declarações e dicas fiquei super animada.
    O meu maior problema são os meus míseros 1,52m e 45 kg de peso pena, rs.
    Acabei de pegar a carta, e já estou aqui sonhando.
    Aprendi a dirigir em uma CG, na pontinha os pés. O professor até colocava o banco mais baixo para eu me sentir mais confortável na hora de dirigir, mas na verdade, confortável foi dirigir com o banco normal: a estabilidade e segurança são maiores (além de ser uma “dilícia”!!!), apesar da pontinha dos pés.
    Um dia desses vi a Factor roxa na rua e simplesmente me apaixonei! Ela é muito parecida com a Fazer que eu acho linda!
    Minha questão, é se a Factor é mais alta que a CG, ou se a diferença é mínima?
    Meu namorado é apaixonado pela CEBÊ 400 e por moto custom, me indicou a Mirage 250 por ser mais baixa, mas penso que ela seja mais pesada.

    Agradeço imensamente pelas dicas postadas.
    Super Obrigada!

    • Luana disse:

      Olá Lara,

      Olha que maravilha, agora temos um relato de uma mulher de 1.52m que tirou habilitação, muito legal isso, eu já vi homens bem baixos pilotando motos altas, vi um que tinha que parar ao lado do meio fio pra conseguir descer da moto, sempre é possível mas o fato de não conseguir colocar o pé inteiro no chão como apoio as vezes tira a segurança da mulher na pilotagem, que legal que vc conseguiu, vai servir de exemplo para muitas leitoras que questionam se é possível pilotar uma moto com 1.52m de altura.

      Eu acho a factor lindíssima, eu no seu lugar compraria ela ao invés da mirage, mas é mais uma questão de gosto particular, eu não gosto de custom.. rsss Mas seria interessante vc dar uma volta na mirage pra ver se gosta, e quanto a altura acredito que não tenha diferença entre factor e CG.

      Abraços :)

  77. Rafão disse:

    Acho lindo e sexy quando vejo uma cocota de moto, hehe

    Porém, esse lance de começar pelas pequenas a meu ver é uma furada.

    As 125 tem o banco mais alto, além disso são as mais usadas pelos “cachorros loucos” por isso os carros respeitam pouco…

    Além de não ter o respeito dos carros você também não tem o respeito dos cachorros loucos, ai que começa a ficar pior, vai ser empurrada pelos motoboys se for andar no corredor, em vias cheias de buracos com carros e caminhões te fechando a todo momento em uma moto que não tem torque já viu né…

    O ideal pra começar é uma 250, é uma moto que poucos motoboys usam, por isso são mais respeitadas, são motos que possuem torque, na maioria dos casos freio a disco (o que é importantíssimo) moto com freio a tambor nas duas rodas é roleta russa!

    Imagine vc no fuzuê que é o transito com uma biz que não tem torque algum, andando numa rua cheia de buracos com a (ótima suspensão que a biz tem) e ainda por cima sem freio, eu não arriscaria nem que me pagassem pra isso.

    Compre uma fazer (menos visada que as tws ou CEBÊ300) porque vc mulher em uma Bomba com certeza será presa facil facil pros ladroes, ou então vá de kasinski Comet GT Naked, a comet é uma ótima moto, completissima, freio a disco nas 2 rodas, painel digital, 2 cilindros em v e 8 valvulas, lanternas em led que faz toda a diferença pra ser visto, o banco é baixo anda muito e tem muita presença, vc é visto de longe.

    Esse lance que biz scooter e outras motos de 100cc são moto pra mulher é besteira, essas motos são pra ir até a padaria ou passear na praia, com uma rodinha daquela qualquer buraco é chão (se vc pegar uma tampa de bueiro aberta cabe a roda inteira lá dentro,quem anda de moto sabe que não é dificil ver buracos do tamanho de tampas de bueiro ou até mesmo tampas de bueiro abertas), além de que é muito mais dificil de pilotar essas motinhos do que as motos maiores, essas 100cc não tem estabilidade, são levissimas (qualquer ventinho vc perde toda a estabilidade) a posição de pilotagem é inadequada, vc vai sentado, o centro gravitacional fica totalmente fora do adequado, o guidão pula muito pq a suspenção é ruim enfim compre uma moto de 250 pra cima e não arrisque sua vida.

    De moto qualquer tombinho besta faz um estrago enorme, sem falar que numa queda vc pode ser atropelado.

    Comprem motos grandes que os homens adoram mulheres com motos grandes, se estiverem solteiras, vai chover pretendente, eu garanto.

    • Luana disse:

      Cocota? o que é isso? algum tipo de alimento, animal ou o que?

      Eu acho perfeitamente viável que uma mulher tenha uma 250cc para começar, eu comecei com uma Tuíster e foi uma ótima escolha para mim LUANA, agora algumas mulheres não tem a segurança necessária para andar em uma moto de 250 cilindradas, temos que respeitar as limitações de cada pessoa.

      Hoje eu ando de scooter, e constantemente pego corredor na marginal tiete e pinheiros, eu ando a 80km por hora no corredor, e se alguém quer andar mais rápido que isso está errado, e o problema não é comigo e sim com quem está acelerando mais que o necessário e mais que o permitido, 80km/h para o corredor é muito, qualquer coisa pode acontecer no corredor e qualquer toque em outro veiculo pode te levar para o chão e facilmente o motociclista pode ser atropelado por outro veiculo, então andar a mais de 80km/h no corredor é imprudente.

      A grande maioria prefere começar por uma 125cc, isso não está errado, pq geralmente essas mulheres adquirem confiança e logo sobem de cilindrada, não é questão de ser moto pra mulher ou não, mas sim escolher uma moto que melhor atenda as necessidades de cada pessoa, e se alguem quiser escolher uma moto para “chover pretendentes” com certeza está fazendo isso errado, invista em um par de silicone que irá atender melhor ao proposito de conseguir homem.

