Vá de moto – As desvantagens e como contorna-las

Indo direto ao assunto. Vou listar os principais mitos das Motos e abordar cada tema a seguir:

  • Motos não são seguras
  • Em dias de chuva não é possível andar de Moto
  • Motos não são confortáveis

É verdade que um grande número de pessoas não gosta muito da idéia de trocar o carro pela moto, e os motivos são muitos. Todos conhecem alguém que tem um primo que caiu e se machucou, ou uma tia que se ralou inteira quando era mais nova, ou em alguns casos, até conhece alguém próximo que se acidentou e teve conseqüências mais graves.

Esta “má-fama” que as motos têm é pelo motivo mais óbvio: motos não são carros. O piloto de motos realmente fica mais exposto nas motos do que nos carros. Isso faz com que algumas pessoas não tenham tanto interesse num primeiro momento, ou até mesmo repudiem a idéia como o diabo foge da cruz.

Uma moto, como eu disse anteriormente, é um veículo motorizado de duas rodas, capaz de oferecer conforto e segurança em velocidade de cruzeiro. Isso significa que motos são seguras sim! Acontece que as pessoas têm a mesma expectativa que tem com um carro, o que não é possível de se obter. Em um carro, se o motorista abusa da velocidade, ou comete algum erro com os comandos, ele está “protegido” pela lataria do carro, que uma moto obviamente não oferece, porém, devemos observar que a moto é muito mais leve do que o carro, consequentemente, é muito mais ágil aos comandos do piloto, além disso, o piloto tem uma visão panorâmica de toda a via, enquanto que dentro do carro, o motorista tem uma visão muito limitada. Isso é muito importante pois evita uma grande quantidade de acidentes.

Além disso, o Motociclista deve andar em sua moto com os equipamentos de proteção adequado. Esqueça os motoboys que entregam pizza no seu bairro com bermuda e regata. Esta não é a roupa para andar de moto. Se estiver usando esta roupa e cair, com certeza irá se machucar, mas, se estiver usando as roupas apropriadas, dificilmente você terá algum dano.

O equipamento de proteção realmente é eficiente. Uma boa jaqueta com proteções nos ombros, cotovelos e costas, uma boa calça com proteções nos joelhos, um bom par de luvas e botas e um bom Capacete garantem que você não irá se machucar no caso de um acidente.

Veja por exemplo no MotoGP. As motos atingem 300 km/h nas corridas, e é comum ver pilotos caindo e se acidentando, mas o excelente equipamento deles garante que eles saiam andando depois de um tombo destes. É claro que para o uso cotidiano, este equipamento é completamente inviável, mas existem conjuntos mais simples que podem ser usados no dia-a-dia, que apresentam boa proteção contra impactos e ainda oferecem vantagens como Impermeabilidade e manto térmico, que garantem que você possa até tomar chuva e andar em dias frios com conforto.

Eu já caí algumas vezes com a moto, mas nunca me machuquei, pois estava bem equipado.

O outro ponto que as pessoas tem como argumento é a chuva. Este é um problema de duas frentes: uma é o conforto (ninguém quer se molhar, não é mesmo?) e outra é a segurança. Na chuva, o asfalto fica mais escorregadio, e aumenta o número de acidentes com motos. O piloto deve ter a atenção redobrada, pois não pode frear bruscamente. A moto também deve estar em boas condições de manutenção, os pneus devem estar dentro da vida útil. Observados estes itens, não tem segredo, é perfeitamente possível se deslocar de moto na chuva. Porém, algumas pessoas acham aquelas capas de chuva desconfortáveis, ou mesmo feias. É verdade. Estas capas de chuva mais simples, além de horrorosas, são desconfortáveis, não cumprem seu papel de proteger o piloto. A solução é comprar um kit de melhor qualidade. Existem jaquetas e calças impermeáveis, com proteções para ombros, cotovelos e costas, que são bonitas e podem ser usadas tanto em dias secos quanto em dias chuvosos, pois te protegem do frio também. É menos uma coisa pra você carregar na moto, afinal, você já vai estar vestido com ela!
Normalmente estas jaquetas possuem um forro térmico, que serve para te proteger do frio, mas que pode ser retirado em dias quentes. Assim você fica protegido de tombos, de uma eventual chuva no fim da tarde, e não fica passando calor.

Como pode ver, a segurança e o conforto nas motos depende muito mais do piloto e do equipamento do que da moto em si. O carro, por ser fechado, já oferece isso por natureza, mas é possível obter esta proteção na moto, basta pilotar com prudência. Assim, terá todas as vantagens da moto sem as desvantagens irremediáveis do carro.

Futuramente falarei sobre os tipos de equipamentos existentes, dar dicas de materiais, faixas de preço e algumas boas marcas.

Compartilhe!