São Paulo arrecada R$ 473 milhões com multas em 2009

A prefeitura de São Paulo arrecadou em 2009 mais de R$ 473.300.000 em multas de trânsito!

Marronzinho fazendo o seu trabalho



O valor 22% superior aos R$ 386 mi de 2008 impressiona. Segundo a Secretaria dos Transportes, o aumento da arrecadação ocorreu por conta da instalação de 105 novos aparelhos de fiscalização eletrônica, que conseguem reconhecer as placas dos carros e determinar se estão rodando no dia da restrição do rodízio, aplicando assim a multa automaticamente. Hoje, a cidade conta com mais de 500 destes aparelhos, e a infração de trânsito mais recorrente é justamente a de desrespeito ao rodízio.

A arrecadação cresceu mais ou menos na mesma proporção que a fiscalização, o que indica que quanto mais fiscalização, mais infrações serão registradas. Na minha opinião, este rodízio já não ajuda muito. Quando foi criado, ele retirou imediatamente 20% dos carros das ruas, mas depois de tantos anos, a quantidade de carros cresceu tanto que já não faz mais efeito. Muitas pessoas compraram um novo carro (ou uma Moto!) para burlar o dia em que o carro não pode passar pelo centro expandido de São Paulo. Quem não pôde fazer isso, acaba tendo de optar pelo precário transporte público, ou arrisca sair de casa e tomar uma multa.

Fica ai a pergunta: Será que não está na hora de acabar com esse rodízio e pensar em uma outra forma de permitir ao cidadão deixar seu carro em casa por sua própria vontade? Sei que é utópico, mas é de se pensar…

Sei dizer que, graças ao rodízio, novos Motociclistas nasceram. Muitos, para fugir deste problema, acabaram experimentando a praticidade da moto e acabaram deixando o carro em casa quase todos os dias. Aqui no escritório mesmo há muitos casos como este

Compartilhe!