      Abraços.

      • Denise disse:

        Oi Luana, tudo bem?
        Trabalho em uma produtora de video e estamos precisando de mulheres “pilotas”. Você se habilita ou conhece alguém para indicar? Pf me responda por e-mail. Tks

  78. Grazy disse:

    Eu tenho uma Burgman preta, ganhei de presente da minha mãe no meu aniversário de 15 anos, sempre gostei de motos grandonas na frente e que chamasse á atenção, então á escolhi,mas vejo que ela está um pouco passada pra meu estilo de moto (grandes, estou em dúvida dá nova Xis ÉrreE 300, acho ela um pouco alta pra mim, mas á vontade e o desejo em tê-la
    na minha garagem e chamar de minha supera….me dá uma ajudinha o que vcs acham ? (não sei á minha altura) kkk

  79. Sammira disse:

    Olá meninas e meninos! Estou precisando muiito da ajuda de vcs! Quando tirei carteira, fiquei 1 ano pilotando uma JOG. Depois com muito custo e medo da altura consegui uma YBR. No começo foi difícil, cheguei até a pensar em vender e comprar uma Biz, mas fui me esforçando e já fazem 3 anos que piloto ela. Já levei no máximo uns 3 tombos. rsrs
    Agora estou pensando em comprar a Fazer, mas estou com muito medo de não dar conta, pois tenho 1.53 de altura e peso 44kg. Ontem fui na concessionária experimentar e foi complicado pois consegui enconstar apenas a ponta do dedo no chão! E se eu encosto um pé o outro fica pendurado. Já pesquisei e ela é apenas 20cm mais alta que a minha YBR. Ao mesmo tempo que estou confiante que posso conseguir, tenho medo de comprar, não dar conta e arrepender, afinal a Fazer é uma moto cara né! Meu namorado quer que eu pegue a Factor, mas não gosto dela, meu sonho é ter a Fazer, e se for pra pegar uma Factor prefiro nem trocar de moto!

    Você acham que é possível, na minha estatura e peso pilotar a Fazer?
    Me ajuda gente? Estou muito insegura…

  80. Sammira disse:

    Gente, não resisti! Comprei minha Yamaha Fazer 250! Mais linda que ela não existe! Peguei a roxa, perfeita! Agora pilotar essa moto é outro assunto, pois achei muito pesada e eu só tenho 1,53 de altura. Mas EU VOU CONSEGUIR! Se Deus quiser! To muito feliz!

  81. Luana disse:

    Samira, a fazer tem 805mm (milimetros) e a factor tem 780mm, isso dá apenas 2cm de diferença de uma para a outra, 2.5cm para ser mais exata, talvez vc esteja com a impressão de que ela é muito mais alta por causa da largura do banco, mas a diferença é minima.
    Tem uma leitora do blog que tem a sua altura e pilota uma CEBÊ300, é possível, então aproveite a moto. Parabéns pela compra :)
    Bjs

  82. ro disse:

    Oi, eu quero comprar uma moto pra trabalho, cidade e campo. Mas tem um detalhe que esta sendo preocupante é a minha altura, tenho 1,55 de altura e encontrei dificuldade com a Bomba. Devido a isso estou propensa a Kansas, mas me falaram muito bem da Suzuky Yes. Me falaram que posso regular a suspensão e com isso ter um pouco mais de apoio. O que faço?

    Um abração e parabéns pelo blog, nota 10.

  83. Maria Aparecida Sales disse:

    Bom dia! Pretendo tbm comprar minha primeira moto, e estou de olho na Lead 110. mas tenho a imprensão que ela não tem segurança nenhuma, pois parece que vou cair dela muito facil. Me ajude por favor. Obrigada

    • Daniel Ribeiro disse:

      Estranho… porque você tem a impressão de que vai cair?

      • Maria Aparecida Sales disse:

        Hei Daniel, desde já obrigada pela atênção! Parece que por não ter pedal não terei firmeza, e em curvas será fácil eu cair, essa é minha impressão sobre a Led. Já a neo não tem pedal mas tem apoio para os pés. O que vc me diz? Neste caso qual é a melhor ou que me dê firmeza? Brigadão

        • Luana disse:

          Maria, é impressão sua, a moto dá estabilidade como qualquer outra, e depois que você acostumar com esse tipo de moto dificilmente vai querer outro modelo.
          Questão de costume, só isso.
          Bjs

          • Maria Aparecida Sales disse:

            Hei Luana, boa tarde! Mas entre a Led e a Neo da yamaha, qual vc prefere? Como nunca tive moto então estou muito insegura, a Neo tem lugar para apoiar os pé, que parece dar mais firmeza. Ahahah, sei que vc me entende, a primeira escolha acho que é assim com todo mundo, depois ficão fera como vcs. Valeu, brigadão.

          • Luana disse:

            Maria, eu escolhi a Lead, pelo consumo, por ser Bomba, pelo espaço em baixo do banco, valor de revenda entre outras coisas.
            Eu prefiro a Lead.
            Abraços.

    • Darlene disse:

      Há um mês comprei uma Bomba Lead 110. Comprei uma semi-nova, com cuidado, pq não sabia se ia me adaptar à rotina de motociclista e caso eu desistisse logo não seria tanto prejuízo… mas estou AMANDO a minha Lead. A moto é leve, suuuuper prática e fácil de pilotar. É super fofa!

      Minha filha, se vc não tiver equilíbrio, não é a moto que te derruba. Até de bicicleta vc vai cair! Rs. A Lead é minha primeira moto, estou vencendo o medo do trânsito com prudência redobrada e a moto está superando minhas expectativas. Boa sorte e boa compra!

