GravatarMotos Blog » Curiosidades, Esportes, Opinião, Passeios

Trike – Motos de asas

5 junho 2009 Escrito por 21 comentários

O assunto não tem tanto a ver com Motos, mas não deixa de ser interessante para quem gosta de novas aventuras e de espírito de amizade e companheirismo. No sábado retrasado, dia 24/05/2009, eu estive Atibaia, a 70 km de São Paulo, para conhecer um novo esporte: O Vôo desportivo.

Trike

Trike



Já a algum tempo eu venho acompanhando o mundo da aviação. Comecei jogando Flight Simulator, um simulador de aviões para computador, muito realista por sinal. Mas logo eu passei a me interessar pela aviação real, e descobri um mundo inteiro de possibilidades. A mais legal foi o Vôo em Trikes.

O Trike é uma aeronave ultra-leve, composta por um triciclo, uma asa e um motor. Esta pequena aeronave é extremamente versátil, pois pode voar em velocidade bem baixa, é de simples operação e manutenção, pode pousar e decolar em pistas extremamente curtas, e é uma das máquinas voadoras mais baratas existentes. A comparação com as motos se dá pelo fato de que os Trikes sempre tem 1 ou 2 lugares apenas, não possuem cabine, e o piloto fica exposto ao vento e ao tempo, tal qual na Motocicleta, ao contrário do carro e do avião, onde os ocupantes ficam dentro de uma cabine.

Vôo Trike em Atibaia

Vôo Trike em Atibaia

A sensação de voar em um Trike é unica. Não há nada como voar sentindo o vento e o balanço da aeronave. Certamente é muito diferente de qualquer avião. Como se isso não basta-se, descobri mais uma semelhança entre os Trikes e as motos: Os pilotos. Existem clubes de vôo, e os pilotos se encontram nos fins de semana para voar juntos, seja para viajar ou para ficar voando em círculos em volta do aeroporto. A comunicação é toda feita pelo rádio. Os encontros sempre são calorosos e com conversas animadas. Existem encontros de pilotos, como o que houve em Rezende Feijó, no Interior de São Paulo. Este em particular contou com churrasco, Boi no Rolete e quem chegou ao encontro voando não teve que pagar o almoço!

Apesar de ser muito divertido e emocionante, o esporte requer técnica, experiência e dinheiro, pois querendo ou não, um Trike novo pode sair por mais de 50 mil reais. Para se tornar um piloto desportista e poder pilotar um Trike, o candidato deve se inscrever em uma escola de vôo e fazer as aulas teóricas e práticas, além de passar em um exame médico específico e ser aprovado em uma prova de conhecimentos teóricos. Só então poderá iniciar as aulas práticas, que no total somam 15 horas de vôo.

Eu gravei um vídeo do meu vôo. Está abaixo para quem quiser ver.

Como se diz entre os Trikeiros: “Só nós sabemos porque os pássaros cantam…”
E ai? Vocês tem interesse por esportes aéreos também?

Compartilhe este texto!


Digite o seu nome e e-mail abaixo e saiba quando o Motos Blog é atualizado! Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail! É GRÁTIS!

Seu nome
Seu E-mail