      • Maria Aparecida Sales disse:

        Hei Darlene, que bom ouvir isto! Desde já te desejo muitas felicidades em sua nova conquista. Tomara que seje impressão mesmo. Breve terei a minha, graças a vcs que estão me ajudando. Valeu,brigadão.

  84. Vanessa disse:

    Oi Luana, adorei essa e outras matérias q li aqui no blog.
    Sabe, sempre gostei de motos e meu namorado tinha uma Ninja 250r onde eu aprendi a postura correta do garupa. Só que o tempo foi passando, ele recentemente trocou a ninjinha por uma Ninja 650r (liiiiiiiiiiiiiiiinda) eu ainda amo andar de moto com ele e fazer as nossas viagens mas bateu aquela vontade de pilotar, sabe?? Pretendo dar entrada na carta de moto em fevereiro mas tenho mto receio por causa do meu tamanho, sou baixinha, 1,54m apenas e isso me deixa mto frustrada pq eu fico com medo e nao conseguir pilotar a moto. Pq a minha vontade era de ter uma Ninja 250 mais pra frente e eu testei na moto do meu namorado (claro), fico só na pontinha do pé.
    Alguma dica?
    Um bjao pra vc!

    • Luana disse:

      Vanesa, tem alguns relatos de leitoras aqui no blog com a sua altura que conseguem pilotar normalmente, é uma questão de pratica e coragem, se você realmente quer você consegue.
      Quando você for tirar sua habilitação será com uma moto de 150cc que é praticamente a mesma altura da ninja 250cc, então se você conseguir pilotar a moto da auto escola consegue também pilotar a ninja.
      Abraços.

      • Bruna disse:

        Opa!

        Ja me animou, hein!

        Bom… fazendo pesquisas achei esse site de vcs. Li algumas matérias (principalmente as suas) e gostei bastante.

        Vamos lá… estou tirando minha CNH AB, todo mundo reclama q tenho q comprar carro, q moto é perigosa e talz, mas gosto mesmo da bendita. E de boa? Muito mais estilo e simplesmente lindíssimo ver mulher em moto, né.

        Enfim, nunca havia pilotado (sempre gostei, mas nunca havia tido a oportunidade) estou aprendendo agora. A dúvida é em relação ao modelo q vou iniciar.

        Gosto de moto com cara de moto!!! hehe

        Estava pesquisando uns modelos de 300cc (ambas Bomba), mas vi q a ninjinha é qse o mesmo preço e linda demais!

        Só tenho receio de ter muita dificuldade.

        E aí, Luana, o q vc me diz?

        Observe que tenho 1,76m, então altura não é o problema. rs

        Abraços!

        • Luana disse:

          Bruna,

          Não vai se arrepender de comprar a Ninja, é uma moto muito legal, com certeza você vai chamar muita atenção em uma moto como essa, muitas pessoas vão te perguntar quantas cilindradas tem a moto, e quando você falar 250cc vão fazer cara de susto.. rss Essa moto aparenta ter mais de 250 cilindradas.
          Só recomendo que que coloque um slider, como ela é carenada qualquer tombo pode representar um prejuízo grande, o slider costuma proteger bem a carenagem.
          Tenho um amigo que está comprando uma preta com amarelo, simplesmente linda.
          Boa sorte, e volte pra contar como é a moto.

          Bjs

  85. camila disse:

    nossa, fiquei muito feliz em saber q tem muitas mulheres pilotando.
    pois sou habilitada já há algum tempo e nunca tive coragem de comprar uma moto
    pois bem comprei a tão moto. logo q entrei na Bomba fiquei perdidamente apaixonada pela CEBÊ300r, o vendedor até me mostrou as outras mais ñ teve jeito era aquela q eu queria comprei.
    deixei a moto para emplacar e fui toda feliz pra casa contei pros meus amigos e foi como levar um banho de agua gelada ,me falaram q eu estava ficando doida q a moto é muito pezada pra mim e q eu ñ iria conseguir e q eu ia morrer!! nossa fiquei muito triste…mais comecei a ler algumas coisas e vi q é puro preconceito e machismo q na verdade eles estavam é com inveja…rsrs
    foi muito boa as dicas obrigada mesmo!!! beijão

    • Kallisto disse:

      Parabéns Camila!!
      Eu tb recebo um monte de balde d’água fria, mas é super normal, kkkkk… se é nosso sonho, não adianta, quando ficarmos velhas vamos nos arrepender de tudo aquilo que não fizemos, kkkk
      Boa sorte com a motoca!

      A Luana podia criar aqui um post pra mulherada ir postando suas experiencias, hihihihi

  86. jaqueline disse:

    Oiii, Sou habilitada a 2 anos…minha primeira moto foi uma neo 115cc na qual viajei muito…até barraca de camping amarrada peguei a Dutra…fui acampar em Mauá…Cabo frio etc…sem problemas…tem pardal hoje em dia de 60km toda hora nas estradas…hoje em dia to com uma factor ed vermelha…mas to querendo voltar pra minha automática….kkk tenho 162 cm tava querendo uma escuter tipo a citycom da dafra de 300cc alguém baixinha já subiu nela? Pq ninguém fala das motos da Dafra? Abraços

    • Luana disse:

      Oi Jaqueline, hoje eu fui ver a Dafra Citycom e fiquei um pouco decepcionada com o espaço em baixo do banco, ela tem menos espaço que minha Lead 110cc, mas de modo geral achei a moto bem legal.
      Acredito que sua altura não será problema para pilotar essa moto, afinal você já pilota uma moto mais alta atualmente.
      Nós nunca comentamos sobre a Dafra porque não simpatizamos muito com a marca, logo que a Dafra foi lançada no mercado nacional, houveram muitas reclamações com relação a marca, mas comecei a olhar com outros olhos depois que a citycom foi lançada, estou até cogitando a possibilidade de comprar uma.
      Assim como você eu gosto do cambio automático, e acho que a Cyticom pode ser uma boa alternativa para quem precisa de um pouco mais de velocidade para pegar as marginais e rodovias aqui de São Paulo.
      Vá até uma concessionária olhar uma de perto, a branca é a mais linda de todas. :)
      Bjs

  87. Thais disse:

    Luana, estou querendo comprar uma moto, mas não fui privilegiada na altura tenho 1,55 e já testei todas as motos, as únicas que consigo apoiar os pés no chão são as scooters e as customs, mas as customs são muito pesadas para iniciantes e as scooters geralmente tem as rodas pequenas e dizem que é muito perigoso, o que vc me aconselha?

    • Luana disse:

      Thais, tem leitoras aqui do blog com a sua altura que conseguem pilotar até CEBÊ300, mas se é como você diz que não consegue apoiar o pé no chão, então não conseguirá tirar habilitação, pois as provas são feitas em motos de 150cc.
      Quanto a scoter eu não acho que seja perigoso por causa do tamanho das rodas, tudo depende do uso que você vai dar para a moto, se for uma scoter de até 125cc é ideal para andar na cidade, mas se você quiser algo mais potente e com rodas maiores tem a Drafa Citycom que tem 300cc e ainda assim é baixa.
      Mas primeiro tira a carta, depois disso você escolhe a moto. :)
      Bjs

  88. aline disse:

    oi tudo bem adorei suas dicas amiga , estou para comprar minha primeira moto enfim me considero diferente da maioria das mulheres não me vejo dirigindo um carro fechada.
    Desde pequena sempre gostei de moto e agora estou para comprar porém não gosto de biz .mas as minhas condiçoes não me deixam escolher uma moto cara . Eu vi uma moto no transito e achei tão linda pesquisei e está no meu orçamento kkk de todas as baratinhas foi a que mais gostei é suzuki intruder 125 meu sonho e ter uma moto custom a intruder foi aq mais se aproximou . preciso de uma opinião sobre essa moto . se você tiver mais dicas eu agradeço obrigada abraços.

    • Luana disse:

      Oi Aline, desculpe a demora em responder.
      Não vou poder te ajudar nessa, eu não curto muito o estilo custom, e particularmente não gosto da intruder, um dos fatos é que ela ainda não tem injeção eletrônica.
      Mas se você gosta é o que importa, vai fundo no seu sonho.
      Bjs

  89. Camila Lasch disse:

    Olá!

    Bem, já acompanho o blog tem um tempinho e resolvi deixar o meu depoimento. Tenho 30 anos e tirei habilitação há um ano. Como primeira moto escolhi a Suzuki Intruder 125cc, por ser leve e baixa – eu tenho 1,60 de altura. Com ela aprendi a andar no trânsito do ABC e ganhei um pouco de confiança, já que sou um pouco medrosa. A motoca é ótima para andar na cidade e sei que existem grupos “intrudeiros” que viajam pelo Brasil com ela. Eu não teria tanta segurança para realizar tal feito, por isso estou migrando para a Ténérézinha (por ter mais cilindrada e aparentemente mais conforto). Sei que a moto é completamente diferente da Intruder e tb é bem alta – fico apenas com um pé no chão (e apenas os dedos), mas acredito que seja uma moto confortável tanto para a cidade quanto para viagens. Gosto muito de descer para o litoral, pouca coisa – Santos mesmo ou um pouco mais longe, Maresias. Até então só fui com cg titan e a bunda costuma doer bastante! E a coluna também.
    Andei pesquisando na internet sobre mulheres que curtem motos trail, mulheres baixinhas que pilotam motos altas e não tenho encontrado muitas! Apesar de estar adquirindo a Ténérézinha, sou muito tranquila para pilotar, não gosto de alta velocidade e de adrenalina. Costumo andar como “tiazona” no trânsito, pois acho que assim me preservo. A Ténéré me assusta um pouco pelas carenagens, que fazem com que ela pareça ser muito maior do que é. Mas vou encarar o desafio. Depois volto para dizer como está sendo a adaptação e minhas impressões gerais sobre a moto.
    Se alguém mais for comprar dessa moto e quiser me add, entre em contato para trocarmos experiências e dicas (laschewitz@hotmail.com).

    Abraços,
    Camila

    • Luana disse:

      Boa sorte Camila, o seu relato será muito bem vindo.
      Bjs

      • Camila Lasch disse:

        Olá! Bom, como havia dito anteriormente, voltei para dizer minhas primeiras impressões sobre a Tenerezinha. Apesar de ainda estar me acostumando à nova moto, já percebi o quanto ela é legal para andar no trânsito. Peguei uns trechos da Anchieta e, nossa, quanta diferença da Intruder! A moto é bem altinha pra mim, que tenho 1,60, mas apesar disso, não é difícil de pilotá-la, fico apenas com metade de um pé no chão. Legal que por ela ser larga, dá uma sensação ótima de segurança. Comparando com a Intruder, a Ténéré tem muita força, mantém uma velocidade boa sem sofrer. Meu maior medo era pelo fato dela ser alta e larga. Mas que nada, é fácil de se adaptar e não pode ter muito medo (só um pouco, rs). Tô adorando a moto e recomendo!

        Abs.,
        Camila

  90. ro disse:

    Pesquisando na web sobre motos custom, gostaria de uma opinião sobre a kasinski mirage 150.

  91. Elizabeth Marques da Costa disse:

    Olá, Luana. Antes de mais nada, parabéns pela sua idéia. A mulherada precisa se convencer de que pode, sim, mandar ver nas “totocas”. Veja a minha história: depois de dirigir carro por 27 anos, resolvi realizar um velho sonho, brecado pelo meu pai e pelo meu proprio medo (eu trabalho em resgate, vi muita gente morrer em acidente de moto). Tomei coragem, tirei carteira de moto aos 47 anos. Comecei com uma Titan 150 EX, no início ela parecia ENORME E PESADA. Meu marido, que também sentia o mesmo que eu, se animou, tirou carteira de moto e comprou uma CEBÊR 300RR. Hoje, com menos de dois anos de carteira, além da Titan (que eu uso para trabalhar), tenho uma Shadow 750 que eu piloto pelo menos uma vez por semana na estrada, alternando com a CEBÊR do meu marido. Escolhi a Shadow por causa da altura e porque viajo com meu filho de 15 anos na garupa. Não é vergonha ter medo, ele nos mantém vivas; é só não deixar ele tomar conta, usá-lo como parceiro. Beijos, e muuuuito sucesso!

  92. luciana disse:

    Olá Luana, tenho 24 anos e 1,49 de altura, sou apaixonada por moto, e agora tenho uma grande oportunidade de comprar a minha moto, mais o meu desejo é a CEBÊ 300, por sua experiencia, tenho condições de pilotar essa moto mesmo tendo essa altura?

    • Luana disse:

      Olá Luciana,

      Você já tem CNH? as auto escolas usam motos 150cc para tirar habilitação, se você conseguir tirar a CNH consegue pilotar a maioria das motos.
      Eu não quero te desencorajar mas acho que a CEBÊ300 vai ser um pouco pesada e alta para você, mas tire a sua CNH primeiro e depois escolha a moto.

  93. Daniel Afonso disse:

    Olá Luana, tudo bem?

    Em primeiro lugar te parabenizo pelo excelente conteúdo do seu blog! ;)

    Trabalho a 40km de casa (interlagos – centro) e cansei de perder 4h diárias com transporte! Minha dúvida é a seguinte, estou tirando carta A agora e estava pensando em comprar uma Bros 150 usadinha para trabalhar todos os dias (sem seguro e deixar no bolsão na rua onde trabalho).
    Porém, fiquei interessado na Lead, lendo seus relatos. Tenho 1,80m, nenhuma experiência com moto e não sei se vou de Bros usada ou de Lead semi-nova! :(

    Poderia me dar um help?

    Abraços ao casal!

  94. Nina disse:

    Oi Luana!
    EU SIMPLESMENTE AMEEEEI SEU BLOG! Sempre fui apaixonada por motos, e sempre filei carona na moto dos parentes e pais dos coleguinhas,hahahaha…sim, a paixão vem desde pirralha! Mas nunca me meti a besta em andar…
    Agora com a maior idade e um dinheirinho extra, pensei em começar minha auto escola nas duas rodas…mas nao faço a menor idéia de qual moto comprar para mim!

    Por enquanto, eu gosto das seguintes:
    CEBÊ 300R
    CEBÊ600F Rórnet
    ER-6n naked
    vulcan 900 classic
    Ninja 650R

    Vi aqui que os conselhos para primeira moto é bem diverso, ja li sobre tamanho, sobre potencia e até sobre habilidade….então,gostaria de saber qual é a sua opnião para mim. Tenho 1,63 e peso pena,hahahaha, to pesando só 48kg. Então, qual a melhor moto para eu começar?? Será que futuramente eu conseguirei andar nas mais potentes??
    Beijão!

    • Kallisto disse:

      Oi Nina, claro que devemos começar devagar né. Eu, como vc, adoro motos, tb to começando agora, numa yamaha fazer 250.
      Sei que concorda comigo que nada de biz (éca), nem msm motos 125 ou 150 nos satisfazem, kkkk, mas acho que no nosso caso, que gostamos mesmo de MOTOS de verdade, pra começar, uma 250 tá perfeita. Inclusive comprei uma usada (lindona), por ser a primeira, na qual vou aprender e adquirir experiência.
      Mais pra frente sim, já com mais experiência, sentiremos se vamos ou não subindo o nível e a potência das motos, mas po, além do mais vc é muito levinha, imagina… não podemos dar um pulo maior que as pernas, pois com moto não se brinca hein, acima de tudo temos que respeitá-la, e aos nossos limites, principalmente.
      Nessa sua lista aí só tem motão massa, mas vamos com calma, rsrsrs..um dia a gente chega lá.

      • Luana disse:

        Kalisto, quando eu tinha uma Tuíster costumava falar que motos de verdade eram motos com cara de moto, sempre achei que scooter parecia brinquedo, até que chegou um dia que uma mulher de Rórnet perguntou porque eu não tinha uma moto de verdade como a Rórnet.
        Hoje,na minha opinião moto é moto, e não importa a cilindrada para se sentir motociclista. :)

        Bjs

        • Kallisto disse:

          Oi Luana, espero não ter parecido nada arrogante ou algo do tipo, não quis menosprezar as scooters, até porque as mulheres que pilotam scooters estão muuuito na minha frente como motociclistas, já que estou apenas começando.
          Eu apenas me identifiquei com as colegas que preferem motos maiores e quis dar um incentivo pra elas, rsrss. Vc sabe do que falo, pois já esteve lá.
          Agora isso q vc disse é bem certo mesmo, moto é moto, independente da cilindrada, tudo é questão de ponto de vista.
          To bastante empolgada neste início e ainda tenho aquele medo, espero que a mulherada ajude a superar aqui com dicas e posts… \o/
          bjos a todas!

          • Kallisto disse:

            Puts, eu li o meu post, na real pareceu arrogante sim qd falei das motos :(
            droga..não era minha intenção…peço desculpas, não sou nada arrogante, inclusive não gosto de gente que se acha..

          • Luana disse:

            Oi Kallisto, eu jurava que você era homem, sempre que aparece algum aqui nesse post falando mal de motos pequenas eu dou um aperto pra mostrar que mesmo com motos pequenas somos mais corajosas que a grande maioria da população.
            Não se sinta ofendida, também não falei por mal, continue comentando no blog, você é muito bem vinda, e parabéns pela fazer, e uma otima moto.

            Bjs :)

    • Luana disse:

      Nina, sempre recomendo que tire sua habilitação antes de escolher a primeira moto, conseguindo pilotar a 150cc da auto escola vc irá conseguir pilotar qualquer moto que queira.
      Ter habilitação não quer dizer que você é experiente o bastante para pilotar uma moto como a Rórnet por exemplo, mas não quer dizer que você não seja capaz.
      Eu recomendo que você comece com a CEBÊ300, mas se sentir segurança e tiver com bancar o seguro de uma moto, comprar acessórios de proteção e acima de tudo ser uma pessoa equilibrada que conhece os seus limites nada impede que você compre uma moto maior.
      Meu sonho sempre foi a Rórnet, acho essa moto um sonho, se pudesse teria uma. :)
      Acho que seu peso e sua altura não impede a pilotagem.
      Boa sorte.

  95. Rosa disse:

    Olá Luana,
    adorei seu blog. Estou pesquisando a respeito, porque estou super na dúvida da minha primeira moto. Por motivos financeiros, minhas opções são Bomba BIZ EX ou CG 150 FAN ESDI. Meu marido tenta de tda forma me converncer a pegar uma bizinha, mas até hj nao fui muito com a cara dela. Ele diz que por causa do tamanho e do peso é melhor pegar a BIZ e por causa do bagageiro. Mas na minha opinião uma 150 cc é mt melhor e acho até mais bonita. Ainda nao pilotei. Tenho 1:67 d altura e 57kg. Nao vi muitos comentarios no seu blog sobre a CG FAN 150, a TITAN eu sou apaixonada, mas pelo menos pra agora nao posso começa com ela. Se puder me auxilie, a opinião d uma mulher vale mais neh, e a as minhas amigas tem BIZ msmo ou carro, ela é tão boa assim, ou é pq a maioria das mulheres tem medo msmo de uma maiorzinha? Ate o final desse mês tenho q decidir, estou louca pra começa a pilota. Abraçs

    • Kallisto disse:

      Oi Rosa, na verdade a resposta pra sua pergunta vc já tem, vc quer mesmo é ir de 150cc, a CG Fan ou a Titan, então vai fundo. Elas têm mais cara de moto (pra vc que gosta) e na minha opinião a biz é quase que uma bicicleta motorizada, com pouca estabilidade e pequena demais, kkkk…
      Se vc tem uma certa vontade, então vá por ela (eu to pegando uma fazer 250 logo de primeira), só não esqueça que, independente de ser biz, cg ou uma maior, respeite seus limites e os da moto, pilote com segurança.

    • Luana disse:

      Rosa, eu não gosto da Biz não consigo nem te dar mais informações sobre essa moto, se eu tivesse que escolher entre a biz e uma scooter ficaria com a scooter.
      Eu também não compraria a FAN ou a CG, aqui em são paulo elas são muito roubadas, acho que não vale o risco.
      Eu sempre recomendo que as leitoras deem uma olhada na factor da yamaha, ela é uma moto mais bonita e tão durável quanto a CG, você pode colocar um baú para carregar suas coisas e se escolher a roxa fica bem feminina, na minha opiniao a CG é moto para quem trabalha diariamente no transito como os motoboys.
      Quanto ao peso é uma questão de costume.
      Abraços

  96. Katia disse:

    Oi Luana,

    Parabéns pelo blog, achei sensacional!!!

    Tenho 33 anos e tirei a minha carta de moto a menos de 1 ano, comprei uma Lead (rosa) muito fofa(rsss)!!!! Simplesmente fiquei apaixonada por ela.

    Fiz um curso de pilotagem defensiva e aprendi muito mais do que nas 15 aulas de auto-escola, recomendo, pois foi fundamental para eu ganhar um pouquinho mais de confiança!!!

    Moro na ZL e trabalho na ZS, não aguentava mais pegar metrô lotado ou ir de carro (quase uma 1 1/2h todos os dias).
    Hj eu vou trabalhar todos os dias de moto, tranquilamente.

    A minha Lead faz em média 40km/l, ou seja gasto uns R$ 15,00 por semana.

    Acho que só trocaria minha Lead rosa pela Citycom branca que tb fiquei apaixonadda!!!!!rssss

    Quero dizer que pra mim hoje, a moto é sinônimo de qualidade de vida!!!

    Bjs

  97. Kallisto disse:

    Obrigada Luana, de qq forma esse “aperto” foi muito válido, kkkk, não posso esquecer q, por mais q eu tenha uma opinião diferente da maioria, não pode parecer q estou desrespeitando as demais (pois não estou). Apesar de sermos livres para dar nossa opinião e comentário (e apesar de que ninguém deveria se ofender com isso), há formas e formas de nos expressarmos, né.. :)
    E quanto a mim, estou aqui mais para aprender do que qualquer outra coisa..continuarei acompanhando com certeza..
    bjos!

  98. Daniel Afonso disse:

    Aproveitando o assunto MOTOS e MULHERES, vejam a matéria que bacana! http://g1.globo.com/carros/noticia/2012/07/numero-de-mulheres-com-habilitacao-para-motos-cresce-44-em-3-anos.html

    Abraços!

  99. Analice disse:

    Prezada, tenho 1,50 de altura. que moto recomenda??? Estava pensando na CG 150fan da Bomba, mas acho que nesta moto não vou conseguir apoiar ambos os pés no chão. Me ajude, por favor.

  100. Adriana disse:

    Olá, parabéns pelo site, adorei a matéria, os comentários dos visitantes, muito legal mesmo! bom, estou na mesma situação da Analice, que fez o último comentário. Eu tenho 1,56 de altura e meu peso é 47kg, sou muito pequena, mas já tenho meus 30 anos, estou com uma vontade louca de comprar uma moto mas tenho receio por causa do meu tipo físico. Será que esses modelos mais básicos, indicados por vocês (biz, Bomba lead 110)seriam os indicados? ou devo desistir mesmo da idéia? ainda não tenho habilitação, farei no próximo mês, obrigada!

  101. Michelle Silva disse:

    Olá galera, minha primeira moto foi e esta sendo a CEBÊ 300, ela é linda! Só q concordo com essa dica de vcs, não é fácil de começo sair pilotando uma moto dessas, tem q ter habilidade, muita atenção pq ela é muito pesada e qualquer bobeira ja viu né.. Com o tempo vc pega o jeito, eu tenho 1,55 e comprei esta moto sem nunca ter andado.. Foi bem loucura o q fiz! Mas com a ajuda do meu namorado peguei habilidade. Faz 10 meses q to com ela e hj ela parece já estar pequena.. Minha próxima aquisição sera a Rórnet! Se Deus quiser!!! Sucesso a todas as mulheres de motos! ;)

  102. Neide Mota disse:

    Ola adorei esse blog, o que voces acham da Neo da yamaha?Achei linda o modelo 2012 quero uma moto so para ir e vim do trabalho… valeu

  103. Hellen Boy disse:

    Olá!
    Não sei o nome da autora do texto, mas amei o texto! Muito explicativo! Estou entrando no mundo duas rodas agora, e é muito interessantes ver textos de mulheres falando para mulheres sobre esse tema que querendo ou não, é altamente masculino.

    Blessed be!

  104. bia disse:

    ola!! Preciso mto de uma dica!! É minha primeira moto, acabei de tirar a carta e nao tenho experiencia nenhuma
    meu marido qr me da de presente a fan 150, mas sou apaixonada pela CEBÊ 300, ele diz q nao vou conseguir guiar por ela ser mais pesada ja q nao tnho experiencia. E agora?

    • Izabel disse:

      Oi Bia!

      Qual a tua altura? Vc é muito baixa?

      Olha só! Eu tirei minha CNH em 2005 e depois quase não peguei em moto… como você, também estive aqui procurando saber se a CEBÊ300 seria muita cilindrada para mim… e a Luana me tranquilizou que eu daria conta… e realmente, comprei minha CEBÊzinha… e é uma delícia!
      Comprei a CEBÊzinha ano passado, dei umas voltas com ela, no quarteirão… e antes de sair andando com ela pela cidade ou até pegar estrada, peguei mais duas aulas na autoescola só para pegar um pouco de segurança, pois já havia um bom tempo que não pegava em moto. E as duas aulas eu fiz com a FAN. Confesso que estranhei muito o tamanho da FAN… eu me acostumei super rápido com a CEBÊzinha, talvez vc também se acostume.

      Adooooro minha CEBÊzinha!!!

      O que é importante é a paciência e o respeito no transito, independente de cilindrada.

      Mas, melhor do que eu, a Luana que tem mais experiencia e conhece mais de motos para mulheres, seria bom vc ouvir (melhor, ler) a opinião dela.

      Abraço, e boa aquisição!

  105. paulo disse:

    bom dia amigos,é fato que andar de moto é uma delicia,mas é bom pra quem esta começando,pegar uma moto de baixa cilindrada,depois acostuma e troca,relação peso e potência,tive várias motos,corri muito,fiz muita coisa errada,trabalhei de moto boy 11 anos,em curitiba,pq a moto te dá uma sensação de que vc sabe mais q os outros motoristas,costuramos transito,de repente vc passa por outra moto,o cara geralmente pensa “aqui não” e quer te alcançar,mesmo vc estando com uma moto mais forte,hj estou com uma shadow 600 uma delicia de moto,boa para viagens,não quebra,e ao contrário do que dizem,jovens estão optando por esse estilo,estou pensando em pegar uma ER6n,…ou bandit,mas depois de ter várias motos cheguei a conclusão de que acidentes ocorrem 99,9 % por conta da velocidade que a moto oferece,quanto mais rápido vc estiver menos chances terá de livrar,portanto na estrada eu ando e ando forte,em corredores quem quer correr eu deixo se matar,quer passar passe e vai enbora,pq,…pq já bati em corredores de carros é muito perigoso,fica a dica bom piloto não é quem anda mais rápido,e sim quem anda consciente,acelere,..mas acelere em uma reta na br é bom,agora e trânsito pesado a paciência é tudo,vejo muito isso motoqueiros ou motociclistas como queiram,passam e logo a frente o semáforo fechado,de que adiantou a pressa,andar sobre duas rodas é muito bom,e hj vejo o numero de mulheres em motos crescerem muito,então vamos respeita-las,sem machismo,o trânsito é de todos,bem vindas,NEYDE,MICHELLE,ADRIANA,ANALICE,KÁTIA,ELIZABETH,CAMILA,ALINE,THAIS,E DEMAIS QUE POSTARAM AQUI,…dica em curitiba toda a sexta feira tem pinheirão,encontro de motos,a entrada é franca,apareçam,para trocar idéias e tomar aquele chopp,abraços Paulo sérgio.

    • Izabel disse:

      Olá Paulo Sérgio! Muito bom o que vc escreveu.
      Ah! Moro em RO, mas sempre que posso, vou a Curitiba… adorei a dica de sexta-feira do Pinheirão. Certamente na próxima ida a Ctba passarei por lá. Valeu!!

  106. Erasmo Moura costa disse:

    Mulheres que amam motocicletas,é tudo de bom é verção sexy,eu particularmente adoroooooooo,sem comentários comentando…..bjoss motoqueiras líndas!!

  107. Isabelle disse:

    Oi!
    Preciso de uma ajuda!
    Estou tirando minha habilitação de moto e a procura da minha primeira motinha!

    Meu principal problema é que meu trajeto casa-trabalho passa por Serras. Uma bela subida com uma bela descida e muuuuitas curvas.

    As conversas que já tive com amigos me indicaram comprar uma moto com um pouco mais de cilindradas, uma 250 ou 300 pra aguentar essas subidas.

    Eu sou particularmente baixinha (1,60m) e minha principal intenção era comprar uma scooter. Mas já me falaram que pra subir serras, esse tipo de moto nao é muito segura.
    Então olhei uma kasinski mirage 250 e achei a moto linda! Consigo colocar os dois pés no chão, mas a moto é super pesada. Fico com medo de não dar conta.

    Enfim! Queria uma opinião de vocês se uma moto custom é adequada pra iniciantes, se uma scooter sobe (e desce!) serras com segurança, ou se vocês me indicam outro tipo de moto!

    Obrigada!!!

    • Daniel Ribeiro disse:

      Isabele, no seu caso acho que você não tem muita opção. Seu trajeto exige mais motor e a Mirage 250 é uma boa moto.

      As alternativas nessa faixa de preço são a Next 250 da Dafra e a Ninja 300 da Kawasaki.

      Boa sorte!

  108. Dinamaris disse:

    OI só queria dizer que esse blog pra mim foi um achado!quero demais tirar carta e ter a minha primeira moto, posso ser teimosa mas nao quero nenhuma outra que nao seja a Yamaha Fazer roxa, meu sonho!tenho 1,75m e sou bem forte tem muita gente querendo me fazer desistir, mas com as dicas do blog fiquei mas tranquila.;-D

    • kallisto disse:

      Oi, que que eu posso te dizer, este blog é muito bom mesmo! Acho que se você já tem a moto que quer na mira, e ela “se adequa” a você numa boa, então mãos à obra! Eu tb tirei a carteira e peguei uma fazer (vermelha) – tenho 1,65m, é tudo de bom, vc vai adorar! Na primeira semana eu senti a diferença de peso entre a fazer e a moto da autoescola, mas em questão de dias já estava acostumadíssima. :) Não esqueça da segurança! Boa sorte e bom proveito!

  109. fernanda disse:

    Oi eu sou habilitada mas ainda nao tenho moto,sou baixinha e dei uma olhada e gostei muito da PCX150 da Bomba nao sei se e uma boa opcao ,mas vou usa-la em pequenos trajetos,gostaria da opniao de vcs!

  110. Ana Maria disse:

    Olá
    pretendo tirar carta ab e estou querendo comprar uma scooter, no meu caso é pra ir de casa – trabalho e faculdade, mas sou bem gordinha (tenho 1,66 e 90kg)
    prefiro optar por scooter por ser mais fácil de pilotar, e por ter mais espaço pra guardar as coisas e posso pilotar sentada
    estava de olho na Neo, burgman, Dafra citycom e a Prima 150, qual delas seria a melhor?
    a pcx 150 me encantou, mas achei muito cara, queria dar no máximo uns 6000 reais, nem que seja uma seminova
    desculpe tantas perguntas é que sou leiga e não sei quase nada de motos

    obrigada e parabéns pelo blog

  111. Ana disse:

    Olá!

    Nunca tinha pensado em tirar carteira, ainda mais de moto!
    Meu esposo está me lavando p/ trabalhar, mas por questões de tempo, tenho q voltar de ônibus msm… Como isso é chato!

    Por isso agora qro tirar carteira e fazer consórcio de moto. Será mais p/ ir trabalhar.

    Vi nos comentário q é melhor tirar carteira 1° e depois comprar uma moto. Eu qro já fazer o consórcio, p/ depois de uns 2 meses começar a irar carteira (por questões financeiras.

    Tenho 1,59m e peso uns 53kg, quero saber ql moto é mais indicada p/ mim.
    Por favor, enumere 3 motos mais indicadas p altura e peso!

    E obrigada pelos comentários! Já está ajudando bastante.

  112. Amanda disse:

    Boa tarde Luana

    Tenho uma Fan 150 2011, sempre gostei de moto, comprei ela 0Km, porém tenho 1,58 de altura e os meus pés ficam bem na pontinha, nao tenho muito equilibrio, por esse motivo somente o meu noivo anda com a moto, me busca no serviço, saimos de moto, mais eu comprei e nem ando com ela, ainda pago ela até hoje,,,rs e nada de andar, estou trabalhando perto de casa , de moto daria uns 15 minutos no maximo 20, gostaria de saber como faço, agora q estou tirando minha carta, mais somente de carro…rs queria saber se tem alguma forma de abaixar o banco, sei la ou rebaixar a moto, pra eu poder ter pelo menos mais firmeza com os oés no chão, Desde ja agradeço…
    Beijos Amanda

    =)

  113. Mayara Banfi disse:

    Nossa amei!! Brigadão mesmo pela dica!!! ajudou muito!

  114. roseligardin disse:

    Já tive um titan 125, tenho hje uma bros esd 11/12 amo. Agora estou pensando em pegar uma Xis Érree 300. Trabalho de moto. Amo pilotar. Gosto de moto alta e só tenho 1,66 de altura. Mas mando bem.



  115. Comente este texto!

    ATENÇÃO: Todos os comentários são revisados antes de entrar no ar. Antes de escrever, pense: "Se eu fosse o dono deste blog, eu aprovaria este comentário?". Propagandas serão apagadas. Caso queira anunciar no Motos Blog, clique aqui. Veja a nossa política de comentários. Pedidos de manuais não serão atendidos.

    Você pode usar estas tags:
    <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Este blog suporta Gravatars. Para ter a sua foto nos comentários, cadastre-se no Gravatar.